Buscar

Sociologia-3

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 4 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência 
 
 
 
 
 
 
2 
 
CURSO ANUAL DE SOCIOLOGIA – (Prof. Márcio Michiles) 
 
EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM 
 
Questão 01 
Basta uma vista de olhos pelas estatísticas ocupacionais de um 
país pluriconfessional para constatar a notável frequência de um 
fenômeno por diversas vezes vivamente discutido na imprensa e 
na literatura católicas bem como nos congressos católicos da 
Alemanha: o caráter predominantemente protestante dos 
proprietários do capital e empresários, assim como das camadas 
superiores da mão de obra qualificada, notadamente do pessoal 
de mais alta qualificação técnica ou comercial das empresas 
modernas. 
WEBER, Max. A ética protestante e o “espírito” do capitalismo. 
São Paulo: Companhia das Letras, 2004, p. 29. 
 
O livro A ética protestante e o “espírito” do capitalismo começa 
com a constatação de uma relação entre dois fenômenos. Que 
fenômenos são esses, expressos no texto acima? 
a) Confissão religiosa e estratificação social. 
b) Confissão religiosa e preferência sexual. 
c) Estratificação social e desenvolvimento social. 
d) Formação universitária e desenvolvimento econômico. 
e) Estatística e literatura. 
 
Questão 02 
O Manifesto do Partido Comunista, escrito por Marx e Engels no 
ponto de inflexão entre as reflexões de juventude e a obra de 
maturidade, sintetiza os resultados da concepção materialista da 
história alcançados pelos dois autores até 1848. A dinâmica do 
desenvolvimento histórico é então concebida como resultante do 
aprofundamento da tensão entre forças produtivas e relações de 
produção, que se expressaria através da luta política aberta. 
 
Com base na concepção materialista da história defendida por 
Marx e Engels no Manifesto, selecione a alternativa correta. 
a) A história das sociedades humanas até agora existentes tem 
sido o resultado do agravamento das contradições sociais que, 
uma vez maturadas, explode através da luta de classes. 
b) A história das sociedades humanas é o resultado dos desígnios 
da providência que atuam sobre a consciência dos homens e 
forjam os rumos do desenvolvimento social. 
c) A história das sociedades humanas é o resultado de 
acontecimentos fortuitos e casuais, independentes da vontade 
dos homens, que acabam moldando os rumos do 
desenvolvimento social. 
d) A história das sociedades humanas é o resultado inevitável do 
desenvolvimento tecnológico, que não só aumenta a 
produtividade do trabalho, como elimina o antagonismo entre as 
classes sociais. 
e) A história das sociedades humanas é o resultado da ação 
desempenhada pelos grandes personagens que, através de sua 
emulação moral, guiam as massas no sentido das transformações 
sociais pacíficas. 
 
Questão 03 
Na produção social que os homens realizam, eles entram em 
determinadas relações indispensáveis e independentes de sua 
vontade; tais relações de produção correspondem a um estágio 
definido de desenvolvimento das suas forças materiais de 
produção. A totalidade dessas relações constitui a estrutura 
econômica da sociedade — fundamento real, sobre o qual se 
erguem as superestruturas política e jurídica, e ao qual 
correspondem determinadas formas de consciência social. 
MARX, K. “Prefácio à Crítica da economia política.” In: MARX, K.; 
ENGELS, F. Textos 3. São Paulo: Edições Sociais, 1977 
(adaptado). 
 
Para o autor, a relação entre economia e política estabelecida no 
sistema capitalista faz com que 
a) o proletariado seja contemplado pelo processo de mais-valia. 
b) o trabalho se constitua como o fundamento real da produção 
material. 
c) a consolidação das forças produtivas seja compatível com o 
progresso humano. 
d) a autonomia da sociedade civil seja proporcional ao 
desenvolvimento econômico. 
e) a burguesia revolucione o processo social de formação da 
consciência de classe. 
 
Questão 04 
A sociologia desenvolvida por Max Weber é tradicionalmente 
conhecida como sociologia compreensiva. Assinale a alternativa 
correta a respeito da sociologia weberiana: 
a) Para Max Weber, os fatos sociais devem ser tratados como 
coisas. 
b) Para Weber, a ação compreensiva é a ação com sentido, 
sendo analisada mediante tipos puros ou ideais. 
c) Segundo Weber, a sociologia deve estar comprometida com a 
transformação social resultante da luta de classes. 
d) Weber está interessado em compreender o desenvolvimento 
do capitalismo moderno. Por isso ele desenvolve a noção de 
solidariedade orgânica e mecânica. 
e) Weber pouco se interessou pelo fenômeno da Religião. 
Segundo ele, a religião é o ópio do povo e, por isso, deve ser 
substituída pela razão como forma de compreender o mundo. 
 
Questão 05 
Leia o texto a seguir. 
 
Antigamente nem em sonho existia tantas pontes sobre os rios, 
nem asfalto nas estradas. Mas hoje em dia tudo é muito diferente 
com o progresso nossa gente nem sequer faz uma ideia. 
Tenho saudade de rever nas currutelas as mocinhas nas janelas 
acenando uma flor. Por tudo isso eu lamento e confesso que a 
marcha do progresso é a minha grande dor. Cada jamanta que eu 
vejo carregada transportando uma boiada me aperta o coração. E 
quando olho minha traia pendurada de tristeza dou risada pra não 
chorar de paixão. 
 
(Adaptado de: Nonô Basílio e Índio Vago. Mágoa de Boiadeiro.) 
 
 
 
 
 
VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência 
 
 
 
 
 
 
3 
 
CURSO ANUAL DE SOCIOLOGIA – (Prof. Márcio Michiles) 
 O texto aproxima-se sociologicamente da leitura teórica de 
a) Comte, que defende a necessidade de formas tradicionais de 
vida em detrimento da desilusão do progresso. 
b) Durkheim, que analisa o progresso como elemento 
desagregador da vida social ao provocar o enfraquecimento das 
instituições. 
c) Marx, que condena o desenvolvimento das forças produtivas 
por seus efeitos alienantes sobre o homem. 
d) Spencer, que tem uma leitura romântica da sociedade e vê o 
passado como mais rico culturalmente. 
e) Weber, para quem a modernização e a racionalização é 
acompanhada pelo desencantamento do mundo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 
 
Questão 01 (Uem 2017) 
“Não sois máquinas! Homens é que sois!” 
Trecho do último discurso de Charlie Chaplin no final do filme O 
grande ditador, 1940. 
www.culturabrasil.org/discurso_grande_ditador_chaplin.htm. 
 
A partir da afirmação acima e de conhecimentos em sociologia, 
assinale o que for correto: 
01) Em sociedades como a nossa, organizadas a partir de 
relações produtivas nas quais os trabalhadores detêm apenas sua 
força de trabalho e os empresários capitalistas são donos dos 
recursos produtivos, Karl Marx identificou um fenômeno chamado 
exploração de mais valia. 
02) Sociedades organizadas a partir de divisão social do trabalho, 
nas quais há especialização de atividades e funções, expressam 
um tipo de vínculo que Émile Durkheim chamou de solidariedade 
orgânica. 
04) Max Weber defendeu que as ações sociais nas sociedades 
industrializadas são predominantemente orientadas em relação a 
seus fins, fato que denominou racionalidade. 
08) O bordão “tempo é dinheiro”, cunhado por Benjamin Franklin, 
é recuperado por Émile Durkheim em seus trabalhos e se refere 
aos bons princípios de organização social da sociedade moderna. 
16) Segundo Émile Durkheim, o trabalho não pode ser um fato 
social enquanto a sociedade não alcançar o pleno emprego. 
 
 Questão 02 (Upe-ssa 1 2017) 
Observe a imagem a seguir: 
 
 
 
Percebe-se nela que a sociedade prevalece sobre as ações dos 
indivíduos, aprisionando-os. Dessa forma, o conteúdo da imagem 
representa um objeto de estudo da Sociologia, constituído 
historicamente como um conjunto de relações entre os homens na 
vida em sociedade. 
 
VestCursos– Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência 
 
 
 
 
 
 
4 
 
CURSO ANUAL DE SOCIOLOGIA – (Prof. Márcio Michiles) 
 Sobre as características do objeto de estudo apresentado, é 
CORRETO afirmar que 
 
a) Karl Marx elaborou o que considerava a relação indivíduo-
sociedade como um conjunto de condições materiais manipuladas 
pelos indivíduos, objetivando organizar e manter as relações 
sociais de produção. 
b) a ação individual é o principal conceito desse objeto e só faz 
sentido na consciência de classe, possibilitando aos grupos mais 
ricos atuarem sobre os grupos mais pobres, aumentando a 
desigualdade social. 
c) as normas, os comportamentos e as regras são os aspectos 
fundantes do objeto em destaque. Seguidos pelos indivíduos, 
esses aspectos da vida social são construídos fora das 
consciências individuais para manter a sociedade coesa. 
d) a conduta dos indivíduos é valorizada, pois a ação individual 
tem mais importância que a imposição coercitiva das normas 
sociais. 
e) Max Weber criou o que denominou a “ação do indivíduo”, 
orientada pela ação de outros e estabelecida por uma relação 
significativa. 
 
Questão 03 
Analise a teoria marxista do materialismo dialético. 
 
Questão 04 
Desde o início da sociologia, no século XIX, se vem discutindo a 
respeito da religião: se tem ou não importância; qual seu papel; 
qual a sua função social; etc. Igualmente, desde então há 
diferentes teorias que visam melhor elucidá-la. 
 
Assinale a alternativa CORRETA. 
 
a) Na visão de Marx e Engels, a religião, obra humana, é um bem, 
pois que alienaria os homens quanto à realidade na qual viveriam. 
b) Para Durkheim a religião é um fato social, o qual tem como 
função social aprimorar a solidariedade interna do grupo e 
prejudicar a própria coesão. 
c) Na compreensão de Weber o que importa na religião é esta 
servir à dinâmica social, deste modo não analisa a religião em 
busca da harmonia social. 
d) A religião, pode ser vista como um componente presente, ao 
longo da história, nas diferentes culturas e povos, criando e 
orientando sua visão de mundo. 
e) As concepções religiosas permitem a analise real e próxima do 
conhecimento puro sobre sua origem e suas relações sociais. 
 
 
 
 
 
 
 
 
Questão 05 
Na visão de Max Weber, a função do sociólogo é compreender o 
sentido das chamadas ações sociais, e fazê-lo é encontrar os 
nexos causais que as determinam. Um dos clássicos da 
sociologia, autor dessa definição de ação social, que para ele 
constitui o objeto de estudo da sociologia, apontou a existência de 
quatro tipos de ação social. Quais são elas? 
a) Ação tradicional, ação afetiva, ação política com relação a 
valores, ação política com relação a fins. 
b) Racional, quando visa aos fins ou aos valores, afetiva, quando 
é determinada por afetos e estados sentimentais e tradicional, 
quando determinada por um costuma já estabelecido. 
c) Ação tradicional, ação emotiva, ação racional com relação a 
fins e ação política não esperada. 
d) Ação tradicional, ação afetiva, ação política com relação a 
valores e ação racional com relação a fins. 
e) Ação tradicional, ação afetiva, ação racional e ação 
carismática. 
 
 
 
VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência 
 
 
 
 
 
 
5 
 
CURSO ANUAL DE SOCIOLOGIA – (Prof. Márcio Michiles) 
 
RESOLUÇÕES DAS QUESTÕES DE CASA 
 
Questão 01: 
Resolução: 
01 + 02 + 04 = 07. 
 
Questão 02: 
Resolução: 
 
Resposta: Alternativa C 
 
Questão 03: 
Resolução: 
Para Marx, a sociedade existe a partir das relações materiais 
de produção, que são fundamentadas no trabalho humano. 
Resposta: Alternativa 
 
Questão 04: 
Resolução: . 
 
Resposta: Alternativa D 
 
Questão 05: 
Resolução: 
 
Resposta: Alternativa B

Outros materiais