Buscar

TIPOS DE SEMEADURA E URINOCULTURA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

TIPOS DE SEMEADURA E URINOCULTURA
Pré Teste
1. 
Para o isolamento de microrganismos em cultura pura, uma das técnicas mais utilizadas é o esgotamento, havendo diversos outros tipos de semeaduras. 
Qual das técnicas a seguir não constitui uma técnica de semeadura?
Resposta incorreta.
A. 
Estrias simples.
As estrias simples constituem uma técnica de semeadura para isolamento de microrganismos.
Resposta incorreta.
B. 
Pour plate.
A pour plate constitui uma técnica de semeadura para isolamento de microrganismos.
Você acertou!
C. 
Kato-Katz.
A Kato-Katz é uma técnica de parasitologia utilizada para o diagnóstico da infecção humana pelo Schistosoma mansoni.
2. 
As técnicas de isolamento e contagem de microrganismos são utilizadas no setor de microbiologia para a identificação precisa do agente etiológico de uma infecção, a partir de uma população mista. 
As técnicas de semeadura têm por finalidade:
Resposta incorreta.
A. 
o crescimento bacteriano, o isolamento bacteriano e a visualização morfológica.
A visualização morfológica bacteriana é realizada microscopicamente.
Resposta correta.
B. 
o crescimento bacteriano, o isolamento bacteriano e pesquisas das características bioquímicas.
As técnicas de semeadura permitem o crescimento e o isolamento bacterianos, além de pesquisas das características bioquímicas.
Você não acertou!
C. 
o crescimento bacteriano, o enriquecimento bacteriano e o isolamento bacteriano.
3. 
Um estagiário do laboratório Diagnósticos do Brasil recebeu uma amostra de pele, coletada da lesão profunda de uma paciente com suspeita de infecção por Staphylococcus aureus, uma bactéria Gram-positiva e coagulase-positiva. Ele, então, submeteu a amostra a uma técnica para isolamento e diferenciação do microrganismo. 
Qual foi a primeira etapa realizada pelo estagiário?
Você acertou!
A. 
Semeadura em ágar sangue de carneiro e visualização de esfregaços corados pelo método de Gram.
As Staphylococcus aureus são bactérias Gram-positivas e hemolíticas; portanto, sua identificação é feita por meio de isolamento em ágar sangue de carneiro (seletivo para bactérias produtoras de hemolisinas), seguida da visualização em esfregaços corados pelo método de Gram, para confirmação da positividade, ou do teste de coagulase.
Resposta incorreta.
B. 
Enriquecimento em caldo e repique em meio seletivo.
As Staphylococcus aureus são bactérias Gram-positivas e hemolíticas; portanto, sua identificação é feita por meio de isolamento em ágar sangue de carneiro (seletivo para bactérias produtoras de hemolisinas), seguida da visualização em esfregaços corados pelo método de Gram, para confirmação da positividade, ou do teste de coagulase.
Resposta incorreta.
C. 
Semeadura em caldo e visualização de esfregaços corados por iodeto.
As Staphylococcus aureus são bactérias Gram-positivas e hemolíticas; portanto, sua identificação é feita por meio de isolamento em ágar sangue de carneiro (seletivo para bactérias produtoras de hemolisinas), seguida da visualização em esfregaços corados pelo método de Gram, para confirmação da positividade, ou do teste de coagulase.
4. 
Os meios de cultura podem ser seletivos ou diferenciais. Os meios seletivos selecionam determinadas espécies pela inibição do crescimento de outras. Os meios diferenciais são produzidos para isolamento de microrganismos com base em suas características bioquímicas ou fisiológicas, diferenciando-os das demais espécies presentes. Em relação a amostras clínicas, é recomendada a semeadura do meio menos seletivo para o mais seletivo. 
Qual é a ordem correta de semeadura de uma amostra de lavado broncoalveolar?
Resposta incorreta.
A. 
MacConkey – Ágar chocolate – Ágar sangue.
O ágar chocolate é um meio não seletivo para cultivo de bactérias delicadas e exigentes, como a Neisseria. O ágar sangue também não é seletivo, mas é diferencial pela caracterização de hemólise. Já o ágar MacConkey é seletivo para bactérias Gram-negativas e diferencial para bactérias lactose-dependentes.
Resposta incorreta.
B. 
MacConkey – Ágar sangue – Ágar chocolate.
O ágar chocolate é um meio não seletivo para cultivo de bactérias delicadas e exigentes, como a Neisseria. O ágar sangue também não é seletivo, mas é diferencial pela caracterização de hemólise. Já o ágar MacConkey é seletivo para bactérias Gram-negativas e diferencial para bactérias lactose-dependentes.
Você acertou!
C. 
Ágar chocolate – Ágar sangue – MacConkey.
O ágar chocolate é um meio não seletivo para cultivo de bactérias delicadas e exigentes, como a Neisseria. O ágar sangue também não é seletivo, mas é diferencial pela caracterização de hemólise. Já o ágar MacConkey é seletivo para bactérias Gram-negativas e diferencial para bactérias lactose-dependentes.
5. 
No método das diluições em placas, também conhecido por método das diluições seriadas, são preparadas diluições sucessivas em tubos e, em seguida, procede-se ao plaqueamento. Evidentemente, nos tubos muito diluídos não haverá células suficientes, assim como nos muito concentrados haverá células em excesso. 
Qual das quantidades de colônias mostradas na figura a seguir é a ideal para contagem?
Resposta incorreta.
A. 
Número excessivo.
O ideal é que cada placa escolhida para contagem contenha um número considerado significativo no método em questão. Para bactérias, em geral, é de, no mínimo, 20 a 30 colônias e, no máximo, 200 a 300 colônias.
Você acertou!
B. 
159 colônias.
O ideal é que cada placa escolhida para contagem contenha um número considerado significativo no método em questão. Para bactérias, em geral, é de, no mínimo, 20 a 30 colônias e, no máximo, 200 a 300 colônias.
Resposta incorreta.
C. 
17 colônias.
O ideal é que cada placa escolhida para contagem contenha um número considerado significativo no método em questão. Para bactérias, em geral, é de, no mínimo, 20 a 30 colônias e, no máximo, 200 a 300 colônias.
Pós Teste
1. 
Meios de cultura seletivos selecionam determinadas espécies de microrganismos através da inibição do crescimento de outras, pela ação de substâncias presentes em sua composição; enquanto meios de cultura diferenciais são produzidos para isolamento de microrganismos com base em suas características bioquímicas ou fisiológicas, diferenciando-o das demais espécies presentes na amostra. Qual é o meio de cultura seletivo-diferencial comumente utilizado em urinocultura?
Resposta incorreta.
A. 
Thayer-Martin;
O Thayer-Martin é um meio de cultura seletivo apenas para bactérias do gênero Neisseria.
Resposta incorreta.
B. 
MacConkey;
O ágar MacConkey é um meio de cultura inibidor de bactérias Gram-positivas e algumas Gram-negativas fastidiosas, além de diferencial para bactérias lactose-dependentes.
Você acertou!
C. 
CLED.
O ágar CLED (cisteína, lactato, eletrólito deficiente) é um meio de cultura muito utilizado em urinocultura, contendo azul de bromotimol: a cor original do meio é verde, tornando-se amarelo quando na presença de bactérias lactose-positivas.
2. 
Durante uma aula prática de Microbiologia, o professor isolou uma cultura de Escherichia coli e posteriormente realizou a contagem de colônias viáveis através de uma série de diluições consecutivas, plaqueando um volume de inóculo igual a 0,1 mL. Qual foi a técnica de contagem realizada pelo professor?
Você acertou!
A. 
Diluições em placas;
Também conhecido por método das diluições seriadas ou spread plate, é um método tanto para isolamento quanto para contagem de microrganismos; no qual são preparadas diluições sucessivas e as colônias são contadas na diluição apropriada.
Resposta incorreta.
B. 
Filtração;
O método da filtração é utilizado para materiais líquidos onde se espera uma pequena quantidade de microrganismos, como água de abastecimento das cidades; no qual 100 mL de amostra são filtrados em uma membrana porosa que retém os microrganismos.
Resposta incorreta.
C. 
Contagem microbiológica do ar.
O método de contagem de microrganismos do ar é utilizado para determinação da quantidade de microrganismos no ar; no qual placas contendo meio de cultura são expostasao ar ambiente por determinado período de tempo e os microrganismos de depositam pela ação da gravidade.
3. 
Quando o plaqueamento é realizado utilizando-se o método do espalhamento, também conhecido por spread plate, uma alíquota de 0,1 mL é espalhada de maneira uniforme sobre o ágar com uma alça de Drigalsky. Após a incubação, a contagem deve ser preferencialmente realizada na placa cuja diluição contenha entre:
Resposta incorreta.
A. 
5 e 10 colônias;
Após a incubação, a contagem pelo método do espalhamento deve ser preferencialmente realizada na placa cuja diluição tenha proporcionado o crescimento de 10 a 100 colônias.
Resposta incorreta.
B. 
5 e 50 colônias;
Após a incubação, a contagem pelo método do espalhamento deve ser preferencialmente realizada na placa cuja diluição tenha proporcionado o crescimento de 10 a 100 colônias.
Você acertou!
C. 
10 e 100 colônias.
Após a incubação, a contagem pelo método do espalhamento deve ser preferencialmente realizada na placa cuja diluição tenha proporcionado o crescimento de 10 a 100 colônias.
4. 
Um biomédico microbiologista realizou uma série de diluições com uma amostra de urina, para posterior contagem das unidades formadoras de colônia (UFC) obtidas. As diluições estão demonstradas na figura a seguir. Considerando-se que foram contadas 175 colônias na diluição 10-3, qual foi o número de UFC/mL?
Resposta incorreta.
A. 
1,75 × 102 UFC/mL;
O número de UFC/mL é obtido multiplicando-se o número de colônias contadas pelo fator de diluição: 175 × 103 = 1,75 × 105.
Resposta incorreta.
B. 
1,75 × 103 UFC/mL;
O número de UFC/mL é obtido multiplicando-se o número de colônias contadas pelo fator de diluição: 175 × 103 = 1,75 × 105.
Você acertou!
C. 
1,75 × 105 UFC/mL.
O número de UFC/mL é obtido multiplicando-se o número de colônias contadas pelo fator de diluição: 175 × 103 = 1,75 × 105.
5. 
Durante uma análise de urina, a biomédica Julyanna realizou primeiramente a rotina de urina (urina I) e a sedimentoscopia de um paciente sem sintomas de infecção urinária. Ao observar a presença de leucócitos e bactérias, a microbiologista procedeu com a urinocultura e a conduta foi identificação microbiana (I+ teste de sensibilidade antimicrobiana (TSA). Qual foi a contagem de colônias da amostra do paciente, em UFC/mL?
Você acertou!
A. 
≥ 100.000 UFC/mL;
Para contagens iguais ou superiores a 100.000 UFC/mL e presença de leucócitos, mesmo sob ausência de sintomas, a conduta é identificação microbiana (ID) e teste de sensibilidade antimicrobiana (TSA).
Resposta incorreta.
B. 
Sem crescimento;
Quando não há crescimento microbiano, mesmo na presença de leucócitos e de sintomas, a interpretação/conduta é negativo.
Resposta incorreta.
C. < 1.000 UFC/mL.
Para contagens inferiores a 100.000 UFC/mL, mesmo com presença de leucócitos, a ausência de sintomas determina conduta de apenas identificação microbiana (ID).
image2.png
image3.png
image1.wmf
  • Relacionados
  • Inteligência Artificial