Buscar

Caso Clinico de Reumatologia

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Alunos: Letícia Pedrosa Marques e Walter Soares
Turma: FIS 8M1
Matéria: Fisioterapia em Reumatologia - EAD
Professora: Nádia Oliveira Gomes
Atividade Avaliativa de Reumatologia
Caso clínico:
Paciente , J.P.G, 30 anos, chega a fisioterapia com queixas de dores articulares, refere que há
cerca de quatro meses vem apresentando dor nas articulações, de caráter migratório, simétrico,
com piora ao acordar, que permanece por até 30 min, sem deformação articular, associado a
calor, rubor e edema locais, de caráter não aditivo. Nega trauma. Refere aparecimento de lesões
circulares avermelhadas, de cerca de 0,5cm no tórax. Relata que foi diagnosticada com Lúpus há
1 ano e desde então o corpo não é mais o mesmo. Não realiza exercícios físicos, toma
corticoides e até o momento não apresenta comorbidades. Nesse momento as dores articulares
se concentram mais nas mãos e nos joelhos, mas as outras articulações também apresentam
desconforto.
Qual é o objetivo da fisioterapia nesse momento?
Reduzir as dores articulares resultantes das inflamações que se agravam devido ao Lúpus;
Fortalecer musculatura para que haja uma menor sobrecarga nas articulações.
Qual é o objetivo da fisioterapia a longo prazo?
Fortalecimento muscular para diminuir sobrecarga sobre as articulações, mobilização articular
leve no limite do paciente para a manutenção articular, para conservar uma boa ADM e boa
lubrificação. Assegurar que o paciente tenha qualidade de vida e independência nas atividades
de vida diária
Quais condutas são indicadas nesse momento do quadro da paciente?
Cinesioterapia - fortalecimento e manutenção muscular para reduzir sobrecarga nas
articulações; mobilização leve em articulações rígidas para auxiliar na melhora da ADM e
lubrificação articular.
Eletrotermofototerapia: para diminuição de inflamação, podemos utilizar o ultrassom pulsado
(USP) em caso de edemas, quando não há a presença de edema utilizamos ultrassom contínuo
na região. Para analgesia em casos de dor, é recomendado utilizar o TENS no modo
convencional - 100 Hz, 150 - 200 us, numa intensidade que seja boa e sem causar dor ao
paciente.
Quais condutas são indicadas na fisioterapia a longo prazo?
Priorizar a continuidade da cinesioterapia como manutenção geral ao prevenir ou atrasar novas
crises de inflamações articulares, aumentando cargas e estímulos nos exercícios de
fortalecimento. Em casa, o paciente pode utilizar bolsas de gelo para controlar inflamações caso
necessário. Para não ter piora do quadro, nós não podemos utilizar o infravermelho durante o
tratamento por conta da doença auto imune do paciente (Lúpus).