Buscar

corporal

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 40 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 40 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 40 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

1
D R . J O Ã O T A S S I N A R Y F U N D A D O R E S
D A P L A T A F O R M A
E S T É T I C A E X P E R T SP R E F Á C I O P O R T I A G O M Á R I O
Raciocínio
clínico
aplicado à
Estética 
Corporal
C O M E S T U D O S
D E C A S O S E
M A T E R I A L
I N T E R A T I V O
D R A . M A R I A L V A
S I N I G A G L I A
M A . G I O V A N A
S I N I G A G L I A
“O tratamento estético não é apenas a equiparação do corpo com os 
preceitos da atualidade, mas sim uma busca pela harmonização do 
corpo com o espírito, da emoção com a razão, tendendo a constituir 
um equilíbrio que permita a cada pessoa se sentir em harmonia com 
sua própria imagem e com a cultura na qual está inserida.”
Dr. João Tassinary
COFUNDADOR DA PLATAFORMA ESTÉTICA EXPERTS
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal4
A medicina (estética) é uma ciência que está em constante transformação. Atualmente, com o 
surgimento das novas tecnologias e com a análise de nova geração, são necessárias mudanças 
constantes em relação aos tratamentos e à farmacoterapia, que devem ser aplicados de acordo 
aceitos na ocasião da publicação. Recomenda-se ao leitor que se intere da bula, do receituário e das 
tratamento abordados neste livro, bem como considere que as respostas diferem entre os indivíduos, 
Eletroterapia consiste na utilização de correntes elétricas para o tratamento de pacientes, contudo, 
Eletroterapia, recursos que ultrapassam tal conceito.
Caixa Postal
Rua Bento Gonçalves, 
1008/ 6º andar
Bairro Centro
Lajeado/RS
95900-026
Contato
esteticaexperts.com.br
fb.com/esteticaexperts
contato@esteticaexperts.com.br
Skype: Estética Experts Suporte
ADVERTÊNCI A
E D ITO RA
E S TÉ TI CA
E XP ERTS
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) 
Agência Brasileira do ISBN - Bibliotecária Priscila Pena Machado CRB-7/6971 
 
5
A U T O R E S
Dr. João 
Alberto 
Fioravante 
Tassinary
Graduado em Fisioterapia e em Biomedicina com ênfase em 
Estética, mestre em Ambiente e Desenvolvimento, doutor 
em Medicina e Ciências da Saúde - na área de Clínica Médica 
pela PUCRS, com período intercalar na Universidade de 
Barcelona, e estágio pós-doutoral junto a Escola Superior 
de Saúde do Instituto Politécnico do Porto. 
Professor Universitário e coordenador de pós-graduação 
em Estética e Cosmética, Fisioterapia Dermatofuncional, 
Biomedicina Estética e Farmácia Estética. Pesquisador do 
Grupo de Pesquisa CNPq Núcleo de Eletrofotoquímica 
Estética Experts e co-fundador da 1ª plataforma de ensino 
online focada na área de Estética do Brasil.
Dra. 
Marialva 
Sinigaglia
Graduada em Ciências Biológicas, com mestrado e doutorado 
em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Federal 
do Rio Grande do Sul (UFGRS). Pós-doutorado em 
Bioinformática pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos 
(Unisinos) e em Imunoinformática pela Universidade Federal 
do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente é pós-doutoranda 
no Instituto do Câncer Infantil, atuando na implementação e 
na coordenação do Núcleo de Bioinformática da Instituição.
Ma. Giovana 
Sinigaglia
Graduada em Fisioterapia, especialista em Fisioterapia 
Dermatofuncional, com mestrado em Ambiente e 
Desenvolvimento pela Universidade do Vale do Taquari - Univates.
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal6
C O L A B O R A D O R E S
Graziela de Aguiar 
Nunes
Técnica em Radiologia.
Josué Delazeri Graduado em Publicidade e Propaganda pela Universidade do Vale do 
Taquari - Univates. Colaborador da plataforma Estética Experts.
Juliana Kerbes 
Nicoli
Graduada em Fisioterapia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio 
Grande do Sul (PUCRS). Pós-graduanda em Fisioterapia Dermatofuncional 
pelo ISEP.
Luana Nicolau 
Rogéri
Graduada em Fisioterapia pela Universidade do Vale do Taquari - Univates. 
Especialização em andamento em Acupuntura. Colaboradora na plataforma 
Estética Experts e coordenadora da equipe clínica do 
Dr. João Tassinary.
Leonardo Berté Graduando em Design na Universidade do Vale do Taquari - Univates.
Luiz Augusto 
Darde
Graduando em Publicidade e Propaganda pela Universidade do Vale do 
Taquari - Univates. Fotógrafo e moviemaker. Colaborador da plataforma 
Estética Experts.
Graduada em Letras - Português, Inglês e respectivas Literaturas pela 
Universidade do Vale do Taquari - Univates. Mestranda em Letras - 
Linguística pela Materiais Poliméricas Universidade Católica do Rio Grande 
do Sul (PUCRS).
Aline Jéssica 
Antunes
Graduando em Design na Universidade do Vale do Taquari - Univates. 
Colaborador da plataforma Estética Experts. 
Cândido Gabriel 
Mantovani
Graduada em Estética e Cosmética pela Universidade do Vale do Taquari - 
Univates. Graduanda em Enfermagem.
Maiara Zagonel
Graduada em Fisioterapia pela Universidade do Vale do Taquari - 
Univates.
Camila Antunes 
Graduada em Jornalismo pela Universidade do Vale do 
Taquari - Univates.
Camille Lenz 
da Silva 
Graduada em Biomedicina pela Universidade do Vale do Taquari - 
Univates.
Fernanda Guth 
Analista de sistemas.Guilherme 
Giannoulakis
7
C O L A B O R A D O R E S
Graduada em Jornalismo pela Universidade do Vale do Taquari - Univates. 
Atua na área de redação jornalística especializada, curadoria e produção de 
conteúdo publicitário. Redatora da plataforma Estética Experts.
Melina Oliveira 
Azevedo
- Univates. Colaborador da plataforma Estética Experts.
Miguel Schmidt
Wolf
Graduanda em Estética e Cosmética pela Universidade do Vale do Taquari - 
Univates. Colaboradora da plataforma Estética Experts.
Mylena Merlo Seli
Artista plástico.Paulo Roberto Colla
Graduado em Letras - Português, Inglês e respectivas Literaturas pela Pontifícia 
Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Mestre em Letras - 
Linguística também pela PUCRS.
 ahlidaP leafaR
Ferreira
Graduada em Enfermagem pela Universidade do Vale do Taquari 
- Univates.
Rafaela Fioravante 
Tassinary
Colaboradora da equipe clínica do Dr. João Tassinary.Renata Fioravante 
Tassinary
Colaboradora da plataforma Estética Experts.Tatiana Kalkmann
Graduanda em Estética e Cosmética pela Universidade do Vale do Taquari - 
Univates. Colaboradora da plataforma Estética Experts.
Teodora Terres 
Bauer
Vale do Taquari - Univates.
Théo Schmidt 
Guterres
Graduanda em Estética e Cosmética pela Universidade do Vale do Taquari. 
Responsável pelo suporte e relacionamento com o público externo da 
plataforma Estética Experts.
Thaynara Alves 
Gomes
Especialista em marketing digital, vendas e persuasão, com mais de 10 
anos de experiência em comunicação. Cofundador da plataforma Estética 
Estética do Brasil.
Tiago de Oliveira 
Mário
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal8
9
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal10
Como funciona
a interatividade
do livro
Este livro oferece uma experiência de leitura 
vídeos sobre eletroterapia aplicada ao tratamento 
O conteúdo digital 
pode ser acessado por 
meio da tecnologia QR 
code, que, para que seja 
utilizada, precisa de 
um dispositivo móvel 
com câmera. Em alguns 
celulares, o aplicativo já 
está integrado à câmera 
do celular. Caso não 
esteja, será preciso 
instalar um leitor de 
QR code, disponível na 
loja de aplicativos do 
sistema. A partir disso, 
a leitura do código 
será feito com o uso 
da câmera do celular 
(conforme ilustração).
Os vídeos também 
podem ser acessados 
digitando o link na barra 
de URL do navegador de 
internet do celular ou 
do computador.
COM O US A R
11
Sumário
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal14
Estudo de caso e mapa conceitual para tratamento de 
gordura corporal
I.
II.
III.
IV.
V.
VI.
26
27
42
68
80
86
27 
29 
31
33
35
36
37
40
40
42 
54
56
63
64
66
68 
69 
79
80 
81 
85
CAPÍTULO 01 Tratamentos estéticos para gordura corporal
tratamentos estéticos do tecido adiposo
Tecido adiposo
Tcido adiposo branco
Tecido adiposo marrom
Tecido adiposo bege
Hipertrofiados adipócitos
Lipogênese
Lipólise
Necrose
Apoptose
Introdução
Eletroterapia aplicada ao tratamento de gordura corporal
Aparelhos de ondas sonoras (ULTRASSOM CONVENCIONAL, TERAPIA COMBINADA, 
ULTRACAVITAÇÃO, ULTRASSOM FOCALIZADO E ONDAS DE CHOQUE)
Criolipólise
Plataforma vibratória
Radiofrequência
Laser de baixa intensidade
Carboxiterapia
Cosmetologia aplicada ao tratamento de gordura 
corporal
Conceito de cosmético
Princípios ativos tópicos para o tratamento de gordura corporal
Sugestões de fórmulas tópicas para o tratamento de gordura corporal
Nutricosméticos aplicados ao tratamento de gordura 
corporal
Conceito de nutricosméticos
Princípios ativos orais para o tratamento de gordura corporal
Sugestões de fórmulas orais para o tratamento de gordura corporal
15
Introdução
nos tratamentos estéticos de celulite
Eletroterapia aplicada ao tratamento de celulite
Plataforma vibratória
Laser de baixa intensidade
Endermologia
Terapias por ondas sonoras
ULTRASSOM CONVENCIONAL
ONDAS DE CHOQUE
Radiofrequência
Cosmetologia aplicada ao tratamento de celulite
Princípios ativos tópicos para o tratamento de celulite
Sugestões de fórmulas tópicas para tratamento de celulite
Nutricosméticos aplicados ao tratamento de celulite
Princípios ativos orais para o tratamento de celulite
Sugestões de fórmulas orais para tratamento de celulite
Estudo de caso e mapa conceitual para 
tratamento de celulite
I.
II.
III.
IV.
V.
VI.
92
94
102
120
127
134
104 
106 
110
112
113
115
117
120
126
127
133
CAPÍTULO 02 Tratamentos estéticos para celulite
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal16
Introdução
estrias cutâneas
Eletroterapia aplicada ao tratamento de 
estrias cutâneas
Microdermoabrasão
Microagulhamento
Radiofrequência
Laserterapia
Microgalvanopuntura
Carboxiterapia
Cosmetologia aplicada ao tratamento de 
estrias cutâneas
Princípios ativos tópicos para o tratamento de estrias cutâneas
Ácidos para o tratamento de estrias cutâneas
Sugestões de fórmulas tópicas para o tratamento de estrias cutâneas
Nutricosméticos aplicados ao tratamento de 
estrias cutâneas
Princípios ativos orais para o tratamento de estrias cutâneas
Sugestões de fórmulas orais para tratamento de estrias cutâneas
Estudo de caso e mapa conceitual para o 
tratamento de estrias cutâneas
I.
II.
III.
IV.
V.
VI.
140
142
144
162
168
172
144 
149 
152
156
158
160
162 
166 
168
168
171
Tratamentos estéticos para estrias cutâneasCAPÍTULO 03
17
CAPÍTULO 05
Introdução
Eletroterapia aplicada ao tratamento de 
Microagulhamento
Radiofrequência
Carboxiterapia
Cosmetologia aplicada ao tratamento de 
Nutricosméticos aplicados ao tratamento de 
Estudo de caso e mapa conceitual para 
I.
II.
III.
IV.
V.
VI.
178
178
185
190
196
200
203
213
239
185 
188 
189
190
195
196
198
Drenagem Linfática Manual
C A P Í T U L O E X T R A
CAPÍTULO 04
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal18
19Prefácio
10 anos de pesquisa 
em 250 páginas, você 
está preparado?
P R E F Á C I O
tudo o que você possa imaginar. Profissionais ascendendo e desmoronando em 
milagrosos, porém duvidosos, aplicados como receita de bolo, promessas de 
-8kg na primeira sessão e uma vasta lista com a qual eu poderia tranquilamente 
“é assim que se faz porque todo mundo faz...” ou 
assim e funcionou, por que mudar agora?”
Tiago de Oliveira Mário
COFUNDADOR DA PLATAFORMA ESTÉTICA EXPERTS
P R E F Á C I O
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal20
desrespeito e falta de ética com o seu paciente. Imagine se o seu médico, por algum 
corpo. O que você diria? Difícil de imaginar algo assim? Isso acontece todos os dias em 
clínicas de estética do nosso país. Práticas empíricas não têm mais espaço na estética 
temos que agir com coerência, ética e responsabilidade. Temos que fazer por merecer.
pessoas com o verdadeiro espírito transformador, pessoas 
que realmente estão comprometidas com um ambiente 
a sua sorte, três dessas pessoas são autores deste livro que 
está em suas mãos.
Tive a grata oportunidade de participar desse projeto 
desde a sua concepção, em algumas conversas nas 
pergunta fundamental que deu origem ao seu nascimento 
foi: Como podemos criar algo que extrapole o papel e que realmente faça a diferença 
dentro de uma clínica de estética? 
Isto que você segura não é simplesmente um livro. A partir de agora, ele é o seu maior 
aliado na busca por resultados extraordinários em tratamentos de Estética Corporal. O 
que me alegra em estar escrevendo este prefácio é a certeza de que absolutamente tudo 
o que você vai ler daqui para frente é fruto de estudos sérios e comprometidos dos 
maiores centros de pesquisa do mundo.
O Dr. João Tassinary, organizador e autor principal deste livro, além de ser um 
Como podemos 
criar algo que 
extrapole o papel e 
que realmente faça 
a diferença dentro 
de uma clínica de 
estética?
21Prefácio
Isaac Newton
absoluta de que ele não mediu esforços para entregar 
experiência única nesta leitura.
aqui na Estética Experts: “Se eu vi mais longe, foi por estar 
resultados em estética corporal e, dessa forma, colocá-lo sobre ombros de gigantes.
Lembra que falei no início que eram 10 anos compilados em 250 páginas? Eu não 
estava brincando! A partir de agora você vai entender o porquê.
Boa leitura!
Se eu vi mais longe, 
foi por estar sobre 
ombros de gigantes.
Tiago de Oliveira Mário
COFUNDADOR DA PLATAFORMA ESTÉTICA EXPERTS
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal22
23CAPÍTULO 01: Tratamentos estéticos para gordura corporal
Tratamentos 
estéticos 
para gordura 
corporal
C A P Í T U L O 0 1
O tratamento para gordura corporal é 
complexo. Além de uma boa avaliação do 
contraindicado, é fundamental dominar e 
associar a eletroterapia, os cosméticos e 
os nutricosméticos para se ter resultado.
Dr. João Tassinary
S U M Á R I O
Introdução
tecido adiposo
Tecido adiposo
Tecido adiposo branco
Tecido adiposo marrom
Tecido adiposo bege
Hipertrofia dos adipócitos
Lipogênese
Lipólise
Necrose
Apoptose
Eletroterapia aplicada ao tratamento de 
gordura corporal
Aparelhos de ondas sonoras (ULTRASSOM CONVENCIONAL, TERAPIA COMBINADA, ULTRACAVITAÇÃO, 
ULTRASSOM FOCALIZADO E ONDAS DE CHOQUE)
Criolipólise
Plataforma vibratória
Radiofrequência
Laser de baixa intensidade
Carboxiterapia
Cosmetologia aplicada ao tratamento de 
gordura corporal
Conceito de cosmético
Princípios ativos tópicos para o tratamento de gordura corporal
Sugestões de fórmulas tópicas para o tratamento de gordura corporal
Nutricosméticos aplicados ao tratamento de 
gordura corporal
Conceito de nutricosméticos
Princípios ativos orais para o tratamento de gordura corporal
Sugestões de fórmulas orais para o tratamento de gordura corporal
Estudo de caso e mapa conceitual para tratamento 
de gordura corporal
I.
II.
III.
IV.
V.
VI.
26
27
42
68
80
86
27 
29 
31
33
35
36
37
40
40
42 
54
56
63
64
66
68 
69 
79
80 
81 
85
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal26
I N T R O D U Ç Ã O
Atualmente vivenciamos um alarmante aumento de doenças metabólicas, incluindo 
a obesidade e a diabete, as quais são intimamente relacionadas não só a mudanças dos 
um contexto em que a oferta é limitada (escassez de recursos), no momento em que 
armazenamento de energia pode desencadear obesidade e outras 
doenças metabólicas relacionadas, como a diabete.
causada tanto pela falta de exercícios físicos quanto pelo 
uma epidemia mundial com sérias consequências sociais. 
Com o passar dos anos, presenciamos o aumento crescente 
da obesidade, sendo estimado para 2025 um cenário no 
adultas serão obesos. A conscientização da população com 
por tratamentos de redução de gordura localizada que, além 
de serem acessíveis e efetivos, também sejam seguros e exijam um curto período 
de repouso ou inatividade. Em vista dessas exigências do mercado, é estimado um 
crescimento anual de 21% na procura por procedimentos estéticos não invasivos, 
pois são uma alternativamais barata e segura, com menor tempo de recuperação.
Em 2013, os Estados Unidos alcançaram números surpreendentes de procedimentos 
não cirúrgicos, tanto na redução de gordura localizada (95 mil procedimentos) quanto 
Com o passar dos 
anos, presenciamos 
o aumento crescente 
da obesidade, sendo 
estimado um cenário 
em 2025 no qual 18% 
dos homens adultos 
e mais de 21% das 
mulheres adultas 
serão obesos.
I. 
27CAPÍTULO 01: Tratamentos estéticos para gordura corporal
estão atuando de forma mais abrangente na remoção da gordura, incluindo a modelagem 
métodos e tecnologias cosméticas não cirúrgicos mais populares no mercado e discorre 
sobre cosmetologia e nutricosméticos, em que se discutem os vários princípios ativos 
um estudo de caso e mapa conceitual para o tratamento de gordura corporal. Esse 
de um tratamento personalizado, podendo combinar diferentes procedimentos na 
C O N C E I T O S E M E C A N I S M O S F I S I O L Ó G I C O S 
E N V O LV I D O S N O S T R ATA M E N T O S E S T É T I C O S 
D O T E C I D O A D I P O S O
Tecido adiposo
dinâmico e se constitui como o principal local de armazenamento de energia, que 
será liberada de acordo com as necessidades do organismo. Adicionalmente à função 
metabólica, apresentando crucial importância endócrina.
estando localizadas, em maior parte, nos tecidos subcutâneos (50%), em torno dos 
intramuscular (5%). Na atualidade, diversas teorias relatam a contribuição tanto de 
II. 
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal28
IMC Normal
RCQ Normal
BAIXO RISCO ALTO RISCO
IMC Alto
RCQ Alto
IMC Alto
RCQ Normal
Figura 01: Nos seres humanos com obesidade, o risco de doenças cardiovasculares e diabete tipo 2 é 
determinado pelo excesso de gordura e pela sua deposição intra-abdominal (obesidade central). Estudos 
epidemiológicos recentes mostram que a obesidade central (tipo maçã – relação cintura-quadril alta, 
RCQ) apresenta maior impacto no risco para muitas doenças crônicas quando comparada à obesidade 
geral com alto Índice de Massa Corporal (IMC) (adaptado de Fu et. al., 2015).
Doenças cardiovasculares e diabete tipo 2
29CAPÍTULO 01: Tratamentos estéticos para gordura corporal
fatores genéticos quanto ambientais para explicar a obesidade. De acordo com o 
padrão de distribuição da gordura corporal, a obesidade pode ser do tipo androide ou 
ginoide. No tipo androide ou central (maçã), a gordura se acumula na região abdominal, 
ocorre um acúmulo de gordura principalmente nos quadris e coxas, sendo esse tipo 
peso normal e acúmulo de gordura na região abdominal apresentaram maior risco de 
mortalidade por doenças cardiovasculares.
demonstram que o acúmulo de tecido adiposo nas pernas e nádegas tem efeito favorável 
no metabolismo da glicose, pois indivíduos que apresentam distribuição da gordura 
aumento do risco de doenças associadas à obesidade (FIGURA 01).
Há três tipos de tecido adiposo que se diferenciam pela sua estrutura, localização 
e função: o tecido adiposo branco (comum ou unilocular), o tecido adiposo marrom 
(multilocular ou pardo) e o tecido adiposo bege.
Tecido adiposo branco, comum ou unilocular
O tecido adiposo branco, comum ou unilocular é especializado no armazenamento 
de energia na forma de ácidos graxos, e na liberação de energia durante os períodos 
de jejum ou maior demanda energética. Caracteriza-se por apresentar uma única gota 
de lipídio (em geral triglicerídeos), que ocupa quase todo o citoplasma do adipócito, 
deslocando, dessa forma, o núcleo para uma posição periférica, justaposta à membrana 
plasmática (FIGURA 02). Outra característica importante é que os adipócitos brancos podem 
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal30
Secreção
Tecido adiposo
Apetite e
balanço
energético
Homeostase 
da glicose
Metabolismo 
de lipídeos
Angiogênese
Transporte de 
nutrientes
Sensibilidade 
à insulina
Inflamação e 
imunidade
Homeostase 
vascular
Pressão
sanguínea
ADIPOCINAS
Núcleo Gota Lipídica
Mitocôndria
Figura 02: Adipócito branco
Figura 03
Thayhum, 2013).
31CAPÍTULO 01: Tratamentos estéticos para gordura corporal
seus adipócitos, quando isolados, assumem um formato esférico, e sua cor varia entre 
o branco e o amarelo escuro, dependendo da dieta dos pacientes.
A maior parte do tecido adiposo presente no adulto é do tipo branco. Embora 
amplamente dispersos pelo corpo, os depósitos principais localizam-se nas 
tecido adiposo branco são: possibilitar o deslizamento entre as vísceras, proteger 
adipocinas (leptina, adiponectina e resistina), as quais atuam na regulação de 
vários processos como o apetite, o balanço energético, a sensibilidade à insulina, a 
angiogênese e o metabolismo de lipídios (FIGURA 03).
Tecido adiposo marrom, multilocular ou pardo
característica. Diferente da célula adiposa branca, seu núcleo é centrado e apresenta 
várias gotas lipídicas no citoplasma. A coloração se deve à abundante vascularização 
(FIGURA 04)
especializado na distribuição e na produção de calor, e ocorre de forma mais abundante 
nos recém-nascidos. Durante muito tempo, acreditava-se que era praticamente ausente 
em adultos, porém, recentes testes de imagens puderam detectar sua presença em 
adjacentes aos vasos do pescoço.
A atividade termogênica do tecido adiposo marrom depende principalmente de uma 
proteína transmembrana denominada UCP1 (proteína desacopladora 1 ou termogenina). 
para a matriz mitocondrial sem passar pelo complexo da ATP sintase. Dessa forma, os 
processos de respiração oxidativa e síntese de ATP são desconectados e a energia é dissipada 
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal32
na forma de calor (termogênese facultativa independente de tremor) (FIGURA 05). 
Tanto a função termogênica quanto o crescimento do tecido adiposo marrom são 
regulados pelo sistema nervoso simpático. A exposição ao frio, por um lado, estimula 
a liberação de norepinefrina, ativando a expressão dos genes termogênicos, e, por 
outro, incita a proliferação e a diferenciação de células precursoras do adipócito 
marrom, o qual, por sua vez, expande o tecido. Grande atenção tem sido dada às 
propriedades de queima calórica do tecido adiposo marrom, uma vez que suas células 
convertem a energia em calor, ao em ves de armazená-la em forma de gordura.
Núcleo
Figura 04: Os adipócitos marrons contêm grandes quantidades de mitocôndrias no seu citoplasma. As 
mitocôndrias apresentam alta capacidade oxidativa devido à presença, na sua membrana, de UCP1 
(proteína desacopladora 1). 
Mitocôndria Gota lipídica
33CAPÍTULO 01: Tratamentos estéticos para gordura corporal
Tecido adiposo bege
se acreditava, principalmente após a descoberta de uma terceira categoria de adipócitos, 
os quais foram denominados bege, pois apresentam características tanto do tecido branco 
quanto do marrom. Os adipócitos bege multiloculares possuem capacidade termogênica 
(expressam a proteína UCP1) e se originam de depósitos de tecido adiposo branco em 
resposta ao frio e a outros estímulos (FIGURAS 06 E 07).
Figura 05: Termogênese no adipócito marrom. O frio ativa a produção de norepinefrina, que induz a 
degradação dos lipídeos em ácidos graxos livres (AGL) e glicerol. Os AGL são degradados na mitocôndria 
Adenilato ciclase (AC), proteína quinase A (PKA). 
Norepinefrina
Receptor 
adrenérgico
UC
P1
H+ H+
H+
CALOR
Lipase
hormônio
sensível 
LipídeosÁcidos
graxos
HSLPKA
AMPcATP
AC
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal34
pelo frio ou exercícios físicos, ocorre aumento nos níveis de UCP1 e, 
consequentemente, da termogênese (FIGURA 07). O fato de esse ser um tecido 
modulável e de os adipócitos bege de adultos apresentarem efeito benéfico tanto 
atenção. A utilização clínica da indução dos adipócitos bege ainda depende da 
necessidade da avaliação, de seus efeitos terapêuticos e de maior compreensão 
do seu processo de origem e diferenciação.
Núcleo
Figura 06: Tecido adiposo bege.
Mitocôndria Gota lipídica35CAPÍTULO 01: Tratamentos estéticos para gordura corporal
possível devido à enorme capacidade de aumento do volume dessa célula, que pode variar de 
de TAG, os pré-adipocitos são induzidos a se diferenciar em adipócitos por um processo 
Figura 07 .olumítse ed opit o moc odroca ed arudrog ed sopit setnerefid sod oãçaludoM :
Figura baseada em Mathis (2016) e Peirce e colaboradores (2014).
Precursor
Myf5 -
GOTA LIPÍDICA
Branco
UCP1
Bege
UCP1
Marrom
UCP1
Myf5 +
Adipócitos
Obesidade
Termoneutralidade
Dieta com alta 
ingestão de gorduras
Sinais
adrenérgicos
Exercícios
Frio
Sinais
adrenérgicos
Exercícios
Frio
Estimulantes
Núcleo
Núcleo
Núcleo
MITOCÔNDRIA
-
+
+
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal36
e com o gasto energético de cada indivíduo, e está intimamente relacionada aos 
processos de ativação da lipólise (degradação de lipídios em ácidos graxos e glicerol) 
e da lipogênese (síntese de ácidos graxos e triglicerídeos).Vamos, então, entender um 
LIPOGÊNESE
Quando nos referimos à lipogênese, estamos falando sobre um conjunto de processos 
metabólicos responsáveis pela síntese, pela incorporação e pelo armazenamento dos 
TAGs, principalmente no tecido adiposo. Esse processo é regulado por uma série 
apresentando diferentes respostas em cada indivíduo. O processo de biossíntese de 
TAG necessita de glicerol-3-P, oriundo de três fontes metabólicas: (I) glicose (glicerol-
3-P, produzido na via da glicólise); (II) glicerol produzido no processo de lipólise; e 
(III) captação de glicerol mediado por aquagliceroporina. A captação de glicose é 
e é controlada pela insulina. Após a ingestão de alimentos, ocorre o aumento de 
insulina no sangue, ativando a lipogênese. A insulina, além de induzir a síntese da 
lipoproteína lipase (LPL), aumenta a entrada de glicose no adipócito, estimulando seu 
metabolismo a produzir glicerol-3-P.
Outro componente essencial para a síntese de TAG no adipócito é o ácido graxo 
livre (AGL), que será posteriormente complexado à coenzima A (CoA), formando a 
I) através da 
biossíntese de acetil-CoA; e/ou (II
circulatórias – quilomícrons (QM) e lipoproteínas de baixa densidade (VLDL). Os 
TAG dos QM e das VLDL são convertidos em AGL pela ação da lipoproteína lipase 
(LPL). Com auxílio de proteínas como a CD36 e a FATP (proteína transportadora 
de AGL), os AGL são transportados para dentro do adipócito. No citosol, a acilCoA 
o TAG, que será incorporado na gotícula de gordura (FIGURA 08).
37CAPÍTULO 01: Tratamentos estéticos para gordura corporal
LIPÓLISE
a prática de exercícios ou jejum. Nessas circunstâncias, os TAG armazenados no 
corrente sanguínea, com intuito de fornecer energia aos tecidos periféricos. A lipólise 
Triglicerídeos
Glicose
Glicerol-3-Fosfato
QM
VLDL
AGL
Esterificação
LPL
Insulina
FABP
AcilCoA
AGL
AcilCoASintase
Núcleo
FATP
FATP/CD36
Figura 08: Lipogênese. O aumento da insulina após a alimentação estimula a lipoproteína lipase (LPL) a 
converter os ácidos graxos (AG) dos quilomícrons (QM) e das lipoproteínas de densidade muito baixa 
(VLDL) em ácidos graxos livres (AGL). Após, os AGL são transportados para dentro do adipócito pelas 
proteínas proteína transportadora de ácidos graxos (FATP) e CD36 (translocase de ácidos graxos). No 
citosol, a FABP (proteína transportadora de AGL) conduz os AG para serem acilados com a coenzima A. 
lipídico. No adipócito, a insulina estimula a síntese da LPL, bem como a estimula a absorção e a conversão 
da glicose em glicerol-3-P. Figura baseada em Badimon e colaboradores (2015).
Raciocínio clínico aplicado à Estética Corporal38
para a adenilato ciclase produzir AMP cíclico (AMPc) intracelular, que ativa a proteína 
quinase A (PKA). As lipases, por sua vez, são ativadas pela PKA e iniciam o processo 
de monoglicerídeos (MGL). Finalizado o processo, os AGLs são direcionados pela 
proteína ligadora de ácidos graxos (FABP) à saída do adipócito. Uma vez na corrente 
sanguínea, são conduzidos pela albumina para outros tecidos, estando disponíveis para 
a oxidação e síntese de ATP (FIGURA 09).
Núcleo
AG
TG
DG
MG
AQP7
Transcrição
Ácidos graxos
Glicerol
HSL
ATGL
MGL
PKA
AMPcATP
AC
P
Receptor 
adrenérgico
Catecolaminas
Insulina
Figura 09: Lipólise. Este processo é desencadeado quando ocorre uma concentração baixa de glicose. A 
reserva de triglicerídeos é utilizada para produzir ácidos graxos livres e glicerol, além de fornecer energia para 
o organismo. A baixa concentração de glicose estimula a síntese de hormônios catabólicos que estimulam 
a síntese de lipases: lipase de triacilglicerol (TAG), hormônio lipase sensível (HSL) e lipase de monoglicerídeo 
(MGL). As lipases hidrolisam os triglicerídeos produzindo ácidos graxos livres para a circulação, pela qual 
serão transportados até os órgãos-alvos a serem oxidados para produzir energia. Da mesma forma, o glicerol 
derivado da lipólise é liberado para a circulação para ser usado pelo fígado como fonte de carbono. Figura 
adaptada de Badimon e colaboradores (2015).
39CAPÍTULO 01: Tratamentos estéticos para gordura corporal
Célula com maior volume
Inflamação
 
Dano
celular
Célula normal
Cromatina
irregularmente
condensada
Organelas
incham
Desintegração da membrana,
das organelas e do núcleo
Conteúdo celular liberado
Inflamação
Figura 10: Diagrama esquemático da necrose. Figura baseada em Van Cruchten e Van den Broeck (2002).

Continue navegando