Buscar

aga_agente_de_alimentacao_v

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

pcimarkpci MjgwNDowMTRkOjE0ODQ6ODNkZTpkYzRmOmI4NjQ6YTA2ZDoxNTFi:V2VkLCAwMiBBdWcgMjAyMyAyMjoxOToxMCAtMDMwMA==
www.pciconcursos.com.br
BOA PROVA
CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO EDUCACIONAL - NÍVEL 2
FRASE PARA EXAME GRAFOLÓGICO (TRANSCREVA NO QUADRO DE SEU CARTÃO DE RESPOSTAS)
“Você está na trilha do sucesso quando pensar no passado sem remorso
e no futuro sem medo”
C
A
D
E
R
N
O
D
E
Q
U
E
S
T
Õ
E
S
CONCURSO PÚBLICO
VAGA
ATENÇÃO: VERIFIQUE SE
CÓDIGO E PROVA DESTE
CADERNO DE QUESTÕES
CONFEREM COM O SEU
CARTÃO DE RESPOSTAS
PROVACÓDIGO
MANHÃ
A T E N Ç Ã O
1. O contém questões de múltipla-escolha, cada uma com 5 opções (A, B, C, D e E).
2. Ao receber o material, verifique no seu nome, número de inscrição, data de nascimento,
cargo e prova. Qualquer irregularidade comunique imediatamente ao fiscal de sala. Não serão aceitas
reclamações posteriores.
3. Leia atentamente cada questão e assinale no a opção que responde
corretamente a cada uma delas. O será o único documento válido para a
correção eletrônica. O preenchimento do e a respectiva assinatura serão de inteira
responsabilidade do candidato. Não haverá substituição do , por erro do candidato.
4. Observe as seguintes recomendações relativas ao :
- A maneira correta de marcação das respostas é cobrir, fortemente, com esferográfica de tinta azul ou
preta, o espaço correspondente à letra a ser assinalada.
- Outras formas de marcação diferentes implicarão a rejeição do .
- Será atribuída nota zero às questões não assinaladas ou com falta de nitidez, ou com marcação de
mais de uma opção, e as emendadas ou rasuradas.
5. O fiscal de sala não está autorizado a alterar qualquer destas instruções. Em caso de dúvida, solicite a
presença do coordenador local.
6. Você só poderá retirar-se definitivamente do recinto de realização da prova após 1 hora contada
do seu efetivo início, .
7. Você só poderá levar o próprio caso permaneça na sala até 1 hora antes do término da
prova.
8. Por motivo de segurança, só é permitido fazer anotação durante a prova no e no
. Qualquer outro tipo de anotação será motivo de eliminação automática do candidato.
9. Após identificado e instalado na sala, você não poderá consultar qualquer material, enquanto aguarda o horário de
início da prova.
10. Os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato entregue o
.
11. Ao terminar a prova, é de sua responsabilidade entregar ao fiscal o . Não esqueça seus
pertences.
12. O será disponibilizado no site www.funcab.org, conforme estabelecido no
Cronograma.
Caderno de Questões
Cartão de Respostas
Cartão de Respostas
Cartão de Respostas
Cartão de Respostas
Cartão de Respostas
Cartão de Respostas
Cartão de Respostas
sem levar o Caderno de Questões
Caderno de Questões
Caderno de Questões Cartão de
Respostas
Cartão
de Respostas
Cartão de Respostas
Gabarito Oficial da Prova Objetiva
GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA
SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
FUNÇÃO: AGENTE DE ALIMENTAÇÃO
www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MjgwNDowMTRkOjE0ODQ6ODNkZTpkYzRmOmI4NjQ6YTA2ZDoxNTFi:V2VkLCAwMiBBdWcgMjAyMyAyMjoxOToxMCAtMDMwMA==
www.pciconcursos.com.br
- Língua Portuguesa
02
1. O texto se inicia com uma afirmação que assinala o ponto
de vista da autora sobre os procedimentos psicopedagógicos
que estão sendo aplicados em crianças e jovens. O fragmento
do texto que reafirma e reforça esse posicionamento da
autora é:
A) “Contos de fadas, por exemplo, alimento da minha alma
de criança, raiz de quase toda a minha obra adulta,
sobretudo romances e contos, foram originalmente –
dizem estudiosos narrativas populares, orais, de povos
muito antigos. Assim eles representavam e tentavam
controlar seus medos e dúvidas, carentes das quase
excessivas informações científicas de que hoje
dispomos.”(1º parágrafo)
B) “Muito mais recentemente, escritores comoAndersen e os
irmãos Grimm adaptaram tais relatos ao mundo infantil e
criaram suas maravilhosas histórias, que unem, como a
vida real, o belo e o sinistro.” (2º parágrafo)
C) “Branca de Neve, Rapunzel e dezenas de outros
personagens alimentaram nossa fantasia e continuam a
alimentar a das crianças que têm sorte, cujos pais e
escolas lhes proporcionam contato cotidiano com esses
livros.” (2º parágrafo)
D) “Estamos emburrecendo nossas crianças e jovens,
mesmo querendo seu bem? E, afinal, o que será o seu
bem? Ignorar o que existe de sombrio e mau, caminhar
feito João e Maria alegrinhos, não abandonados pelos
pais, mas procurando borboletas no mato?” (5º parágrafo)
E) “Uma sereia quer pernas para namorar seu príncipe na
praia, mas o sacrifício é terrível, a cada passo de suas
novas pernas, dores inimagináveis a dilaceram. Uma
princesa, sua família, séquito e criados do castelo
dormem um sono profundo, maldição de uma fada má, e
só serão libertados pelo príncipe salvador – que, é claro,
sempre aparece.” (2º parágrafo)
–
Leia o texto abaixo e responda às questões propostas.
“Tenho observado alguns esforços psicopedagógicos no
sentido de tornar nossas crianças politicamente corretas –
postura que muitas vezes nos transforma em seres tediosos,
sem graça nem fervor. Contos de fadas, por exemplo,
alimento da minha alma de criança, raiz de quase toda a
minha obra adulta, sobretudo romances e contos, foram
originalmente – dizem estudiosos – narrativas populares,
orais, de povos muito antigos. Assim eles representavam e
tentavam controlar seus medos e dúvidas, carentes das
quase excessivas informações científicas de que hoje
dispomos. Nascimento e morte, sexo, sol e lua, raios e
trovões, o brotar das colheitas lhes pareciam misteriosos,
portanto fascinantes.
Muito mais recentemente, escritores como Andersen e os
irmãos Grimm adaptaram tais relatos ao mundo infantil e
criaram suas maravilhosas histórias, que unem, como a vida
real, o belo e o sinistro. Uma sereia quer pernas para namorar
seu príncipe na praia, mas o sacrifício é terrível, a cada passo
de suas novas pernas, dores inimagináveis a dilaceram. Uma
princesa, sua família, séquito e criados do castelo dormem um
sono profundo, maldição de uma fada má, e só serão
libertados pelo príncipe salvador – que, é claro, sempre
aparece. Branca de Neve, Rapunzel e dezenas de outros
personagens alimentaram nossa fantasia e continuam a
alimentar a das crianças que têm sorte, cujos pais e escolas
lhes proporcionam contato cotidiano com esses livros.
Porém, faz algum tempo, há um movimento para
reformular tais relatos, tirando-lhes sua essência, isto é, o
misterioso e até o assustador. Lobos seriam bobalhões e
vovozinhas umas pândegas, só existiriam fadas boas, e as
bruxas, ah, essas passam a ser velhotas azaradas. Até
cantigas de roda seculares tendem a ser distorcidas, pois
atirar um pau num gato é uma crueldade, como se fosse
preciso explicar isso para as crianças saberem que animais a
gente ama e cuida – se é assim que se faz em casa.
Vejo em tudo isso um engano e um atraso. Impedindo
nossas crianças do natural contato com essas antiquíssimas
histórias, que retratam as possibilidades boas e negativas do
mundo, nós as deixamos despreparadas para a vida, cujos
perigos entram hoje em seus quartos, rondam escolas e
clubes, esperam na esquina com um revólver na mão de um
drogado, ou de um psicopata lúcido e frio, sem falar nos
insidiosos pedófilos na internet.
Estamos emburrecendo nossas crianças e jovens,
mesmo querendo seu bem? E, afinal, o que será o seu bem?
Ignorar o que existe de sombrio e mau, caminhar feito João e
Maria alegrinhos, não abandonados pelos pais, mas
procurando borboletas no mato? Receio que a gente esteja
cometendo um triste engano, deformando histórias e até
cantigas que fazem parte do nosso imaginário mais básico
com arquétipos humanos essenciais.
Em compensação, adolescentes e crianças procuram o
encanto do misterioso lendo sobre vampiros, bruxos e
avatares, vendo seus filmes e pesquisando na internet. Por
que isso? – me perguntou recentemente um pai.Porque,
neste momento de altíssima tecnologia, a alma humana
busca a expectativa, o segredo e o susto. Precisa conhecer o
mal para se acautelar e se proteger, o belo e o bom para
crescer com esperança. Mas nós, pedagogos e pais, nem
sempre seguros e informados, começamos a querer alisar
excessivamente a estrada para eles, não lhes ensinando que
o mal existe, assim como o bem, que o belo nos atrai, assim
como o monstruoso, e que é preciso desenvolver
discernimento (gosto dessa palavra), isto é, a capacidade de
entender e distinguir o melhor do pior, a fim de fazer com mais
clareza e segurança as inevitáveis escolhas.
Mas se, porque isso nos tranquiliza, tratamos as crianças
como imbecis, e queremos nosso adolescente infantilizado
por um longo tempo, exigindo-o cada vez menos em casa, na
escola e nas universidades – embora deixando que se
sexualize de forma precoce e criminosa –, vai ser difícil que
tenham informação, capacidade de julgar e escolher, que
seriam nosso maior e melhor legado para elas.”
(Lya Luft. Medo do Medo. Revista Veja. nº 2158. 31/03/2010)
2. “ isso? – me perguntou recentemente um pai.
, neste momento de altíssima tecnologia, a alma
humana busca a expectativa, o segredo e o susto.” Observe,
no fragmento retirado do texto, o emprego das palavras
destacadas. Assinale a opção em que o emprego de
e , respectivamente, está adequado à norma culta da
língua.
A) Não compreendo os clássicos infantis não são
mais lidos. não se ouvem mais crianças falar
deles, não é?
B) Estudiosos explicam o de ser tão importante a
leitura de contos de fadas: trabalha o
discernimento entre o bem e o mal; o certo e o errado.
C) Contos de fadas são culturalmente tradicionais,
são lidos através de várias gerações viveram nos
últimos tempos.
D) não se acredita em contos de fadas, não os
tornam sem um para as gerações futuras.
E) Toda criança passa experiências através da
leitura de histórias infantis compreende há o bem
e o mal, o certo e o errado, criando um senso crítico e
ético.
Por que
Porque
por que
porque
por que
Porque
por que
porque
por que
porque
Por que
porque
por que
porque
CONHECIMENTOS GERAIS
www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MjgwNDowMTRkOjE0ODQ6ODNkZTpkYzRmOmI4NjQ6YTA2ZDoxNTFi:V2VkLCAwMiBBdWcgMjAyMyAyMjoxOToxMCAtMDMwMA==
www.pciconcursos.com.br
6. No fragmento “Impedindo nossas crianças do natural
contato com essas antiquíssimas histórias, retratam as
possibilidades boas e negativas do mundo, nós deixamos
despreparadas para a vida, perigos entram hoje em
seus quartos, rondam escolas e clubes, esperam na esquina
com um revólver na mão de um drogado, ou de um psicopata
lúcido e frio, sem falar nos insidiosos pedófilos na internet.”,
destacamos pronomes que retomam termos anteriormente
citados. Os termos que são, respectivamente, retomados
pelos pronomes QUE, AS e CUJOS, no fragmento, estão
corretamente apresentados na alternativa:
A) crianças – perigos – possibilidades.
B) contato – negativas – crianças.
C) antiquíssima – mundo – escolas.
D) histórias – crianças – vida.
E) possibilidades – vida – perigos.
que
as
cujos
4. A autora, para justificar seu posicionamento de que os
contos de fada são importantes na formação de crianças e
jovens, descaracteriza o universo das clássicas histórias
infantis, através de seus personagens, e das cantigas de
roda. O fragmento retirado do texto que melhor apresenta
essa descaracterização é:
A) “Contos de fadas, por exemplo, alimento da minha alma
de criança, raiz de quase toda a minha obra adulta,
sobretudo romances e contos, foram originalmente –
dizem estudiosos – narrativas populares, orais, de povos
muito antigos.” (1º parágrafo).
B) “Lobos seriam bobalhões e vovozinhas umas pândegas,
só existiriam fadas boas, e as bruxas, ah, essas passam a
ser velhotas azaradas. Até cantigas de roda seculares
tendem a ser distorcidas, pois atirar um pau num gato é
uma crueldade, como se fosse preciso explicar isso para
as crianças saberem que animais a gente ama e cuida –
se é assim que se faz em casa.” (3º parágrafo).
C) “Uma princesa, sua família, séquito e criados do castelo
dormem um sono profundo, maldição de uma fada má, e
só serão libertados pelo príncipe salvador – que, é claro,
sempre aparece. Branca de Neve, Rapunzel e dezenas
de outros personagens alimentaram nossa fantasia e
continuam a alimentar a das crianças que têm sorte, cujos
pais e escolas lhes proporcionam contato cotidiano com
esses livros.” (2º parágrafo).
D) “Em compensação, adolescentes e crianças procuram o
encanto do misterioso lendo sobre vampiros, bruxos e
avatares, vendo seus filmes e pesquisando na internet.
Por que isso? – me perguntou recentemente um pai.
Porque, neste momento de altíssima tecnologia, a alma
humana busca a expectativa, o segredo e o susto.”
(6º parágrafo).
E) “Mas se, porque isso nos tranquiliza, tratamos as crianças
como imbecis, e queremos nosso adolescente
infantilizado por um longo tempo, exigindo-o cada vez
menos em casa, na escola e nas universidades – embora
deixando que se sexualize de forma precoce e criminosa
–, vai ser difícil que tenham informação, capacidade de
julgar e escolher, que seriam nosso maior e melhor legado
para elas.” (7º parágrafo).
03
5. Segundo a autora, será difícil que as crianças tenham
informação, capacidade de julgar e escolher, porque:
A) pedagogos e pais estão mais seguros e informados nos
dias de hoje.
B) os estudiosos mostram que contos de fada são meras
narrativas orais e populares.
C) as histórias infantis retratam as possibilidades boas e
negativas do mundo.
D) crianças e adolescentes de hoje procuram ler sobre
vampiros, bruxos e avatares.
E) tratamos crianças como imbecis e prolongamos a infância
de nossos adolescentes.
3. “Mas , pedagogos e pais, nem sempre seguros e
informados, começamos a querer alisar excessivamente a
estrada para eles, não lhes ensinando que o mal existe, assim
como o bem, que o belo nos atrai, assim como o monstruoso,
e que é preciso desenvolver discernimento (gosto dessa
palavra), isto é, a capacidade de entender e distinguir o
melhor do pior, a fim de fazer com mais clareza e segurança
as escolhas.”( 6º parágrafo).Assinale a opção em
que as palavras retiradas do texto são, respectivamente,
acentuadas pelo mesmo motivo que NÓS e INEVITÁVEIS,
como no fragmento anterior.
A) até (3º parágrafo) / terrível (2º parágrafo).
B) porém (3º parágrafo) / príncipe (2º parágrafo).
C) má (2º parágrafo) / têm (2º parágrafo).
D) séquito (2º parágrafo)/ inimagináveis (2º parágrafo).
E) só (2º parágrafo) / essência (3º parágrafo).
nós
inevitáveis
7. Observe o emprego do pronome oblíquo átono NOS no
fragmento a seguir: “Tenho observado alguns esforços
psicopedagógicos no sentido de tornar nossas crianças
politicamente corretas – postura que muitas vezes
transforma em seres tediosos, sem graça nem fervor.” A
alternativa que apresenta o correto emprego do pronome
oblíquo átono destacado é:
A) Não deixamos a criança desenvolver critérios de bem e
mal, quando evita- a leitura de contos de fada.
B) é difícil aceitar ao processo de infantilização de
adolescentes até mesmo os que já alcançaram os bancos
universitários.
C) Quando espera que adultos críticos e conscientes dos
valores éticos e morais sejam formados, é necessário
despertar, na criança, o gosto pela leitura.
D) Entregarei- a chave do discernimento: estimule a
leitura em nossos jovens.
E) Reconhecemos que ser- -á difícil formarmos cidadãos
íntegros e conscientes dos valores morais afastando as
crianças dos contos de fada.
nos
se
Me
se
lhes
nos
www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MjgwNDowMTRkOjE0ODQ6ODNkZTpkYzRmOmI4NjQ6YTA2ZDoxNTFi:V2VkLCAwMiBBdWcgMjAyMyAyMjoxOToxMCAtMDMwMA==
www.pciconcursos.com.br
- Atualidades Regionais
11. Em meados do mês de abril deste ano, o caos aéreo
instalou-se na Europa. Aeroportos em muitos países do
continente foram fechados e aviões retidos em solo. Os
principais aeroportos operaramapenas para voos de
emergência. A instalação deste caos no sistema aéreo
europeu teve reflexos na aviação do mundo inteiro.
O que ocasionou o caos aéreo europeu?
A) Ataque terrorista na Finlândia.
B) Ameaças de bombas feitas por grupos islâmicos.
C) Ataque de hackers aos sistemas dos aeroportos.
D) Erupção vulcânica na Islândia.
E) Greve dos pilotos europeus.
9. Nos períodos: “Estamos nossas crianças
e jovens, mesmo querendo seu bem?”, e “Mas se, porque isso
nos , tratamos as crianças como imbecis (...)”, os
verbos EMBURRECENDO e TRANQULIZA apresentam,
respectivamente, o mesmo processo de formação das
palavras destacadas na opção:
A) “Tenho observado alguns esforços psicopedagógicos no
sentido de tornar nossas crianças corretas
– postura que muitas vezes nos em seres
tediosos, sem graça nem fervor.”
B) “Precisa conhecer o mal para se e se proteger,
o belo e o bom para crescer com .”
C) “Lobos seriam e umas
pândegas, só existiriam fadas boas, e as bruxas.(...)”
D) “Muito mais , como Andersen e
os irmãos Grimm adaptaram tais relatos ao mundo infantil
e criaram suas maravilhosas histórias.(...)”
E) “ nossas crianças do natural contato com
essas antiquíssimas histórias, que as
possibilidades boas e negativas do mundo.(...)”
emburrecendo
tranquiliza
politicamente
transforma
acautelar
esperança
bobalhões vovozinhas
recentemente escritores
Impedindo
retratam
14. O estado de Rondônia está assim representado no
Senado Federal:
A) Olavo Gomes,Acir Gurgacz e Valdir Raupp.
B) Valdir Raupp, Fátima Cleide e Olavo Gomes.
C) Fátima Cleide,Amir Lando e Valdir Raupp.
D) Amir Lando,Acir Gurgacz e Fátima Cleide.
E) Acir Gurgacz, Valdir Raupp e Fátima Cleide.
10. “Vejo em tudo isso .”
(4º Parágrafo). Assinale a opção em que o termo destacado
apresenta a mesma função sintática que “um engano e um
atraso”, como no período anterior.
A) “(...)– postura que muitas vezes nos transforma
, sem graça nem fervor.” (1º parágrafo)
B) “(...) só existiriam , e as bruxas, ah, essas
passam a ser velhotas azaradas.” (3º parágrafo)
C) “(...) Porque, neste momento de altíssima tecnologia,
.” (6° parágrafo)
D) “Em compensação, procuram
o encanto do misterioso lendo sobre vampiros, bruxos e
avatares, vendo seus filmes e pesquisando na internet.”
(6º parágrafo)
E) “Mas nós, , nem sempre seguros e
informados, começamos a querer alisar excessivamente
a estrada para eles (...)” (6º parágrafo)
um engano e um atraso
em seres
tediosos
fadas boas
a
alma humana busca a expectativa, o segredo e o
susto
adolescentes e crianças
pedagogos e pais
13. Este rio tem grande significação econômica para o estado
de Rondônia, por ter sido represado para a formação da
primeira usina hidrelétrica do Estado e servir como importante
via de transporte de passageiros e cargas na região
compreendida entre os municípios de Porto Velho e
Ariquemes. Que rio é este?
A) Ji-Paraná.
B) Jamari.
C) Abunã.
D) Aripuanã.
E) Madeira.
12. Sobre a atualidade da Grécia podemos afirmar que:
A) atravessa um momento de estabilidade econômica.
B) atravessa grave crise cultural devido ao declínio das
escolas públicas.
C) vive um momento de instabilidade econômica, mas não
preocupa o resto do mundo.
D) está prestes a se tornar a economia mais forte da Europa.
E) atravessa forte crise financeira causada pela
irresponsabilidade fiscal do governo.
04
8. “Porém, algum tempo, um movimento para
reformular tais relatos, tirando-lhes sua essência, isto é, o
misterioso e até o assustador.” Neste fragmento, os verbos
FAZER e HAVER, respectivamente, estão empregados como
verbos impessoais. Marque a alternativa em que a
concordância dos verbos impessoais, em destaque, está de
acordo com a norma culta da língua.
A) das crianças adultos melhores quando
maior estímulo à leitura.
B) dois anos que não lia livro algum. uns
bons meses que nem manchete de jornal lhe chamava
atenção.
C) muitos anos que os contos infantis são lidos e
reproduzidos. , assim, esperanças em dias
melhores.
D) possibilidades melhores quando se mais
leituras dos clássicos contos de fadas.
E) -se necessário que professores e pais trabalhem
estimulando a leitura em crianças e jovens, para
melhores cidadãos.
faz há
Farão houverem
Havia Devia fazer
Fazem
Devem haver
Haviam fazia
Faz
haverem
www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MjgwNDowMTRkOjE0ODQ6ODNkZTpkYzRmOmI4NjQ6YTA2ZDoxNTFi:V2VkLCAwMiBBdWcgMjAyMyAyMjoxOToxMCAtMDMwMA==
www.pciconcursos.com.br
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
- Raciocínio Lógico Matemático
- Administração Pública
05
15. Sobre a economia do estado de Rondônia é correto
afirmar que:
A) desponta como um dos mais produtivos polos de
desenvolvimento da atualidade, registrando um
crescimento acima da média nacional na última década,
revelando sua imensa potencialidade produtiva, nos
setores da indústria, comércio e prestação de serviços.
B) enfrenta uma crise econômica devido o governo federal
só se preocupar com economias do Sul e Sudeste do
Brasil. Infelizmente o norte-nordeste é esquecido pelas
políticas públicas federais.
C) permanece estável alternando momentos de crescimento
com momentos de crise.
D) a economia do Estado estava num ritmo muito forte,
porém nos últimos seis meses sofreu uma forte queda,
devido à crise capitalista que enfrentam os principais
centros financeiros do mundo.
E) apresenta leve crescimento e a principal dificuldade para
a obtenção de índices de crescimento elevado é a falta de
mão de obra qualificada.
16. De acordo com a Lei n° 68/92, das infrações disciplinares
citadas, a única NÃO prevista com demissão é:
A) aplicação irregular do dinheiro público.
B) improbridade administrativa.
C) acumular ilegalmente cargos, empregos ou funções
públicas.
D) inassiduidade habitual.
E) faltar à verdade com má fé, no exercício das funções.
17. Em relação aos direitos do servidor público do estado de
Rondônia pode-se afirmar que:
I. licença maternidade de 180 dias, sem prejuízo do cargo e
remuneração.
II. conversão em pecúnia dos períodos de licença especial
não gozados por necessidade de serviço, quando o
servidor passar para a inatividade.
III. servidores eleitos para dirigentes das associações de
classes de servidores estaduais ficam à disposição das
mesmas, com ônus para o órgão de origem.
IV. o Estado proverá seguro contra acidente de trabalho, e a
legislação própria estabelecerá os casos de indenização
ao servidor aposentado.
A) Todas são verdadeiras.
B) Todas são falsas.
C) Apenas II é falsa.
D) Apenas I e III são verdadeiras.
E) Apenas I e IV são verdadeiras.
18. De acordo com o Art. 191 da Constituição Estadual de
Rondônia, o ensino é livre à iniciativa privada desde que esta:
A) só atue no ensino médio.
B) só atue no ensino superior.
C) se sujeite à fiscalização do Estado.
D) garanta a concessão de bolsas de estudos.
E) seja autorizada pelo Conselho Federal de Educação.
19. Ainda de acordo com a Constituição Estadual de
Rondônia, das alternativas abaixo, NÃO é vedado ao Estado:
A) estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los
e embaraçar-lhes o funcionamento.
B) interromper obras iniciadas em gestão anterior.
C) recusar fé aos documentos públicos.
D) criar distinção entre brasileiros.
E) estabelecer política de orientação ao planejamento
familiar.
20. Eficiência, eficácia e efetividade são princípios
relacionados à:
A) qualidade de resultados na produção dos serviços
públicos.
B) supremacia do interesse público sobre o particular.
C) moralidade na gestão administrativa.
D) poderes e deveres dos administradores públicos.
E) legalidade dos atos administrativos.
21. Sou aluno de Antônio ou sou aluno de Oswaldo. Sou
aluno de Natália ou não sou aluno de Antônio. Sou aluno de
Carla ou não sou aluno de Oswaldo. Ora, não sou aluno de
Carla.Assim,
A) não sou aluno de Natália e sou aluno deAntônio.
B) não sou aluno de Carla e não sou aluno de Natália.
C) sou aluno de Natália e aluno deAntônio.
D) sou aluno de Oswaldo e aluno de Natália.
E) sou aluno de Oswaldo e nãosou aluno de Carla.
22. Arthur, Bernardo e Cláudio jogam em três diferentes
posições em um time de futebol. Um deles é zagueiro, o outro
é goleiro, e o outro é atacante. Sabe-se que: ou Arthur é
zagueiro, ou Cláudio é zagueiro; ou Arthur é goleiro, ou
Bernardo é atacante; ou Cláudio é atacante, ou Bernardo é
atacante; ou Bernardo é goleiro, ou Cláudio é goleiro. Com
essas informações, conclui-se que as posições em que jogam
Arthur e Cláudio são, respectivamente:
A) zagueiro e goleiro.
B) zagueiro e atacante.
C) goleiro e zagueiro.
D) atacante e goleiro.
E) goleiro e atacante.
23. Dizer que “Amanda não é triste ou Bia é amarga”, do ponto
de vista lógico é o mesmo que dizer:
A) seAmanda não é triste, então Bia é amarga.
B) se Bia é amarga, entãoAmanda é triste.
C) seAmanda é triste, então Bia é amarga.
D) seAmanda é triste, então Bia não é amarga.
E) seAmanda não é triste, então Bia não é amarga.
www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MjgwNDowMTRkOjE0ODQ6ODNkZTpkYzRmOmI4NjQ6YTA2ZDoxNTFi:V2VkLCAwMiBBdWcgMjAyMyAyMjoxOToxMCAtMDMwMA==
www.pciconcursos.com.br
- Conhecimentos na Área de Formação
06
32. Quanto às condições ideais de armazenamento de
alimentos, podemos afirmar:
A) devemos armazenar e utilizar sobras cujo prazo de
preparo tenha ocorrido há mais de 72 horas.
B) os produtos alimentícios devem ser guardados de modo
que os produtos de limpeza e higienização fiquem nas
prateleiras superiores e os alimentos na prateleira
imediatamente abaixo.
C) após abertos, os produtos deverão continuar em suas
embalagens originais até o seu consumo.
D) realizar a retirada dos alimentos para o uso, respeitando
sempre a data de validade.
E) a área de ventilação não é recomendável nos locais de
armazenamento de alimentos pois favorece a entrada de
impurezas no local.
31. As embalagens dos alimentos devem apresentar as
seguintes condições, EXCETO:
A) somente o prazo de validade não garante que o produto
esteja apto para o consumo.
B) as embalagens de alimentos congelados não devem ter
formações de cristais de gelo em seu interior, pois isto é
sinal de recongelamento.
C) havendo deformações do gargalo o produto contido no
seu interior deve ser desprezado.
D) sob suspeita de violação da embalagem (falta de lacre),
não utilize o produto.
E) produtos fracionados em embalagens fechadas devem
conter na sua parte externa, apenas a data de fabricação
em local visível.
27. Todos os atacantes são jogadores. Alguns atacantes são
gênios. Logo:
A) todos os gênios são jogadores.
B) alguns jogadores são gênios.
C) todos os jogadores são atacantes.
D) alguns gênios são técnicos.
E) todos os gênios são atacantes.
25. Três irmãos encontram-se a caminho da faculdade. A
camisa de um deles é cinza, a do outro é preta, e do outro é
bege. Eles usam calças destas mesmas três cores, mas
somenteAyres está com camisa e calça de mesma cor. Nem a
camisa nem a calça de João são beges. Marcos está com
calça cinza. Desse modo,
A) a camisa de João é cinza e a deAyres é preta.
B) a camisa de João é bege e a calça é preta.
C) a calça de João é preta e a deAyres é bege.
D) a calça deAyres é preta e a camisa de Marcos é bege.
E) a camisa deAyres é preta e a calça de Marcos é cinza.
26. Se é verdade que “nenhum gordo é corredor”, então
também será verdade que:
A) todos não gordos são não corredores.
B) pelo menos um não corredor é gordo.
C) nenhum gordo é não corredor.
D) nenhum não corredor é gordo.
E) nenhum corredor é não gordo.
28. Anegação da afirmação condicional “se fizer sol, eu vou à
praia” é:
A) se não fizer sol, eu vou à praia.
B) não está fazendo sol e eu vou à praia.
C) não está fazendo sol e eu não vou à praia.
D) se estiver fazendo sol, eu não vou à praia.
E) está fazendo sol e eu não vou à praia.
24. Sabe-se que Benedito brigar é condição necessária para
Cátia correr e condição suficiente para Diego dormir. Sabe-se,
também, que Diego dormir é condição necessária e suficiente
paraAndré caminhar.Assim, quando Cátia corre,
A) Benedito não briga ouAndré não caminha.
B) Diego dorme e Benedito não briga.
C) Diego não dorme ouAndré não caminha.
D) Nem Benedito briga nem Diego dorme.
E) Benedito briga eAndré caminha.
30. Marilza trabalha tanto quanto Rute e menos do que
Jéssica. Fábia trabalha tanto quanto Jéssica. Logo:
A) Fábia trabalha menos do que Rute.
B) Fábia trabalha mais do que Marilza.
C) Jéssica trabalha menos do que Rute.
D) Marilza trabalha mais do que Jéssica.
E) Jéssica trabalha menos do que Marilza.
29. Três amigas: Maria, Paula e Joana. Uma loira, uma
morena e outra ruiva, não necessariamente nesta ordem.
Somente uma das seguintes afirmações é verdadeira:
Maria é loira.
Paula não é loira.
Joana não é ruiva.
Então:
A) Maria é ruiva, Paula é morena, Joana é loira.
B) Maria é ruiva, Paula é loira, Joana é morena.
C) Maria é morena, Paula é ruiva, Joana é loira.
D) Maria é morena, Paula é loira, Joana é ruiva.
E) Maria é loira, Paula é ruiva, Joana é morena.
www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MjgwNDowMTRkOjE0ODQ6ODNkZTpkYzRmOmI4NjQ6YTA2ZDoxNTFi:V2VkLCAwMiBBdWcgMjAyMyAyMjoxOToxMCAtMDMwMA==
www.pciconcursos.com.br
07
33. O fator que deve ser considerado no pré-preparo dos
alimentos é:
A) examinar a qualidade e quantidade dos gêneros a serem
utilizados.
B) no caso dos alimentos congelados, esperar descongelar
à temperatura ambiente para não causar proliferação de
micro-organismos.
C) após a manipulação, o alimento deve permanecer em
temperatura ambiente até o seu consumo.
D) as hortaliças deverão ser lavadas com água corrente e
detergente antes do consumo.
E) usar, de preferência, materiais de madeira, pois quando
escurecem evitam a contaminação dos alimentos.
36. Para garantir uma perfeita higienização dos utensílios é
preciso:
A) lavar os utensílios e louças com sabão em pedra e
higienizar com desinfetante.
B) lavar os utensílios mais engordurados primeiro, seguindo
a ordem: copos, canecas, talheres, pratos e por último as
panelas.
C) retirar sempre os restos de comida e gordura dos
utensílios, para evitar o entupimento e mau cheiro da pia.
D) guardar utensílios como panelas, copos e xícaras com a
base para baixo, evitando o contato da parte interna com
poeira e insetos.
E) usar os mesmos utensílios e equipamentos para o
manuseio de diferentes tipos de alimentos e preparações.
34. Em relação à higienização da cozinha e do refeitório, NÃO
se deve:
A) lavar as paredes, azulejos, portas e maçanetas das
diversas áreas, diariamente, após o expediente, com
bastante água e sabão.
B) após o uso, higienizar as bancadas de pré-preparo com
detergente e água quente procedendo à desinfecção com
cera líquida.
C) lavar, diariamente, o piso de toda área, esfregando com
detergente e água quente, secando-o bem em seguida.
D) lavar as pias e tanques, diariamente, com saponáceo
clorado e água quente, enxaguar e secar.
E) lavar e ferver os panos de prato em solução de hipoclorito,
pois quando sujos, facilitam a reprodução de micro-
organismos.
37. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde
– OMS – os manipuladores de alimentos são responsáveis,
direta ou indiretamente, por até 26% dos surtos de DTA
(Doenças Transmitidas por Alimentos). Deve o Agente de
Alimentação observar boas práticas para manipulação de
alimentos na tentativa de contribuir para reduzir os números
desta estatística. As normas higiênico-sanitárias
recomendam o uso de EPI para a segurança do manipulador
e maior controle sobre a qualidade dos alimentos. Sobre os
EPI's dos que manuseiam alimentos é correto afirmar:
A) as toucas de proteção capilar têm como finalidade única a
proteção do produto, evitando que o mesmo seja
contaminado no ato da manipulação.
B) as luvas de proteção contra agentes térmicos devem ser
descartadas a cada turno de trabalho ou quando
estiverem fisicamente danificadas ou sujas.
C) as luvas usadas na higiene dos utensílios são as
confeccionadas com material cuja resistência permita o
seureaproveitamento a cada uso (após higienização
adequada), salvo se de alguma forma houverem sido
danificadas.
D) as máscaras duplas com elástico são eficientes
(garantem uma boa proteção), e econômicas dado ao
tempo de vida útil (durabilidade), pois podem ser
reaproveitadas.
E) o avental deve ter o seu uso restrito à área de
manipulação de alimentos.
38. Leia as afirmativas abaixo e marque a alternativa correta.
I. Máquinas e equipamentos devem ser submetidos à
manutenção periódica para maior segurança do
manipulador.
II. A perfeita higienização dos equipamentos permite
visualizar irregularidades, pois a sujeira pode esconder
imperfeições que comprometem a segurança do
equipamento e consequentemente a de quem o
manuseia.
III. O não uso dos equipamentos de proteção individual torna
o manipulador mais vulnerável à situações de risco no
trabalho.
IV. A margem de segurança propiciada pelos EPI's é ainda
ineficiente, o que faz com que não haja obrigatoriedade
do seu uso.
A) Apenas I e III estão corretas.
B) Aúnica afirmativa correta é a II.
C) Aúnica afirmativa incorreta é a IV.
D) II, III e IV estão corretas.
E) Todas estão corretas.
35. Higiene dos alimentos significa cuidar para que os
alimentos possam ser consumidos sem causar danos à
saúde. São tipos de higiene, EXCETO:
A) ter todo cuidado com o alimento cozido, pois se for
contaminado depois do preparo, não haverá outra chance
para eliminar os micróbios.
B) fazer uma higiene cuidadosa dos alimentos crus e
conservá-los de maneira adequada, separados dos
alimentos cozidos.
C) após o preparo, deixar o alimento em temperatura
ambiente o tempo que for necessário para o tempero
entranhar no alimento.
D) evitar descongelar e recongelar alimentos.
E) manter os alimentos sempre cobertos com tampas ou
filme plástico.
www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
pcimarkpci MjgwNDowMTRkOjE0ODQ6ODNkZTpkYzRmOmI4NjQ6YTA2ZDoxNTFi:V2VkLCAwMiBBdWcgMjAyMyAyMjoxOToxMCAtMDMwMA==
www.pciconcursos.com.br
08
40. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA –
órgão ligado ao Ministério da Saúde preconiza que o controle
químico de vetores e pragas no local de manipulação de
alimentos, a fim de evitar risco à saúde e contaminação de
alimentos, utensílios e equipamentos, deve ser realizado:
A) pelo Agente de Alimentação fazendo uso de fórmulas de
fabricação caseira.
B) pelos próprios funcionários da instituição usando
produtos tóxicos, seguindo as instruções da embalagem.
C) por empresa especializada, devidamente registrada.
D) por empresa fabricante de produtos químicos.
E) por pessoas inexperientes e curiosas que desempenham
esta atividade na informalidade.
39. Devemos verificar no recebimento dos alimentos alguns
fatores, EXCETO:
A) definir um local fixo para recepção de gêneros, de
preferência com bancada de aço inox, balança e tanque
com esguicho.
B) manter em local de fácil acesso, para conferência e
consulta, o cronograma, o pedido de compra e a tabela de
especificação dos gêneros.
C) verificar se a qualidade do produto, a integridade das
embalagens foram preservadas.
D) transportar os alimentos em veículos abertos que
permitem mais facilmente a conferência dos gêneros
além de tornar mais prático o descarregar das
mercadorias.
E) verificar no ato do recebimento, se as condições de
entrega cumpriram satisfatoriamente as exigências
higiênico-sanitárias.
www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br
 www.pciconcursos.com.br

Outros materiais