revisaoav1 (2)

revisaoav1 (2)


DisciplinaContabilidade / Ciências Contábeis77.120 materiais516.754 seguidores
Pré-visualização3 páginas
para o contrato a prazo determinado é de até dois anos, prorrogáveis apenas uma vez, por igual período ;
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
6) CONTRATO DE TRABALHO - Determinado empregado foi contratado pela Empresa X . Inicialmente, ele foi contratado por período de experiência de 45 dias, prorrogáveis por mais 45 dias. Ao final, a Empresa decide contratar por prazo indeterminado, e solicita pela primeira vez a carteira de trabalho ao empregado para as devidas anotações. Considerando essa hipótese narrada, julgue os itens que se seguem: 
 
O empregado teve dois contratos de experiência de 45 dias, que convolaram em um contrato de trabalho de período indeterminado.;
O empregado teve um contrato de experiência de 90 dias (45+45), que convolou em um contrato de trabalho de período indeterminado. 
O empregado teve apenas um contrato de período indeterminado, valendo a partir da data do último contrato de experiência.;
O empregado teve apenas um contrato de período indeterminado, valendo a partir da data do primeiro contrato de experiência;
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
Salário - base
ou
Salário básico
(art.458, CLT)
Dinheiro (pecúnia)
Dinheiro e Utilidades (in natura)
30%
70%
UTILIDADE
É o pagamento ou concessão da prestação em sua própria natureza. 
Salário \u2013 é todo pagamento feito diretamente pelo empregador ao empregado, como contraprestação do serviço feito ou da mão de obra colocada á disposição.
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
REQUISITOS DA EQUIPARAÇÃO SALARIAL
(ART. 461, CLT)
 Identidade de função 
 Trabalho de igual valor
 Mesmo empregador
 Mesma localidade
 Inexistência de quadro de carreira
 Diferença de tempo de serviço (na função) não ultrapassar 2 anos.
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
EQUIPARAÇÃO SALARIAL
Inexistência de quadro de carreira
 A existência de quadro de carreira impede a equiparação salarial
(art. 461, § 2º, da CLT) 
Desde que
O quadro de carreira seja homologado pelo Ministério do Trabalho \u2013 S. 06, I, TST
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
Art.468 CLT - "Nos contratos individuais de trabalho só é lícita à alteração das respectivas condições por mútuo consentimento, e, ainda assim, desde que não resultem, direta ou indiretamente, prejuízos ao empregado, sob pena de nulidade da cláusula infringente desta garantia.(...)\u201d 
Embora pareça que o empregador esteja restrito a qualquer alteração do contrato, caso este mantenha a essência do contrato de trabalho, há alterações contratuais que são possíveis, ainda que a vontade seja exclusiva  do empregador.
Alteração Contratual
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
Em um primeiro momento parecem significar a mesma coisa, mas para o Direito do Trabalho são institutos diferentes.
 SUSPENSÃO: Cessação provisória e total dos efeitos do Contrato de Trabalho. 
Efeitos: Na suspensão o contrato continua em pleno vigor mas não conta o tempo de serviço e não há remuneração.
 INTERRUPÇÃO: Cessação parcial e provisória do Contrato de Trabalho. 
Efeitos: Como a cessação é parcial, continua a contar o tempo de serviço e percebendo a remuneração.
Suspensão e Interrupção do Contrato de Trabalho
06/19
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
* Auxílio doença após 15 dias. O INSS é quem paga.
* Aposentadoria provisória por Invalidez.
* Greve legal/legítima. Art°. 7° da Lei n° 7.783/89
* Licença não remunerada.
* Exercício de cargo público.
Exemplos de Hipóteses de Suspensão 
07/19
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
* Férias.
* Aviso prévio não trabalhado.
* Auxílio doença - Primeiros 15 dias. O Empregador é quem paga.
* Repouso Remunerado.
* Feriados.
* Casamento.
* Licença-paternidade.
* Falecimento do Cônjuge.
* Doação de sangue.
* Comparecimento a juízo.
Exemplos de Hipóteses de Interrupção 
08/19
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
 A duração normal do trabalho, para os empregados em qualquer atividade privada, não excederá de oito horas diárias, desde que não seja fixado expressamente outro limite (art. 58 da CLT). Neste sentido é o disposto na Constituição Federal em seu artigo 7º, XIII, prevendo o direito do trabalhador a duração do trabalho normal não superior a oito horas diárias e quarenta e quatro semanais, facultada a compensação de horários e a redução da jornada, mediante acordo ou convenção coletiva de trabalho.
Jornada de Trabalho / Duração
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
Horas Suplementares / Extraordinárias
Essas expressões , equivalem-se, e tais fenômenos ocorrem quando o empregado excede na quantidade de horas contratualmente determinadas. Porém esse fenômeno não ocorre isolado, ele é parte de um acordo escrito pré-estabelecido entre o empregador e o empregado, denominado como Acordo de Prorrogação. 
Assim a CLT art. 59 § 1º determinou que a duração das horas extras fosse acrescida de no mínimo 50% nos dias normais e 100% nos domingos e feriados 
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
Art. 73 \u2013 O trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno e, terá um acréscimo de 20% (vinte por cento), pelo menos.
§ 1º \u2013 A hora do trabalho noturno será computada como de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos. 
§ 2º \u2013 Considera-se noturno, para os efeitos deste Art., o trabalho executado entre as 22 (vinte e duas) horas de um dia e as 5 (cinco) horas do dia seguinte. 
Adicional Noturno
Urbano
14/19
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
Adicional Noturno
Rural
agricultura
pecuária
21h. Até 05h. 
20h. Até 04h. 
25%
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
 Mais de 4 a 6 horas = 15 minutos
Mais de 6 a 8 horas = 1 a 2 horas
Inter jornada \u2013 Aquele feito entre uma jornada de um dia até o outro dia, tendo que ser de no mínimo 11 horas por dia.
Intervalo \u2013 intra jornada 
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
7) O limite máximo para pagamento de salário in natura e/ou utilidade pelo empregador, é de:
a. 20%;
b. 30%;
c. 50%; 
d. 70%. 
8) A equiparação salarial exige que os 2 comparados (Reclamante e o paradigma) tenham, nas mesmas funções:
a. Até 5 anos;
b. Mais de 3 anos;
c. Por mais de 5 anos;
d. Até 2 anos.
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
9) O contrato de experiência tem o prazo limite de:
a. 1 ano;
b. 60 dias improrrogáveis;
c. Até 90 dias prorrogáveis por mais 30;
d. Até 90 dias improrrogáveis.
10) É correto afirmar que o contrato de experiência não poderá exceder de:
a. 3 (três) meses;
b. 2 (dois) meses;
c. 60 dias; 
d. 90 dias. 
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
11) HORA EXTRAORDINÁRIA \u2013 As horas trabalhadas além da jornada normal de 8 horas, desde que não compensadas, serão remuneradas com um adicional de, no mínimo, 
 
110%;
55%;
30%;
50%;
70%
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Revisão para a AV-1 \u2013 conteúdo das aulas de 01 até 05.
*
*
12) INTERRUPÇÃO\u2013 Juarez, empregado da empresa Luz e Arte Ltda., sofreu uma queda em sua residência, durante o gozo de descanso semanal remunerado. Em decorrência do acidente, fraturou o tornozelo e ficou afastado do trabalho por 28 dias. Nessa situação hipotética, os primeiros 15 dias de afastamento de Juarez