Buscar

trabalho topicos integradores

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

Aluna: Eleticia Moreno Silva
Curso: Pedagogia
Matrícula: 01447454
 Atividade contextualizada Tópicos Integradores I
 ESTUDO DE CASO
 Percebemos que a professora do vídeo, necessita de ajuda para que possa acompanhar as novas políticas educacionais, as novas diretrizes e as tendências pedagógicas, mudando sua prática docente, a fim de conduzir seus alunos para uma aprendizagem significativa.
 Em nossos estudos de Tópicos Integradores I, vimos que a didática “é acima de tudo uma análise reflexiva das técnicas e estratégias adotadas pelos professores para ensinar e que as mesmas podem sofrer mudanças, críticas e reformulações”.
 Daí surge os questionamentos:
De que forma a professora em questão pode mudar sua prática docente, haja vista que o papel do professor no contexto da sala de aula é de mediador do saber?
Como um educador atento e compromissado pode, efetivamente, mudar a realidade e contribuir para a superação das dificuldades, construindo uma aprendizagem significativa?
 Já há muito tempo que se discute o processo da avaliação da aprendizagem os mesmos partindo para vários viés educacionais. Antes proporcionava ao professor um caráter de autoridade e arrogância tornando assim tal processo apenas como ajuste de contas para com os alunos, mas não cabe somente ao docente o processo avaliativo depende também de um sistema o qual os professores pensam em ser, todavia obedientes prendendo assim seus conhecimentos, não poderíamos aqui deixar de levantar a crítica aos professores, mas se é necessário também ao sistema educacional, apesar de não nos determos ao tema, nosso propósito será realmente a avaliação de aprendizagem.
 A participação do professor se torna necessária para o processo avaliativo, pois ele é um agente social que contribui para determinadas decisões de aprendizagem, perante a complexidade de avaliar o processo de ensino do aluno, podendo também cometer contradições prejudicando assim suas ações e seus propósitos perante suas práticas avaliativas. O docente analisa e reflete sobre a avaliação diagnostica, que tem como proposito a intenção de constatar se os alunos apresentam domínio ou não de determinadas atividades é nesta modalidade que o professor tem a compreensão de avaliar o aluno percebendo se o mesmo está apto para receber novos conhecimentos.
 Levar o educando a autonomia é um grande desafio a qualquer professor, caberá a escola está investindo nas práticas do educador, pois se ver a necessidade do aluno de encarar cada obstáculo que irá aparecer no seu dia a dia o professor deve instigar as suas habilidades de pensamento no educando para dar para dar independência na aprendizagem. No entanto no contexto atual o professor não está para “ajudar” o aluno e sim para orientar e mediar cada passo de dificuldade e aprendizagem. Esse discurso faz da prática do mestre, a segurança no ensino, os alunos precisam entender que cada atitude cada orientação feita pelo professor trazem verdadeiros benefícios de construção de conhecimento, pois mediante as decisões do educando é que ele visa a formação dos mesmos, contribuindo para um ser crítico capaz de tomar suas próprias decisões. 
 O professor tem um poder imenso de relação com o aluno, são dois sujeitos imbricados perante o ensino, são os principais indivíduos do meio escolar, o aluno é capaz dies espelhar suas ações e decisões perante sua afinidade com o mestre. O professor proporciona, ao aluno a sua formação humana incentivando estimulando durante toda a sua trajetória pois eles passam metade de sua vida na escola, do mesmo modo que ele investe todo o seu conhecimento nos mesmos, fazendo com que proporcione tornar-se um autônomo capaz de tomar suas próprias decisões. para a garantia que os alunos aprendam e se forme cidadãos é preciso todo um desempenho por parte da escola e principalmente do professor e dos discentes a formação desse sujeito garantirá o profissionalismo de ambas as partes, a participação deste indivíduo na sociedade trará benefícios de formas individuais e coletivas, pois, assim as atividades desenvolvidas no ambiente escolar visam muito mais que meras informações ou seja pretende formar um aluno crítico capaz de tomar decisões e que suas ações contribuam socialmente no seu cotidiano.
 No dia a dia de sala de aula o professor convive com situações nas quais na maioria das vezes podem ser evitadas, todo processo de punição merece reflexão o educador antes de agir por impulso faz toda uma análise diante dos problemas dos quais o levam a tomar decisões que venham prejudicá-lo desde uma simples “cola” ou algo mais grave.
 Para a coleta de dados foi utilizado é um instrumento de um questionário estruturado com questões abertas, com o objetivo de obter maiores informações dos docentes. Podendo nos proporcionar o maior conhecimento e também uma interação mais confiante.
 De acordo com os autores da análise o pesquisador sistematiza os dados com mais eficiência dando credibilidade à seleção do objeto de estudo. mediante as concepções os dados foram analisados em quadros para melhor sistematizar a seleção em análise pela interpretação dos resultados.
 Nesta pesquisa se investigou a avaliação da aprendizagem: compreensão, análise e reflexão crítica na prática docente. verificamos que a avaliação da aprendizagem de vários conceitos que tornam o processo dos professores vê a avaliação como algo necessário para a vida do aluno e ressaltou que é preciso a participação da família dentro do processo avaliativo para a formação desses sujeitos.
 Percebeu-se que os instrumentos avaliativos das pelos professores são as técnicas de observações e as provas escritas vinham sem a necessidade de utilização de outros instrumentos como por exemplo, os trabalhos em grupos, exercícios no caderno, a prova oral e própria autoavaliação etc. Avaliar do professor um viés de complexidade.
 O processo de avaliação da aprendizagem sempre esteve entranhado na prática do professor o que resta agora aos educadores e se adaptar com os novos modelos de avaliação através do diagnóstico do dia a dia dos alunos a interpretação e as análises, as reflexões é que rompe as barreiras do aprender e cabe ao professor orientar os alunos a se perceber como o ser crítico capaz de transformar seus conhecimentos para tornar-se um sujeito autônomo.
REFERENCIAS:
Fonte: https://monografias.brasilescola.uol.com.br/pedagogia/avaliação-aprendizagem-comprenssão-analise-reflexão-critica-pratica-docente.htm
Material didático disponibilizado pela disciplina.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes