Buscar

Constituição Federal Brasileira

Prévia do material em texto

Constituição Federal Brasileira: Uma Visão Resumida 
Introdução 
A Constituição Federal do Brasil é a lei fundamental e suprema do país, 
estabelecendo os princípios e diretrizes básicas para a organização política, 
social e jurídica do Estado brasileiro. Promulgada em 5 de outubro de 1988, é a 
sétima Constituição do Brasil e a mais duradoura de sua história. Neste trabalho, 
apresentaremos um resumo dos principais aspectos e características da 
Constituição Federal Brasileira. 
 
1. Princípios Fundamentais 
• Estado Democrático de Direito: O Brasil é uma república federativa 
presidencialista, com base na soberania popular e no respeito aos 
direitos humanos. 
• Separacão dos Poderes: O Estado é dividido em três poderes 
independentes e harmônicos entre si: Executivo, Legislativo e Judiciário. 
• Cidadania: Direito de participação política e civil dos cidadãos. 
• Dignidade da Pessoa Humana: Valorização da dignidade e dos direitos 
fundamentais de todos os indivíduos. 
 
2. Direitos e Garantias Fundamentais 
• Direitos Individuais e Coletivos: Garantem a liberdade, igualdade, 
segurança e propriedade. 
• Direitos Sociais: Direitos relacionados à educação, saúde, trabalho, lazer, 
segurança, previdência social, proteção à maternidade e à infância. 
• Nacionalidade e Direitos Políticos: Estabelecem as condições para 
aquisição da nacionalidade e os direitos políticos dos cidadãos. 
 
3. Organização do Estado 
• Federação: Divisão de competências entre União, Estados, Distrito 
Federal e Municípios. 
• Administração Pública: Princípios de legalidade, impessoalidade, 
moralidade, publicidade e eficiência. 
 
4. Organização dos Poderes 
• Poder Executivo: Responsável pela administração pública e governança 
do país. O Presidente da República é o chefe de Estado e de governo. 
• Poder Legislativo: Representado pelo Congresso Nacional, composto 
pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal. 
• Poder Judiciário: Composto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), 
Superior Tribunal de Justiça (STJ), Tribunais Regionais Federais e 
Estaduais, entre outros. 
 
5. Defesa do Estado e das Instituições Democráticas 
• Segurança Nacional: Proteção das fronteiras, defesa das instituições 
democráticas e garantia da lei e da ordem. 
• Estado de Defesa e Estado de Sítio: Medidas excepcionais para 
preservar ou restabelecer a ordem pública em situações de crise. 
 
Conclusão 
A Constituição Federal Brasileira é a base jurídica e política do Brasil, 
estabelecendo os fundamentos e princípios que regem a nação. Ela reflete os 
valores democráticos e os direitos fundamentais dos cidadãos brasileiros, 
consolidando-se como um instrumento de justiça, igualdade e cidadania. 
Referências 
1. Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. 
2. Moraes, Alexandre de. "Direito Constitucional". Editora Atlas, 2020. 
3. Silva, José Afonso da. "Curso de Direito Constitucional Positivo". Editora 
Malheiros, 2021.

Continue navegando