A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
461 pág.
Carvalho_augusto_cesar_leite_direito_trabalho_versao003_dez2012

Pré-visualização | Página 1 de 50

DIREITO DO TRABALHO 
 
Curso e Discurso 
 
 
Augusto César Leite de Carvalho 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SOBRE O AUTOR 
 
Augusto César Leite de Carvalho nasceu em Sergipe, na cidade de Aracaju. Bacharel em 
Direito pela Universidade Federal de Sergipe, mestre em Direito Constitucional pela Universidade do 
Ceará, mestre e doutor em Direito das Relações Sociais pela Universidad Castilla La Mancha. 
Ingressou na Magistratura Trabalhista em 1990 como Juiz do Trabalho Substituto do TRT da 
5ª Região (BA). Foi promovido ao cargo de Juiz Presidente da Segunda Junta de Conciliação e 
Julgamento de Aracaju, em abril de 1993. Atuou no Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região 
(SE), inicialmente como juiz convocado – em 1994 e em 2001. 
Em 2003 foi promovido a de Desembargador Federal do Trabalho e, no biênio 2004/2006, 
exerceu a Presidência do TRT da 20ª Região. Foi diretor da EMAT XX – Escola da Magistratura do 
Trabalho da Vigésima Região de 2007 até sua posse no cargo de Ministro do TST, em 14 de dezembro 
de 2009. 
 É professor assistente da Universidade Federal de Sergipe, ora licenciado, e professor do 
Instituto de Educação Superior de Brasília – IESB. 
 
 
 
 
 
ÍNDICE 
1 ORIGEM DO DIREITO DO TRABALHO ................................................................................................. 15 
1.1 A pré-história do direito do trabalho .............................................................................................. 15 
1.2 Os fatores econômicos que inspiraram o direito do trabalho ........................................................ 16 
1.2.1 A revolução industrial .................................................................................................................. 16 
1.2.2 O trabalho humano, produtivo, alheio e livre .............................................................................. 19 
1.3 Os fatores sociais que inspiraram o direito do trabalho ................................................................. 21 
1.3.1 Os primeiros movimentos de insurreição dos trabalhadores ...................................................... 21 
1.3.1.1 A reação dos trabalhadores na Inglaterra ................................................................................. 21 
1.3.1.2 A reação dos trabalhadores na França ...................................................................................... 22 
1.3.1.3 A reação dos trabalhadores na Alemanha ................................................................................ 22 
1.3.2 A organização das profissões ....................................................................................................... 23 
1.4 Os fatores políticos que inspiraram o direito do trabalho .............................................................. 24 
2 HISTÓRIA DO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO ............................................................................... 27 
2.1 Direito coletivo e institutos afetos – sindicato, greve e convenção coletiva .................................. 27 
2.2 O sindicalismo no sistema capitalista de produção ........................................................................ 28 
2.3 O sindicalismo sob intervenção totalitária ...................................................................................... 29 
3 HISTÓRIA DO DIREITO DO TRABALHO NO BRASIL .............................................................................. 30 
3.1 Pré-história do direito do trabalho: trabalho escravo e corporações de arte e ofício no Brasil .... 30 
3.1.1 As corporações de ofício na Europa e a analogia com o emprego .............................................. 30 
3.1.2 A escravidão na América e especialmente no Brasil .................................................................... 31 
3.1.3 A escravidão inibe as corporações de ofício no Brasil ................................................................. 33 
3.1.4 As leis trabalhistas surgiram antes da abolição da escravatura ................................................... 33 
3.2 A substituição do escravo africano pelo imigrante europeu .......................................................... 34 
3.3 O direito do trabalho e a industrialização no Brasil ........................................................................ 35 
4 FONTES DO DIREITO DO TRABALHO .................................................................................................. 38 
4.1 Conceito .......................................................................................................................................... 38 
4.2 As fontes materiais e as fontes formais do direito ......................................................................... 38 
4.2.1 As fontes formais do direito do trabalho ..................................................................................... 40 
4.3 Métodos de integração da norma jurídica ...................................................................................... 43 
4.4 Eficácia da norma trabalhista no tempo e no espaço ..................................................................... 46 
4.4.1 Eficácia da norma trabalhista no tempo ...................................................................................... 46 
4.4.2 Eficácia da norma trabalhista no espaço ..................................................................................... 46 
5 PRINCÍPIOS DE DIREITO DO TRABALHO ............................................................................................. 49 
5.1 Conceito e funções do princípio ...................................................................................................... 49 
5.2 Preeminência do princípio constitucional da dignidade (da pessoa) humana ............................... 50 
5.2.1 A importante contribuição do positivismo jurídico na conceituação da dignidade humana ...... 51 
5.2.2 A adoção do princípio da dignidade na relação entre capital e trabalho .................................... 54 
5.3 Princípios especiais do direito do trabalho ..................................................................................... 56 
 
 
5.3.1 Princípio da proteção ................................................................................................................... 56 
5.3.1.1 As regras in dubio pro operário, norma mais favorável e condição mais benéfica .................. 56 
5.3.1.2 A ultra-atividade das normas coletivas ..................................................................................... 59 
5.3.2 Princípio da irrenunciabilidade .................................................................................................... 62 
5.3.2.1. A indisponibilidade e a prescrição de pretensões trabalhistas ................................................ 63 
5.3.3 Princípio da continuidade ............................................................................................................ 63 
5.3.4 Princípio da primazia da realidade ............................................................................................... 64 
5.3.5 Princípio da razoabilidade ............................................................................................................ 65 
5.3.6 Princípio da boa-fé ....................................................................................................................... 67 
5.3.7 Princípio da igualdade de tratamento ......................................................................................... 67 
5.3.8 Princípio da autodeterminação coletiva ...................................................................................... 69 
5.3.8.1 A autonomia coletiva e os princípios regentes da organização sindical. Unicidade sindical e 
liberdade sindical ..................................................................................................................................