Buscar

Vacinas contra dengue

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 14 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 14 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 14 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Vacinas contra dengue
O vírus da dengue (DENV)
Pertencem a família Flaviviridae e ao gênero Flavivirus;
São RNA vírus;
Possuem 4 sorotipos: DENV-1, DENV-2, DENV-3, DENV-4;
É transmitido ao homem através da picada de fêmeas do Aedes Aegypti;
Fig.1- Partículas virais dentro de uma vesícula celular vistas por um microscópio eletrônico de transmissão
 Seu genoma é constituído por um RNA de fita simples com polaridade positiva;
 Quando codificado gera uma poliproteína, que é processada gerando 3 proteínas estruturais (C, E e M) e 7 proteínas não estruturais;
Fig.2 – Modelo de uma partícula viral
Fig.3- Genoma do DENV
Genoma do vírus da dengue
Ciclo viral
Fig.4 - Ciclo do vírus da DENV
Combate a dengue
Atualmente é feita através do combate ao vetor:
Requer conscientização da população
Investimentos em funcionários, maquinaria e venenos
O combate ideal seria através do uso de vacinas
Fig.5 - Campanha de prevenção contra o Aedes Aegypti
Dificuldades:
Imunizar contra os 4 sorotipos
Baixo custo
Baixa toxidade 
Vacinas com vírus inativo
Esse método esbarra no problema do vírus não apresentar grande replicação em culturas de células
É necessário grande concentração viral, o que dificulta a produção devido ao fato mencionado acima
Elevado custo para a produção em massa de vacinas com grande quantidade de vírus
Método praticamente abandonado
Vacinas com vírus atenuado
Consiste em atenuar o vírus através de passagens sucessivas por células que não são de seu hospedeiro natural, com a intenção de reduzir sua virulência;
Já foram realizados testes usando células de linhagem primária de rins de cão e células pulmonares de macaco
Como esses animais não são os hospedeiros naturais, a população viral sofre uma pressão seletiva reduzindo a importância de partículas virulentas e tornando as avirulentas dominantes
Foram produzidos muitos vírus atenuados, porém só alguns foram aceitáveis para produção de vacina
Atualmente ainda encontra-se em testes vacinas com vírus atenuados, algumas apresentando altas taxas de imunidade
Problemas:
A vacina esbarra em problemas como a reversão da atenuação para virulência e transmissão dos vírus atenuados pelo mosquito
Vacinas com vírus mutante
Foi desenvolvida uma vacina tetravalente feita pela Sanofi Pasteur, que contém vírus atenuados com base na cepa da vacina contra febre amarela
Fig.6 - Desenvolvimento de vacina quimérica
Testes realizados com a vacina tetravalente
As 4 cepas do vírus CYD apresentaram alta estabilidade;
Todos os 4 modelos de vírus CYD mostraram-se atenuados em testes in vivo;
Testes realizados em macacos com dengue, resultaram em significativa diminuição de viremia após doses de reforço
Foram realizados testes em células de mosquitos dos gêneros Aedes e comprovaram que o vírus mutante é incapaz de infectar o mosquito por via oral e se replicar em seus tecidos
Em testes realizados com humanos, sendo aplicado 3 doses, a vacina mostrou resultados satisfatórios
Dengvaxia
No dia 28/12/2015, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou o registro da vacina no Brasil, sendo a primeira vacina contra a dengue a ser aprovada no país
A vacina é aplicada em 3 doses com intervalos de 6 meses. É aplicada em pessoas de 9 a 45 anos
Fig.7 – Embalagem da vacina contra dengue, Dengvaxia
Fonte: G1 
Referências Bibliográficas
ANVISA (2015). Agência Nacional de Vigilância Sanitária. http://portal.anvisa.gov.br/. Acessado em 01 de Outubro de 2016.
Barth, O. M. Atlas of dengue viruses morphology and morphogenesis. Rio de Janeiro: Instituto Oswaldo Cruz, 2000. 209p.il.
Figueiredo LT. Vacinas contra o dengue. Medicina Ribeirão Preto. 1999; 32: 21-25.
Guy, Bruno et al . Desenvolvimento de uma vacina tetravalente contra dengue. Rev Pan-Amaz Saude,  Ananindeua ,  v. 2, n. 2, p. 51-64,  jun.  2011
Silva, A. M. da. 2013. Caracterização molecular dos vírus dengue circulantes em Pernambuco: implicações epidemiológicas. Tese de doutorado. Centro de pesquisa Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz. Recife. 127p.

Outros materiais