Buscar

Sucessão Ecológica

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Resumo Biologia - Sucessão Ecológica
A sucessão ecológica é o processo gradual e ordenado de mudança na composição
e estrutura de uma comunidade biológica ao longo do tempo. Ela ocorre em
ecossistemas após distúrbios, como incêndios florestais, erupções vulcânicas,
inundações ou após a formação de novos habitats, como em áreas recém-formadas
por lava vulcânica ou depósitos glaciais.
Principais características da sucessão ecológica:
1. Sucessão primária: Ocorre em áreas que foram completamente desprovidas
de vida, como rochas nuas, dunas de areia recém-formadas ou após um
desastre natural que eliminou toda a vegetação e o solo. O processo começa
com a colonização por organismos pioneiros, como liquens e musgos, que
gradualmente criam condições favoráveis para o estabelecimento de plantas
maiores, como gramíneas e arbustos, e eventualmente árvores.
2. Sucessão secundária: Ocorre em áreas que foram parcialmente
perturbadas, como áreas abandonadas após a agricultura, queimadas
florestais ou inundações. Nesses casos, o solo já está presente e pode conter
sementes de plantas. A sucessão começa com o crescimento de plantas
pioneiras, seguido pelo estabelecimento de espécies herbáceas e arbustos, e
finalmente o retorno da vegetação arbórea.
3. Clímax: É o estágio final da sucessão, no qual a comunidade atinge uma
configuração estável e relativamente constante ao longo do tempo, conhecida
como comunidade clímax. O tipo específico de comunidade clímax depende
do clima, solo e outros fatores ambientais locais.
4. Fatores que influenciam a sucessão: Os principais fatores que influenciam
o curso e a taxa de sucessão incluem a disponibilidade de recursos, como
água e nutrientes, a intensidade e frequência de distúrbios, a competição
entre espécies e as interações com organismos, como herbívoros e
decompositores.

Continue navegando

Outros materiais