Buscar

2 Físico-Química - 1 semestre-9

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 6 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 6 páginas

Prévia do material em texto

49 
 
 
www.cursoanualdequimica.com.br – e-mail: cursodequimica@gmail.com 
 
UNIDADES DE CONCENTRAÇÃO DAS SOLUÇÕES 
Exercícios de Fixação 
 
01. (Ita) Considere as seguintes soluções: 
I. 10g de NaCØ em 100g de água. 
II. 10g de NaCØ em 100ml de água. 
III. 20g de NaCØ em 180g de água. 
IV. 10 mols de NaCØ em 90 mols de água. 
Destas soluções, tem concentração 10% em massa de cloreto 
de sódio: 
a) Apenas I 
b) Apenas III 
c) Apenas IV 
d) Apenas I e II 
e) Apenas III e IV. 
 
2. (Ufsm 2015) Sal, vilão ou mocinho? 
 
Substância imprescindível ao equilíbrio das funções 
orgânicas, o cloreto de sódio pode produzir efeitos 
indesejados se consumido em excesso. A demanda natural 
desse composto fez com que ele superasse o ouro como valor 
estratégico e fosse base para remunerar o trabalho. Tanto os 
íons Na como os C  são essenciais para a manutenção 
da vida animal, controlando o volume de líquidos e a 
manutenção da pressão arterial. 
Fonte: Scientific American Brasil, Ano II, n. 16, p. 50, 2013. 
(adaptado) 
 
O sal apresenta inúmeras utilidades, sendo considerado o 
mais antigo aditivo alimentar. Dentre os usos do NaC , 
destaca-se o soro fisiológico, uma solução 0,9% de cloreto 
de sódio. 
 
Com base nessas informações, e correto afirmar que a 
solução é do tipo 
a) eletrolítica e a concentração do sal é de 10,015 molL . 
b) não eletrolítica e a concentração do sal é de 10,900 molL . 
c) eletrolítica e a concentração do sal é de 
10,900 molL . 
d) não eletrolítica e a concentração do sal é de 10,154 molL . 
e) eletrolítica e a concentração do sal é de 10,154 molL . 
 
03. (Pucrs) O Ministério da Saúde recomenda, para prevenir 
as cáries dentárias, 1,5 ppm (mg/L) como limite máximo de 
fluoreto em água potável. Em estações de tratamento de água 
de pequeno porte, o fluoreto é adicionado sob forma do sal 
flúor silicato de sódio (Na‚SiF†; MM = 188g/mol). Se um 
químico necessita fazer o tratamento de 10000 L de água, a 
quantidade do sal, em gramas, que ele deverá adicionar para 
obter a concentração de fluoreto indicada pela legislação 
será, aproximadamente, de 
a) 15,0 
b) 24,7 
c) 90,0 
d) 148,4 
e) 1500,0 
 
04. (Uerj) O organoclorado conhecido como DDT, mesmo 
não sendo mais usado como inseticida, ainda pode ser 
encontrado na natureza, em consequência de sua grande 
estabilidade. Ele se acumula em seres vivos pelo processo 
denominado de biomagnificação ou magnificação trófica. 
Foram medidas, em partes por milhão, as concentrações 
desse composto obtidas em tecidos de indivíduos de três 
espécies de um mesmo ecossistema, mas pertencentes a 
diferentes níveis tróficos, com resultados iguais a 15,0 , 1,0 
e 0,01. 
As concentrações de DDT nos tecidos dos indivíduos da 
espécie situada mais próxima da base da cadeia alimentar e 
da situada mais próxima do topo dessa cadeia, em gramas de 
DDT por 100 gramas de tecido, foram, respectivamente, 
iguais a: 
a) 1,0 × 10-¤ e 1,0 × 10-¦ 
b) 1,5 × 10-¥ e 1,0 × 10-¥ 
c) 1,0 × 10-¥ e 1,5 × 10-¥ 
d) 1,0 × 10-§ e 1,5 × 10-¤ 
 
05. (Ufc) O soro caseiro é preparado pela completa 
dissolução de porções de açúcar (C�‚H‚‚O��), e de sal de 
cozinha (NaCØ), em água fervida. Esta solução é bastante 
eficaz no combate à desidratação crônica, em crianças com 
elevado grau de desnutrição. Estabelecendo-se que a massa 
das porções de açúcar e sal são 0,171g e 0,585g , 
respectivamente, dissolvidos em 500mL de água, e 
considerando-se que estas massas são desprezíveis com 
relação ao volume total da solução, as concentrações de 
C�‚H‚‚O�� e NaCØ em mol.L­¢ nesta solução são, 
respectivamente: 
a) 1,0 × 10-¥ e 2,0 × 10-¤ 
b) 0,001 e 0,02 
c) 0,005 e 0,10 
d) 1,0 × 10-¦ e 2,0 × 10-¥ 
e) 3,42 e 11,7 
 
06. (Ufc) Sulfitos (compostos contendo íons SOƒ£­) são 
normalmente utilizados como conservantes de vinhos. 
Contudo, o limite de tolerância de pessoas alérgicas a essas 
substâncias é de 10 ppm (partes por milhão) de SOƒ£­. Para 
certificar-se da real concentração de SOƒ£­ em vinhos, pode-
se utilizar o método de doseamento fundamentado na reação 
química descrita pela equação abaixo: 
 
 SOƒ£­(aq) + H‚O‚(aq) ë SO„£­(aq) + H‚O. 
 
 
 
 
50 
 
 
www.cursoanualdequimica.com.br – e-mail: cursodequimica@gmail.com 
 
Analise os dados descritos na questão e assinale a alternativa 
correta. 
a) Íons SOƒ£­ são oxidados, originando íons SO„£­, atuando, 
portanto, como agentes oxidantes. 
b) A reação não envolve processos de transferência de 
elétrons, e se diz que é de substituição eletrofílica. 
c) No processo de doseamento de SOƒ£­, H‚O‚ é reduzido a 
H‚O e atua como agente redutor. 
d) Uma amostra que contém 0,001g de SOƒ£­ em 1kg de 
vinho satisfaz o limite de tolerância estabelecido. 
e) Uma amostra que contém 10 mols de SOƒ£­ por 1kg de 
vinho é equivalente à concentração 10ppm em SOƒ£­. 
 
07. (Ufes) Em diabéticos, a ingestão de 80g de açúcar 
comum (sacarose) eleva a quantidade de glicose no sangue 
em 1,0g de glicose para cada litro de sangue. Considerando-
se que a taxa de glicose no sangue dos diabéticos, em 
condições normais, é de aproximadamente 1,4g/L, a 
concentração de glicose (C†H�‚O†) no sangue de uma pessoa 
diabética após o consumo de 100g de açúcar será de, 
aproximadamente, 
Dado: M(C†H�‚O†) = 180g/mol 
a) 7,8 x 10-¤ mol/L. 
b) 6,9 x 10-¤ mol/L. 
c) 6,9 x 10-£ mol/L. 
d) 1,5 x 10-£ mol/L. 
e) 1,5 x 10-¢ mol/L 
 
08. (Uff ) Dentre as soluções cogitadas para o problema da 
seca no nordeste, pensou-se na perfuração de poços 
artesianos de grande profundidade e na dessalinização da 
água do mar, processos considerados economicamente 
inviáveis para utilização em larga escala. 
A dessalinização deve remover, entre outros sais, os cerca de 
3,5% de cloreto de sódio presentes na água do mar. Esse 
percentual equivale à seguinte concentração de NaCØ: 
a) 0,2 mol L-¢ 
b) 0,4 mol L-¢ 
c) 0,6 mol L-¢ 
d) 0,8 mol L-¢ 
e) 1,0 mol L-¢ 
 
09. (Uff) A osteoporose é uma doença que leva ao 
enfraquecimento dos ossos. É assintomática, lenta e 
progressiva. Seu caráter silencioso faz com que, usualmente, 
não seja diagnosticada até que ocorram fraturas, 
principalmente nos ossos do punho, quadril e coluna 
vertebral. As mulheres são mais frequentemente atingidas, 
uma vez que as alterações hormonais da menopausa 
aceleram o processo de enfraquecimento dos ossos. A 
doença pode ser prevenida e tratada com alimentação rica em 
cálcio. 
Suponha que o limite máximo de ingestão diária aceitável 
(IDA) de cálcio para um adolescente seja de 1,2 mg/kg de 
peso corporal. 
Pode-se afirmar que o volume de leite contendo cálcio na 
concentração de 0,6 gL-¢ que uma pessoa de 60 kg pode 
ingerir para que o IDA máximo seja alcançado é: 
a) 0,05 L 
b) 0,12 L 
c) 0,15 L 
d) 0,25 L 
e) 0,30 L 
 
10. (Ufmg) Estas informações foram adaptadas do rótulo de 
um repositor hidroeletrolítico para praticantes de atividade 
física: 
 
Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar 
que, na porção indicada do repositor hidroeletrolítico, 
a) a massa de íons sódio é o dobro da massa de íons cloreto. 
b) a concentração de íons sódio é igual a 4×10-¤ mol/L. 
c) a massa de íons cloreto é igual a 71 mg. 
d) a quantidade de cloreto de sódio é igual a 4×10-¤ mol. 
 
11. (Enem 2015) A hidroponia pode ser definida como 
uma técnica de produção de vegetais sem necessariamente a 
presença de solo. Uma das formas de implementação é 
manter as plantas com suas raízes suspensas em meio 
líquido, de onde retiram os nutrientes essenciais. Suponha 
que um produtor de rúcula hidropônica precise ajustar a 
concentração de íon nitrato 3(NO )

 para 0,009 mol L em 
um tanque de 5.000 litros e, para tanto, tem em mãos uma 
solução comercial nutritiva de nitrato de cálcio 90 g L. 
 
As massas molares dos elementos N, O e Ca são iguais a 
14 g mol, 16 g mol e 40 g mol,respectivamente. 
 
Qual o valor mais próximo do volume da solução nutritiva, 
em litros, que o produtor deve adicionar ao tanque? 
a) 26 
b) 41 
c) 45 
d) 51 
e) 82 
 
12. (Ufrs) Numa determinada área urbana, a concentração 
média do agente poluente SO‚ no ar atmosférico atingiu o 
valor de 3,2 x 10-¥ g.m-¤. Essa concentração, expressa em 
 
 
 
51 
 
 
www.cursoanualdequimica.com.br – e-mail: cursodequimica@gmail.com 
 
mol.L-¢ e em moléculas.m-¤, corresponde, respectivamente, 
aos valores 
a) 5,0 x 10-§ e 3,0 x 10¢©. 
b) 3,2 x 10-¨ e 6,0 x 10£¡. 
c) 5,0 x 10-ª e 2,7 x 10£¦. 
d) 5,0 x 10-¤ e 3,0 x 10£¢. 
e) 5,0 x 10-ª e 3,0 x 10¢©. 
 
13. (Ufsc) Existem diversas maneiras de expressar a 
concentração de uma solução. Dentre elas destacamos a 
molaridade (M). 
Seja uma solução aquosa de Al‚(SO„)ƒ de concentração 
102,6 g/Litro. Qual a molaridade da solução? 
Dados: Al = 27, S = 32, O = 16 
a) 0,9 Molar 
b) 3,2 Molar 
c) 0,3 Molar 
d) 1,8 Molar 
e) 0,6 Molar 
 
14. (Unesp) Os frascos utilizados no acondicionamento de 
soluções de ácido clorídrico comercial, também conhecido 
como ácido muriático, apresentam as seguintes informações 
em seus rótulos: solução 20% m/m (massa percentual); 
densidade = 1,10 g/mL; massa molar = 36,50 g/mol. Com 
base nessas informações, a concentração da solução 
comercial desse ácido será 
a) 7 mol/L. 
b) 6 mol/L 
c) 5 mol/L. 
d) 4 mol/L. 
e) 3 mol/L. 
 
15. (Unesp) Há décadas são conhecidos os efeitos da 
fluoretação da água na prevenção da cárie dentária. Porém, o 
excesso de fluoreto pode causar a fluorose, levando, em 
alguns casos, à perda dos dentes. Em regiões onde o subsolo 
é rico em fluorita (CaF‚), a água subterrânea, em contato com 
ela, pode dissolvê-la parcialmente. Considere que o VMP 
(Valor Máximo Permitido) para o teor de fluoreto (F-) na 
água potável é 1,0 mg.L-¢ e que uma solução saturada em 
CaF‚, nas condições normais, apresenta 0,0016% em massa 
(massa de soluto/massa de solução) deste composto, com 
densidade igual a 1,0 g.cm-¤. Dadas as massas molares, em 
g.mol-¢, Ca = 40 e F = 19, é correto afirmar que, nessas 
condições, a água subterrânea em contato com a fluorita: 
a) nunca apresentará um teor de F- superior ao VMP. 
b) pode apresentar um teor de F- até cerca de 8 vezes maior 
que o VMP. 
c) pode apresentar um teor de F- até cerca de 80 vezes maior 
que o VMP. 
d) pode apresentar um teor de F- até cerca de 800 vezes 
maior que o VMP. 
e) pode apresentar valores próximos a 10-¢mol.L-¢ em F-. 
 
16. (Uepb) Sabendo que para que uma água seja classificada 
como doce deve ter uma salinidade não maior que 0,05 % 
(g/100 g de água), qual a máxima concentração em 
quantidade de matéria de sal em termos de 
hidrogenocarbonato de potássio para que uma amostra de 
água seja considerada doce? Considere a densidade da água 
igual a 1 g/mL. 
a) 
45,00 10 mol / L 
b) 
35,95 10 mol / L 
c) 0,05 mol / L 
d) 0,0595 mol / L 
e) 
35,00 10 mol / L 
 
17. (Uff) Tem-se uma solução preparada pela dissolução de 
16,7g de naftaleno em 200mL de benzeno líquido, a 20°C. A 
densidade do benzeno à temperatura dada é 0,87g.mL-¢. 
Determine: 
a) a fração molar do benzeno e do naftaleno na solução 
 
b) a percentagem molar do benzeno e do naftaleno na 
solução. 
Dados: Massas molares (g/mol): 
C = 12,0; H = 1,0 
 
18. (Ufrrj) Pacientes que necessitam de raios X do trato 
intestinal devem ingerir previamente uma suspensão de 
sulfato de bário (BaSO„). Esse procedimento permite que as 
paredes do intestino fiquem visíveis numa radiografia, 
permitindo uma análise médica das condições do mesmo. 
Considerando-se que em 500 mL de solução existem 46,6 g 
do sal, pede-se: 
a) a concentração molar; 
b) a concentração em g / L. 
 
19. (Ufrrj ) Suponha que para a preparação de 500 mL de 
uma solução aquosa de sulfato de cobre com concentração 
0,5 mol/L você disponha do reagente sólido sulfato de cobre 
penta-hidratado (CuSO„.5H‚O; massa molar = 249,6 g/mol). 
Qual a massa (em gramas) de reagente deve ser pesada para 
o preparo desta solução? 
 
20. (Enem 2014) A utilização de processos de 
biorremediação de resíduos gerados pela combustão 
incompleta de compostos orgânicos tem se tornado 
crescente, visando minimizar a poluição ambiental. Para a 
ocorrência de resíduos de naftaleno, algumas legislações 
limitam sua concentração em até 30mg kg para solo 
agrícola e 0,14mg L para água subterrânea. A 
quantificação desse resíduo foi realizada em diferentes 
 
 
 
52 
 
 
www.cursoanualdequimica.com.br – e-mail: cursodequimica@gmail.com 
 
ambientes, utilizando-se amostras de 500g de solo e 
100mL de água, conforme apresentado no quadro. 
 
Ambiente Resíduo de naftaleno (g) 
Solo l 21,0 10 
Solo lI 22,0 10 
Água I 67,0 10 
Água II 68,0 10 
Água III 69,0 10 
 
O ambiente que necessita de biorremediação é o(a) 
a) solo I. 
b) solo II. 
c) água I. 
d) água II. 
e) água III. 
 
 
21. (Enem 2014) Diesel é uma mistura de hidrocarbonetos 
que também apresenta enxofre em sua composição. Esse 
enxofre é um componente indesejável, pois o trióxido de 
enxofre gerado é um dos grandes causadores da chuva ácida. 
Nos anos 1980, não havia regulamentação e era utilizado 
óleo diesel com 13 000 ppm de enxofre. Em 2009, o diesel 
passou a ter 1 800 ppm de enxofre (S1800) e, em seguida, foi 
inserido no mercado o diesel S500 (500 ppm). Em 2012, foi 
difundido o diesel S50, com 50 ppm de enxofre em sua 
composição. Atualmente, é produzido um diesel com teores 
de enxofre ainda menores. 
 
Os Impactos da má qualidade do óleo diesel brasileiro. 
Disponível em: www.cnt.org.br. 
Acesso em: 20 dez. 2012 (adaptado). 
 
A substituição do diesel usado nos anos 1980 por aquele 
difundido em 2012 permitiu uma redução percentual de 
emissão de 3SO de 
a) 86,2%. 
b) 96,2%. 
c) 97,2%. 
d) 99,6%. 
e) 99,9%. 
 
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: 
Para resolver a(s) questão(ões) considere o texto abaixo. 
 
No jornal Diário Catarinense, de 20 de agosto de 2014, foi 
publicada uma reportagem sobre adulteração em leites no 
Oeste do Estado de Santa Catarina “[...]. Vinte pessoas foram 
detidas acusadas de envolvimento com a adulteração do 
leite UHT com substâncias como soda cáustica, água 
oxigenada e formol […]”. 
 
22. (Acafe 2015) Considere que a água oxigenada para 
adulterar o leite UHT fosse de 10 volumes. Nas CNTP, 
assinale a alternativa que contém a concentração aproximada 
dessa substância expressa em porcentagem (m / v). 
 
Dados: H:1g / mo ; O:16 g / mo . 
a) 4,0%(m/ v) 
b) 0,3% (m / v) 
c) 2,0% (m / v) 
d) 3,0% (m / v) 
 
23. (Enem 2012) Aspartame é um edulcorante artificial 
(adoçante dietético) que apresenta potencial adoçante 200 
vezes maior que o açúcar comum, permitindo seu uso em 
pequenas quantidades. Muito usado pela indústria 
alimentícia, principalmente nos refrigerantes diet, tem valor 
energético que corresponde a 4 calorias/grama. É 
contraindicado a portadores de fenilcetonúria, uma doença 
genética rara que provoca o acúmulo da fenilalanina no 
organismo, causando retardo mental. O IDA (índice diário 
aceitável) desse adoçante é 40 mg/kg de massa corpórea. 
 
Disponível em: 
http://boaspraticasfarmaceuticas.blogspot.com. Acesso em: 
27 fev. 2012. 
 
Com base nas informações do texto, a quantidade máxima 
recomendada de aspartame, em mol, que uma pessoa de 70 
kg de massa corporal pode ingerir por dia é mais próxima 
de 
 
Dado: massa molar do aspartame = 294g/mol 
a) 1,3  10–4. 
b) 9,5  10–3. 
c) 4  10–2. 
d) 2,6. 
e) 823. 
 
24. (Ufrrj) Antigamente, o açúcar era um produto de preço 
elevado e utilizado quase exclusivamente como 
medicamento calmante. No século XVIII, com a expansão 
das lavouras de cana-de-açúcar, esse cenário mudou.Hoje, a 
sacarose é acessível à maior parte da população, sendo 
utilizada no preparo de alimentos e bebidas. Um suco de 
fruta concentrado de determinada marca foi adoçado com 
3,42 g de açúcar (sacarose: C1‚H‚‚O11) em 200 mL de 
solução. Com este suco, foi preparado um refresco, 
adicionando-se mais 800 mL de água. A concentração em 
mol/L de sacarose no SUCO e a concentração em g/L de 
sacarose no REFRESCO são, respectivamente: 
a) 0,05 mol/L e 34,2 g/L. 
b) 0,05 mol/L e 3,42 g/L. 
c) 0,5 mol/L e 3,42 g/L. 
d) 0,5 mol/L e 34,2 g/L. 
e) 0,05 mol/L e 342 g/L. 
 
25. (Unifesp) A contaminação de águas e solos por metais 
pesados tem recebido grande atenção dos ambientalistas, 
devido à toxicidade desses metais ao meio aquático, às 
 
 
 
53 
 
 
www.cursoanualdequimica.com.br – e-mail: cursodequimica@gmail.com 
 
plantas, aos animais e à vida humana. Dentre os metais 
pesados há o chumbo, que é um elemento relativamente 
abundante na crosta terrestre, tendo uma concentração ao 
redor de 20 ppm (partes por milhão). Uma amostra de 100 g 
da crosta terrestre contém um valor médio, em mg de 
chumbo, igual a 
a) 20. 
b) 10. 
c) 5. 
d) 2. 
e) 1. 
 
26. (Unifesp) O índice de gasolina em não-conformidade 
com as especificações da ANP (Agência Nacional de 
Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) é um dado 
preocupante, já que alguns postos estavam vendendo 
gasolina com mais de 85 % de álcool anidro. Todo posto de 
gasolina deve ter um kit para testar a qualidade da gasolina, 
quando solicitado pelo consumidor. Um dos testes mais 
simples, o "teste da proveta", disposto na Resolução ANP n.¡ 
9, de 7 de março de 2007, é feito com solução aquosa de 
cloreto de sódio (NaCØ) na concentração de 10 % p/v (100 g 
de sal para cada litro de água). O teste consiste em colocar 
50 mL de gasolina numa proveta de 100 mL com tampa, 
completar o volume com 50 mL da solução de cloreto de 
sódio, misturar por meio de 10 inversões e, após 15 minutos 
de repouso, fazer a leitura da fase aquosa. O cálculo do teor 
de álcool é determinado pela expressão: 
T = (A × 2) + 1, onde: 
T: teor de álcool na gasolina, e 
A: aumento em volume da camada aquosa (álcool e água). 
 
O teste aplicado em uma amostra X de gasolina de um 
determinado posto indicou o teor de 53 %. O volume, em 
mL, da fase aquosa obtida quando o teste foi realizado 
corretamente com a amostra X foi 
a) 76. 
b) 53. 
c) 40. 
d) 26. 
e) 24. 
 
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: 
Utilize as informações a seguir para responder à(s) 
questão(ões) a seguir. 
 
Com as chuvas intensas que caíram na cidade do Rio de 
Janeiro em março de 2013, grande quantidade de matéria 
orgânica se depositou na lagoa Rodrigo de Freitas. O 
consumo biológico desse material contribuiu para a redução 
a zero do nível de gás oxigênio dissolvido na água, 
provocando a mortandade dos peixes. 
 
27. (Uerj) O volume médio de água na lagoa é igual a 
66,2 10 L. Imediatamente antes de ocorrer a mortandade 
dos peixes, a concentração de gás oxigênio dissolvido na 
água correspondia a 
4 12,5 10 mol L .   
Ao final da mortandade, a quantidade consumida, em 
quilogramas, de gás oxigênio dissolvido foi igual a: 
 
Dado: O = 16. 
a) 24,8 
b) 49,6 
c) 74,4 
d) 99,2 
 
28. (Ufrgs) Na combustão do diesel, o enxofre presente é 
convertido em dióxido de enxofre (SO2), que é uma das 
principais causas de chuva ácida. Até o fim de 2013, o diesel 
S1800, que contém 1800 ppm de enxofre (ppm = partes por 
milhão expressa em massa), será totalmente abolido no país. 
Atualmente, o diesel mais vendido é o diesel S500 (500 ppm 
de enxofre). 
 
A emissão de SO2, por tonelada de diesel, para S500 e S1800, 
é, respectivamente, de 
a) 500 g e 1800 g. 
b) 640 g e 900 g. 
c) 1000 g e 3600 g. 
d) 1600 g e 3200 g. 
e) 2000 g e 7200 g. 
 
29. (Upe) As principais marcas de refrigerante light ou diet 
cítricos se comprometeram a reduzir a quantidade de 
benzeno em suas bebidas ao máximo de 5 ppb, o mesmo 
parâmetro usado para a água potável. O acordo chega dois 
anos depois que uma associação de consumidores apontou 
para a alta concentração de benzeno em refrigerantes de 
diferentes marcas. Nesses refrigerantes, o benzeno surge da 
mistura do benzoato de sódio, um conservante, com a 
vitamina C, catalisada por traços de íons metálicos, como 
cobre (Cu2+) e ferro (Fe3+), especialmente na presença de luz 
e calor. Nos refrigerantes comuns, esse processo não ocorre 
por causa do açúcar, que inibe essa reação química. Estudos 
de mais de três décadas apontam que a exposição ao benzeno 
eleva o potencial de câncer e de doenças no sangue. 
 
Disponível em: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-
noticias/2011/11/05/ (Adaptado) 
 
São feitas três afirmativas sobre essa contaminação em 
refrigerantes light ou diet cítricos. 
 
I. As empresas se comprometeram em reduzir a concentração 
de C7H5O
– em até 5 miligrama por litro de refrigerante. 
II. As condições de armazenamento dos refrigerantes light 
ou diet cítricos podem contribuir para a formação do C6H6 
nessas bebidas. 
III. Uma explicação quimicamente consistente para esse 
processo é a seguinte: íons metálicos presentes nos 
refrigerantes light ou diet cítricos reduzem o oxigênio 
através de reações envolvendo ácido ascórbico, para 
formar radicais hidroxila, que contribuem para uma 
descarboxilação do benzoato, resultando na formação do 
C6H6 nessas bebidas. 
 
 
 
54 
 
 
www.cursoanualdequimica.com.br – e-mail: cursodequimica@gmail.com 
 
 
Está CORRETO o que se afirma em 
a) II, apenas. 
b) I e II, apenas. 
c) I e III, apenas. 
d) II e III, apenas. 
e) I, II e III. 
 
30. (Ufsj) O soro caseiro é um modo simples e rápido de se 
evitar a desidratação. Ele consiste em uma solução de sal 
 NaC e açúcar (C12H22O11) em água. Uma receita bem 
difundida é a seguinte: 
 
ÁGUA: 1 L 
SAL: uma colher de chá rasa – equivale a 3,5 g 
AÇÚCAR: duas colheres de sopa cheias – equivale a 40 g 
 
Considerando-se essas informações, é INCORRETO 
afirmar que 
a) depois da dissolução completa, haverá 0,12 mol/L de 
açúcar no soro. 
b) o número de íons sódio no soro é maior que o de moléculas 
de açúcar. 
c) a presença do açúcar não altera a solubilidade do sal na 
água. 
d) a temperatura de ebulição da água no soro será superior à 
da água pura. 
 
GABARITO 
 
01. [B] 
Resposta da questão 2: 
 [E] 
 
Calculando a concentração do sal em 
1mol L , teremos: 
 
0,9% 0,9g em 100mL de água
58,5g de NaC

1mol
0,9g x
x 0,00154mol
0,00154mol

100mL
 y
1
1000mL
y 0,154mol L 
 
 
A solução de cloreto de sódio em água é uma solução 
eletrolítica, pois apresenta íons em solução. 
03. [B] 
04. [D] 05. [B] 6. [D] 
07. [D] 08. [C] 09. [B] 
10. [C] 
Resposta da questão 11: 
 [B] 
 
Solução comercial de nitrato de cálcio: 90 g L. 
Em 1 litro de solução nutritiva: 
2
3 2 3Ca(NO ) Ca 2NO
1mol
  
2 mols
164 g 2 mols
90 g
3
3
NO
NO
3 solução nutritiva
3 ajustada tanque 3 solução nutritiva ajustado
ajustado
ajustado
n
n 1,097 mol
[NO ] 1,097 mol / L
[NO ] V [NO ] V
0,009 5.000 1,097 V
V 41,02 L 41L



 


  
  
 
 
 
12. [E] 
13. [C] 14. [B] 15. [B] 
16. [E] 
 
0,05g 2100g de H O
 x 2
3
1000g de H O (1L, pois a d 1g/mL)
x 0,5g
1mol de KHCO


100g 
 x
3
0,5g
x 5,00 10 mol / L 
 
 
17. a) X (C†H†) = 0,94 
 X (C�³Hˆ) = 0,06 
b) (C†H†) = 94,00% 
 (C�³Hˆ) = 6,00% 
 
18. a) 0,4 M. b) 93,2 g/L. 
 
19. 
 x = 0,25 mol 
y = 62,4g de CuSO„.5H‚O. 
 
20. [B] 
 
Para a ocorrência de resíduos de naftaleno, algumas 
legislações limitam sua concentração em até 30mg kg 
para solo agrícola e 0,14mg L para água subterrânea. 
 
Devemos comparar os valorestabelados para os solos a 
1kg.

Outros materiais