Buscar

Relatório de prática - Eletrotermofototerapia

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 5 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS 
ENSINO DIGITAL 
	
RELATÓRIO 02
	
	
	DATA:
______/______/______
RELATÓRIO DE PRÁTICA 01
REBECA CASTORINO TEIXEIRA 28305334
RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS: Eletrotermofototerapia
DADOS DO(A) ALUNO(A):
	NOME: REBECA CASTORINO TEIXEIRA
	MATRÍCULA: 28305334
	CURSO: FISIOTERAPIA
	POLO: FLAMENGO
	PROFESSOR(A) ORIENTADOR(A): ELIETE PINTO
		TEMA DE AULA: Uso de eletroestimuladores muscular em pacientes com hipotrofia decorrente ao desuso
RELATÓRIO:
1. Criar uma situação no qual o paciente ficou muito tempo acamado decorrente a outra patologia sistêmica, com isso, está apresentando dificuldade para sentar-se (controle de tronco), se levantar e caminhar.
Jorge, paciente de 65 anos, sofreu um Acidente Vascular Cerebral, ficou acamado por dois meses, apresenta déficits de força e condicionamento físico devido a hemiplegia contralateral da lesão encefálica (sequela do AVC), faz atualmente acompanhamento psicológico e apresenta dificuldades em levantar-se, realizando o movimento iniciando por meio do decúbito lateral, sente-se impossibilitada de fletir a coluna vertebral e sempre precisa de ajuda para levantar-se, alega que sente fraqueza em suas coxas. 
2. Descrever a atuação da fisioterapia associada a recursos eletroterapeuticos, que atuem para fortalecer os músculos descrevendo toda sua programação. 
O profissional deve fazer uma avaliação física e realizar testes específicos
ortopédicos, testes e medições de amplitude de movimento, reflexo e graduação de força para verificar a capacidade do paciente, se o mesmo estiver capacitado para a realização dos movimentos independentes dos quais sente dificuldade, o profissional deve entrar com a intervenção e tratamento da área enfraquecida. Neste caso o profissional utiliza de métodos e técnicas que ajudarão o paciente a recuperar sua força e capacidade. Uma dessas técnicas é a eletroterapia, que por meio de condutores elétricos consegue-se estimular a contração do músculo de acordo com o nível de atividade do paciente por meio de uma técnica chama da corrente russa podendo ser utilizada no modo de estimulação multissegmentar. 
	
	RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS 
ENSINO DIGITAL 
	
RELATÓRIO 01
	
	
	DATA:
______/______/______
RELATÓRIO DE PRÁTICA 02
REBECA CASTORINO TEIXEIRA 28305334
	
RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS: Eletrotermofototerapia
DADOS DO(A) ALUNO(A):
	NOME: REBECA CASTORINO TEIXEIRA
	MATRÍCULA: 28305334
	CURSO: FISIOTERAPIA
	POLO: FLAMENGO
	PROFESSOR(A) ORIENTADOR(A): ELIETE PINTO
		TEMA DE AULA: Recursos eletroanalgésicos para tratamentos de fibromialgia
RELATÓRIO:
1. Criar uma situação no qual o paciente inicialmente queixou-se de dores difusas nos braços, pescoço e membros inferiores, havendo piora nos últimos meses. Relata também edema e dormência nas mãos e nos pés e dificuldade para dormir, acordando pela manhã com sensação de não ter dormido e citar a ação dos recursos eletroterapeuticos.
Um paciente com fibromialgia se manifesta com dor no corpo todo, principalmente na musculatura. Junto com a dores essa doença conta com sintomas de fadiga, cansaço, sono não reparador a pessoa acorda cansada e outros sintomas como alterações de memória e a tenção, ansiedade, depressão e até alterações intestinais. O paciente começa a ter sensibilidade ao toque e à compressão da musculatura pelo fisioterapeuta ou por outras pessoas. A alteração do sono na fibromialgia é frequente, com o sono profundo interrompido, a qualidade de sono cai muito e a pessoa acorda cansada, mesmo que tenha dormido por um longo tempo, a má qualidade do sono pode aumentar a fadiga, a contração muscular e a dor. O paciente também pode apresentar do desconforto grande nas pernas ao deitar-se na cama, com necessidade de esticá-las, mexê-las ou sair andando para aliviar este desconforto. Para ajudar o seu paciente, o fisioterapeuta poderá indicar
tratamentos com objetivos no alívio da dor, na melhora da qualidade do sono, na manutenção ou no restabelecimento do equilíbrio emocional, na melhora do condicionamento físico e da fadiga e do tratamento específico de desordens associadas. De preferência o fisioterapeuta deve inicialmente educar e informar o paciente e os seus familiares, proporcionando o máximo de informações sobre a síndrome e assegurando que seus sintomas são reais. A atitude do paciente é um fator determinante na evolução da doença. Por isso, procuramos fazer com que este assuma uma atitude positiva frente às propostas terapêuticas e seus sintomas.
2. Descrever a atuação da fisioterapia associada a recursos eletroterapeuticos, que atuem para ajudar no quadro álgico minimizando os sintomas dessa paciente.
A eletroterapia consiste em estímulos elétricos de baixa intensidade aplicados diretamente na pele para recursos fisioterapêuticos, com o objetivo de alívio de dores, fortalecer músculos e ossos, prevenir o atrofiamento, auxiliar de cicatrizações, além dos benefícios estéticos. A síndrome da fibromialgia é uma doença reumatológica, de caráter crônico e não articular, com característica típica que afeta a musculatura causando dor difusa pelo corpo tendo a presença de pontos específicos. Por essa razão o trabalho visa apresentar a eficácia do tratamento da eletroterapia nesse paciente. As intervenções por eletroterapia na fibromialgia variaram amplamente. A eletroterapia promove analgesia porque melhor a circulação local e exerce ativação do sistema supressor de dor, retarda a amiotrofia, mantém o trofismo muscular e é um método de treinamento proprioceptivo e sinestésico. Ela incluindo estimulação elétrica nervosa transcutânea, excitação elétrica funcional, terapia de interferência, e iontoforese. Com o final das seções o paciente apresentara diminuição significativa da dor e da rigidez matinal e nos pontos doloridos. A inclusão de exercícios de alongamento se faz necessária uma vez que promovem a melhora da elasticidade muscular, contribuindo para a diminuição da rigidez articular, que é uma das características da fibromialgia, exercícios aeróbicos contribuem para a promoção de consciência corporal e para o aumento do limiar de dor, melhorando a resistência à fadiga, reduzindo assim a gravidade dos sintomas. Esses exercícios têm ainda como benefício a melhora do condicionamento físico, da eficiência cardiovascular, o aumento do aporte de oxigênio aos músculos e da circulação periférica.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes