CCJ0001-WL-AV2-Ciências Sociais-Prova-15
4 pág.

CCJ0001-WL-AV2-Ciências Sociais-Prova-15


DisciplinaFundamentos das Ciências Sociais10.902 materiais132.007 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Avaliação On-Line 
	Avaliação:
	AV2-2011.3S.EAD - FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS- CCJ0100 
	Disciplina:
	CCJ0100 - FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS 
	Tipo de Avaliação:
	AV2 
	Aluno:
	
	Nota da Prova: 
	3.5
	Nota do Trabalho:      
	Nota da Participação:      2 
	Total:  
	5,5
	Prova On-Line 
	
Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0062 (168715)
1 - O sistema de sinais que me sirvo, para exprimir pensamentos, o sistema de moedas que emprego para pagar dívidas (...) funcionam independentemente do uso que delas faço. (...). Estamos pois diante de maneiras de pensar e agir que apresentam a propriedade marcante de existir fora das consciências individuais. 
(RODRIGUES, J.A.(org.); FERNANDES, F.(coord.). Émile Durkheim: Sociologia. 9. ed. São Paulo: Ática, 2006, p.47). 
No texto acima, Durkheim se refere:  Pontos da Questão: 0,5 
	à solidariedade orgânica. 
	à consciência individual. 
	ao fato social. 
	à consciência coletiva. 
	
Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0038 (168674)
2 - Karl Marx afirma que na sociedade capitalista o Estado tem como objetivo: 
I - Organizar e justificar a dominação da burguesia sobre o proletariado.
II - Promover a ordem social e o progresso econômico.
III - Favorecer os negócios da classe dominante. 
IV - Defender a nação contra os inimigos externos.
Em relação a essas afirmativas podemos dizer que estão corretas as seguintes alternativas: 
  Pontos da Questão: 0,5 
	d) II e IV. 
	a) I e III. 
	b) II e III. 
	c) I e IV. 
	
Questão: AV12011.2T.CCJ0098.00110 (168734)
3 - A Sociologia revela e constitui dimensões essenciais do Mundo Moderno. As expressões sociedade civil e estado nacional, comunidade e sociedade, ordem e progresso, racional e irracional, anomia e alienação, ideologia e utopia, revolução e contra-revolução, entre outras, explicam e constituem muito desse Mundo. Essa problemática denota o empenho do pensamento sociológico em compreender, interpretar, taquigrafar, ordenar, controlar, dinamizar ou exorcizar esse Mundo. Algumas das suas dimensões essenciais mostram-se mais claras, acentuadas ou surpreendentes nas explicações e fabulações que constituem grande parte do pensamento sociológico. Nesse sentido é que se pode imaginar que sem a Sociologia o Mundo Moderno seria mais obscuro, incógnito. Ficaria um pouco mais no limbo. 
(IANNI, Octavio. A Sociologia e o mundo moderno. Tempo Social; Rev. Sociol. USP, S. Paulo, 1(1): 7-27, 1.sem. 1989). 
Com base nas teorias sociológicas clássicas (Comte, Marx, Durkheim e Weber) e nas respectivas explicações que os autores clássicos formularam sobre o Mundo Moderno, você concorda com a afirmação de que \u201csem a sociologia o mundo moderno seria mais obscuro, incógnito\u201d ou até mesmo incompreensível? Justifique a sua resposta, usando pelo menos um autor clássico da sociologia na argumentação:  Pontos da Questão: 1,5 
	Resposta do Aluno:
Não concordo, porque com ou sem a sociologia, continuaria esse poblemas no desempenho do pensamento, na maneira de interpretar, em controlar, em ordenar este mundo globalizado hoje, racional de irracional, anomia e ideologia, revolução. Na argumentação Karl Marx.
Gabarito:
O estudante deverá mostrar alguma apropriação teórica e conceitual da sociologia clássica, bem como algum conhecimento sobre as explicações do mundo moderno na ótica da sociologia clássica.
Fundamentação do Professor:
Pontos do Aluno:   
	
Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0080 (168759)
4 - De acordo com a teoria de Karl Marx, a desigualdade social se explica pela:  Pontos da Questão: 0,5 
	divisão da sociedade em classes sociais, decorrentes da separação entre proprietários e não proprietários dos meios de produção. 
	diferenças de inteligência e habilidades inatas dos indivíduos, determinadas biologicamente. 
	distribuição desigual de riquezas de acordo com o esforço de cada um no desempenho do seu trabalho. 
	apropriação das condições de trabalho pelos homens mais capazes em contexto histórico marcado pela desigualdade de oportunidades. 
	
Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0101 (168698)
5 - (ENADE 2005, adaptada) As ciências sociais contemporâneas resgatam abordagens clássicas, como aquelas relacionadas à classe, ideologia, cultura, entre outras, e atualizam essas idéias com novos temas resultantes da complexidade da sociedade atual, como demonstram as categorias de análise de gênero, etnia, sexualidade, autoritarismo, ação solidária, exclusão social, novas identidades culturais, entre outras. 
Com relação a esses temas, assinale a opção correta.  Pontos da Questão: 1 
	A ação solidária é uma questão ideológica que não está contemplada pelas ciências sociais. 
	O fenômeno da exclusão social é um problema típico do século XXI, decorrente da globalização. 
	Com exceção dos europeus, os demais povos não geraram uma identidade cultural própria. 
	A luta das mulheres contribuiu para que o estudo de gênero fizesse parte das ciências sociais contemporâneas. 
	
Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0034 (168663)
6 - Em relação ao caráter contratualista da obra Leviatã do filósofo inglês Thomas Hobbes, qual é a opção que explicita a posição hobbesiana quanto ao Estado?   Pontos da Questão: 0,5 
	A obra Leviatã de Hobbes tinha como enfoque o combate às ideias defensoras do direito divino dos reis. Diante disso, Hobbes propôs e fundamentou uma ordem revolucionária. 
	Para Hobbes, o estado defendido na obra Leviatã é o liberalismo, que se baseia na ideia de que em um país a soberania pertence à sociedade civil e que esta distribui as tarefas políticas (legislar, executar e julgar) em instituições. 
	Para Hobbes, o estado constitui um recurso social criado para dar proteção aos súditos uns contra os outros e contra as ameaças externas a fim de garantir o interesse comum da auto-preservação. 
	A maior preocupação de Hobbes em Leviatã era de que as leis jurídicas fossem de tal modo que nenhum homem viesse a temer qualquer outro homem. Isso porque a razão maior das leis seria a liberdade dos cidadãos. 
	
Questão: AV12011.2T.CCJ0098.00106 (168771)
7 - E assim nos parece este aspecto importantíssimo do \u2018coronelismo\u2019, que é o sistema de reciprocidade: de um lado, os chefes municipais e os \u2018coronéis\u2019, que conduzem magotes de eleitores como quem toca tropa de burros; de outro, a situação política dominante no Estado, que dispõe do erário, dos empregos, dos favores e da força policial, que possui, em suma, o cofre das graças e o poder da desgraça. É claro, portanto, que os dois aspectos \u2013 o prestígio próprio dos \u2018coronéis\u2019 e o prestígio de empréstimo que o poder público lhes outorga \u2013 são mutuamente dependentes e funcionam ao mesmo tempo como determinantes e determinados. Sem a licença do \u2018coronel\u2019 \u2013 firmada na estrutura agrária do país \u2013, o governo não se sentiria obrigado a um tratamento de reciprocidade, e sem essa reciprocidade a liderança do\u2018coronel\u2019 ficaria sensivelmente diminuída. 
(LEAL, V. N. Coronelismo, enxada e voto. 5. ed. São Paulo: Alfa-Omega, 1986, p. 43). 
Weber em sua perspectiva teórica estabelece três tipos puros de dominação. 
a) Quais são os três tipos de dominação definidos por Weber? 
b) Qual é o tipo de dominação presente no texto sobre o coronelismo?  Pontos da Questão: 1,5 
	Resposta do Aluno:
a) Legal, carismatica e tradicional b) tradicional
Gabarito:
a) Dominação legal, dominação tradicional e dominação carismática. b) Dominação tradicional. 
Fundamentação do Professor:
Pontos do Aluno:   
	
Questão: AV12011.2T.CCJ0098.0111 (168709)
8 - Na maioria dos países industrializados, casa-se cada vez menos e cada vez mais tarde. Mais raros e mais tardios, esses casamentos são menos duráveis, com os filhos de divorciados formando com frequência a terça parte de uma sala de aula. Paralelamente, assiste-se a um aumento dos nascimentos extraconjugais e um forte crescimento de famílias em que mãe e pai são um só \u2013 geralmente mulher, mãe solteira ou divorciada -, que assume a guarda