Buscar

AV FINAL CONTEXTO HISTO E FILO

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 5 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

John Dewey foi um destacado educador norte-americano, foi um personagem importante para a compreensão da educação contemporânea, devido ao fato de os Estados Unidos terem sido um país modelo para as demais nações durante o século XX. Com relação às ideias deste pedagogo, analise as sentenças a seguir: I- John Dewey foi um dos formuladores do "escolanovismo". II- John Dewey foi um dos formuladores da ideia de escola em período integral. III- John Dewey foi um pedagogo pouco afeito às inovações tecnológicas na educação. IV- John Dewey foi um dos principais articuladores da educação fascista. Assinale a alternativa CORRETA:
A) Somente a sentença IV está correta.
B) As sentenças I, II e III estão corretas.
C) Somente a sentença I está correta.
D) As sentenças I e II estão corretas.
2No Antigo Regime, os Estados Nacionais tinham controle sobre as Universidades e as produções intelectuais. O motivo era por estas instituições terem uma influência direta na divulgação de novas ideias políticas, filosóficas e científica. Em Portugal dos Quinhentos, havia uma disputa travada ente dois grupos sociais de grande influência no pensamento ocidental. Eram os Erasmianos e os Neoescolásticos, cujos representantes destas escolas de pensamento buscavam que suas ideias se tornassem hegemônicas. Sobre os Erasmianos, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: (v ) O platonismo agostiniano influenciou a concepção erasmiana. (v ) Um dos principais intelectuais erasmianos foi Damião de Góis. ( f) Erasmiano é um termo oriundo do intelectual do século XV, Heráclito de Eleia. ( f) Os Erasmianos expulsaram os neoescolásticos em Portugal e na Espanha, ganhando como melhor método filosófico. Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
A) V - F - V - F.
B) F - F - V - V.
C) F - V - F - V.
D) V - V - F - F.
3(ENADE, 2008) Qual a contribuição da disciplina Filosofia da Educação para a formação do educador?
A) Reunir informações sobre a existência humana para orientar a forma de organizar sua vida privada.
B) Dominar o conhecimento historicamente produzido pela humanidade, visando a uma cultura erudita.
C) Ajudar o professor a identificar e interrogar os valores que estão subjacentes à ação e às concepções do humano.
D) Atender à necessidade de organização do pensamento com vistas a um melhor desempenho didático-pedagógico.
4(ENADE, 2008) O Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova foi publicado em 1932 e assinado por 26 educadores brasileiros, entre eles Anísio Teixeira, Fernando de Azevedo e Lourenço Filho. Nos trechos a seguir, aparecem algumas de suas principais ideias. Do direito de cada indivíduo a sua educação integral, decorre logicamente para o Estado que o reconhece e o proclama, o dever de considerar a educação, na variedade de seus graus e manifestações, como uma função social e eminentemente pública, que ele é chamado a realizar, com a cooperação de todas as instituições sociais. A consciência desses princípios fundamentais da laicidade, gratuidade e obrigatoriedade, consagrados na legislação universal, já penetrou profundamente os espíritos, como condições essenciais à organização de um regime escolar, lançado, em harmonia com os direitos do indivíduo, sobre as bases da unificação do ensino, com todas as suas consequências. Com base nesses trechos, conclui-se que, em seu contexto histórico, o Manifesto era:
A) Elitista, porque pregava a dualidade do sistema de ensino.
B) Autoritário, já que defendia a obrigatoriedade escolar.
C) Libertário, pois pregava o fim do Estado.
D) Inovador, pois compreendia a educação como um direito social.
5O Iluminismo foi uma das principais correntes filosóficas a influenciar a educação ocidental. Muitos filósofos iluministas apresentaram importantes reflexões sobre a natureza humana e também sobre o desenvolvimento das ciências. Qual filósofo iluminista escreveu uma importante obra relacionada à educação?
A) Imannuel Kant, autor do livro "Crítica da Razão Pura", no qual afirma que o pensamento racional possui limites sentimentais.
B) Voltaire, autor do livro "O Cândido, ou O Otimismo", no qual defende que a felicidade de vida está nas coisas simples e cotidianas.
C) Jean-Jacques Rousseau, autor do livro "Emílio", no qual afirmava que o homem nasce bom, no estado de natureza.
D) René Descartes, autor do livro "O discurso do Método", no qual defende a busca da verdade através da razão.
6Na história do pensamento ocidental, o período Patrístico é característico de importantes contribuições não somente para o avanço teológico cristão, mas também para outras áreas do conhecimento e setores da sociedade. Isso porque, nesse período, os movimentos intelectuais vinculados à Igreja Cristã refletiam diretamente nas sociedades em que a religião cristã era predominante. Sobre a Patrística, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: (f ) Por Patrística é compreendida a teologia cristã, surgida após o desenvolvimento da Escolástica, no Ocidente, por volta do século XI, e continuou influente até o final da Idade Média, por volta do século XV. ( ) Nesse período, com o Concílio de Niceia, no qual se teve o credo dos apóstolos, o cristianismo se torna doutrina oficial do Império e certas questões teológicas, como a definição das doutrinas cristãs, ganham não somente um cunho religioso, mas também uma aplicação social e política. ( ) A Patrística, enquanto movimento intelectual, foi fecunda em diversos sábios que buscaram aliar o conhecimento advindo com a filosofia grega de Aristóteles aos ditames da fé. ( ) A principal obra de Agostinho de Hipona, expoente desse período, sobre a educação foi o De Magistrum, um diálogo do autor com um discípulo, no qual aponta sua visão de educação, onde havia a necessidade de uma iluminação divina para que o processo educativo pudesse ser desencadeado. Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
A) V - F - F - F.
B) V - F - V - F.
C) F - F - V - V.
D) F - V - F - V.
7A compreensão da situação atual do sistema educacional brasileiro se torna mais clarificada se conhecermos o contexto histórico, determinações e processos que ocorreram no desenvolvimento do Brasil. Problemas no cenário social, político e filosófico já se apresentavam na transição da época colonial para a época imperial, e neste último se difundiram de fato. O conhecimento destes fatores lança luz sobre a atualidade da educação brasileira. Sobre os fundamentos histórico-filosóficos da educação na época imperial do Brasil, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: ( ) No Brasil Império não havia exigência de conclusão do ensino, nem a necessidade para se passar de fases, ou seja, poderia acessar-se o ensino secundário sem concluir o elementar. (v) A primeira lei aprovada sobre instrução pública nacional do Império Brasileiro estabelecia que em todas os lugares populosos haveria escolas de primeiras letras. ( ) Já na Constituição do Brasil, de 1824, os conteúdos das disciplinas a serem ministradas não mencionam mais os princípios da moral cristã e da religião católica, revelando uma tendência ao Estado Laico. ( ) Um Ato Adicional , 1835, instituiu as Escolas Normais com o objetivo de formar docentes, contudo somente a população elitizada tinha de fato acesso, além disso poucos conseguiam ingressar no ensino superior, mantendo esta camada da população como dirigente social. Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
A) F - F - V - V.
B) V - F - V - F.
C) V - V - F - V.
D) F - V - F - V.
8Ao ouvirmos a palavra "filosofia", imaginamos estar diante de um conjunto de teorias sem relação com o cotidiano. Estaria mesmo a filosofia distante do nosso dia a dia? A Filosofia tem seu início quando nos propomos a investigar o mundo, a humanidade e seus valores. A decisão é de não aceitar como óbvias e evidentes as coisas, as ideias, os fatos, os valores de nossa existência cotidiana, jamais aceitá-las sem antes haver investigado. Platão, Aristóteles, Sócrates, Kant e Descartes foram grandesfilósofos da história e tiveram a preocupação de utilizar a filosofia como fonte de reflexão, de raciocínio lógico, de conhecimento e superação da ignorância. Sobre o papel da Filosofia, analise as sentenças a seguir: I- É instrumento racional para despertar a humanidade do seu sono profundo da ignorância. II- Resgata conhecimento através da fé e da crença nos mitos. III- Comporta a missão de auxiliar as pessoas a saírem da ignorância para o pensar. IV- Desenvolve a consciência crítica e a reflexão. Assinale a alternativa CORRETA:
A) As sentenças II e III estão corretas.
B) As sentenças I, III e IV estão corretas.
C) As sentenças I, II e III estão corretas.
D) Somente a sentença I está correta.
9Os fundamentos da concepção de educação construídos por Paulo Freire são: aprendizagem centrada no aluno, compreensão e transformação do contexto social, diálogo no texto e no processo educativo com criticidade e, sobretudo, humanização como objetivo da educação. Partindo da concepção freireana de educação, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: ( v) Ao planejar as aulas, o professor deve considerar também os saberes que os alunos já possuem. (f ) A cultura da elite deve ser privilegiada no planejamento e na escolha do currículo escolar. (f ) Interferir em questões sociais e políticas são opções ideais apenas da educação bancária. (v ) Tornar a realidade mais justa e equilibrada deve ser um objetivo da educação e de cada pessoa. Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
A) V - F - F - V.
B) F - F - V - V.
C) F - V - V - F.
D) V - V - F - F.
10Quando falamos de sociedades ágrafas, ou sem escrita, é importante ter em mente algumas características que elas têm em comum. Apesar das diferenças culturais de cada grupo étnico, podemos, de modo geral, elencar tais características comuns. Sobre essas características, classifique V para as opções verdadeiras e F para as falsas: ( v) As trocas econômicas são naturais, não sendo necessário o uso de moedas como símbolo econômico. (f ) Grande parte da divisão do trabalho é sexual, assim como é bem presente e explícito a divisão de classes. (v ) Questões ligadas à caça e à pesca são normalmente atribuídas aos homens e de preparo do alimento e coleta de frutos e grãos às mulheres. (f ) A baixa estatura dos membros das sociedades ágrafas é uma característica comum em praticamente todos os grupos. Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
A) V - F - F - F.
B) F - F - V - V.
C) F - V - V - F.
D) V - F - V - F.
11Severino (1990) descreve que o campo da filosofia, ainda na Grécia Clássica, apresentava forte preocupação e intenção pedagógica e com a formação do ser humano. No entanto, chegamos aos dias atuais e nos deparamos com o fato de que as áreas da educação, da filosofia, da história, da sociologia e das demais disciplinas reflexivas encontram-se desprestigiadas e são anunciadas como campos menores do saber. Sobre esse pensamento de Severino, analise as sentenças a seguir: 
I- Parece ser a primeira vez que uma forte tendência da filosofia se considera desvinculada de qualquer preocupação de natureza pedagógica, vendo-se tão somente como um exercício puramente lógico.
 II- Há uma tendência na filosofia que se desprendeu de suas próprias raízes, que se encontravam no positivismo, transformando-se numa concepção abrangente, o neopositivismo, que passa a considerar a filosofia como tarefa subsidiária da ciência. 
III- No contexto do neopositivismo, qualquer critério do agir humano só pode ser ético e político, nunca mais técnico, fica assim completa a unidade do saber. 
IV- O campo da filosofia da educação pode contribuir na identificação e solução profunda de contextos e realidades, em especial, a educação precisa estar comprometida com a finalidade de atribuir sentido à existência cultural da sociedade histórica. Assinale a alternativa CORRETA: FONTE: SEVERINO, A. J. As contribuições da filosofia para a educação. Em Aberto, Brasília. Ano 9, n. 45, jan/ mar,1990. p. 18-25.
A) Somente a sentença IV está correta.
B) As sentenças I e III estão corretas.
C) As sentenças II e III estão corretas.
D) As sentenças I, II e IV estão corretas.
12Partindo da metade do século passado e o início do século XXI, o cenário de pensadores da educação no Brasil expandiu-se. Pudemos ver uma diversidade de abordagens e propostas serem exploradas em teoria e na prática. Um pensador que trouxe para o debate uma nova concepção provocadora para pensarmos a educação foi Rubem Alves. Sobre as contribuições Rubem Alves, assinale a alternativa CORRETA:
A) Foi escritor, educador, psicanalista, teólogo e ex-pastor presbiteriano, dedicou-se a escrever sobre a educação, em especial, a educação infantil. Além disso, foi um dos fundadores da Teologia da Libertação.
B) Foi um dos intelectuais da educação que mais se destacou ao longo das décadas de 1960 até 1990. Ficou muito reconhecido por ter desenvolvido, juntamente a outros profissionais, um método de alfabetização de adultos. Além disso, denunciou o que denominou como Ensino Bancário, ou a pedagogia dos dominantes.
C) Autor de uma pedagogia dialética, mais conhecida como pedagogia histórico-crítica, na qual preza pela aprendizagem significativa, que forja a postura de indivíduos críticos, autônomos e que vislumbram a inclusão social. Entre suas principais obras estão "Educação Brasileira" e "Pedagogia histórico-crítica".
D) Escreve sobre os temas de teoria, didática e metodologia da educação. Para esse pensador, os principais desafios que estão postos aos profissionais da educação são os de reafirmar a educação como capacitação para a autodeterminação de forma racional pelos indivíduos, pela formação da razão crítica.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes