A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
52 pág.
Oficina_Python_prog

Pré-visualização | Página 3 de 4

soma.
Obs.: Outro caminho para criar funções é com o uso da 
diretiva lambda.
>>>f = lamda x,y: x+y #uso f(2,3), x e y parametros e entrada
Funções em Python:
def soma(a,b):
return (a+b)
def show(msg):
print msg
Uso:
>>> P = soma(2,3)
>>> print P
>>> 5
O valor P será 5 que é o valor retornado pela função soma.
Obs.: Outro caminho para criar funções é com o uso da 
diretiva lambda.
>>>f = lamda x,y: x+y #uso f(2,3), x e y parametros e entrada
 
Funções/Procedimento/Métodos
import urllib #importar o módulo urllib
 
Funções/Procedimentos/Métodos
Testando
#obtêm nome do site
url_name = raw_input("Digite url(endereço do site): ") 
html = urllib.urlopen(url_name) #abre site
page_content = html.read() # lê conteúdo do site
print extract_link(url_name) #imprime primeiro url encontrado
Testando
#obtêm nome do site
url_name = raw_input("Digite url(endereço do site): ") 
html = urllib.urlopen(url_name) #abre site
page_content = html.read() # lê conteúdo do site
print extract_link(url_name) #imprime primeiro url encontrado
 
Arquivos
● A função open(): retorna a referência para um arquivo do 
qual serão lidos os dados.
Sintaxe: open('nome_do_arquivo', modo)
O modo pode ser (como string/letra) 'w' (escrita/write), 
'r'(leitura/read) e a(append).
'w' – abre arquivo em modo escrita para adicionar conteúdo;
'r' – abre arquivo no modo para leitura;
'a' – abre arquivo para escrita com novo conteúdo sendo 
adicionado ao final do mesmo.
● A função open(): retorna a referência para um arquivo do 
qual serão lidos os dados.
Sintaxe: open('nome_do_arquivo', modo)
O modo pode ser (como string/letra) 'w' (escrita/write), 
'r'(leitura/read) e a(append).
'w' – abre arquivo em modo escrita para adicionar conteúdo;
'r' – abre arquivo no modo para leitura;
'a' – abre arquivo para escrita com novo conteúdo sendo 
adicionado ao final do mesmo.
 
Arquivos
● Lendo e imprimindo conteúdo:
arq = open('teste.txt') #open('teste.txt','r') modo 'leitura'
#read() lê conteúdo do arquivo e retorna-o como string.
#String sequência de caracteres
conteudo_arq = arq.read()
print conteudo_arq #exibe conteudo do arquivo teste.txt
● Lendo e imprimindo conteúdo:
arq = open('teste.txt') #open('teste.txt','r') modo 'leitura'
#read() lê conteúdo do arquivo e retorna-o como string.
#String sequência de caracteres
conteudo_arq = arq.read()
print conteudo_arq #exibe conteudo do arquivo teste.txt
 
Arquivos
Outras Funções:
readline() - lê linha de um arquivo e incrementa posição no 
arquivo;
readlines() - lê conteúdo e retorna lista contendo em cada 
elemento da lista a linha linha lida do arquivo;
write(dados) - escreve dados em arquivo aberto (modo a 
e/ou w);
close() - fecha o arquivo aberto, salvando alterações se 
necessário.
Obs.: É necessário fechar todo arquivo após terminar seu 
uso, quando da execução de um programa, pois este 
consome recursos do computador que poderiam ser 
alocados para outras tarefas.
Outras Funções:
readline() - lê linha de um arquivo e incrementa posição no 
arquivo;
readlines() - lê conteúdo e retorna lista contendo em cada 
elemento da lista a linha linha lida do arquivo;
write(dados) - escreve dados em arquivo aberto (modo a 
e/ou w);
close() - fecha o arquivo aberto, salvando alterações se 
necessário.
Obs.: É necessário fechar todo arquivo após terminar seu 
uso, quando da execução de um programa, pois este 
consome recursos do computador que poderiam ser 
alocados para outras tarefas.
 
Programação Orientada a Objetos
Definição: é um modelo de programação (paradigma de 
programação) que lida com objetos que são criados e 
modelados por abstrações na forma de classes que servem a 
sua criação e definição de suas operações (método) e 
atributos. 
Exemplo: Uma classe que modele um estudante de uma 
dada escola. Veríamos que seus atributos seriam suas notas, 
número de faltas, estado aprovado (sim ou não V/F) etc; já as 
operações ou métodos seriam o cálculo de sua média por 
unidade, cálculo da média final, etc.
Definição: é um modelo de programação (paradigma de 
programação) que lida com objetos que são criados e 
modelados por abstrações na forma de classes que servem a 
sua criação e definição de suas operações (método) e 
atributos. 
Exemplo: Uma classe que modele um estudante de uma 
dada escola. Veríamos que seus atributos seriam suas notas, 
número de faltas, estado aprovado (sim ou não V/F) etc; já as 
operações ou métodos seriam o cálculo de sua média por 
unidade, cálculo da média final, etc.
 
Programação Orientada a Objetos
Vamos agora a um simples exemplo em PythonVamos agora a um simples exemplo em Python
 
Programação Orientada a Objetos
>>> class MinhaClasse(object):
... def __init__(self, parametro1, parametro2):
... self.par1 = parametro1
... self.par2 = parametro2
... def metodo_Soma_Parametros(self):
... return self.par1 + self.par2
... 
>>> objeto = MinhaClasse('Ola', 'Mundo')
>>> objeto.metodo_Soma_Parametros()
'OlaMundo'
>>> objeto = MinhaClasse(1, 2)
>>> objeto.metodo_Soma_Parametros()
3
>>> objeto = MinhaClasse(complex(1,2),complex(1,3))
>>> objeto.metodo_Soma_Parametros()
(2+5j)
>>> class MinhaClasse(object):
... def __init__(self, parametro1, parametro2):
... self.par1 = parametro1
... self.par2 = parametro2
... def metodo_Soma_Parametros(self):
... return self.par1 + self.par2
... 
>>> objeto = MinhaClasse('Ola', 'Mundo')
>>> objeto.metodo_Soma_Parametros()
'OlaMundo'
>>> objeto = MinhaClasse(1, 2)
>>> objeto.metodo_Soma_Parametros()
3
>>> objeto = MinhaClasse(complex(1,2),complex(1,3))
>>> objeto.metodo_Soma_Parametros()
(2+5j)
 
Programação Orientada a Objetos
>>> class Pessoa(object):
... def __init__(self,nome,data_nasc,sexo, idade=0):
... self.nome = nome
... self.data_nasc = data_nasc
... self.sexo = sexo
... self.idade = idade
... def envelhecer(self):
... self.idade += 1
... 
>>> class Homem(Pessoa):
... def say(self):
... print 'Olá meu nome é ', self.nome
... 
>>> Pedro = Homem('Pedro','01/12/1987','M')
>>> Pedro.say()
Olá meu nome é Pedro
>>> class Pessoa(object):
... def __init__(self,nome,data_nasc,sexo, idade=0):
... self.nome = nome
... self.data_nasc = data_nasc
... self.sexo = sexo
... self.idade = idade
... def envelhecer(self):
... self.idade += 1
... 
>>> class Homem(Pessoa):
... def say(self):
... print 'Olá meu nome é ', self.nome
... 
>>> Pedro = Homem('Pedro','01/12/1987','M')
>>> Pedro.say()
Olá meu nome é Pedro
 
Programação Orientada a Objetos
Nó código anterior percebemos uma 'iteração' entre as 
classes 'Homem' e 'Pessoa' a qual permitiu a classe homem 
acessar atributos e métodos definidos em pessoa. Isso 
chama-se herança ou seja uma dada classe herda 
características de outra. Obs.: é possível haver herança 
múltipla onde uma dada classe herda de mais de uma 
classe, ou seja,
class Minhaclasse(Classe1,Classe2,...)
por exemplo. O suporte a herança múltipla bem como seu 
uso e limitações dependem da linguagem de programação 
em uso. Aqui estamos a usar a linguagem interpretada 
Python.
Nó código anterior percebemos uma 'iteração' entre as 
classes 'Homem' e 'Pessoa' a qual permitiu a classe homem 
acessar atributos e métodos definidos em pessoa. Isso 
chama-se herança ou seja uma dada classe herda 
características de outra. Obs.: é possível haver herança 
múltipla onde uma dada classe herda de mais de uma 
classe, ou seja,
class Minhaclasse(Classe1,Classe2,...)
por exemplo. O suporte a herança múltipla bem como seu 
uso e limitações dependem da linguagem de programação 
em uso. Aqui estamos a usar a linguagem interpretada 
Python.
 
Interpretada x Compilada
Uma linguagem é dita ser interpretada quando seu código é 
executado por outro programa, o 'interpretador', que lê as 
instruções do código executando-as passo à passo;