Áudio da aula, Calcificação e Pigmentação
4 pág.

Áudio da aula, Calcificação e Pigmentação


DisciplinaPatologia I11.329 materiais58.185 seguidores
Pré-visualização4 páginas
D, por se não ela só vai comer e vai entrar e sair e nao vai ser absorvido a vitamina D, alguns problemas que esta surgindo hoje em dia principalmente em crianças acredito eu que seja por falta de calcio, e sabemos que uma das coisas mais ricas é calcio é o sol, e essas crianças de hoje em dia não está tomando sol, e vitamina D nao tem outra forma, claro que tem outras coisas, mas com o nivel de eficiencia que um pessoa é exposta ao sol não tem igual, quando é ativado a absorção de calcio? no sistema delgado, então é ativado ali, a hipercalcemia pode acontecer por excesso de vitamina D, ta, o organismo desequilbra com esse excesso, um exemplo de excesso de vitamina D? execesso de calcio aí alguns orgãos pode calcificar, isso é bom? é ruim, os orgãos podem ficar endurecidos, pode atrabalhar o processo,icrozefenia, e a calcificação que não depende de vitamina D, não depende de calcio, os niveis de calcio no sangue acontece, mas expecificamente em orgãos que tiveram uma lesão ao longo da vida com o tempo ele vai acumulo calcio. patologicamente.
	aqui tem alguns pigmentos, então vamos lá gente,pigmento que possui cor propria, a celula possui substancias, melanina é um exemplo de proteina que possui cor, e tem importancia e funções. pigmentação é o acumulo normal ou patologico, também tem processo fisiologico, pinta, ssarda, existe os processos patologicos como por exemplo o melanoma, pigmentacao patologica, albinismo,melanomas são causas de alterações bioquimica, para que ocarre essa alteração bioquimica precisa ocorrer problemas na sintese proteica, problemas na distribuição, que pode causar pproblemas nessa pigmentação.
	26:17segmentos Endogenos, esses dois aqui são segmentos endogenos melanina e bilirrubina,ambos são pigmentos produzidos no proprio organismo mas existe pigmentação exogena,você já ouviu falar fulando inspirou tal coisa e foi parar no pulmão, essa tal coisa pode ter mudificado a pigmentação do pulmão dele, pigmento de quê que tem uma substancia que veio de onde? dos olhos, quando vc faz um endoscopia para vx tomar ou injeta na sua veia, voces sabem o nome disso? constraste, já ouviram falar disso? são substancias que ajuda na erosao que ajuda no diagnostico, essa substancia vem de onde? da glicose, injere para a finalidade de exames, são pigmentos exogenos, vamos falar primeiro da pigmentação, endogenas: são pigmentos, esses são os mais importantes produzidos no nosso organismo, eu falei da hemacia né, qual é o mais importante dele? a Bilirrubina né, é uma principal pigmentos derivados da hemoglobina das hemacias, mas não existe só a bilurrina, existe outros também, existem também os pigmentos derivados da hemoglobina, na maioria deles tem haver com sangue, o proximo é a melanina.
Idade celular é referente a quantidade de contatio que a a celula teve com radicais livres, a celula quanto mais ele teve contato mais velho ele fica, os neuronios que voces tem hoje, vcs vão ter até o final do vida, então dependendo da quantidade que seus neuronios tiverem com os radicais livres mais velho ou mais novo eles vão ter, a idade celular pode ter uma idade diferente dependendo em relação quantidade de radicias livres.veja bem, pigmentos insoluveis, lipofusine é chamado de marcador de idade celular principalmente em neuronios, pq neuronios? pq eles duram praticamente a nossa vida inteira em quanto mais seu neuronio entrar em contato com radicais livres maior quantidade de lipofusine ele vai ter no seu interior, tá, olha só existe um sinal de alarme por lesão de radicais livres e fenoxidação, nos vamos entender como é isso tá, acido..... (não deu pra entender no audio) ele é formado por tirosina, tirosina é formado por metionina,tirosina,fenolanina,acido asfautico,faulina, tirosina é um aminoacido, entao esse metabolismo desse aminoacido forma acido... entao os derivados da hemoglobina, proteico proteico, fica no interior das hemacias, as hemacias nao transposta oxigenio sozinha, ela transporta oxigenio pq? pq ela tem um molecula de hemoglobina então, as suas hemacias tem que ter uma quantidade de hemoglobina suficiente para que possa transpostar oxigenio, que e interessante a gente ver, são quatro grupos proteicos, tem um grupo M, o que tem nesse grupo M, tem ferro, o ferro que atrai o oxigenio, o oxigenio ele não liga nas proteinas, eles ligam aonda? no ferro que esta no grupo M das hemacias, hemacias possui moleculas de Hemoglobina, Hemoglobina possui moleculas do complexo proteico do grupo M, nesses grupos M eu encontro ferro, o grupo M tem uma molecula de ferro, morte de hamacia, o macrofafo que geralmente vai fagocitar a hemacia morta, macrofago matou a hemacia, ele separa a hemoglobina ta, dai a hemoglobina da hemaciao resto vao ser utilizados para outros processos, outra parte que pod? grupo M, voce acha que o corpo vai jogar ferro fora? ferro é importante para o corpo? sim, o corpo não vao jogar fora, entao do grupo M, vai ser tirado o grupo 4 de ferro, o que fica sem a molecula de ferra? microfina, mais uma reação de bilurrubina, vamos lá, veja bem, a bilurribina é formada por metabolismo que esta no grupo M das hemacias da hemoglobina o grupo M precisa se metabolizado dai da origem a bilirrubina, deu pra entender?? vou repetir, a Hemacia transposta oxigenio, mas voce sabe que ela só transporta oxigenio pq dentro dela de uma molecula de hemoglobima, e essa hemoglobina possui complexo proteico, mas nao é o complexo em si transporta oxigenio, quem transposta o oxigenio é o grupo M ele transporta pq tem ferro, entao quando a hemacia morre o corpo vai aproveitar tudo isso, as proteinas e os ferros, o que sobra é a bilurrubina, isso que tem que jogar fora, isso é jogado pra fora, a sintese a bilurrubina está pronta, só que ela não sai do organismo facilmente, pq ela noa facil facilmente? ela é liposoluvel, hidrofobica, ela é apolar ela nao mistura bem com agua, entao vc tem que arrumar algumas saidas pra ela, corpo tem qe jogar pra fora, então pelo sangue nao sai, pq é praticamente água, pela urina tb não, pelas fezes também tem agua, então o que vai acontecer com ela? se o apolar não mistura bem do sangue precisa de alguém para quê? transportar, transporte uai, pela membrana pq ela é apolar, a membrana é rica em fosfolipideo, isso faz com que a bilirrubina atravesse mais facilmente a membrana, isso é ruim, principalmente em recem nascido, pq isso é tao perigoso? que os bebes ainda quando nasce coloca uma luz amarela em cima deles? pq as concentraçoes de biluburrina pode aumentar tanto as concetrações nele e a bilurrubina quase atravessar essa membrana, mas essa membrana ainda não está bem formada, é um membrama encefalo central, ele é duro bem forma mas em bb, naõ a biliorrubina atravessa e pode chegar no sistema nervoso e pode causa lesão cerebral irreversivel claro ou a morte, então é um problema no bb, no adulto não tem tanto risco pq no adulto já tem essa membrana bem formada, o que faz o metabolismo aumenta de morte de hemacia, a bilirrubina não sai do corpo facil pq ela é apolar, qual a forma de jogar pra fora, que se transforme mude em um molecula apolar em um pouco mais polar, isso é possivel? sim, se for tiver 1 figado, vamos dá exemplo de um vaca, se vc dá alcool pra uma vaca, ela vai ficar bebada a vida inteira, isso causa a morte, e só vai sair do corpo se essa molecula for mudada, e o figado é o cara da mudança das moleculas, essa molecula pode ser modificada para se transforma um pouco mais soluvel em agua, vamos la, bilurruibina quando ela não passou pelo figado eu falo que ela está só eu chamo ela de não conjugada, o que é conjugo? é quando se junta, com uma molecula polar, ela tem um ponto positivo, ela pode ser antioxidante, mesmo ela age como antioxidante, quando ela esta em niveis normais, se o figado está funcionando bem, o que vc espera que a quantidade de bilirrubina a a quantidade esteja para baixo,ok, se estiver alto isso significa que o figado não esta casando ela com uma molecula polar, 1 ela ela é formada depois ela é transportada para o sangue, por quem?