Buscar

Segregação e Xenofobia

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 26 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 26 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 26 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

1ª SÉRIE
Aula 11 – 3º bimestre
Sociologia
Etapa Ensino Médio
Segregação e 
xenofobia
Xenofobia;
Segregação socioespacial no Brasil;
Gentrificação.
Compreender os conceitos de segregação socioespacial e gentrificação em relação à xenofobia.
Conteúdo
Objetivo
EM13CHS201 – Analisar e caracterizar as dinâmicas das populações, das mercadorias e do capital nos diversos continentes, com destaque para a mobilidade e a fixação de pessoas, grupos humanos e povos, em função de eventos naturais, políticos, econômicos, sociais, religiosos e culturais, de modo a compreender e posicionar-se criticamente em relação a esses processos e às possíveis relações entre eles.
Observe a charge para elaborar sua hipótese sobre os motivos de padrões de habitação tão diversos num mesmo planeta, país ou cidade. 
5 minutos
Para começar
https://conteudo.imguol.com.br/blogs/58/files/2019/10/DukeDesigualdade.jpg
“Segregação é a separação, por razões sociais, de um grupo em relação a outro, em geral perpetuando condições de desigualdade e opressão social” (JOHNSON, 1997, p. 203).
Qual é a lógica por trás dessa diferenciação?
As marcas espaciais da segregação social
Trata-se de uma lógica classificatória, pois, de forma geral, ela divide, no espaço, os sujeitos identificados por suas diferenças sociais, étnicas, religiosas e/ou raciais, mantendo os menos privilegiados em piores condições de existência. Pode-se dizer, pois, que é uma segregação socioespacial.
Foco no conteúdo
https://conteudo.imguol.com.br/blogs/58/files/2019/10/DukeDesigualdade.jpg
ENEM 2012 – 2ª Aplicação (adaptado)
A imagem registra uma especificidade do contexto urbano em que a ausência ou a ineficiência das políticas públicas resultou em:
2 minutos
Na prática
garantia dos direitos humanos.
superação do déficit habitacional.
controle da especulação imobiliária.
mediação dos conflitos entre classes.
aumento da segregação socioespacial.
A imagem registra uma especificidade do contexto urbano
em que a ausência ou a ineficiência das políticas públicas
resultou em:
ENEM 2012 – 2ª Aplicação (adaptado)
2 minutos
Na prática
garantia dos direitos humanos.
superação do déficit habitacional.
controle da especulação imobiliária.
mediação dos conflitos entre classes.
aumento da segregação socioespacial.
A imagem registra uma especificidade do contexto urbano
em que a ausência ou a ineficiência das políticas públicas
resultou em:
ENEM 2012 – 2ª Aplicação (adaptado)
2 minutos
Correção
Na prática
UNICAMP 2015 (adaptado)
Considerando a imagem, assinale a alternativa correta. 
A organização do espaço geográfico nas metrópoles brasileiras caracteriza-se, na atualidade, pela tendência à homogeneização das formas de habitar, em função da existência de políticas urbanas e sociais exitosas. 
Os moradores do condomínio fechado e os moradores da favela compartilham áreas comuns de lazer, fato que expressa o enfraquecimento dos conflitos entre as diferentes classes sociais na metrópole.
2 minutos
Na prática
https://www.cnnbrasil.com.br/nacional/fotografo-sul-africano-retrata-em-imagens-do-alto-a-desigualdade-brasileira/
A concentração da riqueza permite a uma pequena parcela da sociedade viver em condomínios fechados de alto padrão, que, fortificados por aparatos de segurança, aprofundam a fragmentação do espaço urbano. 
A favela é um espaço monofuncional, exclusivamente residencial, desprovido de serviços urbanos básicos como energia elétrica, água, saneamento, limpeza e, portanto, equilibradamente coeso à malha urbana. 
UNICAMP 2015 (adaptado)
2 minutos
Na prática
A concentração da riqueza permite a uma pequena parcela da sociedade viver em condomínios fechados de alto padrão, que, fortificados por aparatos de segurança, aprofundam a fragmentação do espaço urbano. 
Correção
UNICAMP 2015 (adaptado)
2 minutos
Na prática
Segregação de jure: é a segregação exigida pela lei;
Segregação de facto: é a segregação que se efetiva na vida social sem que a lei a defina.
Há duas formas de segregação: 
Existe alguma dessas formas no Brasil?
1 minuto
Foco no conteúdo
No Brasil, a segregação não é garantida em Lei, portanto não é de jure, é de facto. Mas como ela ocorre?
No art. 1º, inciso IV da Constituição Federal de 1988, diz-se que é um dos fundamentos do Estado “promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”.
2 minutos
Foco no conteúdo
Gentrificação
“O fenômeno fundamentalmente urbano conhecido como gentrificação consiste em uma série de melhorias físicas ou materiais e mudanças imateriais – econômicas, sociais e culturais – que ocorrem em alguns centros urbanos antigos, os quais experimentam uma apreciável elevação de seu status. Este processo tem se desenvolvido nos países industrializados basicamente ao longo da etapa chamada pós-industrial ou pós-moderna, iniciada com o declínio do modelo socioeconômico industrial tradicional a partir dos anos de 1970. Caracteriza-se normalmente pela ocupação dos centros das cidades por uma parte da classe média, de elevada remuneração, que desloca os habitantes da classe baixa, de menor remuneração, que viviam no centro urbano.” (BATALLER; BOTELHO, 2012, p. 10).
Foco no conteúdo
https://books.scielo.org/id/fyyqb/pdf/barros-9788575415870-09.pdf
UNISC 2014
A Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos [...] 2016, que acontecerão no Brasil, deram início a uma série de projetos de revitalização direcionados a determinadas zonas urbanas em cidades como Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG) e Manaus (AM). Um dos possíveis efeitos disso diz respeito ao enobrecimento dessas zonas por meio da especulação imobiliária, que ocasionará, em muitos casos, a valorização de terrenos, casas e apartamentos. Consequentemente, poderá haver uma transformação, pautada em condições econômicas, no perfil das pessoas que passarão a viver e a consumir serviços em tais áreas.
Qual alternativa apresenta o nome desse processo?
2 minutos
Na prática
Qual alternativa apresenta o nome desse processo?
Conurbação.
Macrocefalia urbana.
Gentrificação.
Verticalização.
 Urbanização.
2 minutos
Na prática
Qual alternativa apresenta o nome desse processo?
Conurbação.
Macrocefalia urbana.
Gentrificação.
Verticalização.
 Urbanização.
2 minutos
Correção
Na prática
Leia o excerto a seguir e, com base nos conceitos apreendidos, responda à questão adaptada do vestibular da UNIVAG:
“Apareceu semanas atrás, sobre um mural multicolorido do grafiteiro Okuda, na rua Embajadores, em Madri. Dizia: ‘Sua street art sobe o meu aluguel’. As pichações contra os comércios considerados estimuladores da gentrificação são relativamente habituais em Lavapiés e em outros bairros de grandes cidades espanholas onde a tensão cresce junto com os preços” (URZAIZ, El País, 2019). 
As pichações criticam a arte de rua, mas, a bem da verdade, elas denunciam um processo bem mais amplo. Explique esse processo.
5 minutos
Na prática
As pichações criticam a arte de rua, mas, a bem da verdade, elas denunciam um processo bem mais amplo. Explique esse processo.
No fundo, as pichações têm como foco os processos econômico-comerciais e artístico-simbólicos que resultam em aumento do valor dos imóveis e, por consequência, dos aluguéis. Uma vez que o mercado imobiliário fica mais valorizado, portanto caro, ele expulsa os sujeitos cujos salários não são reajustados na mesma proporção.
2 minutos
Na prática
Aplicando
Gentrificação e xenofobia
Estudos mostram a dificuldade dos bolivianos de terem acesso à moradia digna no Brasil (PUCCI; VÉRAS, 2017). Isso significa que muitos desses imigrantes só conseguem se inserir na realidade previamente existente de um lugar, portanto também vivenciam os efeitos dos processos de gentrificação de países como o Brasil. Além dessa segregação previamente estruturada contra muitos dos brasileiros, os bolivianos experienciam a estigmatização que é fruto da xenofobia. Asegregação vivida pelos bolivianos e outros imigrantes é, pois, multidimensional.
Vamos relembrar:
Xenofobia é um “sentimento com fundamento na cultura”, por isso se pode dizer que é um sentimento etnocêntrico (JOHNSON, 1997: 255).
Aplicando
“Mais do que revelar preconceitos ou vulnerabilidade, “a segregação residencial [de judeus e escandinavos] na região de Toronto denota a preferência de se morar próximo a pessoas de origem semelhante” (CYMBALISTA; XAVIER, 2007, p. 121).
“Os bolivianos com maior tempo de permanência no país preferiam deixar os bairros com maior concentração de compatriotas (como o Brás), para residirem em bairros com menor concentração de bolivianos (como o Grajaú). Afirmam esses entrevistados que o fato de existirem muitos bolivianos no Brás faz com que sofram mais com estereótipos e preconceitos do que em bairros onde existem poucos bolivianos.” 
(PUCCI; VÉRAS, 2017).
5 minutos
Leia o excerto a seguir sobre os grupos segregados em Toronto, depois analise as particularidades da concentração e da movimentação de bolivianos em determinados bairros da capital paulista:
Segregação socioespacial é uma lógica classificatória que divide, no espaço, os sujeitos relacionados por suas diferenças sociais, étnicas, religiosas e/ou raciais;
Gentrificação consiste em uma série de melhorias físicas ou materiais e mudanças imateriais que ocorrem em alguns centros urbanos, elevando seu status social, portanto deslocando os grupos sem condições de permanecer ali;
A segregação vivida pelos bolivianos e outros imigrantes no país é multidimensional, pois, além da estigmatização xenofóbica, eles vivenciam os efeitos dos processos de gentrificação.
O que aprendemos hoje?
Tarefa SP
Localizador: 98829
Professor, para visualizar a tarefa da aula, acesse com seu login: tarefas.cmsp.educacao.sp.gov.br
Clique em “Atividades” e, em seguida, em “Modelos”.
Em “Buscar por”, selecione a opção “Localizador”.
Copie o localizador acima e cole no campo de busca.
Clique em “Procurar”. 
Videotutorial: http://tarefasp.educacao.sp.gov.br/
22
BATALLER, M. A. S.; BOTELHO, M. L. O estudo da gentrificação. Continentes: Revista de Geografia. n. 1, p. 9-37, jul. 2012. Disponível em: http://www.revistacontinentes.com.br/index.php/continentes/article/view/5. Acesso em: 3 jul. 2023.
BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, 1988. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 15 jun. 2023.
CYMBALISTA, R.; XAVIER, l. R. A comunidade boliviana em São Paulo: definindo padrões de territorialidade. Cadernos Metrópole, n. 17, p. 119-133, 2007. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/4028/402837795006.pdf. Acesso em: 3 jul. 2023.
JOHNSON, A. G. Dicionário de sociologia: guia prático da linguagem sociológica. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.
Referências
LEMOV, Doug. Aula nota 10 3.0: 63 técnicas para melhorar a gestão da sala de aula. Tradução de Daniel Vieira, Sandra M. Mallmann da Rosa. Revisão técnica: Fausto Camargo, Thuinie Daros. 3. ed. Porto Alegre: Penso, 2023.
PUCCI, F. M. S.; VÉRAS, M. P. B. Bolivianos em São Paulo: territórios e alteridade. Plural: Revista do Programa de Pós‑Graduação em Sociologia da USP, São Paulo, v. 24, n. 2, p. 276-299, 2017. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/plural/article/view/143006. Acesso em: 3 jul. 2023.
URZAIZ, B. G. “Seu grafite sobe meu aluguel”, o grito de guerra contra os “descolados” que encarecem os bairros. El País. 9 jun. 2019. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/06/03/eps/1559569999_961348.html. Acesso em: 3 jul. 2023.
Referências
Lista de imagens e vídeos
Slides 3 e 4 – https://conteudo.imguol.com.br/blogs/58/files/2019/10/DukeDesigualdade.jpg.
Slides 5 e 8 – https://www.cnnbrasil.com.br/nacional/fotografo-sul-africano-retrata-em-imagens-do-alto-a-desigualdade-brasileira/
Referências
Material 
Digital

Continue navegando