Estudo Dirigido Ed 05 - Avaliação On-line Unopar 6º semestre
5 pág.

Estudo Dirigido Ed 05 - Avaliação On-line Unopar 6º semestre


DisciplinaAdministração I71.901 materiais714.331 seguidores
Pré-visualização5 páginas
\uf0b7 a) V \u2013 V \u2013 F \u2013 F.

\uf0b7 b) V \u2013 V \u2013 V \u2013 F.

\uf0b7 c) V \u2013 V \u2013 F \u2013 V.

\uf0b7 d) F \u2013 F \u2013 V \u2013 V.

\uf0b7 e) F \u2013 F \u2013 F \u2013 V.

8)

Considerando que a habilidade de lidar com conflitos nas relações de trabalho é uma das

habilidades requeridas pelo mercado de trabalho, avalie o recorte da matéria abaixo:

A gestão de pequenos conflitos

Rita Palladino/ Press & Mídia

.

[...] \u201cA administração de conflitos no trabalho tem uma característica muito interessante: não é

ensinada na escola. No entanto, esta é uma habilidade básica que pode ser importantíssima

para a sobrevivência profissional e tem que ser amplamente praticada\u201d, diz o consultor de RH

Arnaldo Nascimento.

Para ele, os conflitos no trabalho ocorrem quando uma pessoa está sujeita a algum tipo de

pressão, ou com expectativas elevadas a respeito de um projeto, ainda quando há um choque

de personalidades. \u201cPara pôr fim a conflitos é necessário ter uma forte capacidade de negociar,

de discutir a natureza do problema e não dos sentimentos envolvidos\u201d, continua ele. O

consultor diz ainda que é bom haver, eventualmente, algum tipo de conflito, \u201cpois propiciam

também inovação, melhoria, vantagem competitiva e o debate de ideias\u201d.

\u201cEliminar por completo os conflitos não deve ser o objetivo do administrador, e acredito que

saber lidar com conflitos é algo que deveria fazer parte do currículo de qualquer profissional\u201d,

diz ele, continuando: \u201cTodo profissional deve desenvolver a sua capacidade de entender a

natureza dos conflitos e rapidamente estabelecer uma estratégia de solução, de maneira que

não haja ressentimento de nenhuma das partes envolvidas, nenhuma sensação de derrota e

muito menos um ambiente de trabalho ruim para qualquer das partes\u201d.

Arnaldo afirma ainda que a capacidade de manejar situações de conflito é essencial para as

pessoas e as organizações e que isso é como uma \u201cfonte geradora de mudanças, pois das

tensões conflitantes, dos diferentes interesses das partes envolvidas é que nascem

oportunidades de crescimento mútuo\u201d, diz. (NASCIMENTO, 2015 ).

A partir da leitura do texto, assinale a alternativa CORRETA:

Alternativas:

\uf0b7 a) Todo profissional, para lidar com os conflitos, deve desenvolver a habilidade de

negociação e discutir com os envolvidos, a natureza do problema.

\uf0b7 b) Mesmo bem administrado, o conflito sempre será um fator negativo e prejudicial no

ambiente organizacional.

\uf0b7 c) A falta de comunicação ou de liderança dificilmente podem ser fontes de conflitos.

\uf0b7 d) Não é possível afirmar que haja relação entre fatores de personalidade e os conflitos

no ambiente organizacional.

\uf0b7 e) Para lidar com os conflitos a dica é sempre lidar com os sentimentos envolvidos na

situação.

9) Observe a figura abaixo:

Analisando a citação do filósofo Jean-Paul Sartre, e refletindo sobre a gestão da carreira,

assinale a alternativa CORRETA:

NASCIMENTO, Arnaldo. A gestão de pequenos conflitos. Disponível

em:<http://hgmconsultores.com.br/noticia/69>. Acesso em: 17 mai. 2015).

Figura 6 \u2013 Jean Paul Sartre

Fonte: Disponível em: <cronicaexistencial.blogspot.com>. Acesso em: 17 mai. 2015.

Alternativas:

\uf0b7 a) Ao planejar a carreira fazemos escolhas que trarão consequências para o viver.

\uf0b7 b) Viver e planejar a carreira consiste em pensar a curto prazo sem levar em

consideração as consequências.

\uf0b7 c) No nosso viver e planejamento de carreira a escolha da profissão uma vez decidida

não acarretará consequências pessoais.

\uf0b7 d) As escolhas profissionais não acarretam consequências para nosso viver.

\uf0b7 e) Temos um destino definido e em nossas escolhas não precisamos levar em

consideração as consequências.

10) Avalie o trecho da matéria a seguir:

Troca frequente de emprego prejudica currículo, diz pesquisa Currículo: lugar com maior índice

de intolerância a profissionais instáveis é Hong Kong

Figura 8 \u2013 Mercado de trabalho

Fonte: Disponível em: www.gettyimages.com. Acesso em: 17 mai. 2015.

Adeline de Daniele , INFO Online

Sâo Paulo - Se você vive trocando de emprego por qualquer motivo é melhor começar a tomar

cuidado: uma pesquisa realizada pela Robert Half revela que profissionais com histórico de

pouca permanência nas empresas são facilmente descartados de processos seletivos. É o que

afirmam 95% dos CFOs brasileiros. Segundo o levantamento, 20% dos entrevistados afirmam

que cinco trocas de emprego em 10 anos já é o suficiente para considerar um candidato como

profissional instável. Outros 18% consideram sete um número alto de mudanças durante uma

década e 15% apontam que 10 transições no mesmo período é algo preocupante. Para 15%,

três movimentações de emprego nesse intervalo de tempo merecem atenção. Segundo o

diretor da Robert Half, Sócrates Melo, um profissional valorizado no mercado deve ser capaz

de completar ciclos de projetos e aprendizados. \u201cA contratação é um investimento da empresa

no colaborador. Se ele não permanece tempo suficiente para atuar nos projetos do início até o

momento de colher os resultados, torna-se difícil compreender sua capacidade de entrega e

seu valor para a organização\u201d, explica. Além disso, o executivo explica que existem razões

plausíveis para curtas permanências nos empregos, mas o profissional pode ser classificado

como instável pelo recrutador caso ele sempre deixe um emprego sem justificativas claras

(HALF, 2015 ).

DANIELE, Adeline de. Troca frequente de empregos prejudica currículo, diz pesquisa.

Disponível em: http://info.abril.com.br/noticias/carreira/2014/11/historico-de-instabilidade-em-

empregos-prejudica-curriculo-diz-pesquisa.shtml. Acesso em: 17 mai. 2015.

A pesquisa conduzida pela Robert Half, nos revela que:

(I) O tempo de permanência na empresa, é avaliada pelos recrutadores e selecionadores, e

que acima de 5 trocas de emprego em 10 anos, já é restritivo.

(II) O tempo de permanência não é um critério considerado nos processos de seleção.

(III) Quanto mais mudanças de emprego, mais o candidato é atrativo para o mercado de

trabalho.

(IV) Se o colaborador não acompanhar todo o ciclo do projeto, torna-se difícil compreender sua

capacidade de entrega e seu valor para a organização.

Estão corretas as afirmações:

Alternativas:

\uf0b7 a) I e IV.

\uf0b7 b) I - III e IV.

\uf0b7 c) III e IV.

\uf0b7 d) I - II e IV.

\uf0b7 e) I e II.

11) Observe a frase abaixo:

Fonte: Disponível em: <http://www.tvjaguar.com.br/site/noticia.php?Tid=8449>. Acesso em: 17

mai. 2015.

Com base na citação do antropólogo e sociólogo Leonardo Boff, assinale a alternativa

CORRETA:

Alternativas:

\uf0b7 a) O valor de uma pessoa é a capacidade de colocar em prática os conhecimentos que

possui para transformar o mundo.

\uf0b7 b) O importante é ter conhecimento prático.

\uf0b7 c)

O valor de alguém é medido pelo saber que ela tem.

\uf0b7 d) Fazer e agir de forma prática vale mais que teorias e conhecimento técnicos.

\uf0b7 e) É importante a pessoa ter sabedoria para si, independente da ação.

12) Leia parte da crônica de Luiz Carlos Cabrera:

Feio é fazer bico

HALF, Robert. Profissionais instáveis têm má reputação no mercado de trabalho. Disponível em:

http://www.roberthalf.com.br/portal/site/rh-

br/menuitem.b0a52206b89cee97e7dfed10c3809fa0/?vgnextoid=02c632df80b0a410VgnVCM10

0000180af90aRCRD. Acesso em: 27 mai. 2015.

Luiz Carlos Cabrera é professor da Eaesp-FGV, diretor da AmropPanelli Motta Cabrera e

membro do AdvisoryBoard da AmropInternational (redacao.vocesa@abril.com.br) 11/03/2011.

Você já recebeu uma crítica em público?