11
11 pág.

11


DisciplinaProjetos Integradores51 materiais409 seguidores
Pré-visualização5 páginas
Alagoas. O espaço também serviu para que os líderes comunitários levantassem suas demandas.
As discussões terão continuidade nesta quinta-feira (31), na cidade de Água Branca, a partir das 8h30. Ao todo, devem participar da atividade nos dois municípios cerca de 100 pessoas. A partir da próxima semana, a população deve receber orientações e material informativo com os pontos de acesso à água e como proceder para conseguir autorização de acesso.
31/01/2013 - 14h44m
Canal do Sertão começa a abastecer caminhões-pipa em Delmiro e Água Branca
Ascom Semarh - Os dois primeiros pontos de abastecimento do Canal do Sertão começaram a funcionar na manhã desta quinta-feira (31). A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) instalou as duas primeiras motobombas nos municípios de Água Branca e Delmiro Gouveia, facilitando o acesso de caminhões-pipa desses municípios, além de Inhapi, Canapi, Pariconha, Mata Grande, Olho D\u2019Água do Casado, que já começaram a enviar os veículos para o abastecimento.
Caminhões que se deslocavam cerca de 40km até o ponto de acesso mais próximo diminuirão esse trajeto consideravelmente, elevando o número de viagens de duas por dia para até oito. Pequenos agricultores e produtores rurais que estejam próximos dos pontos também poderão se beneficiar da água do Canal com carros-de-boi ou individualmente.
A Semarh já mapeou cerca de 20 pontos de acesso nos primeiros 65km do Canal, entre locais que precisarão de motobomba, ou serão abastecidos por cisternas e através de gravidade. A equipe da Secretaria também irá avaliar as demandas levantadas pelos movimentos sociais durante os seminários realizados nesta quarta e quinta-feira, envolvendo comunidades de todo o Alto Sertão alagoano para a criação de pontos de acesso nos assentamentos e povoados.
31/01/2013 - 15h15m
Canal do Sertão já opera com ações emergenciais contra a seca
Seinfra apresentou informações sobre uso da água a integrantes de movimentos agrários
O Canal do Sertão entrou em operação na última segunda-feira (28) e já está sendo utilizado para ações emergenciais de combate à seca em Alagoas. As ações de curto e médio prazo são desenvolvidas pelo Governo do Estado para que a água seja efetivamente utilizada pelos sertanejos já nos primeiros 65 quilômetros concluídos, como explica a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra).  
\u201cNão será necessário esperar que toda a extensão do Canal, que terá 250 quilômetros ao todo, seja finalizada para que a água que já está percorrendo os primeiros trechos da obra comece a ser utilizada pelos assentamentos e povoados\u201d, afirma o secretário adjunto de Projetos Especiais e Irrigação da Seinfra, Francisco Alzir Lima.  
Esta era a principal dúvida de líderes do movimento agrário do Alto Sertão, que participaram de um seminário sobre a obra no município de Delmiro Gouveia, nesta quarta-feira (30). No evento, coordenado pela Secretaria de Estado da Articulação Social, a Seinfra e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) apresentaram informações sobre o funcionamento do Canal do Sertão e os projetos para o uso efetivo e racional da água que já percorre os primeiros quilômetros da obra.  
Uma das medidas emergenciais para garantir o acesso dos sertanejos à água é o abastecimento de carros-pipas, que agora é feito diretamente no Canal do Sertão, encurtando a distância e elevando o número de viagens para as comunidades sertanejas. Nesta quinta-feira (31), a Semarh colocou em funcionamento os dois primeiros pontos de abastecimento, localizados nos municípios de Delmiro Gouveia e Água Branca, que reforçaram a distribuição de água em sete municípios: Inhapi, Canapi, Pariconha, Mata Grande, Olho D\u2019Água do Casado, além de Delmiro Gouveia e Água Branca.  
Mas, além das ações emergenciais, outros projetos estão em andamento para garantir o abastecimento de forma permanente no Sertão, como explica Alzir Lima. Um dos principais é a integração do Canal com o sistema adutor do Alto Sertão, que vai levar água para os municípios de Delmiro Gouveia, Piranhas, Pariconha, Água Branca, Olho D\u2019 água do Casado, Canapi, Inhapi, Mata Grande e outras dezenas de povoados. Os recursos já foram garantidos pelo Ministério da Integração Nacional e a Seinfra se prepara para licitar a obra.  
Outro projeto que se tornará realidade graças à operação o Canal do Sertão é a implantação de infraestrutura hídrica para o abastecimento dos 16 assentamentos que ficam nas proximidades dos 65 primeiros quilômetros do Canal. O objetivo é levar a água até os assentamentos, facilitando o acesso e o desenvolvimento de atividades agrícolas. \u201cA água do Canal será bombeada até um grande reservatório que a encaminhará até os assentamentos por meio de uma tubulação subterrânea\u201d, explica Alzir Lima.
O Canal do Sertão também vai garantir o suprimento hídrico para a implantação dos perímetros irrigados das cidades de Delmiro Gouveia e Pariconha. Os projetos estão sendo desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paraíba (Codevasf) e beneficiarão milhares de sertanejos. 
 
04/02/2013 - 07h10m
Água atinge o km 65 do Canal do Sertão
Quatro dias após o acionamento da primeira bomba, toda a extensão da obra já está preenchida
Quatro dias após o acionamento da primeira bomba do Canal do Sertão, toda a extensão dos 65 quilômetros iniciais da maior obra de infraestrutura hídrica de Alagoas já está preenchida com água. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (1º) pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra). 
 \u201cPor volta das 20h de ontem (31/1) registramos que a lâmina de água completou 1,9 metro de altura em todas as comportas dos primeiros 65 quilômetros do Canal, o que significa que completamos a carga planejada para este primeiro momento\u201d, explicou o secretário adjunto de Projetos Especiais e Irrigação, Francisco Alzir Lima.  
Como uma grande quantidade de água já foi armazenada no Canal e a condução do líquido é feita pela declividade da obra, não há necessidade do funcionamento ininterrupto das bombas. \u201cPor isso, elas foram desligadas e só voltam a funcionar à medida que o nível da água for baixando novamente\u201d, explicou o secretário adjunto.  
O Canal do Sertão já está sendo utilizado para ações emergenciais de combate à seca no Sertão alagoano, como o abastecimento de carros-pipas, que desde quarta-feira está sendo feito diretamente no Canal, reforçando a distribuição de água nos municípios de Inhapi, Canapi, Pariconha, Mata Grande, Olho D\u2019Água do Casado, além de Delmiro Gouveia e Água Branca. 
A Seinfra também está trabalhando em projetos que vão facilitar o acesso à água para os sertanejos e garantir o abastecimento de forma permanente na região, como a integração do Canal com o sistema adutor do Alto Sertão, a implantação de infraestrutura hídrica para o abastecimento dos 16 assentamentos que ficam nas proximidades dos 65 primeiros quilômetros do Canal. 
O Canal do Sertão também vai garantir o suprimento hídrico para a implantação dos perímetros irrigados das cidades de Delmiro Gouveia e Pariconha. Os projetos estão sendo desenvolvidos pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paraíba (Codevasf).
 
		Data: 25/08/2011
Discurso da Deputada federal por Alagoas Célia Rocha
A SRA. CELIA ROCHA (Bloco/PTB-AL. Pela ordem. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, sabem a expressão "luz no fim do túnel", a que recorremos usualmente quando vislumbramos uma saída lá na frente para um problema que nos parecia extremamente grave? Pois é, em Alagoas, nem isso se pode esperar. Depois que a ELETROBRAS assumiu a distribuição de energia elétrica no Estado, o serviço, que já era ruim, na época da Companhia Energética de Alagoas (CEAL), ficou ainda pior. 
O alagoano tem certeza de que apenas um setor da empresa funciona maravilhosamente bem: o setor de cobranças. Pode faltar energia, mas as contas não falham jamais!
Basta acompanhar os jornais ou acessar os blogs de notícias para recolher inúmeras matérias acerca