1111_questoes_de_constitucional
190 pág.

1111_questoes_de_constitucional

Disciplina:Direito Constitucional I4.629 materiais321.868 seguidores
Pré-visualização190 páginas
Prof. Vítor Cruz (Vampiro)
Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br , e faz parte de
uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer te r acesso a maiores
conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade, acesse o site NOTA11. 3
estudo do Estado em sua perspectiva de realidade jurídica e de
realidade social.
9. (ESAF/EPPGG-MPOG/2008). Um dos objetos de grande
atenção do pensamento e da teoria política moderna é a constituição
da ordem política. Sobre e ssa temática, uma das tradições de
reflexão mais destacadas sustenta que a ordem tem origem
contratual. Todos os elementos abai xo são comuns a todos os
pensadores da matriz contratualista da orde m política, exceto:
a) o estado de natureza.
b) a existência de direitos previamente à orde m política.
c) a presença de sujeitos capazes de faze r escolhas racionais.
d) um pacto de associação.
e) um pacto de subordinação.
10. (ESAF/AFC-CGU/2012) O concei to de Estado é centr al na
teoria política. O s enunciados a seguir referem-se à sua fo rmulação.
Indique qual a assertiva correta.
a) O conceito de Estado surge com o de Pólis, na Grécia.
b) Sua formulação original integra o Direito Ro mano.
c) A definição passou a ser utilizada na R evolução Francesa.
d) A primeira referência ao termo é de Maquiavel.
e) A origem não pode ser identificada.
11. (CESPE/SEJUS-ES/2009) O Estado constitui a nação
politicamente organizada, enquanto a administração pública
corresponde à atividade que estabelece objetivos do Estado,
conduzindo politicamente os negócios públicos.
12. (CESPE/Analista-SERPRO/2008) O conceito de Estado
possui basicamente quatro e lementos: nação, território, governo e
soberania. Ass im, n ão é possível que haja mai s de uma nação em um
determinado Estado, ou mais de um Estado para a mesma nação.
13. (FCC/EPP/2004) Com fundamento e m conceitos básicos da
Teoria Geral do Estado, é INCOR RETO afirmar:
a) Todas as pessoas presentes no território do Estado, num
determinado momento, inclusive e strangeiros e apátridas, fazem
parte da população.
b) O conceito de Estado não se confunde com o de Nação.
c) O território de um Estado é a base ge ográfica do poder soberano.
d) São elementos constitutivos do Estado Moderno : povo, território e
soberania.
Prof. Vítor Cruz (Vampiro)
Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br , e faz parte de
uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer te r acesso a maiores
conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade, acesse o site NOTA11. 4
e) A soberania é una, divisível, alienável e imprescritível.
14. (CESPE/Promotor MPE-AM/2008) Sobre o Estado,
relembraremos apenas o que dizem os manuais: E stado é uma nação
politicamente o rganizada, conceito sintético que demandaria
desdobramentos esclarece dores, pelo menos quanto aos chamados
elementos constitutivos do Estado e, principalmente, sobr e o modo
como, em se u interior, se exerce a violência fís ica le gítima, cujo
monopólio Max Weber considera necessário à pró pria existência do
Estado Moderno. Gilmar F. Mendes, Ino cêncio M. Coelho e Paulo G. G.
Branco. Curso de direito constitucional. São Pa ulo, Saraiva, 2007. A
partir das idéias co ntidas no texto acima, assinale a opção correta
acerca do indivíduo, da sociedade e do Estado.
a) A idéia de Estado de Direito, desde os primórdios da construção
desse conceito, está associada à de contenção dos cidadãos pelo
Estado.
b) A soberania do Estado, no plano interno, traduz-se no monopólio
da e dição do direito positivo pelo Estado e no monopólio da coação
física legítima, para impor a efetividade das suas re gulações e dos
seus comandos.
c) Os tradicionais el ementos apo ntados como constitutivos do Estado
são: o povo, a uniformidade lingüística e o gove rno.
d) Os fenômenos globalização, internacionalização e integração
interestatal puseram em franca ascendência o modelo de Estado
como unidade política soberana.
e) O vocábulo nação é bastante a dequado para e xpressar tanto o
sentido de povo, quanto o de Estado.
15. (ESAF/AFC-STN/2005 - Adaptada) O poder político o u
poder estatal é o instrumento de que se vale o Estado moder no para
coordenar e impor regras e limites à sociedade civil, sendo a
delegabilidade uma das características fundamentais desse poder
(Certo/Errado).
16. (ESAF/AFC-CGU/2004) Segundo a melhor doutrina, a
soberania, em sua concepção contemporâne a, constitui u m atributo
do Estado, manifestando-se, no campo interno, como o poder
supremo de que dispõe o Estado para subordinar as demais vontades
e excluir a competição de qualquer outro poder similar.
17. (ESAF/ENAP/2006) No caso brasileiro, a titularidade da
soberania, por expressa pre visão constitucional, é do Estado
brasileiro.
18. (ESAF/CGU/2006) A titularidade do pode r constituinte
originário, se gundo a teoria da soberania estatal, é da nação,
Prof. Vítor Cruz (Vampiro)
Este é um material gratuito, disponibilizado pelo site www.NOTA11.com.br , e faz parte de
uma iniciativa de democratização do ensino de qualidade. Se você quer te r acesso a maiores
conteúdos e colaborar para a democratização do ensino de qualidade, acesse o site NOTA11. 5
entendida como e ntidade a bstrata que se confunde co m as
pessoas que a integram.
19. (ESAF/MRE/2004) O Estado, visto como Estado-comunidade,
refere-se ao poder político manifesta do por meio de ór gãos, serviços
e relações de autoridade.
20. (CESPE/SEJUS-ES/2009) Na qualidade de chefe de Estado, o
presidente da Re pública exerce a liderança da política na cional por
meio da or ientação das deci sões gerais e da direção da máquina
administrativa.
21. (ESAF/AFC-STN/2005) A função exe cutiva, uma das funções
do poder político, pode se r dividida em função administrativa e
função de governo, sendo que esta última comporta atribuições
políticas, mas não comporta atribuições co-legislativas.
22. (FCC/Defensor P úblico-SP/2006) O que asse gura a os
cidadãos o exe rcício dos seus direitos, a divisão dos po deres e,
segundo um dos seus grandes teór icos, a limitação do governo pelo
direito é:
a) o constitucionalismo.
b) a separação de poderes.
c) o princípio da legalidade.
d) o federalismo.
e) o Estado Democrático de Direito.
23. (FCC/ACE-TCE-MG/2007) O conjunt o de re gras concernentes
à forma do Estado, à forma do governo, ao modo de aquisição e
exercício do poder, ao estabeleciment o de seus órgãos e ao s limites
de sua ação corresponde
a) a um dos possíveis conceitos de Constituição.
b) aos princípios que regem o Estado Feder al.
c) aos direitos fundamentais do homem.
d) aos princípios que regem a Administração Pública.
e) às nor mas que, se violadas, ense jam a intervenção fe deral no
Estado-membro.
24. (CESPE/Advogado - Petrobrá s/2007) O conce ito de
constituição mode rna corresponde à idéia de uma o rdenação
sistemática e racional da comunidade política por meio de um
documento escrito no qual se declara m as liberdades e os direitos e
se fixam os limites do poder político. Esse conceito de constituição é
também conhecido como conceito oriental de constituição.