Regime Jurídico Único - I
3 pág.

Regime Jurídico Único - I


DisciplinaLei 8112/90132 materiais1.539 seguidores
Pré-visualização3 páginas
| Prof. Carlos Bandeira 60

federais poderão prover seus cargos com professores, técnicos e
estrangeiros.

b) Exercício é o efetivo desempenho das atribuições do cargo público ou da
função de confiança.

c) A idade mínima de dezoito anos é requisito básico para investidura em
cargo público.

d) As atribuições do cargo podem justificar a exigência de outros requisitos
não estabelecidos na Lei no 8.112/90.

e) A investidura em cargo público ocorrerá com a nomeação.

Comentários:

Alternativa \u201cA\u201d: CORRETA. A alternativa apontou corretamente as
exceções previstas no art. 5o, § 3o, da Lei no 8.112, para ocupação de cargos
públicos por estrangeiros.

Alternativa \u201cB\u201d: CORRETA. Isso mesmo, exercício é o efetivo
desempenho das atribuições do cargo público ou da função de confiança (art.
15, caput, da Lei no 8.112).

Alternativa \u201cC\u201d: CORRETA. A idade mínima é de 18 anos (art. 5o, inciso
V, da Lei no 8.112). Cuidado: mesmo que estiver emancipado, o menor de 18
não pode assumir cargo público!

Alternativa \u201cD\u201d: CORRETA. Os incisos I a VI do art. 5o, da Lei no 8.112,
são apenas os requisitos mínimos, pois outros podem ser acrescentados,
de acordo com o § 1o do mesmo dispositivo.

Alternativa \u201cE\u201d: errada. Tome cuidado! Erro muito comum: A
INVESTIDURA EM CARGO PÚBLICO DEVERÁ OCORRER COM A POSSE,
e não com a nomeação (art. 7o, da Lei no 8.112).

É muito fácil fazer confusão porque a nomeação é um ato de provimento
originário, mas ainda falta a consumação do ato da posse para que ocorra a
investidura!

Para você guardar: é necessário que seja percorrida a \u201cVIA DE MÃO
DUPLA\u201d para que seja consumada a investidura no cargo público, ou seja, O
NOMEADO AINDA PRECISA TOMAR POSSE!

Resposta: alternativa \u201cE.

REGIME JURÍDICO ÚNICO P/TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL (INSS)

em Teoria e Exercícios
Aula 01

`Prof. Carlos Antônio Bandeira

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Carlos Bandeira 65

b) A posse em cargo público é ato pessoal e intransferível, sendo proibida a
sua realização mediante procuração.

c) A posse deverá ocorrer no prazo de 30 (trinta) dias contados da publicação
do ato de provimento, sob pena de ser o ato tornado sem efeito.

d) Os concursos públicos podem ter validade de até 2 (dois) anos, possível
uma única prorrogação, por igual período.

e) A contar da posse em cargo público, o servidor tem o prazo de 15 (quinze)
dias para entrar em exercício.

Comentários:

Alternativa \u201cA\u201d: CORRETA, pelo art. 5o, da Lei no 8.112:

\u201cArt. 5o São requisitos básicos para investidura em cargo público:

I - a nacionalidade brasileira;

II - o gozo dos direitos políticos;

III - a quitação com as obrigações militares e eleitorais;

IV - o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo;

V - a idade mínima de dezoito anos;

VI - aptidão física e mental.\u201d

Alternativa \u201cB\u201d: errada. Contraria o art. 13, da Lei no 8.112: \u201c§ 3o A
posse poderá dar-se mediante procuração específica.\u201d

Alternativa \u201cC\u201d: CORRETA. O prazo para tomar posse é de trinta dias
da nomeação (art. 13, § 1o, da Lei no 8.112). Caso não tome posse nesse
prazo, a consequência é a ineficácia do ato, pelo mesmo art. 13: \u201c§ 6o Será
tornado sem efeito o ato de provimento se a posse não ocorrer no prazo
previsto no § 1o deste artigo.\u201d

Alternativa \u201cD\u201d: CORRETA, com base no art. 12, da Lei no 8.112: \u201cArt.
12. O concurso público terá validade de até 2 (dois) anos, podendo ser
prorrogado uma única vez, por igual período.\u201d

Alternativa \u201cE\u201d: CORRETA. Art. 15, da Lei no 8.112: \u201c§ 1o É de quinze
dias o prazo para o servidor empossado em cargo público entrar em
exercício, contados da data da posse.\u201d

Resposta: alternativa \u201dB\u201d.

REGIME JURÍDICO ÚNICO P/TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL (INSS)

em Teoria e Exercícios
Aula 01

`Prof. Carlos Antônio Bandeira

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Carlos Bandeira 99

a) reversão.

b) readaptação.

c) reintegração.

d) recondução.

e) recapacitação.

REGIME JURÍDICO ÚNICO P/TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL (INSS)

em Teoria e Exercícios
Aula 01

`Prof. Carlos Antônio Bandeira

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Carlos Bandeira 101

púbicas do cargo ou função de confiança. Prazos:

a) para cargos públicos: 15 dias após a posse, sob
pena de exoneração; e

b) para função de confiança: mesmo dia da
publicação da designação, ou em até 30 dias da
publicação, em caso de impedimento.

\u2022 Estágio probatório: período de três anos, para
verificação de assiduidade, disciplina, capacidade de
iniciativa, produtividade e responsabilidade. Caso não
seja aprovado, causará a exoneração do servidor ou
o retorno do servidor estável ao cargo público
anterior. Servidor pode ser cedido apenas para
ocupar DAS 4, 5 ou 6, ou cargo de Natureza Especial.
Pode ocupar qualquer cargo em comissão durante o
período. Ver hipóteses de suspensão do estágio.

\u2022 Estabilidade:

a) comprovação de três anos de efetivo exercício;

b) ingresso mediante concurso público;

c) cargo público efetivo; e

d) obrigatória avaliação especial de desempenho por
comissão instituída para essa finalidade.

\u2022 Servidor estável só pode perder o cargo:

a) por sentença judicial transitada em julgado;

b) por processo administrativo que lhe seja
assegurada ampla defesa; ou

c) procedimento de avaliação periódica de
desempenho, na forma de lei complementar, com
ampla defesa.

Provimento derivado: a) promoção; b) readaptação:
c) reversão; d) aproveitamento; e) reintegração; e f)
recondução.

CURSO: www.pontodosconcursos.com.br