Buscar

Farmacologia: Excreção e Ação


Continue navegando


Prévia do material em texto

FÁRMACO N2
1. Excreção:
a. Locais:
i. Rins
ii. Fígado
iii. Pulmões
iv. Glândulas mamárias
b. Fatores que interferem na excreção:
i. Doença renal
2. Farmacodinâmica (ação e efeito dos fármacos)
a. Classificação dos efeitos farmacológicos:
i. Principal ou primário
ii. Colateral ou secundário:
1. Benéfico
2. Maléfico:
a. Previsível (RAM - reações adversas ao medicamento)
b. Imprevisível (dissacarídicas)
iii. Efeito tóxico (emprego de dose superior à dose terapêutica)
b. Alvos para a ação farmacológica
i. Enzimas
ii. Canais iônicos
iii. Proteínas carreadoras
iv. Receptores celulares
3. Fármacos simpaticomiméticos - agentes capazes de mimetizar a ação da noradrenalina
a. Classificação
i. Agente de ação direta
ii. Indireta
iii. Mista
b. Agentes de ação direta: atuam como agonistas dos receptores do simpático
i. Classificação
1. Agentes Alphas-agonistas (Nafazolina, Oximetazolina, Xilometazolina,
Fenoxazolina, Fenilefrina)
a. Atuam em receptores Alfa-1
b. Empregos clínicos:
i. Descongestionante nasal:
1. Nafazolina e Fenoxazolina(uso tópico) → 6h de duração
2. Xilometazolina e Oximetazolina (uso tópico) —> 12h de duração
3. Fenilefrina (sistêmico) → único de uso oral/ não causa efeito rebote
ii. Descongestionante conjuntivais ( Nafazolina colírio)
iii. Vasopressor
c. Efeitos adversos:
i. HAS medicamentosa
ii. Congestão nasal rebote
iii. Retenção urinária
2. Agentes Beta-agonistas
a. Atuam sobre receptores do subtipo Beta-1
b. Dobutamina
c. Empregos clínicos:
i. Choque cardiogênico
ii. Insuficiência cardíaca refratária ao tratamento convencional.
d. Reações adversas: arritmias
3. Agentes Beta-2-agonista: uso tópico através da nebulização
a. Fenoterol, Salbutamol, Terbutalino, Formoterol, Salmeterol
b. Início de ação
i. Lento → Salmeterol
ii. Rápido → todos os outros
c. Tempo de duração
i. Curta → fenoterol, salbutamol, terbutalino - 6h
ii. Longa → Formoterol, salmeterol - 12h
d. Empregos clínicos:
i. ASMA brônquica
ii. DPOC
iii. Prevenção do trabalho de parto prematuro - relaxantes uterinos
e. Reações adversas:
i. Palpitações
ii. Tremores em extremidades
iii. Hipocalemia
4. Agentes Alpha- e Beta-agonista: injetáveis; lipossolúveis; via parenteral
a. Noradrenalina:
i. Alta afinidade: Alfa-1 e 2, Beta-1 e 3
ii. Baixa afinidade: Beta-2
b. Adrenalina:
i. Alta afinidade: Alfa-1 e 2, Beta-1 e 2
ii. Baixa afinidade: Beta-3
c. Empregos clínicos:
i. Choque anafilático
ii. Vasopressor em quadros hipertensivos severos
iii. Reversão de broncoespasmo refratário
d. Reações adversas:
i. Arritmias
ii. Isquemia residual
c. Agente de ação indireta: mimetiza a ação do simpático interferindo na síntese, liberação, inativação e
recaptação
i. Metilfenidato (ritalina)
ii. Cocaína
iii. Tranilcipromina
d. Agentes de ação mista:
i. Efedrina
ii. Dopamina
4. Fármacos Simpaticolíticos - agentes que têm a capacidade de antagonizar as ações da
noradrenalina
a. classificação:
i. Ação direta
ii. Ação indireta (ação central)
b. Agentes de ação direta:
i. Alfa-bloqueadores (Prazosina, terazosina, Doxazosina, Tansulosina)
1. Antagonista farmacológico do receptor alfa-1, compete com a noradrenalina
2. Empregos clínicos:
a. HAS (Prazosina, Terazosina e Doxazosina)
i. Bloqueia alfa-1 presente nas artérias e promove vasodilatação
b. Retenção urinária (Tansulosina)
i. Bloqueia alfa-1 presente no esfíncter, facilitando o escoamento
3. Reações adversas:
a. Hipotensão postural (principal em idoso)
b. Taquicardia reflexa
c. Fogachos
d. Priapismo
ii. Beta-bloqueadores
1. selectivos (Beta-1 , menor afinidade para Beta-2): Atenolol; bisoprolol; esmolol);
metoprolol ; nebivolol
2. Não seletivos (Beta-1 e 2): Carvedilol ; propranolol ; nadolol ; pindolol; acebutolol
3. Empregos clínicos:
a. IAM (Metoprolol)
b. Angina crônica estável (qualquer beta-bloq)
c. ICC
d. HAS
e. HAS Gestacional (Pindolol)
f. Glaucoma
g. Arritmias
h. Profilaxia das crises de enxaqueca
i. Combate da ansiedade de desempenho
j. Tempestade tiroideia
4. Reações adversa;
a. Broncoespasmo na asma
b. Hiperglicemia
c. Dislipidemia
d. Frio em extremidades
e. Bradicardia
f. Bloqueio de condução pelo nódulo AV