Buscar

Profissional Tradutor e Intérprete de LIBRAS

Prévia do material em texto

65 
 
 
 
 
 
Sendo assim, em cada lugar ou instituição onde se encontre uma pessoa surda, há a 
necessidade do profissional que tenha domínio de ambas as línguas – a oral e a de sinais. 
Tal profissional não deve ser apenas proficiente nas línguas em foco, mas também ter uma 
formação apropriada, na qual o mesmo obterá os conhecimentos técnicos e científicos da área, 
conforme ensina Lacerda (2010, p. 20): 
 
 
Em alguns momentos confunde-se o tradutor com o intérprete. Tecnicamente falando, o 
intérprete da Língua de Sinais é aquele que converte esta língua para a oral e vice-versa. No 
caso do tradutor, tem-se um profissional que faz a conversão das línguas orais ou de sinais para 
outra, sendo que escrita; ou ainda, transforma a língua escrita para a forma oral ou de sinais. 
Entretanto, a interpretação está inclusa na tradução por esta ser um termo mais amplo. 
(QUADROS, 2002). 
Clique nas imagens para ampliá-las: 
Tópico 02: O que vem a ser esse profissional? 
Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) 
Aula 03: O Profissional tradutor e intérprete da língua de sinais (TILS) 
 
 
Considerando que a Língua de Sinais é a língua natural das comunidades surdas, 
articulada através do canal viso-espacial, utilizando-se as mãos, as expressões faciais 
e corporais, o profissional Intérprete da Língua de Sinais é, portanto, aquele que 
possibilitará o contato da pessoa surda com o meio oral- auditivo desde simples 
situações às mais complexas como, por exemplo, telefonemas, casamentos, debates, 
casos trabalhistas, judiciais etc. Trata-se de um profissional que torna possível a 
efetiva participação do surdo em encontros sociais, religiosos, educacionais e 
também políticos, facilitando seu desenvolvimento social e cognitivo. 
(...) a formação deve contribuir para que os alunos (futuros tradutores e 
intérpretes) percebam e analisem um texto para além das palavras, 
apreendendo os sentidos. Obviamente os modos de realizar essa tarefa são 
diferentes para tradutores e intérpretes já que envolvem modalidades 
diferentes de línguas. (...) Com foco na manutenção dos sentidos originais, 
ainda na língua de origem, ele deve ser levado a depreender sentidos.

Mais conteúdos dessa disciplina