Buscar

01 O QUE É UM MANDADO DE SEGURANÇA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

REDES SOCIAIS 
INSTAGRAM FACEBOOK LINKEDIN JUSBRASIL YOUTUBE. 
01. O QUE É UM MANDADO DE SEGURANÇA? 
Por Jorge Henrique Sousa Frota (do seu Livro Mandado de Segurança: Perguntas 
e Respostas). 
“As pessoas costumam dizer que a motivação não dura sempre. Bem, nem o efeito 
do banho, por isso recomenda-se diariamente.” (Zig Ziglar) 
Com base no art. 1º da Lei 12.016/2009 podemos afirmar que o Mandado de 
Segurança é uma ação judicial que “visa proteger direito líquido e certo, não amparado 
por habeas corpus ou habeas data, sempre que, ilegalmente ou com abuso de poder, 
qualquer pessoa física ou jurídica sofrer violação ou houver justo receio de sofrê-la por 
parte de autoridade, seja de que categoria for e sejam quais forem as funções que 
exerça”. 
Hely Lopes Meirelles01 dispõe que o mandado de segurança “é o meio 
constitucional posto à disposição de toda pessoa física ou jurídica, órgão com 
capacidade processual ou universalidade reconhecida por lei, para a proteção de direito 
individual ou coletivo, líquido e certo, não amparado por habeas corpus ou habeas data, 
lesado ou ameaçado de lesão, por ato de autoridade, seja de que categoria for e sejam 
quais forem as funções que exerça.” 
De forma mais breve, nos informa José dos Santos Carvalho Filho02, que o 
mandado de segurança uma “ação de fundamento constitucional pela qual se torna 
possível proteger o direito líquido e certo do interessado contra ato do poder público 
ou de agente de pessoa privada no exercício de função delegada.” 
Arlete Inês Aurelli03 ao confrontar o conceito e a natureza jurídica do mandado de 
segurança nos diz: 
(...) o mandado de segurança é forma de tutela que possui perfil constitucional, como 
verdadeira garantia constitucional que é, estando assim consagrado no art. 5º, LXIX e 
LXX, além de ser regulamentado por lei extravagante, qual seja a Lei 12.016/2009. 
Também possui natureza jurídica de verdadeira ação, caracterizando-se, em nosso sentir 
como mandamental. O mandado de segurança é também espécie de tutela diferenciada, 
eis que a especialidade dos direitos que protege, determina que o procedimento a ser 
observado na busca da efetividade desses direitos seja especialíssimo, com mecanismos 
próprios a preservação dessa forma de tutela. 
De fato, o mandado de segurança se insere entre as garantias constitucionais, que 
se constituem de meios hábeis a tornar efetivos os direitos previstos, tanto 
na Constituição como na lei ordinária. Observamos assim que o art. 5º, LXIX, 
da Constituição Federal assegura justamente um meio, um instrumento para tornar 
efetivos os direitos fundamentais previstos tanto na Constituição Federal como na 
legislação ordinária. No mandado de segurança constatamos, ainda, a incorporação 
do princípio do acesso à justiça, previsto no art. 5º, XXXV, CF, que reza que a lei não 
excluirá, da apreciação do Poder Judiciário, lesão ou ameaça a direito. (...) O 
https://www.instagram.com/professorjorgefrota/
https://www.facebook.com/profile.php?id=61550228615991
https://www.linkedin.com/in/jorge-henrique-sousa-frota-954999252/
https://jhfrota.jusbrasil.com.br/
https://www.youtube.com/channel/UCpZ72emKhlY52R55PhFE1OA
https://www.jusbrasil.com.br/topicos/23455467/artigo-1-da-lei-n-12016-de-07-de-agosto-de-2009
https://www.jusbrasil.com.br/legislacao/818583/lei-do-mandado-de-seguranca-lei-12016-09
https://www.jusbrasil.com.br/legislacao/818583/lei-do-mandado-de-seguranca-lei-12016-09
https://www.jusbrasil.com.br/legislacao/129432/constituicao-da-republica-federativa-do-brasil-1988
https://www.jusbrasil.com.br/legislacao/129432/constituicao-da-republica-federativa-do-brasil-1988
https://www.jusbrasil.com.br/legislacao/129432/constituicao-da-republica-federativa-do-brasil-1988
https://www.youtube.com/channel/UCpZ72emKhlY52R55PhFE1OA
 
 
mandado de segurança é, portanto, garantia fundamental instrumental destinada a 
proteger o tutelado contra qualquer ameaça ou violação de seus direitos pelo Poder 
Estatal, desde que esse direito não seja amparado por habeas corpus ou habeas 
data. Pode-se dizer que é a própria manifestação do Estado Democrático de Direito. 
(Grifos nossos) 
Pedro Lenza04 ao dispor sobre o referido remédio constitucional arremata que: 
O mandado de segurança, criação brasileira, é uma ação constitucional de natureza 
civil, qualquer que seja a do ato impugnado, seja ele administrativo, seja ele jurisdicional, 
criminal, eleitoral, trabalhista etc. (...) 
Abrangência. O constituinte de 1988 assim o definiu: “conceder-se-á mandado de 
segurança para proteger direito líquido e certo, não amparado por habeas corpus ou 
habeas data, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade 
pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público” (art. 
5.º, LXIX). 
Dessa forma, excluindo a proteção de direitos inerentes à liberdade de locomoção e 
ao acesso ou retificação de informações relativas à pessoa do impetrante, constantes de 
registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público, 
através do mandado de segurança busca-se a invalidação de atos de autoridade ou a 
supressão dos efeitos da omissão administrativa, geradores de lesão a direito líquido e 
certo, por ilegalidade ou abuso de poder. 
Para mim, o mandado de segurança é ação constitucional que objetiva reparação 
de direito líquido e certo (não amparável por habeas data e habeas corpus), assim 
entendido como aquele que pode ser comprovado de plano, de imediato, por meio 
da documentação acostada junto a petição inicial e/ou comprovada com base na 
solicitação de documentos na forma do § 1º do art. 6º da Lei 12.016/2009 (no caso em 
que o documento necessário à prova do alegado se ache em repartição ou 
estabelecimento público ou em poder de autoridade que se recuse a fornecê-lo por 
certidão ou de terceiro, o juiz ordenará, preliminarmente, por ofício, a exibição desse 
documento em original ou em cópia autêntica e marcará, para o cumprimento da 
ordem, o prazo de 10 (dez) dias.). 
REFERÊNCIAS 
01. MEIRELLES, Hely Lopes. Mandado de segurança. 30. ed. São Paulo: Malheiros, 
2008, p.25. 
02. CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de Direito Administrativo. 19 ed. 
Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008, p. 911. 
03, 10 e 21. AURELLI, Arlete Inês. Mandado de Segurança. Enciclopédia jurídica da 
PUC-SP. Celso Fernandes Campilongo, Alvaro de Azevedo Gonzaga e André Luiz 
Freire (coords.). Tomo: Processo Civil. Cassio Scarpinella Bueno, Olavo de Oliveira 
Neto (coord. de tomo). 2. ed. São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São 
Paulo, 2021. Disponível em: link. 
04. LENZA, Pedro. Direito Constitucional Esquematizado. 26º edição. São Paulo: 
SARAIVA, 2022. Pp. 1297-1298. 
https://www.jusbrasil.com.br/topicos/23455159/paragrafo-1-artigo-6-da-lei-n-12016-de-07-de-agosto-de-2009
https://www.jusbrasil.com.br/topicos/23455175/artigo-6-da-lei-n-12016-de-07-de-agosto-de-2009
https://www.jusbrasil.com.br/legislacao/818583/lei-do-mandado-de-seguranca-lei-12016-09
https://enciclopediajuridica.pucsp.br/verbete/464/edicao-2/mandado-de-seguranca

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes