Buscar

Climatologia

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 27 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 27 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 27 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Questão 1/10 - Climatologia
Considere o seguinte trecho de texto: 
“O clima de qualquer região é determinado em grande parte pela circulação geral da atmosfera. Essa resulta, em última instância, do aquecimento diferencial do globo pela radiação solar, da distribuição assimétrica de oceanos e continentes e também das características topográficas sobre os continentes”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: FERREIRA, A. G.; MELLO, N. G. S. Principais sistemas atmosféricos atuantes sobre a região nordeste do Brasil e a influência dos oceanos Pacífico e Atlântico no clima da região. Revista Brasileira de Climatologia, Curitiba, v. 1, n. 1, p. 15-28, dez., 2005. p. 16.  <https://revistas.ufpr.br/revistaabclima/article/download/25215/16909>. Acesso em 24 set. 2018. 
Levando em consideração o fragmento de texto dado e os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre as três zonas fundamentais para se observar a circulação geral da atmosfera, é correto afirmar que essas três zonas são:
Nota: 10.0
	
	A
	Zona Temperada, Zona Equatorial-Tropical e Zona de Convergência.
	
	B
	Zona Polar, Zona Temperada e Zona de Convergência Intertropical.
	
	C
	Zona Intertropical, Zona Temperada e Zona Polar.
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
A alternativa correta é a letra c). “Existem três zonas fundamentais para se observar a circulação geral da atmosfera, sendo dividas conforme a variação latitudinal: a Zona Intertropical (latitudes baixas), Zona Temperada (latitudes médias) e Zona Polar (altas latitudes) (Mendonça; Danni-Oliveira [...])” (livro-base, p. 109).
	
	D
	Zona Intertropical, Zona Subtropical Temperada e Zona Polar.
	
	E
	Zona Polar, Zona de Convergência do Pacífico Sul e Zona Temperada.
Questão 2/10 - Climatologia
Atente para a seguinte citação: 
“Note-se que o globo terrestre oferece hoje, como sempre ofereceu no passado, grande variedade de zonas climáticas, quaisquer que tenham sido as tendências do clima global. Com efeito, a Terra sempre pôde responder, pela diversidade de seus climas, às necessidades do balanço geoquímico global, cujos pulsos são comandados pela atividade tectônica, esta também global”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: TARDY, Yves. Geoquímica global: Oscilações climáticas e evolução do meio ambiente desde quatro bilhões de anos. <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010340141997000200011&script=sci_arttext&tlng=pt>. Acesso em 12 ago. 2018. 
Considerando essas informações e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre as zonas climáticas, analise as seguintes afirmativas e marque V para as asserções verdadeiras e F para as asserções falsas.
I. ( ) Nas zonas temperadas e polar, ocorrem as baixas latitudes, por isso recebem maiores quantidades de energia solar.
II. ( ) Nas zonas temperadas e polar, ocorrem as médias e altas latitudes, por isso recebem maiores quantidades de energia solar.
III. ( ) As zonas temperadas e polar, local onde ocorrem as  médias e altas latitudes, são aquelas que recebem menores quantidades de energia solar.
IV. ( ) As zonas intertropicais (altas latitudes) recebem menores quantidades de energia solar.       
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	V – V – V – F
	
	B
	F – F – F – V
	
	C
	F – F – V – F
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
A sequência correta é F – F – V – F. Conforme a “classificação das zonas climáticas: a zona intertropical (baixas latitudes) é aquela que recebe maiores quantidades de energia solar [...]; já, nas zonas temperadas e polares (médias e altas latitudes), o processo ocorre ao contrário” (livro-base, p. 109).
	
	D
	F – V – F – V
	
	E
	V – F – V – V
Questão 3/10 - Climatologia
Considere a seguinte afirmação: 
“Uma massa de ar se forma quando uma considerável porção da atmosfera estabelece um prolongado contato com uma vasta região, cuja superfície possui características aproximadamente homogêneas (oceanos, grandes florestas, extensos desertos, amplos campos de gelo). Por influência da superfície, a camada de ar termina adquirindo propriedades termodinâmicas bastante definidas”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: VARAJÃO-SILVA, Mário Adelmo. Meteorologia e climatologia, 2006. <https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/3887570/.../Meteorologia_Climatologia.pdf?>. Acesso em 25 ago. 2018.                     
Considerando essas informações e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre as massas de ar atuantes na América do Sul, analise as seguintes afirmativas:
I. A massa de ar equatorial continental é quente e seca, pois recebe o calor da radiação solar da zona equatorial.
II. A massa de ar polar predomina nas zonas polares, onde ocorre redução da temperatura e da umidade do ar, próximo à Patagônia.
III. Nos trópicos, ocorrem as massas de ar tropical atlântica e da tropical pacífica, sendo esta última que determina o clima do continente e do Brasil.
IV. Nos trópicos, ocorrem as massas de ar tropical atlântica e a tropical pacífica, sendo que a tropical atlântica desempenha papel fundamental na determinação do clima do continente, principalmente, no Brasil. 
São corretas apenas as afirmativas:
Nota: 10.0
	
	A
	I, II e IV
	
	B
	III e IV
	
	C
	I e IV
	
	D
	II e IV
Você assinalou essa alternativa (D)
Você acertou!
As afirmativas II e IV são verdadeiras. “Quanto às áreas dos trópicos, predomina a massa de ar tropical atlântica (mTa), que desempenha papel fundamental na determinação do clima do continente e principalmente no Brasil. Essa massa de ar forma-se nas altas pressões subtropicais do Oceano Atlântico e, por consequência, possuem temperatura e umidade mais elevada [...]. A massa de ar tropical pacífica (mTp) [...] age no continente através da costa do Pacífico, porém, encontra uma barreira natural, a Cordilheira dos Andes, ocasionando aumento de precipitação no próprio oceano, interferindo também na corrente de Humboldt” (livro-base, p. 130). “Nas zonas polares, predomina a atuação da massa de ar polar, principalmente próximo à Patagônia; esse sistema é responsável pela redução das temperaturas e a umidade na área” (livro-base, p. 130).  As afirmativas I e III são falsas, pois: “As massas de ar que atuam na porção equatorial do continente sul-americano são a massa de ar equatorial continental (mEc), massa de ar equatorial norte (mEan) e massa de ar equatorial sul (mEas). A mEc possui característica quente e úmida, pois adquiri o calor da radiação solar da zona Equatorial, bem como a umidade que as zonas de convergência canalizam; a mesma se diferencia pela alta umidade, já que massas de ar continentais tendem a apresentar baixa umidade” (livro-base, p. 130.
	
	E
	I, II e III
Questão 4/10 - Climatologia
Considere o seguinte trecho de texto: 
“[Existe um fator geográfico condicionado pelo clima que pode ser usado] como indicador ambiental em ambientes florestais, pois permite avaliar o grau de conservação de fragmentos ou florestas plantadas e sua funcionalidade ecológica”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: BIANCHI, M. O; SCORIZA, R. N; CORREIA, M. E. F. Influência do clima na dinâmica de serapilheira em uma floresta estacional semidecidual em Valença, RJ, Brasil. Revista Brasileira de Biociências, Porto Alegre, v. 14, n.2, p. 97-101, abr./jun. 2016.  <http://www.ufrgs.br/seerbio/ojs/index.php/rbb/article/view/3377>. Acesso em 3 ago. 2018. 
Considerando essas informações e os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino, a alternativa que apresenta corretamente a relação do fator geográfico do clima com a vegetação descrita acima diz respeito à:
Nota: 10.0
	
	A
	Atuação do homem sobre o clima.
	
	B
	Serapilheira.
Você assinalou essa alternativa (B)
Você acertou!
“Outroponto interessante para a formação do clima e frequentemente esquecido pela literatura é a presença de serapilheira, camada de matéria orgânica em decomposição que pode ser encontrada em formações vegetais mais densas, como florestas. [...] Essa camada também é essencial para a manutenção da temperatura do solo, o que reduz a velocidade da troca de calor com a atmosfera (Lepsch [...])” (livro-base, p. 77).
	
	C
	Proximidade com grandes corpos d’água.
	
	D
	Formação dos solos.
	
	E
	Latitude.
Questão 5/10 - Climatologia
Considere a seguinte informação: 
“Os paralelos são linhas de latitude constante [...]. Costuma-se chamar de região tropical a zona da superfície da Terra compreendida ente os trópicos de Câncer e Capricórnio [...]. [As] faixas situadas entre os paralelos de 30º e de 60º [...] são ditas regiões de latitudes médias [...]. [As] zonas mais próximas dos polos chamam-se regiões de latitudes elevadas”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: VAREJÃO-SILVA, Mário Adelmo. Meteorologia e climatologia. Recife, PE, 2006. <www.icat.ufal.br/.../METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006.pdf>. Acesso em 01 de jul. 2018. 
Considerando essas informações e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre as zonas climáticas, enumere, na ordem sequencial, as explicações que se relacionam a cada uma das seguintes zonas:
1. Zona Temperada Norte
2. Zona Glacial Sul
3. Zona Glacial Norte
4. Zona Tropical
5. Zona Temperada Sul
(  )Também conhecida como Zona Equatorial, a radiação solar, nessa região, torna-se mais uniforme durante o ano, possibilitando a ocorrência de temperaturas mais elevadas, verões quentes e invernos frescos.
(  ) Localiza-se entre o Círculo Polar Ártico e o Trópico de Câncer. Tem a radiação reduzida durante o ano, com temperaturas mais baixas em relação às da Zona Tropical.
(  ) Encontra-se entre o Círculo Polar Antártico e o Trópico de Capricórnio.  A radiação solar dessa região varia durante o ano, tornando assim as temperaturas mais amenas, com verões mais frescos e invernos mais rigorosos.
( ) Também é denominada Zona Polar Norte; abrange a porção norte da Groelândia e registra baixas temperaturas em virtude da baixa incidência de radiação solar.
( ) Também conhecida como Zona Polar Sul ou Zona Glacial Antártica, compreende o Círculo Polar Antártico, localizado nas altas latitudes. Dessa forma, a quantidade de radiação solar recebida é mínima e resulta em baixas temperaturas. 
Agora, marque a alternativa que apresenta a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	2 – 5 – 3 – 1 – 4
	
	B
	2 – 1 – 5 – 2 – 3
	
	C
	4 – 5 – 3 – 1 – 2
	
	D
	4 – 1 – 2 – 3 – 5
	
	E
	4 – 1 – 5 – 3 – 2
Você assinalou essa alternativa (E)
Você acertou!
A sequência correta é: 4 – 1 – 5 – 3 – 2. “As zonas são assim divididas [...]: [2] Zona Glacial Sul - Também conhecida como Zona Polar Sul ou Zona Glacial Antártica, compreende o Círculo Polar Antártico, localizado nas altas latitudes; dessa forma, a quantidade de radiação solar recebida é mínima e resulta em baixas temperaturas. Além disso, nessa região há a formação de massas de ar polares [...], em áreas de alta pressão atmosférica atingidas por ventos do leste. [5] Zona Temperada Sul - Encontra-se entre o Círculo Polar Antártico e o Trópico de Capricórnio. A radiação solar dessa região varia durante o ano, tornando assim as temperaturas mais amenas, com verões mais frescos e invernos mais rigorosos. Nessa área, os ventos são oriundos do oeste. [4] Zona Tropical - Também conhecida como Zona Equatorial, a radiação solar nessa região torna-se mais uniforme durante o ano, possibilitando a ocorrência de temperaturas mais elevadas, verões quentes e invernos frescos. É na proximidade com o Equador que ocorrem as zonas de convergência, os ventos alísios e as baixas pressões atmosféricas. [1] Zona Temperada Norte - Localiza-se entre o Círculo Polar Ártico e o Trópico de Câncer. Tem a radiação reduzida durante o ano, com temperaturas mais baixas em relação às da Zona Tropical. Os ventos do oeste auxiliam na dinâmica da atmosfera. É correspondente à Zona Temperada Sul. [3] Zona Glacial Norte - Abrange a porção norte da Groelândia e registra baixas temperaturas em virtude da baixa incidência de radiação solar. Além disso, por influência das altas pressões atmosféricas, em conjunto com os ventos de leste, formam-se massas de ar polares na região. Também é denominada Zona Polar Norte” (livro-base, p. 74,75).
Questão 6/10 - Climatologia
Leia o seguinte fragmento de texto: 
“[Conforme Philander, as] séries de cálculos astronômicos, completadas por Milankovitch [...], levaram em conta os fatores da órbita da Terra, incluindo a inclinação do eixo de rotação, a excentricidade da órbita e a precessão dos equinócios para determinar a quantidade de radiação solar recebida pela Terra”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: OLIVEIRA, Marcos José de et al. História geológica e ciência do clima: Métodos e origens do estudo dos ciclos climáticos na Terra. <https://www.ige.unicamp.br/terrae/V12/PDFv11/T056-1.pdf>. Acesso em 27 jun. 2018. 
Considerando essas informações e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino a respeito da radiação solar sobre a Terra, é correto afirmar que:
Nota: 10.0
	
	A
	A zona equatorial, localizada no hemisfério norte, é a região do globo que recebe maior insolação em todas as épocas do ano.
	
	B
	Nos equinócios, o hemisfério sul recebe maior quantidade de energia proveniente do sol e, por consequência, a duração dos dias também será maior do que a do hemisfério norte.
	
	C
	A variação na insolação, conforme a latitude e épocas do ano, ocorre principalmente pela inclinação da Terra em relação ao plano da eclíptica.
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
“Em dezembro, a África Meridional, a Austrália Central e a América do Sul registram os valores mais altos de insolação (Ayoade [...]), todas essas regiões localizadas no hemisfério sul. Já, no meio do ano, no mês de junho, os valores mais relevantes de insolação ficam no hemisfério norte. Porém, ao longo de um ano, a energia tende a ser compensada pela diferença de insolação dos distintos solstícios [...]. Essa variação na insolação, conforme a latitude e épocas do ano, dão-se pela própria esfericidade da Terra e principalmente pela inclinação da mesma em relação ao plano da eclíptica (plano imaginário que contém a Terra e o sol). A inclinação do eixo terrestre é de aproximadamente 23,5 graus, o que também define o limite da zona tropical e o começo da zona subtropical em ambos os hemisférios. Devido a essa inclinação, temos duas posições da Terra em relação ao sol: solstício e equinócio. Tais posições marcam as estações do ano nos hemisférios norte e sul [...]. Nos solstícios, um dos dois hemisférios está recebendo maior incidência da insolação e terá dias mais longos, portanto, será solstício de verão nesse hemisfério e, consequentemente, solstício de inverno no outro hemisfério, que recebe menor energia e apresentará dias mais curtos. Já, nos equinócios, os dois hemisférios recebem a mesma quantidade de energia proveniente do sol e, por consequência, a duração dos dias também será igual” (livro-base, p. 55-57).
	
	D
	Solstício e equinócio correspondem às posições da Terra em relação à Lua.  Tais posições marcam as estações do ano nos hemisférios norte e sul.
	
	E
	No equinócio, os dois hemisférios recebem quantidade diferentes de energia proveniente do sol, e a duração dos dias será também diferente.
Questão 7/10 - Climatologia
Leia o seguinte fragmento de texto: 
“Entende-se por tempo as condições meteorológicas instantâneas vigentes num determinado lugar e num determinado instante. Clima é o estado médio no tempo da atmosfera em um ponto qualquer da Terra, ou seja, o clima se refere à maneira como evolui o tempo (meteorológico) ao longo de um período de tempo”. 
Após esta avaliação, caso queiraler o texto integralmente, ele está disponível em: SAMPAIO, Gilvan; DIAS, Pedro Leite da Silva. Evolução dos modelos climáticos e de previsão de tempo e clima. Revista USP, São Paulo, n. 103, p. 43. <https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/99179>. Acesso em 13 de jun. 2018. 
Considerando essas informações e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre os conceitos de tempo e de clima, assinale a alternativa correta:
Nota: 10.0
	
	A
	Para se definir os objetos de estudo da meteorologia e da climatologia, tempo e clima são termos que devem ter sempre o mesmo significado.
	
	B
	O termo clima deve ser utilizado apenas para abordar os estágios transitórios da atmosfera.
	
	C
	Tempo é definido como um estado físico da atmosfera de um dado momento em algum lugar.
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
“Ao se estudar a atmosfera, é necessário compreender a diferença entre dois conceitos frequentemente utilizados sem qualquer rigor: tempo e clima. Essa distinção relaciona-se à definição dos objetos de estudo da meteorologia e da climatologia, respectivamente, como explicaremos a seguir.  A meteorologia é compreendida, segundo Ayoade [...], ‘como a ciência da atmosfera e está relacionada ao estado físico, dinâmico e químico da atmosfera e às interações entre eles e a superfície terrestre subjacente". A noção da atmosfera associada ao efêmero, ao conjuntural e ao fugaz seria a de tempo definido como um estado físico da atmosfera de um dado momento em algum lugar (Pita [...]). O termo tempo - em inglês, weather - pode ser compreendido como o estado médio da atmosfera em determinados lugar e recorte temporal (Ayoade [...]). Assim, para tratarmos de estágios transitórios da atmosfera, a terminologia mais adequada é tempo, e não clima [...]. A concepção de clima, de acordo com Monteiro [...], não é analítica, como é a do tempo, mas sintética: o clima deve considerar a dinâmica média de, no mínimo, 30 anos, e não uma análise momentânea do estado da atmosfera em uma localidade que, por sua vez, está fadado à contínua mudança ao longo do seu desenvolvimento cronológico. O tempo configura-se como algo eventual, que pode ser analisado em um dia (24 horas), e o clima é algo habitual, que se manifesta por meio de regimes (médias) cujas variações podem ser analisadas anualmente. Pita [...] define clima como uma série de estados atmosféricos em uma sucessão habitual, média, característica e não aleatória, em que a probabilidade de ocorrência dos distintos estados da atmosfera varia de acordo com a pressão, a temperatura, a umidade e o vento, entre outros fatores, de uma localidade ou região durante um período cronológico determinado, geralmente estabelecido em 30 anos” (livro-base, p. 21-23).
	
	D
	O clima deve considerar uma análise momentânea do estado da atmosfera em uma localidade.
	
	E
	O tempo deve considerar a dinâmica média de, no mínimo, 30 anos, e não uma análise momentânea do estado da atmosfera em uma localidade.
Questão 8/10 - Climatologia
Leia o seguinte trecho de texto: 
“O regime hidrológico de uma região é determinado pelas suas características físicas, geológicas, topográficas e climatológicas. No clima, fatores como precipitação e evaporação assumem papel importante no balanço hidrológico, porém a temperatura, a umidade e o vento são indispensáveis para suas formações. A topografia influencia o movimento na superfície com o auxílio da gravidade e estimula a precipitação em altitudes, através da ação desses fatores climáticos inclusive a variação da pressão atmosférica. A geologia além de influenciar a topografia, define o local de armazenamento das águas provenientes da precipitação, com uma parte reservada na superfície e outra nos aquíferos. A ascensão do ar úmido é fundamental para originar a precipitação, podendo acontecer com diferentes mecanismos”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SALGUEIRO, João Hipólito Paiva de Britto. Avaliação de rede pluviométrica e análise de variabilidade espacial da precipitação: Estudo de caso na bacia do Rio Ipojuca em Pernambuco. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal de Pernambuco, 2005. <http://www.cprm.gov.br/publique/media/mestra_salgueiro.pdf>. Acesso em 04 de jul. 2018. 
Considerando essas informações e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre os tipos de chuva, analise as seguintes afirmativas e assinale V para as asserções verdadeiras e F para as asserções falsas:
I. ( ) A chuva convectiva apresenta como nuvens características as nuvens cúmulos.
II. ( ) A chuva orográfica ou de relevo é formada, como o próprio nome já indica, pela presença de um diferencial de altitude significativo.
III. (  ) A chuva frontal é originada pelo encontro de duas massas de ar com temperaturas e umidades contrastantes, o que, pela ação da pressão, gera ascensão do ar mais quente e úmido.
IV. ( ) Barlavento é a face da vertente que está no movimento descendente e não possui tanta umidade.
V. ( ) Sotavento é a face da vertente que está no movimento descendente e não possui tanta umidade. 
São corretas apenas as afirmativas:
Nota: 10.0
	
	A
	V – V – V – V – F
	
	B
	F – F – F – V – F
	
	C
	V – V – V – F – V
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
A sequência correta é: V – V – V – F – V. A chuva convectiva ou de origem térmica ocorre em razão do movimento convectivo causado por um intenso aquecimento doar úmido, fazendo com que o movimento ascendente seja rápido até os níveis mais altos da troposfera, onde a umidade é condensada, permitindo assim a formação das gotículas e posteriormente a precipitação destas em forma de chuva [...]. As nuvens mais características desse tipo de chuva são as cúmulos, com grande desenvolvimento vertical [...].
A chuva orográfica ou de relevo é formada, como o próprio nome já indica, pela presença de um diferencial de altitude significativo. A ocorrência de umidade nas proximidades de uma barreira física leva o ar a ascender, fazendo com que o vapor d’água condense. Vale ressaltar a diferença entre as vertentes: a face que fica voltada para as massas d’água, e por isso recebe maior pluviosidade, é denominada barlavento; já a vertente que fica após a barreira física recebe menos umidade, pois o ar que transpassa a barreira já não possui tanta umidade e está no movimento descendente, recebendo o nome de sotavento [...]. O último tipo de chuva, a chuva frontal, é originada pelo encontro de duas massas de ar com temperaturas e umidades contrastantes, o que, pela ação da pressão [...], gera ascensão do ar mais quente e úmido [...]. O nome frontal deve-se ao fato de essas chuvas ocorrerem frequentemente na entrada de frentes frias” (livro-base, p. 90,91).
	
	D
	V – F – F – V – F
	
	E
	V – V – F – F – V
Questão 9/10 - Climatologia
Atente para o seguinte fragmento de texto: 
“[Conforme Rudorff, as] as nuvens afetam diretamente as interações radiativas da atmosfera com a Terra e com o sol, com cada tipo de nuvem, interagindo de uma forma particular de acordo com seu tamanho, forma e constituição física [...]. [As] nuvens do tipo cirrus são praticamente transparentes à luz solar (ondas curtas), porém, retêm grande parte da radiação infravermelha proveniente da Terra (ondas longas), gerando um saldo positivo no aquecimento da atmosfera. Já, nuvens do tipo cumulus, que são mais espessas e densas, bloqueiam a radiação solar, gerando um saldo negativo”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DUARTE, Bruno Muniz; FRANÇA, José Ricardo de Almeida. Estrutura Microfísica das nuvens em diferentes ecossistemas da América do Sul.  Anuário do Instituto de Geociências – UFRJ, 2009. <http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/anigeo/article/view/5392/4902>. Acesso em 04 de jul. 2018. 
Considerando essas informações e conforme os conteúdos do livro-base Introduçãoà climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre a classificação das nuvens, enumere, na ordem correspondente, as explicações que se relacionam a cada um dos seguintes tipos de nuvem:
1. Nuvens altas
2. Nuvens médias
3. Nuvens baixas
4. Nuvens de desenvolvimento vertical
(   ) Essas nuvens são classificadas por meio do prefixo cirrus.
(  ) Formadas, assim como as nuvens médias, de gotículas de água. O prefixo utilizado para caracterizá-las é estratos.
(  ) Sua formação decorre de movimentos rápidos de ascensão do ar, em baixas latitudes, geralmente no solstício de verão, atingindo seu ápice de acúmulo de água no final da tarde.
(   ) São nuvens formadas por água já no estado líquido. São classificadas com o prefixo alto. 
Agora, marque a alternativa que apresenta a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	1 – 3 – 4 – 2
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
A sequência correta é 1 – 3 – 4 – 2. “As nuvens são classificadas, conforme a altitude de sua base, em altas, médias, baixas e de desenvolvimento vertical [...]. O primeiro tipo, [1] nuvens altas, apresenta base acima de 7 km da superfície e são compostas basicamente por cristais de gelo. Nessa altura, as nuvens são classificadas utilizando o prefixo cirrus [...]. As [2] nuvens médias têm suas bases entre 2 e 7 km de altura, o que permite que elas sejam formadas por água já no estado líquido, e são classificadas com o prefixo alto [...]. A categoria seguinte, [3] nuvens baixas, leva tal nome porque suas bases estão a menos de 2 km da superfície da litosfera, formadas, assim como as nuvens médias, de gotículas de água. O prefixo utilizado para caracterizá-las é estratos [...]. A última categoria é a de [4] nuvens de desenvolvimento vertical, com suas bases em 2 km, mas podendo atingir 18 km de altura em seu topo. Sua formação decorre de movimentos rápidos de ascensão do ar, em baixas latitudes, geralmente no solstício de verão, atingindo seu ápice de acúmulo de água no final da tarde. Geralmente resultam em chuvas intensas, com presença de granizo e a nomenclatura utilizada para classificá-las leva o prefixo cúmulus” (livro-base, p. 87,88).
	
	B
	3 – 4 – 1 – 2
	
	C
	4 – 2 – 3 – 1
	
	D
	2 – 3 – 1 – 4
	
	E
	3 – 4 – 2 – 1
Questão 10/10 - Climatologia
Leia a seguinte afirmativa: 
“A região Sul do Brasil tem grande parte de sua economia associada ao agronegócio e as características do clima e suas variações podem determinar anos favoráveis ou desfavoráveis para a produção agrícola e criação de animais, entre outros”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: CERA, J. C.; FERRAZ, S. E. T. Variações climáticas na precipitação no Sul do Brasil no clima presente e futuro. Revista Brasileira de Meteorologia, São José dos Campos, v. 30, n. 1, p. 81-88, 2015. p. 82. <www.scielo.br/pdf/rbmet/v30n1/0102-7786-rbmet-30-01-00081.pdf>. Acesso em 5 ago. 2018.
Levando em consideração o elemento de texto dado e os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre as características do clima da região Sul do Brasil quanto à sazonalidade da temperatura, é correto afirmar que essa região:
Nota: 10.0
	
	A
	É atingida por frentes frias sempre oriundas da massa de ar atlântica.
	
	B
	Apresenta considerável diferença de temperatura entre o verão e o inverno.
Você assinalou essa alternativa (B)
Você acertou!
A alternativa correta é a letra b). “Quanto à sazonalidade da temperatura, é evidente uma diferença térmica entre o verão e o inverno, até mesmo por se tratar de uma região que se distribui predominantemente na zona subtropical” (livro-base, p. 189,190).
	
	C
	Possui duas estações bem definidas e com elevado índice de precipitação.
	
	D
	Apresenta a maior precipitação média anual do país.
	
	E
	É a região mais seca do país dada a influência de células de alta pressão.
· 
· Questão 1/10 - Climatologia
· Considere o seguinte fragmento de texto:
· “A convocação da Rio+20 reacendeu as esperanças de avançar na transição a uma sociedade global sustentável. A humanidade já havia transmitido a impressão, especialmente na década passada, de ter adquirido uma compreensão bastante acurada dos desafios que a civilização moderna terá que superar para mitigar e adaptar-se ao estresse ambiental planetário”.
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: GUIMARÃES, R. P.; FONTOURA, Y. S. R. Rio+20 ou Rio-20? Crônica de um fracasso anunciado. Revista Ambiente & Sociedade, São Paulo, v. 15, n. 3, set./dez. 2012. p. 20. <www.scielo.br/scielo.php? script=sci_arttext&pid=S1414753X2012000300003>. Acesso em 2 set. 2018.
· Tendo em vista a dada citação e os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre as reflexões de Abramovay a respeito da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20). Assinale a alternativa correta:
· Nota: 10.0
	
	A
	Abramovay relata que nesse evento não foram discutidas soluções para atenuar os problemas dos grupos humanos mais vulneráveis às mudanças climáticas.
	
	B
	O autor relata que o documento da Rio+20 não expressa as desigualdades e os limites para a manutenção das sociedades.
Você assinalou essa alternativa (B)
Você acertou!
Comentário: pois Abramovay relata que não foram discutidas soluções para atenuar os problemas dos grupos humanos mais vulneráveis às mudanças climáticas e, dentre os pontos positivos do documento, o autor cita a luta para erradicar a fome e a pobreza e o planejamento das cidades sustentáveis. (livro-base, p. 221).
	
	C
	O autor afirma que o tema mudanças climáticas apareceu de modo satisfatório no documento inicial para a Rio+20.
	
	D
	Dentre os pontos negativos do documento, o autor cita a luta para erradicar a fome e a pobreza e o planejamento das cidades sustentáveis.
	
	E
	A Rio+20 apresentou-se com muita alterações práticas, sendo o centro da discussão as ações de planejamento na esfera global.
· 
· Questão 2/10 - Climatologia
· Considere as seguintes informações: 
· “Os sistemas de classificações climáticas (SCC) são de grande importância, pois, analisam e definem os climas das diferentes regiões. Um dos SCC mais abrangentes é o de Köppen, que partindo do pressuposto que a vegetação natural é a melhor expressão do clima de uma região, desenvolveu um SCC ainda hoje largamente utilizado”. 
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: ROLIM, G. de et al. Classificação climática de Köppen e de Thornthwaite e sua aplicabilidade na determinação de zonas agroclimáticas para o estado de São Paulo. Bragantia, Campinas, v. 66, n. 4, p. 711-720, 2007. p. 712.  <www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000400022>. Acesso em 29 set. 2018.
· De acordo com os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino referentes às categorias climáticas de Köppen, relacione corretamente os seguintes elementos às suas respectivas características:
1. Grupo A
2. Grupo B
3. Grupo C
4. Grupo D
5. Grupo E
(  ) Locais onde o mês mais frio apresenta temperaturas médias bastante baixas, entre -3°C e 18°C.
(  ) Locais onde a hidrografia é influenciada pelo fato de a evapotranspiração média ser mais alta do que a precipitação.
(  ) Locais que possuem temperaturas médias menores que -3°C e mês mais quente, com temperaturas médias maiores que 10°C.
(  ) Locais onde o mês mais frio apresenta temperatura média maior que 18°C e a evapotranspiração anual menor do que a precipitação anual. 
(  ) Locais com temperatura média menor que 10°C. 
· Agora, selecione a alternativa que apresenta a sequência correta:
· Nota: 10.0
	
	A
	5 – 2 – 1 – 3 – 4
	
	B
	3 – 1 – 4 – 3 – 2
	
	C
	3 – 2 – 4 – 1 – 5
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
A sequência correta é 3 – 2 – 4 – 1 – 5. 1. Grupo A: locais que possuem o mês mais frio com temperatura média maior que 18°C e a evapotranspiração anual menor do que a precipitação anual. 2. Grupo B: locais onde a evapotranspiraçãomédia é mais alta do que a precipitação, determinando assim a hidrografia dessas localidades. 3. Grupo C: locais que possuem o mês mais frio com temperaturas médias bastante baixas, entre ? 3°C e 18°C. 4. Grupo D: locais com temperaturas médias menores que -3°C e mês mais quente com temperaturas médias que ultrapassam os 10°C. 5. Grupo E: locais com temperatura média menor que 10°C (livro-base, p. 156,157).
	
	D
	5 – 1 – 3 – 2 – 4
	
	E
	4 – 5 – 2 – 3 – 1
· 
· Questão 3/10 - Climatologia
· Leia o seguinte fragmento de texto: 
· “O clima é regido por um conjunto de fenômenos que se fundem no tempo e no espaço, revelando uma unidade ou tipo passíveis de serem medidos em seu tamanho e em seu ritmo. O fenômeno climático é constituído por um conjunto de elementos de naturezas diversas e que convivem ao mesmo tempo no mesmo espaço, em regime de trocas energéticas reciprocas e interdependentes”. 
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: RIBEIRO, A. G. As escalas do clima. Boletim de Geografia Teorética, São Paulo, v. 46, n. 23, p. 1-7, 1993. p. 1. <https://edisciplinas.usp.br/.../RIBEIRO_Antonio_Giacomini_As_escalas_do_clima.pdf>. Acesso em 20 set. 2018.  
· De acordo com os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre as escalas espaciais do clima, analise as seguintes assertivas e marque V para as asserções verdadeiras e F paras as asserções falsas:
I. ( ) Cultivos agrícolas e margens de lagos são áreas suscetíveis a estudos de mesoclima.
II. ( ) No nível mesoclimático, são estudados sistemas locais severos, aos quais estão incluídas áreas com menos de 100m de extensão.
III. (   ) O macroclima está relacionado com movimentos atmosféricos em larga escala.
IV. ( ) O movimento turbulento do ar na superfície e o estudo do clima urbano são estudados na escala de microclima. 
· Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
· Nota: 10.0
	
	A
	F – V – F – V
	
	B
	V – F – V – F
	
	C
	F – F – V – F
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
A sequência correta é: F – F – V – F. A afirmativa I é falsa, pois cultivos agrícolas e margens de lagos são áreas suscetíveis a estudos de microclima. A afirmativa II é falsa, pois, no nível mesoclimático, são estudadas áreas com centenas de km². A afirmativa III é verdadeira, porque a circulação geral da atmosfera é estudada na escala de macroclima. A afirmativa IV é falsa, pois o estudo do clima urbano é estudado na escala de mesoclima (livro-base, p. 31,32).
	
	D
	F – V – V – V
	
	E
	V – V – F – V
· 
· Questão 4/10 - Climatologia
· Considere a seguinte informação: 
· “O comportamento do tempo e do clima resulta das interações ocorridas na interface multiespectral que intercambia e modifica a radiação solar através do meio terrestre, envolvendo a litosfera, a hidrosfera, a criosfera e a biosfera repercutindo, particularmente, no estado da atmosfera [...]. Considerando as possibilidades de interação, ao longo do tempo e do espaço, entre os fluxos de matéria/energia e os elementos condicionantes de sua definição, podem-se apresentar, para uma primeira análise, três níveis interativos [mesoclima, macroclima, microclima]”. 
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: RIBEIRO, Antonio Giacomini. As escalas do clima. Boletim de Geografia Teorética, Rio Claro, v. 23. n. 45-46, p. 288-294, 1993. <http://www.geografia.fflch.usp.br/graduacao/apoio/Apoio/Apoio_Emerson/2015/diurno/Refer%C3%AAncias%20Bibliogr%C3%A1ficas/RIBEIRO_Antonio_Giacomini_As_escalas_do_clima.pdf>. Acesso em 27 de jun. 2018. 
· Considerando essas informações e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre mesoclima, macroclima, microclima, analise as seguintes assertivas e marque V para as asserções verdadeiras e F para as asserções falsas.
I. ( ) O mesoclima é a maior unidade de área da escala espacial, na qual são representados os climas regionais.
II. ( ) O macroclima é a maior unidade de área da escala espacial. É nessa escala que são abordados o clima global, clima zonal e o clima regional.
III. ( ) O microclima é a menor escala espacial entre as três apresentadas e, consequentemente, a mais imprecisa.
IV. ( ) O microclima é a menor unidade espacial, mas a mais precisa. 
· Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
· Nota: 10.0
	
	A
	F – F – V – V
	
	B
	F – V – V – F
Você assinalou essa alternativa (B)
Você acertou!
A sequência correta é F – V – V – F. “O macroclima, como o nome já indica, é a maior unidade de área da escala espacial. É nessa escala que são abordados os climas do planeta (clima global), suas divisões latitudinais (clima zonal) e suas subdivisões em regiões (clima regional) [...]. Em termos de extensão espacial, um macroclima pode se definir na ordem de milhões de quilômetros quadrados (km²) [...]. O mesoclima é a unidade espacial média, como o próprio nome indica. Nessa escala espacial é que são representados os climas regionais, as subdivisões de um macroclima - escalas que não são definidas pela influência apenas da circulação atmosférica, mas também de agentes regionais da paisagem, como florestas densas, estepes, desertos etc. É também nessa escala que são estudados os sistemas locais severos, como tornados e grandes temporais [...]. O microclima é a menor escala espacial entre as apresentadas e, consequentemente, a mais imprecisa. A dimensão espacial dessa escala costuma ser em dezenas de metros quadrados (m2)” (livro-base, p. 31,32).
	
	C
	F – V – F – V
	
	D
	V – V – F – V
	
	E
	V – F – F – V
· 
· Questão 5/10 - Climatologia
· Leia o seguinte extrato de texto: 
· “A preocupação central dos últimos relatórios do IPCC [Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas] tem considerado que os impactos e riscos relacionados às mudanças do clima podem ser reduzidos e gerenciados por meio de diversas e distintas ações e atividades de adaptação e mitigação”. 
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SILVA, V. P.; FRANÇA, G. L. S. Percepções de mudanças do clima, impactos e adaptação para sertanejos do semiárido. Revista Brasileira de Climatologia, Curitiba, v. 22, p. 229-2428, jan./jun., 2018. p. 231. <https://revistas.ufpr.br/revistaabclima/article/view/55958/35036>. Acesso em 2 set. 2018. 
· Levando em consideração o fragmento de texto acima e os conteúdos do livro base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre mitigação e adaptação de impactos ambientais, assinale a afirmativa correta:
· Nota: 10.0
	
	A
	Mitigação é uma ferramenta para reduzir emissões antrópicas de gases de efeito estufa, ao passo que as adaptações são estratégias que buscam minimizar os efeitos causados pelas mudanças climáticas.
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
“A fim de minimizar os impactos ambientais e adotar planejamentos voltados aos problemas esperados para este século, pesquisadores apresentam duas posturas necessárias: mitigação e adaptação. A mitigação surge como mecanismo para atacar a fonte do problema das mudanças climáticas (relacionada ao aquecimento antrópico), ou seja, reduzir as emissões dos gases que intensificam o efeito estufa; enquanto que as ações adaptativas são aquelas que tentam minimizar os impactos gerados pelas mudanças climáticas e produzir alternativas para suportá-los, levando em consideração um cenário já consolidado de alterações ambientais e os problemas já localizados em determinadas localidades (Barbieri; Viana [...])” (livro-base, p. 219,220).
	
	B
	Pesquisadores apresentaram a mitigação e a adaptação como fatores para aumentar os impactos ambientais esperados para este século.
	
	C
	A mitigação está relacionada com ações que tentam minimizar os impactos causados pelas mudanças climáticas, enquanto que a adaptação diz respeito a políticas de redução de gases do efeito estufa.
	
	D
	Em relação à mitigação e à adaptação, foi delegada aos representantes daesfera federal a função de implantar ações que representem as necessidades locais quanto aos problemas ambientais.
	
	E
	As medidas de mitigação e de adaptação são direcionadas aos diferentes agentes nas mudanças climáticas, no entanto, não são soluções eficientes no combate aos impactos ambientais.
· 
· Questão 6/10 - Climatologia
· Leia o seguinte excerto de texto: 
· “A atmosfera da Terra é constituída de gases que são bastante transparentes à passagem da radiação solar, enquanto absorvem grande parte da radiação emitida pela sua superfície aquecida. Isso faz com que a superfície terrestre tenha uma temperatura maior do que poderia ocorrer caso não existisse a atmosfera. Tal fenômeno é conhecido como efeito estufa”. 
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: XAVIER, Maria Emília Rehder; KERR, Américo Adlai Franco Sansigolo. O efeito estufa e as mudanças climáticas globais. <http://www.fap.if.usp.br/~akerr/efeito_estufa.pdf>. Acesso em 06 out. 2018. 
· Tendo em vista a dada citação e os conteúdos do livro base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre o efeito estufa, analise as seguintes assertivas e marque V para as asserções verdadeiras e F para as asserções falsas.
I. ( ) Entre 1970 e 2004, houve aumento de 80% das emissões dos gases do efeito estufa.
II. ( ) O efeito estufa não está relacionado com a problemática do aquecimento global.
III. (  ) Os gases de efeito estufa são essenciais para a manutenção do clima e, quando registrados em excesso, podem aumentar a absorção de calor.
IV. ( ) 20-45% dos gases de efeito estufa devem ser reduzidos a fim de se evitar futuros problemas ambientais. 
· Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
· Nota: 10.0
	
	A
	F – F – F – V
	
	B
	V – V – V – F
	
	C
	V – F – F – F
	
	D
	V – F – V – V
	
	E
	V – F – V – F
Você assinalou essa alternativa (E)
Você acertou!
A sequência correta é V – F – V – F. A afirmativa I é verdadeira, pois, entre 1970 e 2004, houve aumento de 80% das emissões dos gases do efeito estufa. A afirmativa II é falsa, pois o efeito estufa intensifica o aquecimento global. A afirmativa III é verdadeira, pois, os gases de efeito estufa são essenciais para a manutenção do clima e quando registrados em excesso podem aumentar a absorção de calor. A afirmativa IV é falsa, pois 50-85% dos gases de efeito estufa devem ser reduzidos a fim de se evitar futuros problemas ambientais (livro-base, p. 206,207).
· 
· Questão 7/10 - Climatologia
· Atente para a seguinte citação: 
· “A composição da atmosfera pode variar bastante porque componentes materiais normalmente ausentes podem, eventualmente, ser introduzidos na atmosfera. Contudo, gases como o dióxido de carbono, o ozônio e o vapor d’agua, mesmo ocorrendo em pequenas concentrações, são fundamentais em fenômenos meteorológicos ou mesmo para a manutenção da vida”. 
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DIAS, A. A. C.; ANDRADE-NETO, A. V.; MILTÃO, M. S. R. A atmosfera terrestre: Composição e estrutura. Cadernos de Física da UEFS, Feira de Santana, v. 5, n. 1 e 2, p. 21-40, 2007. p. 24. <www.academia.edu/5457743/A_Atmosfera_Terrestre_composição_e_estrutura>. Acesso em 22 set. 2018. 
· Levando em consideração o fragmento de texto acima e os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre os atributos físico-químicos da atmosfera terrestre, analise as seguintes assertivas e marque V para as asserções verdadeiras e F para as asserções falsas:
I. ( ) Em termos físicos e químicos, os gases argônio, oxigênio, nitrogênio, dióxido de carbono, neônio, hélio e ozônio são os mais importantes da atmosfera.
II. ( ) Apenas o nitrogênio, o oxigênio, o argônio e o hélio apresentam concentrações constantes na atmosfera.
III. (  ) Camadas constituídas por gases de composição semelhante ocorrem  na heterosfera.
IV. ( ) Na homosfera, é encontrado material particulado em suspensão, além do vapor d’água. 
· Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
· Nota: 10.0
	
	A
	F – F – F – V
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
A sequência correta é: F – F – F – V. A afirmativa I é falsa, pois somente o nitrogênio, o oxigênio, o argônio, o dióxido de carbono, o ozônio e o vapor d’água são os mais importantes gases da caracterização físico-química da atmosfera. A afirmativa II é falsa, pois apenas o nitrogênio, o oxigênio e o argônio apresentam concentrações constantes na atmosfera. A afirmativa III é falsa, pois, na heterosfera, os gases formam camadas de diferentes composições químicas. A afirmativa IV é verdadeira, porque, na homosfera, é encontrado material particulado em suspensão, além do vapor d’água (livro-base, p. 49,50).
	
	B
	F – V – F – V
	
	C
	V – F – F – V
	
	D
	F – F – V – V
	
	E
	F – V – V – V
· 
· Questão 8/10 - Climatologia
· Leia o seguinte fragmento de texto: 
· “O clima é regido por um conjunto de fenômenos que se fundem no tempo e no espaço, revelando uma unidade ou tipo passíveis de serem medidos em seu tamanho e em seu ritmo. O fenômeno climático é constituído por um conjunto de elementos de naturezas diversas e que convivem ao mesmo tempo no mesmo espaço, em regime de trocas energéticas reciprocas e interdependentes”.
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: RIBEIRO, A. G. As escalas do clima. Boletim de Geografia Teorética, São Paulo, v. 46, n. 23, p. 1-7, 1993. p. 1. <https://edisciplinas.usp.br/.../RIBEIRO_Antonio_Giacomini_As_escalas_do_clima.pdf>. Acesso em 20 set. 2018.
· De acordo com os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre as escalas espaciais do clima. Assinale a alternativa correta:
· Nota: 10.0
	
	A
	Cultivos agrícolas e margens de lagos são áreas suscetíveis a estudos de mesoclima.
	
	B
	No nível mesoclimático, são estudados sistemas locais severos, aos quais estão incluídas áreas com menos de 100m de extensão.
	
	C
	O macroclima está relacionado com movimentos atmosféricos em larga escala.
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
Comentário: Porque a circulação geral da atmosfera é estudada na escala de macroclima (Livro-base, p. 31, 32).
	
	D
	O movimento turbulento do ar na superfície e o estudo do clima urbano são estudados na escala de microclima.
	
	E
	A noção de escala em Climatologia não implica uma ordem hierárquica das grandezas climáticas.
· 
· Questão 9/10 - Climatologia
· Leia o seguinte excerto de texto: 
· “Para haver precipitação, é necessário que não somente a água retorne à fase líquida, processo que recebe o nome de condensação, como também que as gotas cresçam até um tamanho suficiente para que, sob a ação da atração gravitacional, vençam a resistência e as correntes de ar ascendentes”. 
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: VAREJÃO-SILVA, Mário Adelmo. Meteorologia e Climatologia. <http://www.icat.ufal.br/laboratorio/clima/data/uploads/pdf/meteorologia_e_clim atologia_vd2_Mar_2006.pdf.>. Acesso em 22 set. 2018. 
· Conforme os conteúdos do livro-base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre tipos de chuva, analise as seguintes proposições:
I. O movimento convectivo causado por um intenso aquecimento do ar úmido promove a formação de chuva convectiva ou de relevo.
II. A face da vertente com maior pluviosidade é denominada barlavento, enquanto a face com menor umidade devido à barreira física é denominada sotavento.
III. O encontro de duas massas de ar com temperaturas e umidades contrastantes origina a chuva frontal.
IV. A chuva orográfica ou de relevo é formada em locais que apresentam altitudes semelhantes. 
· São corretas apenas as afirmativas:
· Nota: 10.0
	
	A
	II e III
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
As afirmativas II e III são verdadeiras, pois as faces que ficam voltadas para as massas d’água, e por isso recebem maior pluviosidade, são denominadas barlavento,enquanto as vertentes localizadas após a barreira física recebem menos umidade e recebem o nome de sotavento. A chuva frontal é originada pelo encontro de duas massas de ar com temperaturas e umidades contrastantes. A afirmativa I é falsa, pois, a chuva convectiva ou de origem térmica ocorre em razão do movimento convectivo causado por um intenso aquecimento do ar úmido. A afirmativa IV é falsa, pois a chuva orográfica é formada pela presença de um diferencial de altitude significativo (livro-base, p. 90,91).
	
	B
	II, III e IV
	
	C
	II e IV
	
	D
	I, II e IV
	
	E
	I e III
· 
· Questão 10/10 - Climatologia
· Leia o seguinte excerto de texto: 
· “Nuvens são classificadas com base em dois critérios: aparência e altitude. Com base na aparência, distinguem-se três tipos: cirrus, cumulus e stratus [...]. Com base na altitude, as nuvens mais comuns na troposfera são agrupadas em quatro famílias: nuvens altas, médias, baixas e nuvens com desenvolvimento vertical”. 
· Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: GRIMM, Alice Marlene. O processo de formação de nuvens e de chuva. <http://www.geografia.fflch.usp.br/graduacao/apoio/Apoio/Apoio_Emerson/Texto_Precipitacao.pdf>. Acesso em 06 out. 2018. 
· Levando em consideração o fragmento de texto e os conteúdos do livro base Introdução à climatologia: Conceitos, pesquisas e ensino sobre a classificação das nuvens, analise as seguintes assertivas e marque V para as asserções verdadeiras e F para as asserções falsas.
I. ( ) Estratos são consideradas nuvens médias, pois estão a menos de 2 quilômetros da superfície da litosfera.
II. ( ) As nuvens altas são compostas por cristais de gelo e estão acima de 7 quilômetros da superfície e são denominadas cúmulos.
III. (  ) As nuvens médias, classificadas como prefixo alto, possuem entre 2 e 7 quilômetros de altura.
IV. ( ) As nuvens de desenvolvimento vertical, também denominadas cirrus, apresentam entre 2 e 7 quilômetros de altura. 
· Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
· Nota: 10.0
	
	A
	F – V – F – V
	
	B
	V – V – F – V
	
	C
	F – F – V – F
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
A sequência correta é: F – F – V – F. A afirmativa I é falsa, pois, os estratos são considerados nuvens baixas. A afirmativa II é falsa, pois as nuvens altas são classificadas utilizando o prefixo cirrus. A afirmativa III é verdadeira, pois as nuvens médias têm suas bases entre 2 e 7 quilômetros de altura, o que permite que elas sejam formadas por água já no estado líquido e são classificadas como prefixo. A afirmativa IV é falsa, pois as nuvens de desenvolvimento vertical possuem suas bases em 2 quilômetros, podendo atingir 18 quilômetros de altura em seu topo e são classificadas como cúmulos (livro-base, p. 87,88).
	
	D
	V – F – V – F
	
	E
	F – F – V – V
image1.wmf
image2.wmf

Continue navegando

Outros materiais