Buscar

Anatomia do Bulbo Ocular

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 9 páginas

Prévia do material em texto

visao
por: Ana Luísa Melo
MED 37 - FACID
ÓRGÃO 
DA
~
-
bulbo ocular
—> Órbita:
• Conceito: Cavidades ósseas nas quais estão 
situados os olhos. É responsável por protegê-
los.
• Relações:
 - superior: fossa craniana anterior.
 - inferior: seio maxilar.
 - medial: seios etmoidais e cavidade nasal.
 - lateral: fossa temporal.
• Acidentes Anatômicos:
 - fissura orbital superior 
 - fissura orbital inferior 
 - canal óptico 
 - fossa do saco lacrimal
 - fossa da glândula lacrimal
 - forames etmoidais
• Elementos de Proteção dos Olhos:
 - supercílios
 - pálpebras 
 - conjuntiva
 - aparelho lacrimal
• Margens:
 - frontal
 - zigomático 
 - maxila
 - lacrimal
• Região Posterior:
 - esfenoide 
 - etmóide 
 - palatino
—> Supercílios:
• Conceito: Pelos dispostos em forma de arco, 
sobre a borda superior da órbita.
• Função: Impedir que o suor, que escorre pela 
fronte, atinja os olhos.
—> Pálpebras:
• Conceito: Dobras móveis, musculofibrosas, 
que protegem o olho anteriormente e propor- 
cionam repouso contra a luz.
• Elementos: 
- ângulo medial
 - ângulo lateral 
 - rima palpebral
 - cílios 
 - ponto lacrimal —> drenagem da lágrima 
 - lago lacrimal
 - carúncula lacrimal
 pterígio
ângulo 
medial
ângulo 
lateral
rima 
palpebral 
cílios ponto lacrimal
ponto 
lacrimal
carúncula 
lacrimal
lago 
lacrimal
• Estruturas de Sustentação das Pálpebras:
 - tarso
 - septo orbital
 - ligamento palpebral medial
 - ligamento palpebral lateral
• Camadas das Pálpebras:
 - pele —> mais superficial 
 - tela subcutânea (edema palpebral)
 - muscular
 - tarso (glândulas tarsais) —> produzem a remela
 - conjuntiva —> mais profunda
—> Conjuntiva:
• Conceito: Delgada túnica mucosa que reveste 
posteriormente as pálpebras e anteriormente o 
bulbo ocular.
 - Fórnix Superior 
 - Fórnix Inferior
OBS.: Conjuntivite —> inflamação da conjuntiva.
—> Aparelho Lacrimal:
• Conceito: Estruturas que vão produzir e drenar
 a lágrima.
 - Glândula Lacrimal
 - Ductos Lacrimais
 - Vias Lacrimais
—> Glândula Lacrimal:
• Conceito: Aloja-se na fossa da glândula lacrimal, 
no ângulo súpero-lateral do teto da órbita (osso 
frontal)
• Função: Umedecer o bulbo ocular, evitando o 
ressecamento do epitélio anterior da córnea.
• Divisão:
 - parte palpebral
 - parte orbital
• Drenagem: Ductos lacrimais (localizados no fórnix 
superior da conjuntiva).
tarso septo orbital
lig. palpebral 
lateral
lig. 
palpebral 
medial
fórnix 
superior 
fórnix 
inferior
glândula 
lacrimal
parte 
palpebral
parte 
orbital
—> Vias Lacrimais:
 - Canalículos Lacrimais
 > Superior
 > Inferior
 - Saco Lacrimal
 - Ducto Nasolacrimal
 - Meato Nasal Inferior
OBS.: O ducto nasolacrimal abre-se no meato nasal inferior.
—> Conteúdo dá Órbita:
 - Bulbo Ocular
 - Músculos Extrínsecos do Olho
 - Vasos da Órbita 
 - Nervos da Órbita 
 - Corpo Adiposo da Órbita 
—> Bulbo Ocular:
• Conceito: Estrutura esférica composta de três túnicas 
básicas.
• Túnica Externa
• Túnica Média 
• Túnica Interna —> Retina
—> Túnica Externa: (fibrosa, protetora)
• Córnea: Parte anterior, transparente, da túnica 
externa do olho, por onde penetram os raios 
luminosos.
 - 1/6 anterior do olho
 - Avascular
 - Inervada
OBS.: Astigmatismo —> Ocorre quando a córnea não é um segmento 
de esfera regular, sendo mais curva em um meridiano do que no outro, 
resultando em um embaraçamento da visão.
• Esclera: É a parte opaca, branca e posterior da túnica 
externa.
 - 5/6 posteriores do olho
 - Aderida à fáscia do bulbo
 - Fixa os músculos extrínsecos do olho
canalículo 
lacrimal 
superior 
canalículo 
lacrimal 
inferior 
ducto 
nasolacrimal
meato nasal 
inferior 
saco 
lacrimal
Córnea (transparente)
Esclera (“branco do olho”)
Íris
Corpo Ciliar
Coróide/Corióide
córnea 
esclera
íriscorpo ciliar
coróide 
retina 
humor aquoso
humor vítreo 
cristalino 
não faz parte de nenhuma túnica 
mácula 
região de maior acuidade visual
—> Túnica Média: (pigmentada, vascular)
• Coróide: É a porção vascular e pigmentada da túnica média. 
 Seus vasos nutrem a retina.
• Corpo Ciliar: É um espessamento da túnica média e une a 
 coróide à íris.
 - Processos Ciliares —> produzem o humor aquoso 
 - Músculo Ciliar (involuntário)
 - Ligamento Suspensor da Lente
OBS.: Acomodação —> A contração do músculo ciliar diminui a 
tensão das fibras do ligamento suspensor da lente, cuja porção central 
torna-se mais curva, e o olho pode ser focado para objetos próximos.
• Íris: É um diafragma ocular, pigmentado, situado anteriormente à lente.
 - Borda periférica: presa ao corpo ciliar
 - Borda central: abertura para a pupila
 - Músculo Esfíncter da Pupila —> miose (SNP) - diminuição do diâmetro da pupila (constrição - claridade)
 inervado pelo nervo oculomotor
 - Músculo Dilatador da Pupila —> midríase (SNS) - aumento do diâmetro da pupila (dilatação - escuridão)
 inervado pelo plexo nervoso carotídeo 
—> Túnica Interna: (sensitiva, fotorreceptora)
• Retina: Túnica nervosa onde estão situados os fotorreceptores, sobre os quais é projetada uma imagem 
invertida dos objetos vistos.
 - Camada Externa: Pigmentada
 - Camada Interna: Nervosa
OBS.: Deslocamento da Retina —> Consiste na separação das camadas externa e interna da retina, que, normalmente, resulta 
do vazamento de líquido entre as partes nervosa e pigmentada da retina, após, por exemplo, um golpe no olho.
• Estrutura da Retina Fotorreceptora:
 - Fotorreceptores: dendritos se diferenciam em cones e bastonetes.
 > Cones: “visão diurna” (capacidade de distinção de cores)
 > Bastonetes: “visão noturna” (não possui a capacidade de distinção de cores)
 - Células bipolares: neurônios bipolares
 - Células ganglionares: neurônios multipolares
• Áreas da Retina:
 - Mácula Lútea: Zona de maior acuidade (nitidez) visual. Se acumulam os cones, mas não há bastonetes.
 - Disco do Nervo Óptico: Ponto cego. Não há receptores nessa área.
• Exame da Retina
 - Oftalmoscópio: examina o fundo do olho.
músculo ciliar
processos ciliares ligamentos 
suspensores da lente
OBS.: Glaucoma —> Desequilíbrio entre a produção e 
a reabsorção do humor aquoso, o que aumenta a pressão 
do olho.
—> Meios Dióptricos do Olho: 
• Conceito: Série de estruturas transparentes que o raio
 luminoso tem que ultrapassar para chegar à mácula lútea.
 - Córnea 
 - Humor Aquoso
 - Lente/Cristalino
 - Corpo Vítreo 
—> Humor Aquoso:
• Conceito: Líquido transparente que preenche a cavidade anterior do olho.
 - Processos Ciliares: Produz
 - Seio Venoso da Esclera: Reabsorve
OBS.: Glaucoma —> Aumento da pressão intra-ocular, por interferência na reabsorção do humor aquoso.
—> Lente ou Cristalino:
• Conceito: Estrutura laminada e biconvexa, com a face posterior mais convexa do que a anterior.
OBS.:
— Presbiopia: Diminuição do poder de acomodação visual, causada pelo enrijecimento da lente (dificulta a visão para objetos próximos.
— Catarata: Opacidade da lente.
— Pterígio: Crescimento anormal da conjuntiva, que invade a córnea.
—> Corpo Vítreo:
• Conceito: Massa gelatinosa e transparente, que preenche os 4/5 posteriores do bulbo ocular.
 - Contém Ácido Hialurônico 
 - É produzido no início do desenvolvimento embrionário, por isso não pode ser substituído 
 - Confere a forma arredondada do olho
OBS.:
— Miopia: Ocorre quando o bulbo ocular é muito alongado para o seu sistema de refração e os objetos são focalizados anteriormente à 
retina.
— Hipermetropia: Ocorre quando o bulbo ocular é muito curto para o seu sistema de refraçãoe os objetos são focalizados posteriormen-
te à retina.
—> Músculos do Olho:
• Músculos Intrínsecos: Lisos (involuntários)
 - Músculo Ciliar
 - Músculo Esfíncter da Pupila
 - Músculo Dilatador da Pupila
córnea humor aquoso
cristalino
corpo vítreo 
anterior
posterior 
• Músculos Extrínsecos: Estriados Esqueléticos 
 - Músculo Reto Superior 
 - Músculo Reto Inferior
 - Músculo Reto Lateral
 - Músculo Reto Medial
 - Músculo Oblíquo Superior
 - Músculo Oblíquo Inferior
 - Músculo Levantador da Pálpebra Superior 
músculo levantador 
da pálpebra 
músculo reto 
superior 
músculo reto 
lateral 
músculo reto 
medialmúsculo oblíquo superior 
—> Movimentos do Olho:
—> Nervos da Órbita:
• Inervação Motora:
nervo 
oculomotor 
nervo 
troclear
nervo 
abducente
quiasma óptico 
Como eu sei se o músculo é o reto medial 
ou o reto lateral:
Olha para o nervo óptico, que é mais 
medial, então o que está mais próximo 
dele é o reto medial!
• Inervação Sensitiva:
—> Artérias da Órbita:
• Artéria Oftálmica 
 - Ramo da artéria carótida interna
 - Penetra na órbita pelo canal óptico
 - Emite ramos para o olho, para anexos, para a fronte e para o nariz
 > Artéria Central da Retina
 > Artéria Lacrimal
 > Artérias Ciliares
 > Artérias Palpebrais
 > Artéria Supra-Orbital
 > Artéria Supra-Troclear
 > Artérias Etmoidais
 > Artéria Dorsal do Nariz
—> Veias da Órbita:
• Veia Oftálmica Superior 
 - Forma-se próximo à raiz do nariz
 - Acompanha a artéria oftálmica 
 - Atravessa a fissura orbital superior 
 - Termina no seio cavernoso (seio da dura-máter)
• Veia Oftálmica Inferior
 - Inicia-se no assoalho da órbita 
 - Termina no seio cavernoso ou desemboca na veia oftálmica superior 
olhos e anexos
fronte (testa)
nariz
tato, dor, temperatura…
sensibilidade especial
artéria central 
da retina
artéria 
lacrimal
artérias 
ciliares
artérias 
palpebrais
artéria 
supra-orbital
artéria 
supra-troclear
artérias 
etomoidais
veia oftálmica 
superior 
veia oftálmica 
inferior
seio cavernoso
plexo pterigóide 
!

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes