Buscar

Relatório prática Cosméticos e Sanificantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 5 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS -
EAD 
	
RELATÓRIO 
	
	
	DATA 03/06/2023
RELATÓRIO DE PRÁTICA
Josemary Leal de Medeiros
Matricula: 01433710
RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS: COSMÉTICOS E SANITIZANTES_Aula 
DADOS DO(A) ALUNO(A):
	NOME: Josemary Leal de Medeiros
	MATRÍCULA:01433710
	CURSO: Farmácia
	POLO: Campina Grande
	PROFESSOR(A) ORIENTADOR(A): Dôrian Cordeiro
 
				TEMA DE AULA: SHAMPOO PARA CASPAS 
 
RELATÓRIO:
1. Identifique a classe correspondente de cada insumo utilizado
· Sulfeto de selênio: antisséptico;
· Tensoativos anfóteles: catônico e iônico;
· Álcool etílico: solubilizante;
· EDTA: quelante;
· Nipagin e Nipazol: conservante;
· Glicerina: umectante;
· Lauril: espumante;
· Água purificada: solubilizante.
2. Explique a função de cada insumo da formulação.
O Sulfeto de selênio é um antisséptico que atua como um higienizador do couro cabeludo, combatendo a oleosidade. Já o Nipagin e Nipazol são conservantes atuando e protegendo o couro cabeludo contra microrganismo, atuando no controle microbiológico. Os Quelantes atuam na estabilidade na mudança de cor, cheiro, e aparência. A glicerina atua como hidratante atuando para evitar o ressecamento dos fios. O Lauril apresenta alto poder de limpeza e formação de espuma e por fim, a água purificada atuando como solubilizando para equilibrar todo o composto no processo de atuação da loção.
3. Explique os tipos de tensoativos existentes e a diferença entre eles.
•	Sulfeto de selênio: antisséptico;
•	Tensoativos: viscosidade e formulação.
•	Corante: a cor na formulação
•	Nipagin e Nipazol: conservante;
•	Glicerina: umectante;
•	Lauril: espumante;
•	Água purificada: solubilizante de insumos
•	Cocoanopropil: anfótero;
					TEMA DE AULA: LOÇÃO CAPILAR DE MINOXIDIL 
RELATÓRIO:
1. Como loção capilar, explique a indicação e mecanismo de ação do minoxidil.
O mecanismo de ação do minoxidil é indicado para o tratamento e prevenção da queda de androgênica melhorando a absorção de nutrientes do bulbo capilar prolongando a fase anágena e crescimento dos fios, pois o esse mecanismo de ação atua favorecendo a dilatação dos vasos sanguíneos, abrindo espaço para que os fios brotem.
2. Cite ao menos duas reações adversas comuns decorrentes do uso da loção capilar de minoxidil.
O minoxidil favorece a dilatação dos vasos sanguíneos, abrindo espaço para que os fios brotem podendo causar hipertricose (crescimento exagerado de pelos pelo corpo).
Outra reação é a própria queda de cabelo causada pela reação alérgica no local pelo uso da loção capilar.
					TEMA DE AULA: FORMULAÇÕES PARA LIMPEZA CAPILAR E PROTEÇÃO SOLAR 
RELATÓRIO:
1. Identifique o insumo utilizado na formulação que atua como protetor solar e descreva seu mecanismo de ação.
De acordo com o que foi visto na prática, o composto óxido de zinco tem função de protetor solar, pois tem pequenas partículas e atua com ação refletora contra as radiações ultravioletas, protegendo a pele contra queimaduras solares.
2. Aponte os conservantes utilizados na formulação e sua importância.
Na aula prática foi utilizado Metilparabeno, Propilparabeno e BHT. São de grande importância para inibir a proliferação de microrganismos e proteger os produtos contra a oxidação. 
3. Explique como é calculado o FPS dos filtros solares.
O FPS é calculado de acordo com a dose mínima de Eritema (DME), que é o tempo mínimo de exposição aos raios solares capazes de provocar queimaduras e causar vermelhidão e dores intensas na pele. Observa-se a razão entre o DME para pele protegida pelo o DME da pele desprotegida fornecendo o fator de proteção solar (FPS) para uma substância protetora. Sendo assim, é importante saber que o DME da pele desprotegida depende da sensibilidade dessa pele para a exposição solar.
Um exemplo é a pele muito sensível aos raios solares, que pouco tempo exposta logo, observa-se vermelhidão e até queimaduras com formação eritematosa.
				TEMA DE AULA: FORMULAÇÕES PARA HIGIENE E TRATAMENTO CUTÂNEO 
 
RELATÓRIO:
1. Na formulação do sabonete líquido, identifique o componente que possui propriedade antisséptica.
O agente antisséptico é o irgasan efetivo no combate a bactérias gram – negativas e gram – positivas, além de ser eficaz contra fungos e outros microrganismos, sendo antisséptico, bactericidas, fungicidas e viricidas.
2. Identifique o pH ideal da formulação e a matéria-prima que pode ser utilizada para corrigi-lo.
O PH adequado deve ser entre 5,5 e 6,5 pois, o composto corretor usado é o ácido citríco QSP para formulação que está sendo preparada.
						TEMA DE AULA: FORMULAÇÕES COSMÉTICAS PARA HIGIENE BUCAL 
RELATÓRIO:
1. Identifique todos os agentes conservantes e quelantes utilizados na formulação e destaque a importância desse grupo de substâncias.
Nessa prática são utilizados os agentes conservantes e quelantes como: EDTA, Metilparabeno, benzoato de sódio, propilenoglicol, glicerina e carbonato de cálcio.
A importância dos conservantes é que são substâncias naturais e sintéticas, a qual tem a função de aumentar a durabilidade e vida útil se adicionado a um produto. Funciona como protetor contra fungos, bactérias, leveduras e outros organismos ou reações químicas que possa influenciar na qualidade final do produto.
2. 	Indique o mecanismo de proteção do flúor utilizado nas formulações bucais.
O flúor presente nos cremes dentais é composto por um mineral que tem a função de se acoplar aos minerais da saliva atuando na remineralização, favorecendo a produção de cálcio e potássio fortalecendo o esmalte dos dentes e combatendo a formação de cárie.
					TEMA DE AULA: CREME PARA RACHADURAS 
RELATÓRIO:
1. Descreva a classe e a função da ureia na formulação.
A função da ureia é hidratar, retém grande quantidade de água melhorando a textura da pele, deixando macia e viçosa. Além disso, possui a função de restauração de absorção cutânea, pois consegue auxiliar outras substâncias a se expandir e penetrar a pele, desde que tal substância esteja ativa e associadas a mesma formulação.
2. Explique o mecanismo de ação dos hidratantes.
Na prática foi possível observar que o principal mecanismo de um hidratante é a ação por meio de processos de oclusão e umectação. Os hidratantes oclusivos formam um filme protetor, formando uma película na superfície cutânea, impedindo a evaporação e a perda de água pela pele, mantendo-a sempre nutrida e hidratada

Outros materiais