A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
216 pág.
desenho tecnico mecanico

Pré-visualização | Página 24 de 33

de Máquinas – 2006/01
4.60 Elementos de união
Tabela 4.8 – Dimensões da lingüeta e das ranhuras no eixo e no cubo
Dimensões da ranhuraDiâmetro do eixo ou do
cubo
Dimensões da lingueta
Eixo Cubo
b h L t1 t2
< d £ de até
6 8 2 2 6 20 1,2 1
8 10 3 3 6 36 1,8 1,4
10 12 4 4 8 45 2,5 1,8
12 17 5 5 10 56 3 2,3
17 22 6 6 14 70 3 3,3
22 30 8 7 18 90 4 3,3
30 38 10 8 22 110 5 3,3
38 44 12 8 28 140 5 3,3
44 50 14 9 36 160 5,5 3,8
50 58 16 10 45 180 6 4,3
58 65 18 11 50 200 7 4,4
65 75 20 12 56 220 7,5 4,9
75 85 22 14 63 250 9 5,4
85 95 25 14 70 280 9 5,5
95 110 28 16 80 320 10 6,4
Nota: A chaveta, a lingüeta e a chaveta meia-lua, não devem ser cortadas por planos de corte longitudinais.
t
d
+
t
b
t
d
-t
AA
A A
Seção A-A
L L
h h
d
Forma A Forma B
Figura 4.6.3 – União eixo-cubo por lingüeta (chaveta paralela)
Exemplo de seleção e representação da lingüeta e das suas correspondentes ranhuras, para um eixo ou cubo com diâme-
tro igual a 39mm, lingüeta Tipo B.
- Na tabela 4.8 encontram-se: b=12mm h=8mm t1=5mm t2=3,3mm
- O comprimento da lingüeta é dimensão de projeto, em desenho a representamos com comprimento um pouco menor
que a largura do cubo.
- 
Desenho de Máquinas – 2006/01
Elementos de união 4.61
Tabela 4.9 – Dimensões da chaveta meia-lua e das ranhuras no eixo e no cubo
Dimensões do rasgoDiâmetro do Eixo ou do cubo Dimensões da Chaveta meia-lua
Eixo Cubo
< d £ b h D (diâmetro) t1 T2
3 4 1 1,4 4 1 0,6
4 6 1,5 2,6 7 2 0,8
6 8
1
2
1,4
2,6 7
1
1,8
0,6
1
8 10
1,5
2,5
3
2,6
3,7
3,7
10
2
2,9
2,5
0,8
1
1,4
10 12
2
2
4
2,6
3,7
5
13
1,8
2,9
3,5
1
1
1,8
12 17
2,5
3
3
3,7
3,7
5
16
2,9
2,5
3,8
1
1,4
1,4
17 22
4
6
5
9 22
3,5
6,5
1,8
2,8
22 30
5
8
6,5
11 28
4,5
8
2,6
3,3
30 38
6
10
9
13 32
6,5
10
2,8
3,3
>38 --------
8
10
11
15 65
8
12
3,3
3,3
1t
d-
t d
+
td
1
2
A
A Seção A-A
b
D
h
t
Figura 4.6.4 – União eixo-cubo por chaveta meia-lua
Exemplo de seleção e representação da lingüeta meia-lua e das suas correspondentes ranhuras, para um eixo ou cubo
com diâmetro igual a 30mm.
- Na tabela 4.9 encontram-se: b=8mm h=11mm f=28mm t1=8mm t2=3,3mm
Desenho de Máquinas – 2006/01
4.62 Elementos de união
Tabela 4.10 – Dimensões das canaletas para eixo e para cubo
Diâmetro
de referência
Diâmetro
 do eixo
Largura da
canaleta
Número de
canaletas
Diâmetro do eixo
Largura da
canaleta
Número de
canaletas
d D b Z D b Z
11 14 4 4 14 3 6
13 16 5 4 16 3,5 6
16 20 6 4 20 4 6
18 22 7 4 22 5 6
21 25 8 4 25 5 6
23 26 6 6 28 6 6
26 30 6 6 32 6 6
28 32 7 6 34 7 8
32 36 6 8 38 6 8
36 40 7 8 42 7 8
42 46 8 8 48 8 8
46 50 9 8 54 9 8
52 58 10 8 60 10 8
56 62 10 8 65 10 8
62 68 12 8 72 12 10
72 78 12 10 82 12 10
82 88 12 10 92 12 10
92 98 14 10 102 14 10
102 108 16 10 112 16 10
112 120 18 10 125 18 10
Nota: As ranhuras não são cortadas por planos longitudinais
D - d
2 2
2
R=
D/
2
Seção B-B
Eixo Cubo
D
b
D
d
d
A
Figura 4.66 – União por eixo canelado (frezado)
Desenho de Máquinas – 2006/01
Elementos de união 4.63
Tabela 4.11 – Pino Cônico
Dimensões padronizadas de pinos cônicos
d 1 1,5 2 2,5 3 4 5 6 8 10 13 16 20 25 30
r 1,5 1,5 2,5 2,5 4 4 6 6 10 10 15 20 20 30 30
Especificação: Pino Cônico; f5x20, Material - Aço
Tabela 4.12 – Pino cilíndrico
Dimensões padronizadas de pino cilíndrico
d 1 1,5 2 2,5 3 4 5 6 7 8 10 12 14 16
Especificação: Pino Cilíndrico; f5x20, Material - Aço
Tabela 4.13 – Pino elástico
Dimensões padronizadas de pino elástico
d 2 2,5 3 3,5 4 4,5 5 6 8 10 12 14 16 18
d1 2,3 2,8 3,3 3,8 4,4 4,8 5,4 6,4 8,5 10,5 12,5 14,5 16,5 18,5
d2 1,9 2,3 2,7 3,1 3,4 3,8 4,4 4,9 7 8,5 10,5 11,5 13,5 15
Especificação: Pino Elástico; f5x20, Material - Aço
Desenho de Máquinas – 2006/01
4.64 Elementos de união
Tabela 4.14 – Anel elástico externo
Dimensões padronizadas de anel externo
D 3 4 5 6 7 8 9 10 12 14 15 17 20 22 25
S 0,4 0,6 0,7 0,8 1 1,2
d s s
D d
d
d
2
2
22 dd
3
2
1
d
R
R
1
2 c
Anel Ranhura no Eixo
Proporções aproximadas em função do diâmetro do eixo D
d=0,92xD+0,07 d1=1,1xD+1,77 d2=0,03xD+1,2 R1=0,56xD+2 R2=0,63xD c=0,003xD
- Exemplo de aplicação
A
A
Corte A-A
B
B
Corte B-B
Denominação: Anel elástico externo
Especificação: DxS
Exemplo: Anel elástico externo, material - Aço, f20x1,2
Desenho de Máquinas – 2006/01
Elementos de união 4.65
Tabela 4.15 – Anel elástico interno
Dimensões padronizadas de anel interno
D 8 9 10 12 14 15 17 20 22 25 28 30 32 35 38 40
S 0,8 1 1,2 1,5 1,75
d
d
d
s
ss
D
R
60°
Dd
1
1
2
 Anel Ranhura no Cubo
Proporções aproximadas em função do diâmetro do eixo D
D1=0,84xD-5 d=1,06xD-0,24 d1=0,91xD-2,1 R=2xd2=0,32xD+1,2
- Exemplo de aplicação
A
A
Corte B-B Corte A-A
B
B
Denominação: Anel elástico interno
Especificação: Dx S
Exemplo : Anel elástico interno, Material - Aço, f10x1
Desenho de Máquinas – 2006/01
4.66 Elementos de união
Tabela 4.16 – Presilha
Dimensões padronizadas de presilha
F (de até) E G B C
1 a 1,4 0,8 0,24 2 0,2
1,4 a 2 1,2 0,34 3 0,3
2 a 2,5 1,5 0,44 4 0,4
2,5 a 3 1,9 0,54 4,5 0,5
3 a 4 2,3 0,64 6 0,6
4 a 5 3,2 0,64 7 0,6
5 a 7 4 0,74 9 0,7
6 a 8 5 0,74 11 0,7
7 a 9 6 0,74 12 0,7
8 a 11 7 0,94 14 0,9
9 a 12 8 1,05 16 1
10 a 14 9 1,15 18,5 1,1
11 a 15 10 1,25 20 1,2
13 a 18 12 1,35 23 1,3
16 a 24 15 1,55 29 1,5
20 a 31 19 1,80 37 1,75
C
2W
B
W
2W
WR
15°
FE
G
 Presilha Ranhura no Eixo
Proporções aproximadas da presilha em função do diâmetro interno da garganta no eixo E
W = 0,1 E R = 1,3 E
- Exemplo de aplicação
B
B
Corte A-A
A
A
Corte B-B
Denominação: Presilha
Especificação: FxC
Exemplo: Presilha, material - Aço, f4x0,6
Desenho de Máquinas – 2006/01
Elementos de união 4.67
Tabela 4.17 – Contra pino
Indicação para designação
Diâmetro nominal do
contra-pino
d
Comprimento
L
Diâmetro real
do contra-pino
a
Diâmetro da Rosca
métrica em função do
diâmetro do contra-pino
u b e
0,6 de 4 a 8 0,5 M1,2 1 1,25 2,1
0,8 5 a 12 0,7 M3 1 1,4 2,3
1 5 a 15 0,9 M4 1 1,5 2,5
1,5 8 a 30 1,3 M5 e M6 2 2 3,3
2 10 a 40 1,8 M8 a M10 2 2,3 4
3 15 a 60 2,7 M12 a M14 2 3 5
4 20 a 70 3,7 M16 a M20 3 4,1 7,2
5 28 a 80 4,7 M24 3 4,7 8,2
6 35 a 90 5,7 M30 a M36 3 5,7 10,2
8 45 a 140 7,7 M42 a M48 3 7,7 13,5
10 60 a 170 9,7 M56 a M80 4 9,7 17
13 100 a 240 12,6 > M80 4 12,7 23
Nota: O diâmetro nominal do contra-pino é igual ao diâmetro do furo no qual será alojado.
Comprimentos padronizados de contra-pinos: 5; 6; 8; 10; 12; 15; 18; 20; 25; 35; 40; 45; 50; 55; 60; 65; 70; 75; 80; 85; 90; 95;
100; 110; 120; 130; 150.
u
d
a
Le
b
Exemplos de aplicação:
Denominação: contra-pino
Especificação: dxL
Exemplo de especificação: Contra-pino - ff4x50 – Maerial Aço
Desenho de Máquinas – 2006/01
Elementos de Transmissão 5.1
5 ELEMENTOS DE TRANSMISSÃO
5.1 Roda denteada para corrente de rolos
5.1.1 Roda denteada: 9 a 12 dentes
Figura 5.1.1
Figura 5.1.2
Figura 5.1.3
Roda Corrente Rolete TABELA PARA RODA DE 9 A 12 DENTES
PxL Pxe d P (mm) R r c R1 b K
A8x2,6 8x3 5 8 2,54 4,6 1,27 8,5 2,4 0,76
A3/8"x3,5 3/8"/3,9 6,35 9,53 3,2 11,43 1,52 10,0 2,3 0,76
A1/2"x4,4 ½"x4,9 7,75 12,7 3,91 14,88 2,93 13.5 2,4 0,76
A1/2"4,7 ½"x5,2 8,51 12,7 4,29 15,24 1,03 13,5 3,0 0,76
A5/8"x5,9 5/8"x5,5 10,16 15,88 5,14 14,88 2,54 16,8 3,5 0,76
A5/8"x8,9 5/8"x9,6 10,16 15,88 5,14 19,05 2,54 16,8 3,5 0,76
A3/4"x10,8 A3/4"x11,7 12,07 19,05 6,10 22,86 3,05 20,2 4,0 0,76
Seqüência : iniciar