Buscar

Esta é uma pré-visualização de arquivo. Entre para ver o arquivo original

AVALIAÇÃO DOSRESULTADOS 
• Analisando o circuito e o programa do microcontrolador, qual 
é a condição para que o LED acenda? Qual é a influência do 
delay escolhido no estado do LED? 
Para que o LED ascenda é preciso fazer as configur ações cor r etas das entradas e saidas e 
descarregar o programa. O delay influencia no tempo para ligar o LED e o mesmo tempo que 
ele permanecerá ligado depois de soltar o botão 
• Qual porta está configurada como uma entrada digital e qual 
porta está configurada como saída digital? 
A porta 22 está configurada como entrada digital, conectada ao botão A porta 12 está 
configurada como saída digital, conectada ao led 
 • Qual o papel do Push-Button no circuito? 
Ao precionar o botão o circuito atualiza a leitura do estado do botão (porta 22) e atualiza o 
nível de tensão enviado ao LED. Fazendo com ele ascenda de acordo com tempo programadaso 
no dalay. 
AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS 
• Descreva o comportamento do circuito após o programa ter sido 
carregado ao módulo ESP32. 
 
Após carregar o programa no ESP32 o LED irá piscar conforme os valores colocados no 
programa, sendo um valor de tempo p ara o nível alto e o outro para o nível baixo 
• O que acontece caso seja definida uma porta diferente no 
programa da porta utilizada no circuito para conectar o módulo 
ao LED? 
O LED não funcionada em porta difirente da programada, por isso o endereçamento deve ser 
correto 
• Como o valor de delay interfere na dinâmica do circuito? O que 
acontece caso se defina um valor muito alto para o primeiro delay 
e muito baixo para o segundo delay? 
O valor de delay representa o tempo em (ms) qu e manterá o nível daquela saída 
em nível baixo ou alt o. O prime iro delay se ficar mu ito alto, fará com que a saída se 
mantenha em nível alto p or um longo período de tempo , ficando o LED aceso e não 
sendo possível visualizar o delay de nível baixo devido ser um p equeno o valor. 
AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS 
• Qual o valor da temperatura inicial do sistema? Qual a resistência 
inicial do sistema medida pelo multímetro? 
Medida Temperatura (°C) Resistência (mΩ) 
1 25 645,12 
2 27 651,2 
3 29 656,4 
4 31 662 
5 33 667,6 
 
6 35 673,2 
7 37 678,8 
8 39 684,9 
9 41 689,1 
10 43 696,2 
11 45 700,8 
12 47 706,1 
13 49 711,6 
14 51 717,2 
15 53 722,8 
16 55 728,1 
17 57 733,6 
18 59 739,2 
19 61 744,8 
20 53 750,4 
Tabela 1 – Dados experimentais 
• Com base no gráfico construído, qual o comportamento 
apresentado pela resistividade do material quando este é 
submetido a uma variação de temperatura? 
O material tem sua resistividade variada, assim como varia o seu aumento de 
calor. 
Na sua opinião o material sofreria variação em sua resistividade se ao 
invés de aquecido fosse resfriado? Explique. 
Sim, pelo fato do material sofrer variação térmica. 
• Calcule o coeficiente de temperatura da resistividade do material 
utilizado no experimento 
 
AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS 
• Qual a ordem de acionamento dos LEDs? E em qual tensão cada LED 
acende? 
A ordem de acionamento é: 1º o verde, 2º o amarelo e 3º o vermelho Os Leds: verde acende 
com tensão superior a 0,5V amarelo acende com tensão superior a 1,5V vermelho acende 
com tensão superior a 2,0V 
• Qual o papel do potenciômetro no circuito? 
Com o Potenciômetro é possível gerar um sinal de tensão variável analógico dentro do 
limite de 0V a3,3V, onde o valor de leitura da Entrada Analógica gera um número inteiro 
dentro do programa e consequentemente conseguimos efetuar lógicas no software para o 
controle de Saídas Digitais

Teste o Premium para desbloquear

Aproveite todos os benefícios por 3 dias sem pagar! 😉
Já tem cadastro?

Mais conteúdos dessa disciplina