Buscar

Guia de Aprendizado

Prévia do material em texto

Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
 
 
Aviso Legal: 
 
Observe que as informações contidas neste documento são exclusivamente destinadas 
a fins educacionais e de entretenimento. Todos os esforços possíveis foram realizados 
para fornecer informações completas, precisas, atualizadas e confiáveis. 
 
Nenhuma garantia de qualquer tipo está expressa ou implícita. Os leitores 
reconhecem que o autor não está envolvido na prestação de aconselhamento jurídico, 
financeiro, médico ou profissional. 
 
Ao ler este documento, o leitor concorda que, sob nenhuma circunstância, sejamos 
responsáveis por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, incorridos como resultado 
do uso das informações contidas neste documento, incluindo, mas não se limitando a 
erros, omissões ou imprecisões. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
INTRODUÇÃO 
 
 
Avançar nos estudos é tudo o que um concurseiro deseja, e gastar menos tempo com 
isso é sempre bom. Mas se engana quem pensa que, para aprender rápido, tem que 
estudar 12 horas seguidas por dia, ou algo do tipo. 
Para começar, sua mente não aguenta este ritmo e você não consegue mantê-lo nem 
por um mês. 
 
Não basta ter um aprendizado acelerado para alcançar a sua aprovação, é necessário 
unir ele com outros fatores, como uma boa organização nos estudos, técnicas 
eficientes e técnicas de memorização. 
 
Quando você, concurseiro, conseguir alinhar todos esses fatores, sua aprovação logo 
chegará. 
 
Digamos que o seu objetivo como concurseiro é ser auditor fiscal, mas esse será o 
primeiro concurso que você irá prestar. Alguém chega para você, todo animado com 
o novo sonho de se tornar um concursado, e, fala que se ele passar 12 horas 
estudando por dia, será aprovado. 
 
Se você tiver esse tempo livre, com a empolgação, começa a estudar sem parar, e nos 
primeiros dias fica muito feliz por estar pegando o ritmo nos estudos e avançando. 
Mas logo o seu rendimento vai caindo, assim como um corredor subindo uma ladeira, 
e logo você cansa de estudar, pode até achar que “não nasceu para isso” e desiste. 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
Isso não pode acontecer. 
 
Primeiro porque, se você está lendo isso aqui, sabe de sua realidade, que não pode se 
permitir a deixar de estudar pois você quer dinheiro e estabilidade para ajudar a sua 
família ou fazer aquela viagem bem bacana. 
 
E segundo, um concurseiro experiente sabe que estudar 12 horas sem parar é algo que 
não funciona na realidade, você até pode ficar colado nos livros, mas não terá 
atenção. 
 
É aí que surge a pergunta: como estudar de maneira consciente e acelerada? Acima de 
tudo, é preciso ter foco e não sabotar as sessões de estudo. 
 
Sim, você se sabotando e destruindo as suas chances, quando diz que vai estudar e 
entra nas redes sociais, começa um jogo ou põe uma série para assistir. Os momentos 
de descanso são importantes, mas a hora dos estudos deve ser sagrada! 
 
Não existe fórmula mágica, passa quem estuda e só vai ver o nome no D.O.U. de 
quem tiver foco e determinação. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
O PONTO DE PARTIDA 
Antes de usar qualquer dica para aumentar o seu rendimento no estudo em pouco 
tempo, é importante que você descubra em que nível de estudo se encontra. 
 
Mas por que isso? Para poder estudar certo - de nada adianta estudar algo em um 
nível que você ainda não atingiu, isso seria uma perda de tempo, como tentar levantar 
pesos que o seu corpo simplesmente não aguenta. E quais seriam esses níveis? 
 
 
Eles são divididos em três: Nível 1, é para quem está começando literalmente a 
estudar para concurso, cheio de expectativa e motivação mas sem nenhuma técnica, o 
que leva a ter muito tempo perdido, por falta de organização e até mesmo por não 
conhecer o melhor e mais adequado material. 
 
Temos o nível 2, que é o intermediário. Nessa etapa, a pessoa já prestou alguma 
prova de concurso e conhece macetes práticos. É um nível crucial, pois uma parcela 
dos concurseiros desiste aqui de fazer novos concursos, quando se depara com uma 
primeira reprovação. 
 
Por isso é muito importante, nesse nível, manter-se motivado e com foco no que 
deseja. O concurseiro que passa dessa fase é aquele que consegue se aprovado em um 
concurso. 
 
E o nível 3, avançado, é no qual o concurseiro pode se declarar um guerreiro, pois 
enfrentou todos os seu obstáculos e está preparado para vencer. 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
Nessa etapa, o que todo concurseiro quer é otimizar o tempo ao seu favor, assim 
passa ler mais, responder novas questões da banca organizadora, cuidando mais do 
lado físico, emocional e mental, também. 
 
E aí em qual nível você está? 
 
Vamos a um exemplo de como um concurseiro hoje, lidou com os estudos em todas 
as etapas de sua vida escolar, e como ele lida com o mundo dos concursos. 
 
Pense que ele sempre foi aquele aluno mediano no colégio, todo popular, que não 
fechada s provas mas conseguia passar de ano com tranquilidade. Na universidade, 
não perdia uma calourada e todo semestre passava na média. Com o tempo, depois de 
formado e sem conseguir um salário bom na área em que se graduou, decide 
enveredar pelo mudo dos concursos achando que seria como sempre: estudar o básico 
e passar na média. 
 
Para a surpresa do estudante que virou concurseiro, vem um choque de realidade. Ele 
faz a primeira prova e não passa. Alcança uns 50% a 60% da nota máxima, mas os 
aprovados chegaram a mais de 80%. 
 
Quando ele vai analisar o motivo da reprovação, comparando a preparação de quem 
teve sucesso, percebe que fez tudo errado: escolheu um cursinho sem pesquisar, não 
teve dedicação, não organizou um plano de estudo consistente e eficiente. 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
Aí ele resolveu mudar suas atitudes e gastou um bom dinheiro - de maneira errada, 
comprando apostilas que não lia e videoaulas que não assistia. Os seus amigos em 
viagens e sua família a todo o momento perguntando cadê a aprovação (quem nunca 
ouviu essa pergunta?). 
 
É hora de mudar de atitude. 
 
Passou a estudar 4 horas por dia com qualidade, tinha um material escolhido a dedo e 
focava em tudo, organizou um cronograma de estudos e deixou de lado todas as 
distrações e tudo que tirava o seu foco. Quando saiu outro edital na área desejada, ele 
finalmente passou. 
 
Tudo isso levou em torno de um um ano e meio, ele perdeu 8 meses na reprovação 
inicial e passou outros 10 se preparando para a aprovação. Fez suas viagens e parou 
de responder as perguntas da família, afinal agora o concursado era ele. 
 
O que aconteceu com ele pode acontecer com você em um tempo mais rápido, 
cortando caminho ao utilizar um método testado e comprovado, evitando ter que 
descobrir todos os atalhos por conta própria. Está pronto para isso? Basta aprender a 
acelerar os seus estudos, e logo você estará aproveitando a sua aprovação. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
HORAS QUE DÃO RETORNO: 
11 PASSOS PARA O APRENDIZADO ACELERADO 
 
Vamos lá. Agora você vai ver dicas práticas e eficientes para acelerar o seu 
aprendizado e melhorar o seu desempenho nesse mundo do concurso. 
 
Algumas delas ensinarão a modificar o seu comportamento e a forma como vê os 
estudos, outras fornecerão ensinamentos práticos para obter o máximo de cada 
minuto dedicado aos materiais - e combinadas, elas poderão multiplicar a velocidade 
na qual você atravessa a sua preparação! 
 
Em primeiro lugar, tenha um ambiente livre de ruídos e poluição visual, mantenha 
sempre o seu material de estudo por perto e esteja preparado para estudar quando 
chegar o momento.Crie blocos de tempo para fazer tudo o que não esteja ligado aos seus estudos, 
evitando ser interrompido. 
 
Após uma sessão mais desgastante, faça exercícios de respiração ou medite por 5 
minutos para tirar toda e pressão da sua mente, e por fim, siga o seu planejamento de 
estudo, para não sair lendo coisas aleatoriamente, pois isso não ajuda em nada a que, 
deseja acelerar os estudos - é preciso ter velocidade na direção correta! 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
Você, concurseiro, precisa aprender a administrar 3 coisas básicas em seu plano de 
estudo para acelerar. 
 
A primeira, claro, é o tempo - aquele que você separa para estudar de verdade. A 
segunda é a disciplina. Quando você é disciplinado, consegue manter o seu 
cronograma de estudo, mesmo que apareça algum empecilho ou distração. Por 
último, é a técnica onde você coloca em prática. 
 
Se você já leu o Manual do Concurseiro Iniciante, nosso conteúdo principal, 
aprendeu muito sobre a administração do tempo e da disciplina. Agora é o momento 
de dominar a técnica. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
1 - Tenha Autocontrole 
 
Uma das coisas mais importantes que todo concurseiro deve ter e cuidar é seu 
autocontrole; porque estudar para concurso demanda tempo, e com isso vem todo o 
investimento que está sendo feito para chegar a tão sonhada aprovação. 
 
Com o decorrer dos dias, várias coisas vão acontecendo e vamos achando que não 
conseguiremos passar no cargo dos sonhos. Começamos empolgados, e após alguns 
dias parece “chato” estudar. Por isso é importante ter o seu autocontrole. Não é uma 
tarefa fácil, no começo, mas você precisa buscar algo que te coloque no eixo. 
 
Todo concurseiro pode ter esse autocontrole, se mantiver consciência sobre algumas 
coisas; sobretudo, saber que alcançará a aprovação, mas que ela ocorrerá em meses 
ou anos - ter plena consciência disso é o que evita frustrações e desânimo. 
 
Para conseguir a aprovação você terá que se dedicar como afinco, pois algumas 
dificuldades ao longo desse caminho irão surgir e você precisará enfrentá-las. Toda e 
qualquer dificuldade que surgir, poderá afastar você do seu caminho ou até mesmo 
fazer com que desista do seu tão sonhado cargo, se faltar autocontrole. 
 
Assim, quando você consegue ter autocontrole, consequentemente irá gastar menos 
tempo estudando. Isso funciona de um jeito prático e simples: é mais fácil focar 
quando você está com um bom ânimo, e maior foco significa maior aprendizado, com 
menos distrações. Cada minuto dedicado terá um valor, e nunca será tempo perdido. 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
 
2 - Videoaulas aceleradas 
 
Quer ganhar tempo em seus estudos enquanto está assistindo videoaulas? Então 
comece a colocar em prática o método de aceleração dos vídeos, aumentado 
gradativamente a velocidade das aulas. No começo pode parecer estranho, ou até 
engraçado, mas quando estiver acostumado verá que isso fará uma diferença enorme. 
 
Você pode, após algumas semanas, absorver conteúdo duas ou até três vezes mais 
rápido. É importante ir com calma, não use uma velocidade em que seja impossível 
compreender o que o professor está falando na aula. 
 
A ideia aqui é aprender de um jeito mais rápido, mas ainda é preciso aprender. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
3 - Dedique-se ao que importa 
 
Preste atenção as questões das provas, lembre de primeiro conhecer a banca que vai 
realizar o concurso. De todo o edital, apenas 20% costuma cair na prova, os outros 
80% não caem - e a melhor forma de encontrar o que importa é avaliando provas 
anteriores. 
 
Pense no concurso como uma batalha, não com os concorrentes, mas com a banca 
avaliadora. É fundamental conhecer a banca e saber como ela aborda os assuntos. 
Pegue as provas antigas do cargo pretendido e compare as questões que se repetem. 
 
A partir disso, você não precisa perder tempo estudando profundamente todo o edital, 
mas poderá se dedicar ao que realmente é cobrado nas provas. Assim, você acaba 
acelerando o seu aprendizado por estudar a coisa certa. 
 
Isso ainda afasta um dos maiores pesadelos na vida do concurseiro: estudar o máximo 
que podia, e na hora de responder a prova se deparar com assuntos que não estudou 
muito bem! Como você estará preparado, não deixará isso acontecer. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
4 - Criar um banco com questões de provas 
 
Outra técnica para aperfeiçoar os estudos é criar o seu próprio material de questões - 
como foi mencionado anteriormente, conhecendo a banca. Pegue as provas dos 
últimos 04 anos do concurso que deseja fazer, separe e crie seu próprio banco de 
questões. 
 
Você pode buscar outros anos, mas é importante lembrar que, tirando a disciplina de 
matemática, as questões podem ser alteradas com uma certa frequências, 
principalmente na área legislativa, e os materiais ficam desatualizados após quatro ou 
cinco anos. 
 
Uma vantagem que a criação dessas questões te trará é a possibilidade de organizar 
uma planilha com os assuntos que ainda não domina, sem falar que pode estipular as 
suas metas entre os acertos e erros, e - para completar - serve como material de apoio 
para uma revisão. 
 
Ganhe tempo sem esquecer de revisar o conteúdo! 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
5 - Encontre um horário produtivo 
 
Aprenda uma coisa: o seu horário não é igual ao do seu colega concurseiro. Um pode 
conseguir estudar melhor durante a tarde, outros estudam bem no período da manhã, 
enquanto há quem consegue render mais durante a noite - e ainda tem a turma que 
prefere estudar de madrugada, seja pelo silêncio ou por questões de trabalho. 
 
A dica aqui é achar o melhor horário para que você possa estudar de maneira mais 
rápida; aquele horário em que você tem mais disposição, concentração e que nada 
pode tirar o seu foco. 
 
Aqui você pode separar 4 horas de estudo para ter seu desempenho melhorado e, com 
isso, evitar o sono, o desânimo e até mesmo a preguiça. 
 
Evite “bater cabeça” nos estudos em horários que você já sabe não ser produtivo. Use 
o autocontrole para descansar e voltar com tudo quando sua energia se recuperar. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
6 - Saiba jogar com as regras do Edital 
 
Sei que um edital é recheado de conteúdos, e chega a assustar quando vemos a 
quantidade de coisa para estudar. Aí é que entra a dúvida comum: estudar item por 
item ou fazer um sorteio do que estudar com o tempo disponível. 
 
Te digo que, se você vem estudando há alguns meses, provavelmente terá visto 
grande parte do que está inserido no edital. Para ganhar tempo nesse caso, foque nas 
disciplinas mais importantes. 
 
E quais seriam as disciplinas importantes? Aqueles que têm mais peso - ou seja, 
valem mais pontos na prova. Uma questão dessas faz toda diferença no resultado 
final do concurso, e determina a possibilidade de conquistar a sua vaga ou não. 
 
O importante é conhecer e ler o edital e a partir daí montar um cronograma com base 
nessas disciplinas e assim conseguir um melhor resultado com seu tempo de estudo. 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
7 - Ambiente adequado de estudos 
 
Grande parte da velocidade nos estudos é ter um local confortável para isso. Nesse 
ambiente, o espaço deve ser funcional e limpo, afinal ninguém merece (nem 
consegue) estudar em um local bagunçado. 
 
Outra coisa que esse espaço deve conter é uma boa iluminação e ser silencioso para 
que o concurseiro consiga se concentrar, além de evitar objetos que distraiam a suaatenção. 
 
Fujam de espaços com cama ou sofá, eles são convidativos para um cochilo! 
Mantenha longe a TV e o celular, tenha apenas o seu computador por perto, de 
preferência com as apostilas e videoaulas já abertas. Invista em uma cadeira 
confortável, já que passará muito tempo sentado nela. 
 
Se você tiver uma área externa, como um pequeno jardim, pode montar um espaço de 
estudo secundário, aproveitando a tranquilidade ao ar livre para dar outro cenário à 
sua mente quando ela se cansar das paredes. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
8 - Torne o hábito de estudar prazeroso 
 
Não tem jeito: ou você encara a tarefa de estudar como algo prazeroso, e assim estuda 
de maneira mais rápida, ou passará tempo enrolando e reclamando. A decisão é sua: o 
que irá escolher? 
 
É comprovado cientificamente que para ter o nosso cérebro funcionando bem ele 
necessita estar sempre satisfeito. 
 
Calma aí! Eu não estou falando para ser o concurseiro good vibes, sei também que 
cada um tem seu estado de ânimo e que em algum momento as coisas parecem não 
funcionar, e a frustração é normal. 
 
O importante é conseguir transformar as horas de estudo em um momento menos 
estressante - com uma boa música, um local agradável, e alguns lanches do seu gosto, 
por exemplo 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
9 - Método Pessoal 
 
É, concurseiro, diante de tudo o que foi falado até aqui, se realmente quer acelera o 
ritmo de seu aprendizado, você precisa conhecer a si mesmo, seus pontos fortes e 
fracos, e a partir daí criar o seu método de estudo de acordo com o seu perfil. Lembra 
do autocontrole? É o momento de aplicá-lo. 
 
 
E como eu crio esse método? O seu Método Pessoal pode conter regras, punições, 
metas e recompensas, todos criados por você. De nada adianta você seguir um 
modelo pronto e definido de método se ele não se encaixa em sua realidade. 
 
Seu Método Pessoal também não pode ser feito de qualquer modo. Seja exigente, 
honesto e racional com você mesmo, afinal só você sempre sabe quando pode dar 
mais um gás e quando realmente precisa descansar. 
 
Trace metas que você possa cumprir, toda vez que alcançar o que foi traçado, você se 
sentirá estimulado e com isso desafiado a avançar mais nos estudos, mas tenha 
cuidado com as metas irreais - elas podem deixar o seu psicológico abalado, e isso é 
muito ruim para o concurseiro, roubando a confiança. Seja coerente com as suas 
possibilidades. 
 
Vou dar um exemplo de como fazer isso: Você responde um simulado, mas estava 
mexendo no celular e a pontuação foi baixa. Ao invés de passar para outra atividade, 
faça um novo simulado com questões mais complexas, redobrando a atenção em cada 
uma. Esse seria o seu “castigo” para equilibrar as contas. 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
 
Já se seu desempenho foi bom, recompense a si próprio, aproveitando um momento 
agradável. Pode se uma pausa para ver um filme ou comer algo que goste. 
 
Atente-se para ter recompensas que realmente mereceu. Se você assistir um episódio 
da sua série preferida toda vez que estudar 10 minutos, por exemplo, não ganhará 
tempo de estudo, pelo contrário, estará atrasando todo o seu cronograma. 
 
Sugiro que as essas pausas sejam bem planejadas e dentro de seu cronograma de 
estudo - lembre que s organização é fundamental. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
 
10 - Exercite o corpo 
 
Praticar alguma atividade física faz com que o seu cérebro ganhe oxigênio e 
hormônios de bem-estar. Com isso, o seu desempenho será melhor em tudo o que for 
fazer. 
 
Estudos mostram que quando uma pessoa faz algum exercício físico moderado, ela 
consegue melhorar o foco de sua mente e sua concentração por cerca de 40 minutos. 
Imagine um concurseiro ganhando 40 minutos de concentração alta e ainda 
mantendo-se saudável? 
 
Então vamos lá! Levante dessa cama e comece a mexer o corpo. 
 
Praticar uma atividade física não visa apenas para aumentar o nível de concentração, 
mas evitar doenças que pode atingir o corpo e a mente. Escolha uma atividade na 
qual tenha habilidade ou tenha vontade de praticar, assim você manterá o foco e 
concentração, e terá sua produtividade melhorada. 
 
Além de realizar atividade física, o concurseiro deve cuidar da alimentação e se 
hidratar constantemente. Toda vez que for fazer uma prova de concurso, tenha 
sempre consigo uma garrafa de água, para poder beber. 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
11 - Durma Bem 
 
O seu sono é precioso e ele com certeza têm influência sobre o seu desempenho nos 
estudos, quem dorme pouco tem pouca concentração e está sempre com a sensação 
cansaço, dificultando para assimilar as coisas. 
 
Durma direito durante a noite e verá a diferença no rendimento do seu estudo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
CONCLUSÃO 
Todas as dicas mencionadas aqui são essenciais para acelerar o seu aprendizado de 
um jeito prático e sem nenhuma fórmula milagrosa. Você pode estudar entre 2 horas 
e 4 horas por dia, conforme suas condições, durante 6 dias por semana e descansando 
1 dia para ter mais agilidade e foco ao recomeçar. 
 
É claro que se você puder estudar 6 ou até 8 horas por dia, mantendo o alto nível, seu 
aprendizado será ainda mais rápido, mas como estamos falando de um processo que 
leva tempo, a consistência também é importante. 
 
Cuidado para não dar tudo de si nos primeiros dias, e depois ficar semanas sem 
estudar. 
 
Aplique as técnicas certas, tenha um ritmo de estudo constante, evite distrações e 
nunca pule etapas. Cada etapa que você pula parece ser um ganho de tempo, mas fará 
falta no futuro, e você acabará gastando mais horas para voltar ao começo. 
 
Também não fuja das disciplinas que não gostar. Encare-as como um desafio pessoal 
que precisa ser vencido. 
 
Agora teste as técnicas de aprendizado rápido e veja em qual você se adapta melhor. 
Não desista se perceber que a primeira tentativa está dando pouco resultado. Lembre- 
se que cada pessoa é única e se dará melhor com uma certa metodologia. 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com
Vá adaptando as dicas de acordo com a sua realidade, pois cada concurseiro tem a 
própria rotina e encontrará um jeito específico para assimilar os conteúdos em menos 
tempo. 
 
Lembre que o objetivo disso tudo é contribuir para que sua aprovação saia mais 
rápido, e você possa aproveitar logo os sonhos que vem cultivando. 
 
 
Então vamos lá, rumo a posse! 
Licensed to Lilian Imperatriz - cj.imperatriz.lilian@gmail.com

Outros materiais