Relatório Jurídico
1 pág.

Relatório Jurídico


DisciplinaTeoria e Prática da Narrativa Jurídica738 materiais3.486 seguidores
Pré-visualização1 página
Relatório Jurídico 
 
1. O relatório é um texto de tipo narrativo; 
2. Caracteriza-se por ser uma narrativa simples, sem valoração. Sempre que possível, aponte as 
alegações de ambas as partes; 
3. Todos os fatos relevantes do caso concreto devem ser narrados no pretérito e na 3ª pessoa; 
4. O que não existir no relatório não pode figurar como argumento na fundamentação; 
5. A organização dos eventos deve seguir a ordem cronológica; 
6. O primeiro parágrafo deve indicar o fato gerador da demanda e os sujeitos envolvidos; 
7. O texto não pode deixar de responder às seguintes indagações: qual o fato gerador do conflito? 
Quem são os envolvidos na lide? Onde e quando os fatos ocorreram? Como se desenvolveu o 
conflito? Por que ocorreu o conflito de interesses? Quais as consequências dos fatos narrados? 
8. Sugere-se, para iniciar o primeiro parágrafo, a redação \u201cTrata-se de questão sobre...\u201d; 
9. A paragrafação deve seguir as orientações tradicionais de um texto redigido em norma culta; 
10. Cada parágrafo deve receber um recuo inicial de, aproximadamente, 1,5 cm; 
11. Não há limite mínimo ou máximo de linhas, mas sua narração deve ser clara e concisa; 
12. Recorra à polifonia; 
13. Terminado o relatório, na linha abaixo, use a expressão \u201cÉ o relatório\u201d.
AMILCEN
AMILCEN fez um comentário
Cristina
9 aprovações
Carregar mais