Buscar

trabalho de semiologia


Prévia do material em texto

Data:18\09\2023
Aluno responsável: Emilly Pereira do Nascimento
Paciente : Jeovane Fabem
No dia 18 de setembro de 2023, tive minha primeira experiência na clínica odontológica como dentista. Jeovani Fabem foi o paciente que atendi, com a ajuda do Elias Júnio como meu auxiliar.
Demos inicio na clinica as 12:50 e começamos com a preparação do espaço usando jaleco descartável e filme plástico rolopac passando na cadeira odontológica, na cadeira do dentista, auxiliar, na mesa onde iriamos colocar material estéril e na que não iriamos colocar material não estéril também, passando tmb na caneta tríplice.
Após essa etapa, fui para o expurgo, vestida com jaleco, máscara e touca, com um recipiente para pegar os materiais esterilizados. Após retornar eu juntamente com o meu auxiliar organizamos os materiais estéreis, como kit clínico, escova de Robson, pote dappen, pano de campo, bandeja, porta-algodão, gazes e lixeira na mesa que fica acoplada a cadeira odontológica. Depois, na mesa ao lado, organizamos os materiais não esterilizados, como pasta profilática, canetas, medidor de pressão, entre outros.
Chamamos o nosso paciente e iniciamos o nosso atendimento pedindo ao paciente que se sentasse na cadeira odontológica e o ajudei a colocar touca, óculos de proteção e babador para iniciarmos. Iniciamos com uma anamnese detalhada sobre seu histórico de saúde e rotina diária fazendo perguntas básicas e estratégicas onde nos proporcionaríamos saber um pouco mais daquele paciente. Em seguida medimos a pressão arterial e pulso, logo após fomos para o exame extrabucal onde analisamos a assimetria do seu rosto, linfonodos , lábios e entre outros. fizemos o exame intrabucal onde analisamos por exemplo a viscosidade da saliva e palato após esses exames não foi encontrado nem uma anormalidade.
Ao fazer o odontograma, identificamos restaurações satisfatórias nos dentes 46, 35 e 27, sulcos pigmentados nos dentes 37 e 26, e a ausência dos dentes 18, 28, 38 e 48. O paciente não sentia dor, e os demais dentes estavam saudáveis, hígidos. Analisei as imagens radiográficas e não encontrei alterações adicionais.
Após a avaliação, fiz uma profilaxia, utilizando a pasta profilática, escova de robson e o auxílio do sugador. Depois elaborei dois planos de tratamento para que o paciente escolhesse. Jeovani optou pelo plano 2, que incluía várias fases de procedimentos sendo elas: fase periodontal onde irei fazer profilaxia e raspagem pois o paciente apresentava tártaro; fase cirúrgica que é a exodontia dos dentes 18,28,38 e 48; fase de manutenção que é retorno de 6 em 6 meses. Ao finalizar o atendimento, junto com Elias Júnio, organizei os materiais utilizados, coloquei-os em uma caixa para levar ao expurgo. Após lavar, secar e entregar os materiais para esterilização, retornei à clínica e preenchi o relatório diário. Essa experiência foi um passo significativo na minha jornada, reforçando a importância da organização e do cuidado minucioso para oferecer um atendimento de qualidade aos pacientes.
Data:23\10\2023
Aluno responsável: Emilly Pereira do Nascimento
Paciente :Vanessa Pereira da Silva 
No dia 23 de setembro de 2023, tive minha segunda experiência na clínica odontológica como dentista. Vanessa Pereira da Silva foi a paciente que atendi, com a ajuda do Elias Júnio como meu auxiliar.
Demos inicio na clinica as 12:50 e começamos com a preparação do espaço usando jaleco descartável e filme plástico rolopac passando na cadeira odontológica, na cadeira do dentista, auxiliar, na mesa onde iriamos colocar material estéril e na que não iriamos colocar material não estéril também, passando tmb na caneta tríplice.
Após essa etapa, fui para o expurgo, vestida com jaleco, máscara e touca, com um recipiente para pegar os materiais esterilizados. Após retornar eu juntamente com o meu auxiliar organizamos os materiais estéreis, como kit clínico, escova de Robson, pote dappen, pano de campo, bandeja, porta-algodão, gazes e lixeira na mesa que fica acoplada a cadeira odontológica. Depois, na mesa ao lado, organizamos os materiais não esterilizados, como pasta profilática, canetas, medidor de pressão, entre outros.
Chamamos a nossa paciente e iniciamos o nosso atendimento pedindo ao paciente que se sentasse na cadeira odontológica e o ajudei a colocar touca, óculos de proteção e babador para iniciarmos. Iniciamos com uma anamnese detalhada sobre seu histórico de saúde e rotina diária fazendo perguntas básicas e estratégicas onde nos proporcionaríamos saber um pouco mais daquele paciente. Em seguida medimos a pressão arterial e pulso. Logo após fomos para o exame extrabucal onde analisamos a assimetria do seu rosto, linfonodos , lábios e entre outros. fizemos o exame intrabucal onde analisamos por exemplo a viscosidade da saliva e palato após esses exames não foi encontrado nem uma anormalidade.
Ao fazer o odontograma, identificamos restaurações insatisfatórias nos dentes 16, 33 e 27, sulcos pigmentados no dente 22 e a ausência dos dentes 28 e 38 e lesão de carie nos dente 47 e 36 .A paciente não sentia dor, e os demais dentes estavam hígidos. 
Após a avaliação, fiz uma profilaxia, utilizando a pasta profilática, escova de robson e o auxílio do sugador. Depois elaborei dois planos de tratamento para que a paciente escolhesse. Vanessa optou pelo plano 1, que incluía várias fases de procedimentos sendo elas: fase periodontal onde irei fazer profilaxia e raspagem pois a paciente apresentava tártaro após a retirada de contenção; fase cirúrgica que é a exodontia dos dentes28 e 38; fase restauradora onde iremos trocar as restaurações insatisfatória dos dente 16, 33 e 27, e também a restauração dos dentes cariados 36 e 47; fase de manutenção que é retorno de 3 em 3 meses para melhor adequação do meio bucal. Ao finalizar o atendimento, junto com Elias Júnio, organizei os materiais utilizados, coloquei-os em uma caixa para levar ao expurgo. Após lavar, secar e entregar os materiais para esterilização, retornei à clínica e preenchi o relatório diário.

Continue navegando