Buscar

INDUSTRIA 4 0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

INTRODUÇÃO A INDÚSTRIA 4.0
A indústria 4.0 foi criada na Alemanha em 2011 durante a maior vitrine industrial do mundo, visando como estratégia participar no valor agregado da indústria global, ou seja, estimularem a competitividade e a produtividade entre as indústrias do país, para isso foi necessário a colaboração de empresários, políticos e universidades. Espera-se que a quarta geração industrial ofereça melhorias nos processos industriais que envolvem: operação, engenharia, planejamento e controle da produção, logística, e análise contínua durante o ciclo de vida de produtos e serviços (QIN; LIU; GROSVENOR, 2016). Essa quarta revolução industrial se relaciona ao tanto emprego, quanto à modernização de tecnologias de digitalização, comunicação, e organização através de máquinas e objetos inteligentes. 
São considerados seis princípios importantes para o desenvolvimento da indústria 4.0, esses princípios determinam os sistemas de produção inteligente que tendem a surgir nos próximos anos: a capacidade de operação em tempo real (coletando e tratando dados de forma instantânea); virtualização (rastreabilidade e monitoramento remoto de todos os processos); descentralização (os módulos da fabrica inteligente trabalham de forma descentralizada, com objetivo de aprimorar os processos de produção); orientação a serviços (utilização de arquiteturas e softwares orientadas a serviços); modularidade (oferece flexibilidade para alterar as tarefas das máquinas facilmente); e interoperabilidade (onde as máquinas e sistemas comunicam entre si).
Em todo o planeta os trabalhos manuais e repetitivos já vem sendo substituídos por mão de obra automatizada, em virtude disto, o setor industrial deve-se repensar o modo como atua, pois, a produção, como um todo, será baseada em menor escala e de maneira personalizada, explorando bem a tecnologia e atendendo aos anseios da sociedade.
No Brasil a indústria 4.0 gera grandes desafios a economia brasileira, em especifico as indústrias, apesar deste fato, os dados apontam que a quarta revolução industrial será uma oportunidade para o país. 
Na indústria química, essa quarta revolução industrial, pode otimizar os processos causados pelas novas tecnologias digitais, sendo assim, será amplamente explorada. A busca de um gerenciamento em tempo real nas indústrias químicas irá fazer com que os engenheiros químicos acompanhem as novas tecnologias, colocando-as sempre em prática, através de processos químicos mais eficientes, rentáveis, seguros e sustentáveis.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
QIN, Jian; LIU, Ying; GROSVENOR, Roger. A Categorical Framework of Manufacturing for Industry 4.0 and Beyond. Procedia Cirp, [s.l.], v. 52, p.173-178, 2016. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.procir.2016.08.005. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2020.
A Engenharia Química no contexto da Indústria 4.0. Disponível em: https://www.hubi40.com.br/a-engenharia-quimica-no-contexto-da-industria-4-0/ Acesso em: 24 ago. 2020.
SANTOS, Paulo Roberto dos. A necessidade de evolução da indústria e a forma de preparação para Indústria 4.0. [S. l.], 24 ago. 2020. Disponível em: https://vanzolini.org.br/weblog/2019/07/02/a-necessidade-de-evolucao-da-industria-e-a-forma-de-preparacao-para-industria-4-0/. Acesso em: 24 ago. 2020.
REFERÊNCIA: STOCK , T; SELIGER , G. Opportunities of Sustainable Manufacturing in Industry 4.0: 13th Global Conference on Sustainable Manufacturing - Decoupling Growth from Resource Use. ScienceDirect, Https://www.sciencedirect.com/, p. 536-541, 2016. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/. Acesso em: 24 ago. 2020.
RESUMO CRÍTICO
PALAVRAS-CHAVE: indústria, manufatura, macro, micro, retrofit. 
ASSUNTO DISCUTIDO: Atualmente, a globalização enfrenta grandes desafios para se atender aos novos impactos ambientais da Indústria 4.0, devido à grande demanda mundial em crescimento contínuo, através disso, tornou-se necessário a criação de valor industrial voltado para a sustentabilidade. A criação de valor industrial nos primeiros países industrializados é moldada pelo desenvolvimento em direção ao quarto estágio de industrialização. Hoje, as empresas de manufatura são confrontadas por uma variedade de fatores externos, novas abordagens de produção são essenciais para o desenvolvimento da Indústria 4.0, visto que esse desenvolvimento oferece imensas oportunidades para a realização da manufatura sustentável. A sustentabilidade possui três dimensões: econômica, social e ambiental, e ambas as dimensões estão apresentadas nas perspectivas macro e micro, que possuem diferentes oportunidades para realizar uma manufatura sustentável na Indústria 4.0. A integração horizontal da perspectiva macro é caracterizada por uma rede de módulos de criação de valor, ou seja, equipamento, humano, processo, organização e produto, os módulos de criação de valor irão evoluir para as chamadas fábricas inteligentes. Já a micro possui interação horizontal de perspectiva caracterizada pelos módulos de criação de valor interligados ao longo do fluxo de material da fábrica inteligente também integrando a logística inteligente. O caso de uso para retrofit de uma máquina-ferramenta, mostrou-se bastante eficiente como uma oportunidade específica para a manufatura sustentável na indústria 4.0.
CONCLUSÃO: Desta forma, as diferentes oportunidades para realizar uma manufatura sustentável na Industria 4.0 foi apresentada para uma compreensão, essas oportunidades perspectivas macro e micro estão combinando em abordagens de pesquisas atuais no campo da manu fatura sustentável com os requisitos futuros da Indústria 4.0.
ANÁLISE CRÍTICA: Base literária muito complexa, porém, este texto nos leva a uma reflexão em relação a indústria 4.0, e a realização de formas sustentáveis na mesma.

Outros materiais