Dicionário de logística e operações
60 pág.

Dicionário de logística e operações


DisciplinaDistribuição Física e Transportes16 materiais99 seguidores
Pré-visualização33 páginas
controle de estoques, 
uma vez que ela unitizou um determinado lote 
de embalagens menores. 
Embarcador \u2013 embarker, forwarding agent, shipper - 
pessoa física ou jurídica que embarca bens; 
responsável pelo transporte, podendo ser o 
operador de transporte ou eventualmente o 
proprietário da carga. 
Encriptação \u2013 Encryption \u2013 O processo de 
transformação de um arquivo legível por um 
aplicativo específico, num formato codificado, 
com acesso restrito para fins de segurança. 
Engenharia Reversa - Reverse Engineering \u2013 Uma 
prática onde o produto de um concorrente é 
desmontado e analisado com o objetivo de 
identificar características do seu processo de 
manufatura, design, projeto e tecnologias 
quem possam vir a ser incorporadas para 
igualá-lo ou superá-lo. 
EPC - Electronic Product Code (ePC) \u2013 Uma etiqueta 
codificada eletronicamente que tem como 
propósito aprimorar os sistemas de 
codificação em barras de produtos UPC e 
EAN. As etiquetas EPC usam um string de 96-
bits, o qual contém um número chamado 
Número de Identificação de Comércio Global 
(Global Trade Identification Number - GTIN). 
Diferentemente dos códigos UPC e EAN, os 
quais provêem apenas 3 campos de 
informações (país de fabricação, código do 
item e código do fabricante), o GTIN oferece 
uma gama bem maior de informações. 
Equipamentos de Movimentação de Material - Lift 
truck \u2013 veículos utilizados para mover, elevar, 
empilhar e manipular cargas. Existem 
dezenas de tipos de equipamentos de 
movimentação de materiais. Os tipos de 
equipamentos podem ser classificados em 
função de sua capacidade de carga, tipo de 
movimentação (vertical/horizontal), tipo de 
propulsão (e.g. elétrica, a gás, a diesel), 
aplicação (abastecimento de linha, seleção de 
pedidos, carga e descarga de veículos, etc). 
Alguns exemplos de equipamentos são: 
empilhadeiras, paleteiras, rebocadores, 
AGV\u2019s, transelevadores e selecionadoras de 
pedidos. 
ERP - Enterprise Resource Planning \u2013 Sistemas de 
Planejamento de Recursos Empresariais - 
Categoria de Sistemas transacionais 
concebidos de forma modular, que suportam 
os diversos processos de negócio da empresa 
de forma integrada, tais como: Planejamento 
de Produção e Suprimentos; Processamento 
de Pedidos; Cadastros de Clientes, 
Fornecedores, Componentes; Planejamento 
Financeiro, Contabilidade, Folha de 
Pagamento, Controle de Estoques, etc. Os 
sistemas de ERP são uma evolução dos 
sistemas de MRPII, cuja vocação é mais 
voltada à sua origem de manufatura. O ERP 
possui uma arquitetura de software que facilita 
compartilhamento e consulta de informações 
entre todas as áreas da empresa, pois ele 
está baseado num repositório de dados único. 
Por exemplo, a entrada de uma previsão de 
vendas, permitirá a elaboração de um Plano 
de Produção e Compras, os quais servirão de 
suporte para a área financeira simular o fluxo 
de Caixa da empresa, com base em 
parâmetros definidos pelas demais áreas. 
Muitos sistemas ERP são comercializados em 
um pacote com os módulos básicos para a 
Dicionário de Logística e Operações v 1.3 Carlos E. Panitz 24
gestão do negócio e então oferecem módulos 
adicionais, que podem ser adquiridos 
individualmente, em função do interesse e 
estratégia da empresa. Todos esses 
aplicativos são completamente integrados, a 
fim de propiciar consistência e visibilidade 
para todas as atividades inerentes ao 
processo da organização. Os fornecedores de 
soluções do tipo ERP também oferecem 
aplicativos especializados em gerir processos 
diferenciados, de atividades específicas. Tais 
módulos atendem a mercados verticais assim 
como repartições públicas, planos de saúde, 
bancos, petroquímicas e etc. Termo 
relacionado: MRPII. 
Escalabilidade \u2013 Scalability \u2013 (1) Quão rapidamente 
e eficientemente uma companhia consegue se 
adequar para atender um novo patamar de 
demanda. (2) O quão bem a solução de um 
problema irá funcionar quando o tamanho 
deste problema crescer. 
Especulação - Speculation \u2013 A fabricação ou compra 
de um produto para estoque em antecipação a 
uma demanda futura. Assume-se nessa 
estratégia um risco frente a esta demanda 
futura, com a expectativa de se obter 
vantagens de economias de escala ou 
alavancagem comercial, frente aos 
fornecedores e aos clientes. 
Estabilidade Amostral - Sample Stability \u2013 Em 
estatística, se uma amostra produz um 
resultado particular e com o aumento desta 
amostragem continua-se obtendo o mesmo 
resultado, a amostra possui estabilidade e 
pode ser assumida como representativa de 
uma população. Essa é uma importante 
característica quando o tamanho de uma 
população é desconhecido ou muito grande. 
Estoque \u2013 Inventory / Stock \u2013 Todos os produtos e 
materiais de propriedade da empresa, 
armazenados para fins de uso futuro. A 
quantidade de produtos entre dois pontos de 
medição estipulados, expressos em 
quantidades físicas ou valores monetários. 
Por exemplo, os produtos podem estar num 
armazém, num terminal e em trânsito. 
Estoque alocado - Allocated Stock \u2013 parte do 
inventário reservado ou comprometido, mas 
que ainda não foi retirado do estoque e que 
não está disponível para outros propósitos ou 
demandas. 
Estoque consignado - Consignment Stock \u2013 
Estoque de itens sob a posse de um cliente, 
mas que a propriedade ainda é do fornecedor. 
Normalmente a transferência da posse ocorre 
no momento do consumo ou venda dos itens 
pelo cliente. 
Estoque de Segurança - Safety Stock \u2013 Estoque 
mantido para proteger o atendimento de uma 
demanda contra fontes de variabilidade 
conhecidas, tais como flutuações de demanda 
frente à previsão, atrasos de entrega e 
discrepâncias de estoque. Para o cálculo do 
estoque de segurança, deve-se levar em 
conta o nível de serviço desejado, os tempos 
de ressuprimento e o grau de variabilidade 
(desvio padrão) da demanda. 
Estoque de Tamanho de Lote - Working Stock \u2013 O 
estoque de materiais, componentes ou sub-
montagens (excluindo-se estoques de 
segurança) mantidos antecipadamente à 
demanda, para adequar-se a um lote 
econômico de produção ou transferência. Em 
outras palavras, o estoque que pode se formar 
em decorrência dos lotes de aquisição serem 
diferentes da demanda diária dos clientes. 
Estoque disponível - On-hand Balance \u2013 A 
quantidade de um item mostrada pelos 
registros de inventário correspondente à 
quantidade física em estoque, disponível para 
uso. 
Estoque em Excesso - Excess Stock \u2013 Qualquer 
quantidade de inventário, seja em mãos ou 
comprometida por Ordens de Compra, que 
excede ou antecipa uma demanda futura, 
acima de uma política de inventário definida e 
para a qual, uma ação deve ser tomada. 
Estoque Estratégico - Strategic Stock \u2013 Uma 
quantidade arbitrada por um determinado 
período, em função de fatores conjunturais ou 
especiais. Normalmente o seu nível é 
estipulado acima da política de estoques, para 
garantir a continuidade de um processo 
produtivo. Estes fatores conjunturais ou 
especiais podem ser, por exemplo, greves, 
crises políticas, escassez de um insumo no 
mercado, problemas de qualidade, etc. 
Dicionário de Logística e Operações v 1.3 Carlos E. Panitz 25
Estoque Inicial - Opening Stock \u2013 (1) O balanço de 
estoque de um item no início de uma 
contagem de estoque; (2) O balanço inicial, a 
partir do qual uma simulação de planejamento 
de necessidades é realizado. 
Estoque Máximo - Maximum Stock \u2013 O limite 
superior, expresso em quantidade, valor 
monetário ou em tempo, aceitável para um 
item de estoque. 
Estoque Mínimo - Minimum Stock \u2013 Um limite de 
controle pelo qual um sistema de controle de 
estoques indica que o nível de inventário está 
numa condição crítica e próxima de uma 
ruptura. 
Estoque no Canal de Abastecimento - Pipeline \u2013 
Os produtos que estão sendo movidos entre 
um local e outro (estoque