A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
P2 27 10 12

Pré-visualização | Página 2 de 2

a) Encontre no gráfico o valor da variação de entalpia padrão, ΔH°, para a equação 3 e 
indique a sua unidade. 
b) Calcule o valor da entropia padrão, ΔS°, em J K-1, para a equação 2. 
c) Explique se é possível decompor, espontaneamente, CO em C e O2. 
d) Para a equação 1, indique a temperatura aproximada a partir da qual esta reação 
deixa de ser espontânea. Justifique sua resposta. 
e) Por que o Mg pode ser usado para converter ZnO em Zn mas Zn não pode converter 
MgO em Mg na faixa de temperatura do gráfico? 
Considere que ΔH° e ΔS° não variam nesta faixa de temperatura. 
 
 
Resolução: 
 
 
 
 
 
 
 
 
c) Não é possível decompor espontaneamente , CO em C e O2. 
Em qualquer temperatura do gráfico (linha 2) mostra que o G é sempre negativo para 
a equação 2. Logo, o inverso da equação 2 apresenta G positivo em todas as 
temperaturas, caracterizando um processo não espontâneo. 
 
2 CO(g) 2 C(s) + O2(g) H = + 200 kJ 
 S = -179 J K-1 
 
e) Usando como exemplo a temperatura de 25 °C. 
 
2 Mg(s) + O2(g)  2 MgO(s) G = -1150 kJ à 25 °C 
2 ZnO(s)  2 Zn(s) O2(g) G = +650 kJ à 25 °C 
 
2 Mg(s) + 2 ZnO(s)  2 Zn(s)+ 2 MgO(s) G = (-1150) + (+650) = - 500 kJ 
 É um processo espontâneo 
 
2 Zn(s) + O2(g)  2 ZnO(s) G = -650 kJ à 25 °C 
2 MgO(s)  2 Mg(s) + O2(g) G = +1150 à 25 °C 
 
2 Zn(s)+ MgO(s) + 2 Mg(s) 2 ZnO(s) G = (-650) + (+1150) = + 500 kJ 
 É um processo não espontâneo 
 
“A todas as temperaturas o gráfico (3) está abaixo do gráfico (1)” 
d) 
T = 3500 K 
A eq. 2 apresenta um H° -700 
kJ e um S= - 200 J K-1 
Logo T> 
3500K
0,200
700

 
A partir de 3500 K, a eq. 2 
apresenta valores de G> 0 
 
 298 K 
b) Inclinação = 
0,184
3800
700
-
3800-0
(-900)-200-

 
 -S = -184 J K-1 
 S = 184 J K-1 
a) G = H - TS 
 T = 0 ; - TS= 0 
Logo G=H= -1200 kJ