av1 de análise textual

@metodologia-cientifica ESTÁCIO
#av1 analise textual#prova de analise textual

Pré-visualização

Avaliação:  » ANÁLISE TEXTUAL

	Tipo de Avaliação: AV1

	Aluno: 

	Professor:
	ALEXANDRE DA SILVA ROCHA
	Turma: 

	       Data: 06/04/2013



	



	 1a Questão (Cód.: 174842)
	Pontos: 0,5  / 0,5



	Escolha a opção que complete as lacunas do texto dando o sentido: 
Muitos momentos de nossas vidas envolvem situações em que estamos ora com pessoas muito ___________, ora pessoas com quem temos pouca intimidade ou até com pessoas _____________, não é mesmo?
A convivência com pessoas ______________exige de nós postura diferente da que temos com ____________, concorda? Isso, consequentemente, gera uma forma de falar diferenciada. 

		




	 
	íntimas  -  desconhecidas - desconhecidas - familiares

	
	desconhecidas - desconhecidas - familiares - íntimas

	
	íntimas - familiares . desconhecidas  - desconhecidas

	
	desconhecidas - familiares - íntimas - desconhecidas

	
	familiares - íntimas - desconhecidas - desconhecidas

	



	



	 2a Questão (Cód.: 174846)
	Pontos: 0,0  / 1,0



	Vamos ler um trecho de SER MINEIRO - Frei Betto
 
Mineiro fala um dialeto que só outro mineiro entende, como aquele sujeito que, à beira do fogão de lenha, ensinava o outro a fazer café. Fervida a água, o aprendiz indagou: "Pó pô pó?" E o outro respondeu: "Pó pô, pô".
Mineiro não fica louco; piora. Por isso, em Minas não se diz que alguém endoidou, mas sim que "se manifestou..."
Ser mineiro é comer goiabada de Ponte Nova, doce de leite de Viçosa, queijo do Serro, requeijão de Teófilo Otoni e linguiça de Formiga, tudo regado a pinga de Salinas. 
É cozinhar em fogão de lenha com panela de pedra sabão.
 
No parte sublinhada temos um exemplo de:

		




	
	Linguagem vulgar

	
	Linguagem informal

	
	Linguagem formal

	 
	Regionalismo linguístico

	 
	Gírias

	



	



	 3a Questão (Cód.: 174744)
	Pontos: 0,0  / 0,5



	A ____________é responsável pelos conectivos que promovem o entendimento de um texto.

		




	 
	( ) coesão

	
	( ) Textualidade

	 
	( ) coerência

	
	( ) Variação

	



	



	 4a Questão (Cód.: 9087)
	Pontos: 0,5  / 0,5



	Sabemos que, em todas as línguas, há diferentes tipos de variação: por região, por escolaridade, por idade, por classe social.  Isso nos mostra o quanto as línguas são dinâmicas e nos aponta que essas variações independem de ser o sistema linguístico utilizado em um país do primeiro ou do terceiro mundo.
Quando analisamos a variação por idade, percebemos que os jovens costumam inserir estruturas novas em suas falas, enquanto pessoas de mais idade tendem a ser mais conservadoras. Isso não significa dizer que um grupo possui maneira de falar mais correta que o outro e sim que eles possuem diferentes formas para comunicar suas ideias. Por exemplo, enquanto muitos jovens dizem 'Geral foi lá', pessoas de mais idade diriam 'Todos foram lá'.  No entanto, apesar desse movimento de variação, para que uma estrutura seja inserida no sistema da língua, é preciso que seu uso se amplie e, por isso, muitas delas desaparecem sem ao menos terem sido dicionarizadas. 
A partir da leitura do parágrafo acima, qual das afirmativas a seguir está correta?

		




	
	Os jovens utilizam as formas mais corretas porque frequentam a escola.

	
	Os idosos falam de maneira mais correta que os jovens e, por isso, comunicam melhor suas ideias.

	
	A variação linguística é um fenômeno que só ocorre nas línguas faladas em países de terceiro mundo.

	 
	A língua é um fenômeno dinâmico e, por isso, passa por transformações.

	
	Na língua, todas as inovações são aceitas pelos falantes.

	



	



	 5a Questão (Cód.: 8652)
	Pontos: 0,0  / 0,5



	A coerência é um dos fatores fundamentais para a constituição de um texto, ou seja, para estabelecer sentido para as informações. A partir disso, identifique o sentido que a expressão destacada estabelece com as outras informações: "A repercussão da situação foi muito grande, LOGO foram necessárias providências urgentes."

		




	 
	Consequência

	
	Finalidade

	
	Oposição

	
	Concessão

	 
	Conclusão

	



	



	 6a Questão (Cód.: 23576)
	Pontos: 1,0  / 1,0



	Leia o texto a seguir:
 Comunicar-se é muito difícil... Um jovem médico está agora trabalhando numa cidadezinha do sertão, dentro de um plano do governo para assistir as populações do interior. Seu divertimento é anotar as queixas mais estranhas que o povo lhe apresenta. Um homem quer remédio para dor nas cruzes (coluna). Um jovem diz que sofre de estalecida (sinusite). Um velho esclarece: Semana passada, doutor, me deu um andaço à noite toda. Outro reclama que, quando consegue dormir, o galo já está amiudando. Um moço vem e diz: meu intestino é ruim, doutor, porque troca o estômago. Um terceiro conta que sua mulher vertiginou. A comadre manda por escrito suas queixas: Sinto uma frieza no coração, sinto um cansaço, sinto um desânimo na vida. Sinto os nervos agitados e um modo do entalo que danou-se. O jovem médico diz que, apesar da dificuldade de comunicação, ele sempre acaba entendendo as queixas dos pacientes. Mas um dia perdeu-se completamente. O matuto chegou e lhe disse muito firme: - Doutor, quero que o senhor bote minha mulher no ginásio. Uma ajudante, moça da terra, veio em seu socorro: - É parto, doutor. A maternidade funciona no prédio do ginásio.
De acordo com o texto, o médico tinha dificuldade para entender as queixas de seus pacientes, pois:

		




	
	ele dominava um vocabulário muito mais rebuscado que o das pessoas do sertão.

	 
	ele não domina o repertório linguístico usado pelas pessoas do interior.

	
	ele aparentava não fazer muito esforço para compreender o que as pessoas diziam.

	
	seus pacientes usavam a língua de forma inadequada e incorreta.

	
	ele não havia estudado o suficiente para compreender o que as pessoas diziam.

	



	



	 7a Questão (Cód.: 174762)
	Pontos: 1,0  / 1,0



	No enunciado: "A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida"( Vinícius de Moraes) podemos estabelecer a relação de:

		




	
	( ) Coesão sequencial por conexão

	
	( ) Coesão referencial gramatical por pronome

	
	( ) Coesão sequencial temporal

	
	Coesão gramatical por preposição.

	 
	( ) Coesão referencial gramatical por conjunção

	



	



	 8a Questão (Cód.: 8851)
	Pontos: 1,0  / 1,0



	Leia o texto a seguir. (...) Mestre em linguística pela USP e coautor do material didático de português do sistema Anglo de ensino, Eduardo Antonio Lopes afirma que o uso mecânico de termos inadequados ou fora de contexto não é mazela exclusiva de quem não teve boa formação cultural e linguística. - Se um advogado bem formado usar a expressão "data vênia", em uma conversa fora dos tribunais, vai soar pedante e inadequado. A impressão do ouvinte é que ele não tem domínio sobre os recursos de linguagem, mesmo que banque o erudito. É uma falta de controle no uso da linguagem - exemplifica. (Extraído de O vício que dói no ouvido, Leonardo Fuhrmann. Disponível em http://revistalingua.uol.com.br/textos.asp?codigo=11749)
 Deve-se sempre adaptar a linguagem para os diferentes contextos comunicativos. A situação apresentada no texto ilustra um caso de:

		




	
	mudança linguística.

	
	desenvolvimento da língua.

	 
	inadequação linguística.

	
	pesquisa etimológica.

	
	história da língua.

	



	



	 9a Questão (Cód.: 174747)
	Pontos: 1,0  / 1,0



	Em relação ao conceito de variação de linguagem é correto afirmar que:

		




	
	( ) Permite que os animais se comuniquem em ambientes distintos

	
	( ) É considerada como um amontoado de palavras.

	 
	( ) Pode variar de acordo com o contexto em que está sendo falada.

	
	( ) Permite o uso apenas a variedade formal.

	
	( ) Todos devem dominar a mesma variação.

	



	



	 10a Questão (Cód.: 174786)
	Pontos: 0,0  / 1,0



	Em relação à Coesão referencial lexical é correto afirmar que:

		




	 
	( )Permite o entrelaçamento do texto pela substituição/omissão de palavras;

	
	( ) Auxilia na compreensão do texto como um todo. Pode ser vista por meio dos operadores do tipo lógico e operadores discursivos, dentre outros.

	 
	( ) Permite a progressão da informação