Buscar

Sociedade dos Poetas Mortos

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Resumo do filme: “Sociedade dos poetas mortos”
 
 A escola do filme “sociedade dos poetas mortos” nos mostra muito, como as escolas mais antigas, vivia dentro de um 
conservadorismo muito grande onde seus alunos, eram engessados.
Muitos não podia expor seus pensamentos e opiniões, mas em todos os anos sempre surge um professor ou um aluno 
que ve muito além de seu tempo, e assim trazendo novas formas de ver o estudo e sua transformações. 
Assim como professor Keating (Robin Williams) tentou transformar a literatura num objetivo de transformação, na vida 
dos meninos Professor Keating (Robin Williams) tentou transformar a literatura num objeto de transformação na vida 
desses meninos. Ele tinha aulas dinâmicas e desafiadoras, sempre pronto para levar a interação professor-aluno a 
outro nível, além de mostrar que a literatura pode permear as mais diversas atividades do dia-a-dia.. Com a chegada 
do novo professor de inglês e literatura, John Keating, a rotina dos estudantes começa a mudar, pois, seu método de 
ensino era bem diferente e pouco tradicional.
Através da poesia, Keating inspira seus alunos e os apresenta à sociedade fundada por ele quando era estudante da 
Welton: A sociedade dos poetas mortos.
Assim, com métodos pouco conservadores, ele vai ensinando literatura, conquistando seus estudantes e os 
encorajando a viver de maneira extraordinária. Um dos primeiros conceitos utilizados pelo professor é o Carpe Diem, 
que significa “aproveite o dia, o momento”. Em suas palavras:
E criou uma frase que nos faz refletir sobre aprender e ser feliz com o aprendizado,
“Carpe diem”. Aproveitem o dia, meninos. Façam suas vidas extraordinárias.
O professor chama os meninos a uma reflexão sobre suas perspectivas olhando todos os ângulos, e fazendo suas 
conclusões.
Além disso, ele propõe a produção de poemas que foquem na vida de cada um. Essa tarefa impulsiona a expansão de 
ideias dos estudantes, os quais estavam inseridos naquele ambiente rígido e autoritário.
Certamente, Keating vai conquistando seus alunos e fazendo com que eles priorizem suas escolhas, vejam a beleza 
da vida, e não se deixem levar pelas formas escolhidas como “certas” para viver.
Fascinados pelas ideias do professor, um dos finalistas, Neil Perry, inicia um clube secreto onde ele e outros 
estudantes recitam poesias numa caverna próxima do campus.
Os estudantes do centro ficaram fascinados com a possibilidade de serem críticos e terem um pensamento 
independente incentivado pelo novo membro da escola.
Conclusão
Todos que estamos buscando nos formar em pedagogo, devemos ter um olhar aberto, e assim usarmos nossa 
criatividade para que nossos alunos, tenha vontade de ir à escola e não abandonar os estudos no meio do caminho 
por que nossas aulas não são dinâmicas e criativas, temos que trazer novidades as escolas nos modernizar paro o 
novo ensino, que está cada vez mais modificand

Continue navegando