A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
21 pág.
Aula 7 e 8 de cargos e salários

Pré-visualização | Página 3 de 3

verificar se o ajustamento estatístico processado apresenta uma boa correlação.
Este trabalho é feito através da aplicação do coeficiente de correlação de Pearson ( R ), que expressa 
o afastamento dos pontos observados em relação à reta de regressão. Deste modo à correlação mede 
a força ou o grau de relacionamento linear entre duas variáveis, dando o conceito de interdependência 
entre as 2 variáveis e o grau de confiança com a amostra ajustada.
O coeficiente de correlação é um número absoluto situado entre -1 e +1 . Quanto mais próximo de +1, 
melhor será a correlação estabelecida. Valores aceitáveis de uma boa correlação situam-se entre 0,8 e 
1.
A correlação pode ser representada como Linear positiva perfeita, Linear negativa perfeita, Linear 
moderada positiva, Linear moderada negativa, não linear e, por último Inexistente.
Para cálculo da correlação linear, utilizamos a verificação pelo cálculo do Desvio – Padrão ( S ) , 
que é uma medida estatística de dispersão dos valores de uma variável, em torno de sua média. È 
obtida a partir da raiz quadrada da média aritmética do quadrado dos desvios em relação à própria 
média.
 S x.y
A fórmula geral da correlação é: r = --------------------- 
 √ S x x. Sy y
onde,
 
 ∑ X. ∑ Y
S xy=∑ xy - ------------ 
 n
 
S yy= ∑ y2 - ( ∑ y )2
 -------
 n 
S xx= ∑ x2 - ( ∑ x )2 
 -------
 n
Para verificarmos se a correlação é adequada, é preciso que preparemos uma tabela com os seguintes 
dados obtidos de nossa pesquisa:
Resolvendo as equações, temos:
Este resultado indica que temos um excelente grau de relacionamento linear entre duas variáveis, pois 
estamos bem próximos de+1.
Construindo a Tabela Salarial
A nossa tabela salarial será elaborada a partir do valor dos salários médios de mercado, conseguidos 
através da pesquisa salarial, e ajustados estatisticamente.
Devemos determinar;
a) O número de graus: neste caso já determinamos em 20 graus.
b) Número de classes: trabalharemos com 7 classes
c) Amplitude das faixas salariais: assumiremos a amplitude de 35% 
 d) Onde aplicaremos a Média de mercado ajustada: no ponto mínimo, médio ou máximo.
Nossa tabela salarial finalmente será então construída, a partir dos dados ajustados, conforme quadro 
abaixo, onde adotamos uma política agressiva, ou seja, a média de mercado ajustada foi posicionada 
no ponto mínimo da tabela salarial.
Enquadramento dos cargos nos graus
Diferentemente do escalonamento ou graus predeterminados em que a avaliação dos cargos é feita 
em cada escalonamento, no método de pontos os cargos recebem valores em função de fatores. Os 
cargos nesta etapa da construção da estrutura salarial devem ser agora enquadrados nos graus (entre 
o mínimo e o máximo) em função dos pontos recebidos por ocasião da avaliação. É importante 
observar que cargos da mesma família (Jr, Pl e Sr) estejam situados em graus diferentes. Quando 
ocorrem situações em que cargos de uma mesma família situem-se em um mesmo grau, pode indicar 
que o número de graus é muito pequeno ou a avaliação está incorreta.
Resumo do fluxo de tabulação
 Resumo do fluxo de tabulação 
	Substituindo os valores na equação de regressão ajustante (Ŷ= a + b.x )