A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
simulado_XVIII_oab (damasio)

Pré-visualização | Página 7 de 10

de ambos os feitos para julgamento 
em conjunto, dada a identidade do polo passivo, embora 
não ocorra a conexão. 
 
 
 
 
 
 
SIMULADO – XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – NOVEMBRO DE 2015 – TIPO 1 
 
Questão 54 
Alberto, réu em demanda indenizatória, foi condenado a 
pagar o valor de R$ 15.000,00 por sentença proferida pelo 
juízo da 15ª Vara Cível de Chapecó/SC. Regularmente 
intimado da decisão, no curso do prazo recursal, veio a notícia 
do falecimento do advogado da parte ré. 
No caso concreto, indique a consequência do prazo do 
recursal: 
A) Será restituído a Alberto, contra quem começará depois da 
juntada de nova procuração. 
B) Será suspenso o prazo recursal a Alberto, voltando a correr 
da data em que for intimado, pelos dias que restarem. 
C) Será restituído a Alberto, contra quem começará a correr 
novamente depois da intimação. 
D) Será julgado precluso o direito de recorrer, tendo em vista 
a perda superveniente da capacidade postulatória. 
 
Questão 55 
Alexandre, em razão de utilização de perfil falso seu em rede 
social, ajuizou ação indenizatória em face de Windonline 
Ltda., administradora da rede social em questão. Alegou que 
o perfil foi mantido mesmo após diversos contatos do 
internauta solicitando a remoção urgente da página, 
requerendo danos materiais e morais. 
Em sua resposta, a ré alegou que é parte ilegítima e a 
inexistência do dever de monitorar o conteúdo 
disponibilizado pelos usuários, não havendo ilícito a ensejar 
reparação. O juízo, em sentença, julgou procedente o pedido 
de danos materiais. Windonline interpôs o recurso cabível 
objetivando a reforma da sentença na parte que lhe foi 
desfavorável; o autor ingressou com recurso adesivo 
pleiteando a concessão dos danos morais. 
A respeito dessa situação hipotética, é correto afirmar que o 
recurso adesivo de Alexandre: 
A) É cabível, bem como pode ser utilizado pela parte 
parcialmente vencida em qualquer das modalidades recursais. 
B) É incabível, somente podendo ser interposto em caso de 
sucumbência total. 
C) Cabível, e mesmo que o recurso principal seja inadmitido 
por deserção, a manifestação de Alexandre poderá ainda 
assim ser apreciada pelo órgão ad quem. 
D) Cabível, mas não poderá ser conhecido caso a ré, primeira 
recorrente, desista do recurso principal interposto. 
Questão 56 
Numa execução, fundada em título executivo extrajudicial, 
proposta em face de Neemias, em litisconsórcio com sua 
esposa, foram eles citados para o fim cumprir com a 
obrigação determinada no título. 
Sabendo-se que houve regular citação, assinale a afirmativa 
correta: 
A) Terão o prazo de 3 dias para pagamento ou 15 dias para 
apresentar embargos à execução, não sendo a garantia 
condição para sua apresentação, salvo se para conferir efeito 
suspensivo aos embargos. 
B) Terão o prazo de 15 dias para pagamento, sob pena de 
multa de 10%. 
C) Terão o prazo de 3 dias para embargar, sob pena de 
penhora de seus bens. 
D) Terão o prazo de 15 dias para apresentar embargos a 
execução, condicionados à apresentação de prévia garantia. 
Questão 57 
Adalberto proprietário de veículo segurado, distraiu-se com 
Verônica que andava pela rua e, sem conseguir frear seu 
automóvel, avançou o sinal de vermelho colidindo com o 
carro de Josefina, que o conduzia. Josefina propõe em face de 
Alberto ação de indenização por danos materiais e morais 
pelo evento culposo do motorista. 
O advogado de Alberto, para defender os interesses de seu 
cliente, pode: 
A) Apresentar contestação, alegando ilegitimidade de parte, 
nomeando à autoria Verônica, real causadora do acidente. 
B) Requerer a citação da seguradora para que ingresse como 
assistente no processo, uma vez que este tem interesse 
jurídico no resultado da demanda. 
C) Apresentar oposição, alegando culpa exclusiva de Verônica 
pelo evento. 
D) Proceder a denunciação da seguradora para que ela 
ingresse no processo e venha a ressarcir seu cliente em 
eventual condenação. 
 
Questão 58 
Henrique, residente em São Paulo-SP, ajuizou ação 
reivindicatória de propriedade em face de Antonio, 
domiciliado em Colatina-ES, alegando ser dono de imóvel 
situado em Campo Grande - MS. A demanda foi proposta no 
município de São Paulo. No presente caso, o réu, citado, 
deverá alegar: 
A) Por meio de Exceção de Incompetência, a Incompetência 
absoluta do juízo, requerendo a remessa dos autos à comarca 
de Colatina. 
B) Por contestação, a necessidade de remessa dos autos para 
Colatina, seu domicílio. 
C) Por preliminar de contestação, a incompetência absoluta 
do juízo, requerendo a remessa dos autos à comarca de 
Campo Grande. 
D) Por meio de Exceção de Incompetência, a incompetência 
relativa, devendo requerer a remessa dos autos à comarca 
que o magistrado entender mais benéfica ao réu. 
 
Questão 59 
Patrício, analfabeto, morador de região longínqua no sertão e 
sem televisão em sua residência, cria pássaros silvestres como 
hobby desde a época em que seu avô era vivo. Dado dia, um 
fiscal ambiental se dirige até a residência de Patrício e verifica 
que este não tinha autorização do órgão competente para 
criar tais animais. Assim, autua-o e a ocorrência segue seu 
devido trâmite, de modo que Patrício é denunciado por crime 
ambiental. Como advogado de Patrício, qual tese com maior 
consistência jurídica poderia ser alegada? 
A) Crime impossível, pois não há qualquer risco de lesão a 
bem jurídico. 
B) Erro sobre descriminante putativa, pois Patrício pensava 
que agia licitamente. 
C) Erro de tipo, tratando-se de fato atípico. 
D) Erro de proibição, que pode em tese excluir sua 
culpabilidade. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SIMULADO – XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – NOVEMBRO DE 2015 – TIPO 1 
 
Questão 60 
Promotor de justiça ofereceu denúncia contra pessoa jurídica 
por crime ambiental, de modo que fez constar no polo passivo 
apenas esta, não tendo oferecido denúncia contra a pessoa 
física. O magistrado rejeitou a denúncia, sob o fundamento de 
que deveria constar obrigatoriamente no polo passivo ao lado 
da pessoa jurídica, a pessoa física também. Analise a decisão 
do magistrado, a luz da atual jurisprudência do Supremo 
Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça. 
A) A decisão foi incorreta, vez que após alteração no 
entendimento do Superior Tribunal de Justiça, tanto esta 
Corte, como o Supremo Tribunal Federal não mais adotam a 
teoria da dupla imputação, de modo que a pessoa jurídica 
pode ser responsabilizada independentemente da pessoa 
física. 
B) A decisão em tese é possível, vez que o Superior Tribunal 
de Justiça ainda adota a teoria da dupla imputação, exigindo 
pessoa física e pessoa jurídica no polo passivo da demanda 
penal. 
C) A decisão foi correta, vez que tanto Superior Tribunal de 
Justiça quanto Supremo Tribunal Federal adotam a teoria da 
dupla imputação, exigindo-se que pessoa física e pessoa 
jurídica figurem no polo passivo da demanda penal. 
D) A decisão foi correta, de modo que há responsabilidade 
penal primária da pessoa física e subsidiária da pessoa 
jurídica, consoante entendimento sedimento do Superior 
Tribunal de Justiça e do o Supremo Tribunal Federal. 
 
Questão 61 
São infrações penais que não admitem tentativa: 
A) Crimes unissubsistentes, crimes culposos (incluindo a culpa 
imprópria), crimes preterdolosos, crimes habituais, 
contravenções penais e, segundo doutrina majoritária, os 
crimes de atentado. 
B) Crimes unissubsistentes, crimes culposos (salvo a culpa 
própria), crimes preterdolosos, crimes habituais, crimes 
omissivos impróprios, contravenções penais e, segundo 
doutrina majoritária, os crimes de atentado. 
C) Crimes unissubsistentes, crimes culposos (salvo a culpa 
própria), crimes preterdolosos, crimes habituais, crimes de 
mera conduta, contravenções penais e, segundo doutrina 
majoritária, os crimes de atentado. 
D)