Buscar

Explicação Didática

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Explicação Didática
A técnica do estudo dirigido é baseada no pressuposto de que a aprendizagem efetiva exige a atividade do aluno, ou seja, participação ativa do aluno, sendo ele o centro do processo ensino-aprendizagem. Nesse contexto, o termo atividade, não se restringe apenas ao sentido físico de ação, mas principalmente ao sentido mental, relacionada à ação intelectual.
O estudo dirigido como técnica pedagógico teve seu desenvolvimento nos Estados Unidos a partir de 1915, intitulado de "estudo supervisionado". Tendo sua expansão para outros países ocorreu vinte anos mais tarde, a partir de 1935. 
Com o advento da Psicologia Genética de Jean Piaget, o estudo dirigido encontrou um suporte teórico ainda mais forte. E como foi estudado na matéria de psicologia, a concepção construtivista de Piaget destacou a importância da ação efetiva e das atividades cognitivas na construção do conhecimento, o que garantiu a utilização do estudo dirigido como uma técnica pedagógica.
Essa abordagem surgiu da necessidade de ensinar aos alunos técnicas de estudo, ou seja, ensiná-los a estudar. Uma das premissas filosóficas do estudo direcionado é a compreensão de que o conhecimento está em constante evolução e que parte do que é aprendido nas escolas pode se tornar obsoleto rapidamente. Portanto, então o essencial não é de apenas os alunos aprendam a estudar, mas também desenvolvam o gosto pela aprendizagem.
Os objetivos do estudo direcionados podem ser definidos da seguinte forma:
Os objetivos do estudo direcionado incluem o desenvolvimento de técnicas de estudo, a aquisição de novos conhecimentos e habilidades, a oferta de um roteiro de estudos que estimula as operações cognitivas e o fomento da independência e autoconfiança dos alunos.
E para ser realizado aqui algumas sugestões para o planejamento e aplicação do estudo dirigido são: organizar o estudo considerando os objetivos educacionais, a natureza do conteúdo e as habilidades cognitivas a serem treinadas; criar tarefas atendidas que promovam a construção das habilidades e conhecimentos desejados; elaborar instruções claras e objetivas para o roteiro do estudo dirigido; distribuir o roteiro com tempo suficiente para os alunos trabalharem de forma autônoma; e solicita uma apresentação dos resultados do trabalho dos alunos, seguida de análise e discussão em aula.
Em suma, importante destacar que o estudo dirigido desempenha um papel crucial ao ativar e mobilizar os esquemas operatórios do aluno, que são a estrutura básica de sua atividade mental. Essa técnica pedagógica busca fornecer uma aprendizagem mais significativa, estimulando o aluno a ser um agente ativo na construção do conhecimento.

Continue navegando

Outros materiais