Buscar

filosofia_ QUESTIONÁRIO UNIDADE I _

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Revisar envio do teste: QUESTIONÁRIO UNIDADE I
HISTÓRIA DO PENSAMENTO FILOSÓFICO J77A_34301_20241 CONTEÚDO
Usuário AMANDA GABRIELLY RAMOS CESAR
Curso HISTÓRIA DO PENSAMENTO FILOSÓFICO
Teste QUESTIONÁRIO UNIDADE I
Iniciado 19/02/24 13:43
Enviado 19/02/24 13:58
Status Completada
Resultado da
tentativa
4,5 em 5 pontos  
Tempo decorrido 15 minutos
Resultados
exibidos
Todas as respostas, Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários, Perguntas
respondidas incorretamente
Pergunta 1
Resposta
Selecionada:
d.
Respostas: a. 
b.
c.
d.
e.
Comentário
da resposta:
A alegoria da caverna, de Platão, pode ser interpretada da seguinte forma:
O �lósofo é aquele que se liberta dos grilhões e contempla o
verdadeiro conhecimento.
As correntes da ignorância não podem ser quebradas.
Os so�stas, que enganassem os outros, deveriam ser
acorrentados no fundo da caverna, como punição.
O acorrentado no fundo da caverna é o sábio que quer fugir
dos prazeres do mundo.
O �lósofo é aquele que se liberta dos grilhões e contempla o
verdadeiro conhecimento.
Aquele que sai da caverna não deve voltar para tentar libertar
seus ex-companheiros.
Resposta: d) O �lósofo é aquele que se liberta dos grilhões e
contempla o verdadeiro conhecimento.
Comentário: Para Platão a �loso�a seria o saber capaz de conduzir
UNIP BIBLIOTECAS MURAL DO ALUNOCONTEÚDOS ACADÊMICOS
0,5 em 0,5 pontos
http://company.blackboard.com/
https://ava.ead.unip.br/webapps/blackboard/execute/courseMain?course_id=_336169_1
https://ava.ead.unip.br/webapps/blackboard/content/listContent.jsp?course_id=_336169_1&content_id=_3858225_1&mode=reset
https://ava.ead.unip.br/webapps/portal/execute/tabs/tabAction?tab_tab_group_id=_49_1
https://ava.ead.unip.br/webapps/portal/execute/tabs/tabAction?tab_tab_group_id=_27_1
https://ava.ead.unip.br/webapps/portal/execute/tabs/tabAction?tab_tab_group_id=_47_1
https://ava.ead.unip.br/webapps/portal/execute/tabs/tabAction?tab_tab_group_id=_25_1
https://ava.ead.unip.br/webapps/login/?action=logout
à libertação das amarras das aparências. Por meio da �loso�a,
pode-se contemplar o conhecimento tal qual ele é, porque a
�loso�a permite fugir do mundo sensível – o mundo das
aparências – e atingir o mundo das ideias.
Pergunta 2
Resposta Selecionada: d. 
Respostas: a. 
b. 
c. 
d. 
e. 
Comentário
da resposta:
A passagem do pensamento mítico para o �losó�co foi:
Um processo lento e gradual.
Um salto repentino e radical.
Um decreto da classe política.
Promovida por religiosos rebeldes.
Um processo lento e gradual.
Fruto de uma revelação mítica.
Resposta: d) Um processo lento e gradual.
Comentário: É preciso destacar que a passagem do pensamento
mítico para o �losó�co não foi abrupta; antes, foi um processo lento
e gradual. Cabe destacar ainda, que as diversas formas de ver o
mundo que a �loso�a reconhece (o mito, o senso comum, a ciência,
a arte e a �loso�a), não existem necessariamente isoladas umas das
outras, elas continuam coexistindo em nossa sociedade. Não
apenas continuam existindo, todas, mas também há casos em que
concepções míticas e artísticas, por exemplo, encontram-se
misturadas.
Pergunta 3
Resposta
Selecionada:
a. 
Respostas: a. 
b. 
c. 
d. 
A respeito da condição humana, assinale a alternativa correta.
Só os seres humanos produzem linguagem simbólica.
Só os seres humanos produzem linguagem simbólica.
A linguagem humana só reconhece índices ou sinais.
Os animais compreendem a linguagem simbólica.
A linguagem simbólica não é criação humana.
0,5 em 0,5 pontos
0,5 em 0,5 pontos
e.
Comentário da
resposta:
Não se pode provar que a linguagem simbólica é uma criação
humana.
Resposta: a) Só os seres humanos produzem linguagem simbólica.
Comentário: Um dos traços mais marcantes e distintivos da
espécie humana é sua capacidade de gerar e decodi�car símbolos,
só ele é capaz de se expressar e ser compreendido por meio de
símbolos e, portanto, por meio da linguagem simbólica.
Pergunta 4
Resposta
Selecionada:
e.
Respostas: a. 
b. 
c.
d.
e.
Comentário da
resposta:
A respeito da relação Sócrates, Platão e so�stas, identi�que a alternativa correta:
Sócrates foi acusado de corromper a juventude e de não
acreditar nos deuses da cidade.
Os so�stas buscavam a verdade acima de tudo.
Platão e Sócrates elogiavam a atividade dos so�stas.
Sócrates escreveu diversos livros e anotações antes de sua
despedida.
Platão e Xenofonte foram os principais opositores das ideias
de Sócrates.
Sócrates foi acusado de corromper a juventude e de não
acreditar nos deuses da cidade.
Resposta: e) Sócrates foi acusado de corromper a juventude e de
não acreditar nos deuses da cidade.
Comentário: Sócrates foi condenado à morte e obrigado a ingerir
cicuta, substância mortífera, sob acusação de corromper a
juventude e de não acreditar nos deuses da cidade.
Pergunta 5
Resposta
Selecionada:
c. 
Ao trabalhar, podemos dizer que o Homem:
Está fazendo algo que é exclusivamente humano.
0,5 em 0,5 pontos
0,5 em 0,5 pontos
Respostas: a.
b.
c. 
d. 
e. 
Comentário da
resposta:
Está fazendo como todos os demais seres vivos da natureza.
Está deixando de lado seus instintos biológicos para viver de
acordo com as normas sociais.
Está fazendo algo que é exclusivamente humano.
Está desperdiçando seu tempo e seu potencial criativo.
Está transformando a realidade para se adequar a ela.
Resposta: c) Está fazendo algo que é exclusivamente humano.
Comentário: O trabalho é a ação de transformar a natureza de
modo intencional. Sendo assim, apenas o homem trabalha, pois
é a única espécie que transforma a natureza de modo
intencional.
Pergunta 6
Resposta Selecionada: c. 
Respostas: a. 
b. 
c. 
d. 
e. 
Comentário da
resposta:
Complete a frase, indicando a alternativa correta: A �loso�a surgiu quando alguns
gregos, espantados com a realidade e insatisfeitos com as _________ que a tradição
lhes dera, começaram a questionar e buscar respostas, demonstrando que o mundo
físico e natural, os seres humanos e os acontecimentos podem ser conhecidos pela
___________ .
Explicações – razão.
Explicações – crença.
Questões – inquietação.
Explicações – razão.
Suspeitas – denúncia.
Respostas – fé .
Resposta: c) Explicações – razão.
Comentário: O surgimento da �loso�a está ligado à busca por
novas formas de explicar o mundo, uma vez que as explicações
míticas já não mais satisfaziam. Em lugar do mito, os primeiros
�lósofos elegeram a razão como forma adequada de explicar o
mundo.
Pergunta 7
0,5 em 0,5 pontos
0,5 em 0,5 pontos
Resposta
Selecionada:
d. 
Respostas: a. 
b.
c. 
d. 
e.
Comentário da
resposta:
O mito pode ser de�nido como:
Uma forma de atribuir sentido ao mundo.
Conjunto de estórias desconexas.
Fantasias criadas por uma mente perturbada e sem qualquer
relação com a realidade.
Conhecimento objetivo e cientí�co.
Uma forma de atribuir sentido ao mundo.
Filoso�a produzida pelos pré-socráticos para educar a
população.
Resposta: d) Uma forma de atribuir sentido ao mundo.
Comentário: Embora seja um tipo de conhecimento não rigoroso
e não submetido à contestação, o mito não deve ser visto
pejorativamente, mas como uma forma tipicamente humana de
tentar dar sentido à vida, tendo sido, aliás, a primeira delas.
Pergunta 8
Resposta
Selecionada:
c.
Respostas: a. 
b.
c.
d. 
e.
Comentário
da resposta:
Sobre a alegoria da caverna, assinale a alternativa correta:
Descreve uma espécie de morada subterrânea com homens
acorrentados em seu interior que contemplam sombras
projetadas.
Foi escrita por Sócrates enquanto estava na prisão.
Trata-se de um “mito” criado por Platão, por isso não tem valor
�losó�co.
Descreve uma espécie de morada subterrânea com homens
acorrentados em seu interior que contemplam sombras
projetadas.
As sombras não são reais, são apenas imaginadas.
As sombras são reais porque são projetadas pelas fogueiras
feitas pelos prisioneiros dentro da caverna.
Resposta: c) Descreve uma espécie de morada subterrânea com
homens acorrentados em seu interior que contemplamsombras
0,5 em 0,5 pontos
projetadas.
Comentário: A alegoria da caverna, também chamada de mito da
caverna, é uma passagem de grande valor �losó�co proposta por
Platão como forma de explicar o sistema proposto por ele, segundo
o qual há dois tipos de realidade, a do mundo sensível e a do
mundo das ideias. Com a alegoria ele tenta dizer que as sombras
vistas pelos personagens da caverna seriam como o mundo em que
vivemos, um mundo de aparências e representações. A essência de
tais representações estaria no mundo das ideias.
Pergunta 9
Resposta
Selecionada:
d.
Respostas: a.
b.
c.
d.
e. 
Comentário
da resposta:
Sobre a condição humana, pode-se a�rmar:
Diferentemente dos animais, cada indivíduo da nossa espécie
precisa de educação para tornar-se propriamente humano.
O homem pode desenvolver-se por si só, isto é, separado e
isolado de outros seres humanos.
O homem não faz uso da linguagem simbólica para a produção
da cultura.
O processo de socialização não é importante para a formação
da individualidade dos seres humanos.
Diferentemente dos animais, cada indivíduo da nossa espécie
precisa de educação para tornar-se propriamente humano.
É um ser antissocial.
Resposta: d) Diferentemente dos animais, cada indivíduo da nossa
espécie precisa de educação para tornar-se propriamente humano.
Comentário: Por ser uma espécie única, que não age por instintos,
como os outros seres vivos, o homem tem a necessidade de passar
por um processo de educação, seja ela formal ou informal, pois é
ela que lhe permitirá dominar os códigos e os símbolos da cultura
na qual ele está inserido, de modo a permitir que ele viva em
sociedade.
Pergunta 10
0,5 em 0,5 pontos
0 em 0,5 pontos
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2024 13h59min49s GMT-03:00
Resposta
Selecionada:
c. 
Respostas: a.
b.
c. 
d. 
e.
Sobre o conhecimento na Idade Média, é correto a�rmar.
A Teologia é considerada serva da Filoso�a.
É o período de maior valorização e aceitação da �loso�a grega.
Os padres da igreja, durante esse período, consideram a razão
mais importante que a fé.
A Teologia é considerada serva da Filoso�a.
A Filoso�a é considerada serva da Teologia.
Os mitos gregos são valorizados e considerados portadores da
verdade.
← OK

Outros materiais