Buscar

Epigenética

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

A epigenética refere-se a alterações na expressão gênica que não envolvem mudanças na sequência do DNA, mas que podem ser transmitidas para as gerações seguintes. Essas modificações afetam como os genes são ativados ou desativados e desempenham um papel crucial no desenvolvimento, na saúde e nas respostas adaptativas dos organismos. Abaixo estão alguns pontos-chave sobre a epigenética:
**1. Modificações Epigenéticas:**
 - Incluem metilação do DNA, modificação de histonas e RNA não codificante. Essas alterações regulam a acessibilidade do DNA e influenciam a atividade gênica.
**2. Metilação do DNA:**
 - Adição de grupos metila (-CH3) às bases do DNA. A metilação geralmente está associada à repressão da expressão gênica.
**3. Modificação de Histonas:**
 - As histonas são proteínas ao redor das quais o DNA se enrola. Modificações como acetilação, metilação e fosforilação das histonas influenciam a estrutura da cromatina e a expressão gênica.
**4. RNA Não Codificante:**
 - RNA que não serve como molde para a síntese de proteínas, mas desempenha papéis regulatórios. Inclui microRNA e long non-coding RNA.
**5. Herança Epigenética:**
 - Certas modificações epigenéticas podem ser transmitidas de uma geração para a seguinte. Isso pode ter implicações na susceptibilidade a doenças e nas características hereditárias.
**6. Desenvolvimento e Diferenciação Celular:**
 - A epigenética desempenha um papel fundamental no desenvolvimento embrionário e na diferenciação celular, determinando quais células se tornam tecidos específicos.
**7. Resposta a Estímulos Ambientais:**
 - Fatores ambientais, como nutrição, estresse e exposição a toxinas, podem influenciar as modificações epigenéticas e afetar a saúde.
**8. Plasticidade Epigenética:**
 - Capacidade do epigenoma de se adaptar a mudanças ambientais e de vida. Isso pode influenciar a expressão gênica ao longo do tempo.
**9. Câncer e Doenças:**
 - Alterações epigenéticas podem contribuir para o desenvolvimento de câncer e outras doenças, alterando a regulação gênica.
**10. Terapia Epigenética:**
 - Pesquisas visam desenvolver terapias que modifiquem as modificações epigenéticas para tratar doenças.
**11. Epigenômica:**
 - Estudo global das modificações epigenéticas em todo o genoma. Envolve técnicas como bissequenciamento e microarranjos.
**12. Epigenética e Envelhecimento:**
 - As mudanças epigenéticas desempenham um papel no processo de envelhecimento e na regulação dos genes associados à longevidade.
**13. Epigenética e Neurociência:**
 - Influencia o desenvolvimento cerebral, a plasticidade sináptica e está implicada em distúrbios neuropsiquiátricos.
**14. Questões Éticas:**
 - A manipulação do epigenoma levanta questões éticas, especialmente em relação à edição genética e à terapia germinativa.
A epigenética é uma área dinâmica de pesquisa que expandiu nossa compreensão sobre como fatores genéticos e ambientais interagem para moldar a expressão gênica e influenciar uma variedade de processos biológicos.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes