A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
619 pág.
manual_implantacao_basica_rodovia_publ_ipr_742

Pré-visualização | Página 25 de 50

Caso seja detectada a existência de vestígios, deve ser implementado um 
programa de salvamento desses bens. 
Interferência com Populações 
Indígenas. 
Contato do empreendedor com a Fundação Nacional do Índio para o 
planejamento e normatização dos casos de interferências com as comunidades 
indígenas. 
Manual de Implantação Básica de Rodovia 
 
106 
MT/DNIT/IPR 
3.6. PLANO BÁSICO AMBIENTAL – PBA 
3.6.1. A finalidade do PBA e sua constituição 
O PBA deve ser entendido como o documento que apresenta, detalhadamente, todas as medidas 
mitigadoras e de controle referentes aos Programas Ambientais propostos no EIA e eventuais 
exigências do IBAMA, e deve ser apresentado para a obtenção da Licença de Instalação. 
Vale dizer que este instrumento tem, para o tratamento ambiental a ser implantado na área de 
influência de um empreendimento, o mesmo significado que o Projeto de Engenharia detém, 
relativamente à execução de obras de construção. 
O PBA, cuja elaboração deve pautar-se no disposto no competente Escopo Básico de Serviço 
mencionado na Tabela 5 da subseção 3.2.2, é constituído, basicamente de: 
 Relatório Informativo, contendo informações gerais sobre o empreendimento, o EIA/RIMA, 
o processamento do Licenciamento Prévio Ambiental e os Programas Ambientais, bem como 
a Planilha de Interface ―Programas Ambientais x Projeto de Engenharia‖, o orçamento, o 
cronograma, as conclusões e anexos. 
 Elenco de Programas Ambientais a serem implementados/implantados, observando-se o que 
se expõe a seguir. 
3.6.2. Os Programas ambientais e sua correspondência com os impactos 
Os Programas Ambientais devem ser elaborados de conformidade com as competentes Instruções de 
Serviço listadas na Tabela 6 da subseção 3.2.2 e observando-se o disposto nas subseções 3.5.1 e 
3.5.2. 
De fato, na elaboração do Programa Ambiental correspondente a um determinado conjunto de 
medidas, tais medidas devem ser objeto de um apurado processo de análise, envolvendo tópicos 
relacionados com agregação, consolidação e interatividades, dentro do objetivo de vir a assumir, 
segundo formatação padronizada, os atributos de concisão, de detalhamento, de objetividade e de 
precisão; atributos estes essenciais, no sentido de que a implantação/implementação das medidas 
venha a alcançar a eficácia e a eficiência desejáveis e de conformidade com as respectivas 
finalidades. 
Manual de Implantação Básica de Rodovia 
 
107 
MT/DNIT/IPR 
A Planilha 4, a seguir, mostra a correlação entre os impactos relacionados a título de exemplo na 
Planilha 2, focalizada na subseção 3.5.3, e os Programas Ambientais correspondentes que, em muitos 
casos, de forma cumulativa, traduzem a respectiva contrapartida do tratamento ambiental para o 
efeito impactante do empreendimento rodoviário. 
Planilha 4 - Correlação Impactos/Programas Ambientais 
 
P
ro
g
ra
m
a
s
 A
m
b
ie
n
ta
is
 
 
 
 
 
 
Im
p
a
c
to
s
 A
m
b
ie
n
ta
is
Aumento da Emissão de Ruídos, Poeiras e Gases
Início e/ou Aceleração de Processos Erosivos
Carreamento de Sólidos e Assoreamento da Rede de
Drenagem
Interferências com a Qualidade das Águas Superficiais
e Subterrâneas
Interferências com Mananciais Hídricos.
Alteração no Desenvolvimento das Atividades
Minerárias.
Deposição de Material de Descarte(Bota-fora)
Supressão da Vegetação Nativa
Ampliação da Fragmentação dos Ambientes Florestais
Aumento da Pressão sobre os Recursos Vegetais
Risco de Incêndios
Alteração nos Hábitos da Fauna
Aumento da Caça Predatória
Formação de Ambientes Propícios ao Desenvolvimento 
de Vetores
Alteração na Estrutura de Taxocenoses Aquáticas
Redução da Área de Produção Agropecuária
Alteração no Cotidiano da População
Alteração no Quadro Demográfico
Alteração no Nível Atual e na Tendência de Evolução
da Taxa de Acidentes
Possibilidades de Acidentes com Cargas Perigosas
Aumento da Oferta de Postos de Trabalho
Aumento da Demanda por Bens e Serviços
Aumento da Renda Local e das Arrecadações Públicas
Redução do Consumo de Combustível
Aumento do Tráfego de Veículos e Máquinas
Melhoria dos Acessos Vicinais
Alteração nas Condições de Fragmentação das Áreas
Urbanas
Interferência com Infraestrutura Viária e de
Transmissão
Alteração no Quadro de Saúde
Interferência com o Patrimônio Arqueológico e
Espeleológico
Interferência com Populações Indígenas
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 C
o
n
tr
o
le
 d
e
 P
ro
c
e
s
s
o
s
 E
ro
s
iv
o
s
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 R
e
c
u
p
e
ra
ç
ã
o
 d
e
 Á
re
a
s
 D
e
g
ra
d
a
d
a
s
●
●
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 P
a
is
a
g
is
m
o
●
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 R
e
c
u
p
e
ra
ç
ã
o
 d
e
 P
a
s
s
iv
o
s
 A
m
b
ie
n
ta
is
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 M
e
lh
o
ri
a
 d
e
 T
ra
v
e
s
s
ia
s
 U
rb
a
n
a
s
●
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 R
e
d
u
ç
ã
o
 d
o
 D
e
s
c
o
n
fo
rt
o
 e
 A
c
id
e
n
te
s
 n
a
 
F
a
s
e
 d
e
 O
b
ra
s
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 C
o
n
tr
o
le
 d
e
 M
a
te
ri
a
l 
P
a
rt
ic
u
la
d
o
, 
G
a
s
e
s
 e
 
R
u
íd
o
s
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 S
e
g
u
ra
n
ç
a
 e
 S
a
ú
d
e
 d
a
 M
ã
o
-d
e
-O
b
ra
●
●
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 P
ro
te
ç
ã
o
 à
 F
lo
ra
 e
 F
a
u
n
a
●
●
●
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 T
ra
n
s
p
o
rt
e
 d
e
 P
ro
d
u
to
s
 P
e
ri
g
o
s
o
s
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 D
e
s
a
p
ro
p
ri
a
ç
ã
o
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 R
e
a
s
s
e
n
ta
m
e
n
to
 d
a
 P
o
p
u
la
ç
ã
o
 d
e
 B
a
ix
a
 
R
e
n
d
a
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 A
p
o
io
 à
s
 C
o
m
u
n
id
a
d
e
s
 I
n
d
íg
e
n
a
s
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 M
o
n
it
o
ra
m
e
n
to
 d
e
 C
o
rp
o
s
 H
íd
ri
c
o
s
●
●
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 O
rd
e
n
a
m
e
n
to
 T
e
rr
it
o
ri
a
l
●
●
●
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 P
ro
te
ç
ã
o
 a
o
 P
a
tr
im
ô
n
io
 H
is
tó
ri
c
o
, 
A
rt
is
ti
c
o
, 
C
u
lt
u
ra
l,
 A
rq
u
e
o
ló
g
ic
o
 e
 E
s
p
e
le
o
ló
g
ic
o
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 M
o
n
it
o
ra
m
e
n
to
 A
m
b
ie
n
ta
l
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
P
ro
g
ra
m
a
 d
e
 G
e
s
tã
o
 A
m
b
ie
n
ta
l 
d
a
s
 O
b
ra
s
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
●
Manual de Implantação Básica de Rodovia 
 
108 
MT/DNIT/IPR 
3.6.3. A apresentação/incorporação do Componente Ambiental no projeto de engenharia 
Conforme exposto anteriormente, vários Programas Ambientais integrantes do PBA – Plano de 
Básico Ambiental