A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
44 pág.
Todos os Exercícios - Literatura Africana

Pré-visualização | Página 1 de 12

Todos os Exercícios – Literatura Africanas 
 
1
a
 Questão (Ref.: 201307349963) 
 
Faça um comentário sobre os versos do texto poético "Dilema", do escritor guineense Vasco 
Cabral, a seguir transcritos: 
 
Cinco séculos 
Gerações 
 Fome 
 Exploração 
 Miséria 
 
 
Sua Resposta: 
 
 
Compare com a sua resposta: O poema apresenta a colonização com o verso "Cinco séculos" e as 
consequências da colonização portuguesa nos versos seguintes. 
 
 
 
 2
a
 Questão (Ref.: 201307349959) 
 
Por que ocorreu a diáspora cabo-verdiana? 
 
 
Sua Resposta: Em relação a Cabo Verde, a ênfase sempre recaiu na formação de uma identidade 
especificamente diaspórica pela qual, de forma aparentemente paradoxal, o cimento seria constituído 
pela dispersão espacial e a referência comum a uma origem quase mítica de uma terra-mãe 
madrasta. De forma imaginária, tornaram positiva a caboverdianidade diaspórica, mas em nome das 
condições adversas na origem, esse mal inicial, atribuíram-se dons excepcionais a esse povo 
disperso advindos de um destino ingrato. 
 
 
Compare com a sua resposta: Pela extrema pobreza de seu povo, que vive em uma região seca 
devido à falta de chuvas e ao fato de não haver rios no país, o que impede que seus habitantes 
tenham boas condições de sobrevivência. 
 
 
 
 3
a
 Questão (Ref.: 201307239730) Pontos: 1,0 / 1,0 
Uma das semelhanças estabelecidas entre Cabo Verde e Brasil, pelos poetas cabo-verdianos, e que 
está presente nos versos "é o seu falar português/que se parece com o nosso", de Jorge Barbosa, 
representa: 
 
 uma tentativa de aperfeiçoar o português falado em Cabo Verde. 
 uma insubordinação ao dominador português, que impôs sua língua, ao aproximar-se 
ideologicamente de outro país colonizado. 
 um desejo do eu lírico de ser brasileiro. 
 uma imitação dos modelos literários brasileiros. 
 uma proposta de alteração na língua portuguesa. 
 
 
 
 4
a
 Questão (Ref.: 201307239727) Pontos: 1,0 / 1,0 
Um dos temas presentes na literatura de Cabo Verde, surgido com a revista Claridade, é o 
evasionismo físico e mental. O que ele representa? 
 
 Uma recusa às péssimas condições sociais decorrentes da seca e da colonização. 
 A migração dos cabo-verdianos para todas as regiões da África. 
 Uma fuga em massa das ilhas, pois os cabo-verdianos não se adaptaram ao sistema colonial. 
 Uma proposta religiosa, segundo a qual a Terra Prometida somente seria alcançada se 
houvesse uma fuga das ilhas. 
 Uma metáfora literária sem relação com a realidade de Cabo Verde. 
Gabarito Comentado. 
 
 
 
 
 5
a
 Questão (Ref.: 201307239731) Pontos: 1,0 / 1,0 
O que representa, para a literatura cabo-verdiana, a substituição do mito de Atlântida pelo mito de 
Pasárgada, presente na poesia de Manuel Bandeira? 
 
 Iniciar o movimento modernista em Cabo Verde. 
 Comparar-se ao escritor brasileiro, a fim de tornar conhecida a literatura de Cabo Verde. 
 Considerar que Pasárgada, por ser um lugar inventado, poderia acolher melhor os cabo-
verdianos. 
 Romper com o discurso colonial de terra prometida e denunciar a miséria em Cabo Verde, 
através do tema do evasionismo, também proposto por Bandeira. 
 Constituir uma literatura apoiada no imaginário, tendo em vista a dura realidade colonial. 
 
 
 
 6
a
 Questão (Ref.: 201307345550) Pontos: 1,0 / 1,0 
Qual o contexto da libertação de Cabo Verde do domínio colonial? 
 
 Cabo Verde libertou-se de Portugal após um acordo entre Amílcar Cabral, líder da guerrilha 
cabo-verdiana, e militares portugueses que participaram da Revolução dos Cravos. 
 Cabo Verde tornou-se livre quando decidiu deflagrar a Guerra Colonial sem a ajuda das 
demais colônias. 
 Cabo Verde alcançou a liberdade após lutar ao lado de Guiné-Bissau sob a liderança de 
Amílcar Cabral. 
 Cabo Verde tornou-se livre por intervenção de países europeus que consideraram a 
importância do arquipélago para estudos científicos dos fenômenos naturais. 
 Cabo Verde tornou-se independente por exigência de Angola, visto que Agostinho Neto, líder 
da libertação angolana, tinha ascendência cabo-verdiana. 
Gabarito Comentado. 
 
 
 
 
 7
a
 Questão (Ref.: 201307239723) Pontos: 0,0 / 1,0 
O mar tem uma dupla representação na literatura cabo-verdiana, uma positiva e outra negativa, que 
são: 
 
 cor verde do mar, semelhante aos olhos da maioria da população, e os naufrágios dos navios 
dos colonizadores. 
 a representação da vida, pois a água sugere a pesca e a colheita, e a representação da morte, 
associando-se o mar ao tráfico negreiro. 
 a beleza do horizonte e o tráfico negreiro. 
 uma associação com as glórias das navegações e outra com os naufrágios dos navios 
negreiros. 
 a busca de liberdade e o tráfico negreiro. 
Gabarito Comentado. Gabarito Comentado. 
 
 
 
 
 8
a
 Questão (Ref.: 201307239724) Pontos: 0,0 / 1,0 
O conceito de terralongismo, presente no sentimento do homem cabo-verdiano e expresso na 
literatura, representa: 
 
 o sentimento de que o homem cabo-verdiano é um ilhéu distanciado do mundo pelo mar. 
 a ideia de que os mares distanciam todos os homens, o que impede uma verdadeira 
fraternidade entre os povos. 
 a certeza de que a terra próspera que os cabo-verdianos povoavam antes da colonização ficou 
no passado distante. 
 o sentimento de que o homem cabo-verdiano é um ilhéu próximo do mundo pelo trânsito no 
mar. 
 a ideia de que o mar que separa a ilha do continente é uma ação de Deus contra os pecados do 
homem cabo-verdiano. 
Gabarito Comentado. 
 
 
 
 
 9
a
 Questão (Ref.: 201307239725) Pontos: 1,0 / 1,0 
Sobre a geração conhecida como ¿claridosa¿, podemos afirmar que: 
 
 não apresenta o africano negro como tema central de sua proposta. 
 não se estabeleceu como fundadora de uma literatura cabo-verdiana. 
 representou um divisor de águas entre a literatura colonial e um discurso identitário cabo-
verdiano. 
 imitou os modelos culturais europeus na literatura de Cabo Verde. 
 retomou o tema da escravidão. 
 
 
 
 10
a
 Questão (Ref.: 201307262729) Pontos: 0,0 / 1,0 
No poema "Raízes", o poeta caboverdiano Arnaldo França declara: "Nasci em um país que não é 
meu / Se de meu só restar o que me deram". Assinale a alternativa que corresponde aos versos 
destacados. 
 
 O poeta denuncia a destruição de seu país pela colonização portuguesa. 
 O poeta recusa o seu país, Cabo Verde, por ser um escritor assimilado. 
 O poeta nasceu em Portugal e foi levado para a África ainda menino, motivo pelo qual se 
identifica com a cultura europeia. 
 O poeta representa, com esses versos, o "evasionismo" que marca a literatura caboverdiana. 
 O poeta reconhece que, apesar de ser africano, a sua nacionalidade é portuguesa, já que é um 
colonizado. 
 
1
a
 Questão (Ref.: 201307262713) 
 
"-Eu nasci em Moçambique, de pais humildes provim, a cor negra que eles tinham é a cor que tenho 
em mim" Campos Oliveira é um poeta moçambicano que morreu em 1911. Porém, sua poesia ficou 
conhecida apenas a partir de 1960. Faça um breve comentário sobre os versos acima, pertencentes 
ao poema "O Pescador de Moçambique", contextualizando-os com o movimento de Negritude. 
 
 
Sua Resposta: 
 
 
Compare com a sua resposta: Percebemos que, embora tenha sido escrito bem antes da criação do 
movimento de Negritude, já se expressa em seu texto a valorização da raça negra. 
 
 
 
 2
a
 Questão (Ref.: 201307262842) 
 
Explique o motivo pelo qual os povos africanos uniram-se durante o período

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.