OSTEOARTROSE

OSTEOARTROSE


DisciplinaReumatologia871 materiais2.047 seguidores
Pré-visualização1 página
OSTEOARTROSE
PROFa.: LOYSE GURGEL
OSTEOARTROSE
A osteoartrite, artrose, osteoartrose articular degenerativa, é, por sua incidência e por ser causa freqüente de incapacidade, o mais importante dos reumatismos. 
OSTEOARTROSE
A osteoartrose decorre de uma lenta e progressiva degradação da cartilagem articular, um tecido elástico que recobre as extremidades ósseas e amortecem os impactos.
A osteoartrose pode ser definida como uma síndrome clínica que representa a via final comum das alterações bioquímicas, metabólicas e fisiológicas que ocorrem, de forma simultânea, na cartilagem hialina e no osso sub condral, comprometendo a articulação como um todo, isto é, a cápsula articular, a membrana sinovial, os ligamentos e a musculatura peri articular.
OSTEOARTROSE
ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS
A doença é de caráter crônico, de evolução lenta e sem comprometimento sistêmico de outros órgãos, afetando as articulações periféricas e axiais, mais freqüentemente as que suportam peso. Na grande maioria dos indivíduos se desenvolve de maneira silenciosa.
A cartilagem articular não apresenta vascularização, rede linfática e inervação.
OSTEOARTROSE
EPIDEMIOLOGIA
Pouco comum abaixo dos 40 anos;
Mais freqüente após os 60 anos;
Aos 75 anos, 85% das pessoas têm evidência radiológica ou clínica da doença;
30 a 50% de pessoas com alteração radiológica queixam-se de dor crônica;
Tem preferência feminina.
OSTEOARTROSE
ETIOPATOGENIA
Teoria mecânica: 
sobrecargas repetitivas ou 
macro traumas 
podem desestruturar a malha de fibras colágenas e romper as cadeias de proteoglicanos diminuindo, com isso, o efeito de amortecimento de choque (função básica da cartilagem).
OSTEOARTROSE
ETIOPATOGENIA
OSTEOARTROSE
ETIOPATOGENIA
CATABOLISMO
ANABOLISMO
(HOMEOSTASE)
CARTILAGEM OA
CATABOLISMO
ANABOLISMO
(ROTURA DA HOMEOSTASE)
SECREÇÃO DE PROTEINASES
INDUZIDO POR ESTÍMULO PRÓ-INFLAMATÓRIO
CARTILAGEM NORMAL
>
( CONDRÓCITOS)
OSTEOARTROSE
QUADRO CLÍNICO
Fatores Sistêmicos
 Idade
 Sexo
 Raça
 outros
Genética
Densidade óssea
Hormônios
Fatores nutricionais?
Fatores Biomecânicos
Injúria articular
Obesidade
Deformidade articular
Fraqueza muscular
Local e gravidade da osteoartrite
Suscetibilidade 
para osteoartrite
OSTEOARTROSE
Osteoartrose Primária, é formado por aqueles indivíduos que já possuem um patrimônio genético, que faz com que a patologia se desenvolva independentemente de fatores externos.
OSTEOARTROSE
Osteoartrose Secundária (grupo de risco), é formado por pessoas que, em virtude de algum fator agressivo ocorrido em determinado período da sua vida, passam a apresentar a patologia.
Obesos
Pessoas que sofreram algum traumatismo articular 
Esportes com micros traumatismos de repetição e esportes de desaceleração (saltos)
Alterações hormonais específicas
 \u201c Iniciar precocemente um tratamento preventivo\u201d
OSTEOARTROSE
SINTOMAS (Subjetivos)
Dor espontânea (localizada ou irradiada);
Enrijecimento pós-repouso não superior a 30 minutos;
Parestesia, disestesias (Sensações dolorosas ou desagradáveis provocadas por um estímulo que normalmente não o faz)
OSTEOARTROSE
SINTOMAS (Objetivos)
Dor e sensibilidade à mobilização, palpação ou manobras;
Crepitação palpável, excepcionalmente audível;
Espasmo e atrofia da musculatura adjacente;
Limitação da amplitude articular, sem anquilose como regra;
OSTEOARTROSE
SINTOMAS (Objetivos)
Mal alinhamento articular e defeitos posturais, causais ou conseqüentes;
Alterações da morfologia articular, decorrentes da remodelagem;
Sinais discretos de inflamação articular, raramente acentuados;
Derrame articular, comumente relacionado com trauma ou uso excessivo.
OSTEOARTROSE
TRATAMENTO (não reverte a lesão, mas reduz ou elimina a dor)
É basicamente sintomático (controle da sintomatologia e evolução)
Repouso e Exercícios (a atividade articular é básica para sua nutrição)
Educação (instruções: maneiras de caminhar, sentar, carregar objetos pesados)
Dieta
Fisioterapia
Analgésicos, antiinflamatórios, medicação intra-articular (corticosteróides e ácido hialurônico)
Condroprotetores
Cirurgias
OSTEOARTROSE
OSTEOARTROSE
OSTEOARTROSE
OSTEOARTROSE
Reny
Reny fez um comentário
gostaria de saber as referencias bibliográficas desta aula.
0 aprovações
Carregar mais