A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
EXERCÍCIOS DE IMAGENOLOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 2

IMAGENOLOGIA DA KETTY 2015 Página 1 
 
EXERCÍCIOS DE IMAGENOLOGIA - Mamografia 
1 - Em relação à anatomia das mamas, o ponto de junção da porção inferior da mama 
com a parede torácica e o tecido que envolve o músculo peitoral lateralmente são 
denominados, respectivamente, como: 
(A) Mamilo e aréola. 
(B) Quadrante inferior interno e região retroareolar. 
(C) Prega inframamária e prolongamento axilar. 
(D) Junção dos quadrantes e região de Eklund. 
(E) Regiões inframamilar e mediolateral oblíqua. 
2 - Com o objetivo de facilitar seu estudo e a localização de possíveis lesões, pode-se 
dividir cada mama em regiões, mediante os métodos dos quadrantes e do mostrador 
de relógio. Assim, uma lesão localizada há 2 horas na mama direita pelo método do 
mostrador de relógio, corresponde a uma lesão em qual localização pelo método dos 
quadrantes? 
(A) QSE (quadrante superior externo). 
(B) QSI (quadrante superior interno). 
(C) QIE (quadrante inferior externo). 
(D) QII (quadrante inferior interno). 
(E) Junção dos quadrantes. 
3 - A incidência craniocaudal é utilizada na rotina do estudo radiográfico das mamas. 
Nesta incidência, a paciente deve estar, preferencialmente, em posição ortostática (em 
pé) e mantendo a cabeça em qual posição? 
(A) Virada para o lado oposto ao que está em estudo. 
(B) Fletida, com os olhos fechados. 
(C) Hiperestendida, afastando-se do mamógrafo. 
(D) Em posição neutra. 
(E) No mesmo lado em que está sendo feita a incidência. 
4 - Como é denominada, no estudo radiográfico das mamas, a incidência 
complementar que serve para visualizar o tecido mamário medial de ambas as mamas 
em uma incidência? 
(A) Craniocaudal. 
(B) Mediolateral oblíqua. 
(C) Cleópatra. 
(D) Radier. 
IMAGENOLOGIA DA KETTY 2015 Página 2 
 
(E) Cleavage. 
5 - Ao realizar uma mamografia numa paciente que tenha mamas com silicone, deve 
ser usado o ajuste manual de exposição, pois a alta densidade do silicone pode 
determinar uma: 
(A) Subexposição. 
(B) Superexposição. 
(C) Imagem artefatual. 
(D) Radiodermite. 
(E) Magnificação. 
6 - Para a realização adequada da mamografia, a compressão da mama é de extrema 
importância, visando evitar que a base da mama fique subexposta à radiografia e os 
tecidos anteriores, superexpostos, devendo ser feita com cuidado, no limite tolerado 
pela paciente. Além de tornar a espessura da mama uniforme, qual seria outra 
vantagem da compressão? 
(A) Reduzir a resolução da imagem por aproximar os tecidos mamários do filme. 
(B) Permitir maior mobilização da mama durante o exame. 
(C) Aumentar a radiação dispersa. 
(D) Determinar a utilização de um tempo de exposição mais longo. 
(E) Separar os tecidos sobrepostos que poderiam causar confusão diagnóstica. 
7 - A ductografia é o exame contrastado dos ductos mamários e consiste na injeção de 
qual tipo de meio de contraste no ducto mamário a ser estudado? 
(A) Iodado. 
(B) Baritado. 
(C) Paramagnético. 
(D) Superparamagnético. 
(E) Lipossolúvel. 
8 - No que se refere às diretrizes básicas de proteção radiológica, o que devem fazer 
os fabricantes de equipamentos de mamografia para que se possa fazer testes de 
controle da qualidade de imagem? 
(A) Vender equipamentos totalmente digitais. 
(B) Acrescentar um tubo extra em cada mamógrafo. 
(C) Oferecer treinamento semestral de radioproteção. 
(D) Disponibilizar fantoma de mama. 
(E) Fazer testes bianuais em todos os equipamentos. 
IMAGENOLOGIA DA KETTY 2015 Página 3 
 
9 - A mamografia digital pode ser realizada por dois tipos de sistemas: o CR 
(Radiografia Computadorizada) no qual um chassi com placa especial é o receptor de 
imagem e que posteriormente a exposição é colocado numa leitora/processadora, e o 
DR (Radiografia com detector digital) que tanto captura quanto converte a imagem 
mamográfica para o formato digital. Uma vantagem da mamografia digital é a 
possibilidade de: 
(A) Aumentar a dose de radiação. 
(B) Reduzir o custo dos exames. 
(C) Manipular a imagem pós-exposição. 
(D) Garantir a necessidade de repetir o exame. 
(E) Impedir a transmissão de imagens. 
10 - A mama fibroglandular é bastante densa, por conter uma quantidade 
relativamente pequena de tecido gorduroso, sendo a faixa etária comum das 
pacientes com este tipo de tecido mamário situada entre: 
(A) 1 ano até a puberdade. 
(B) Pós-puberdade até 30 anos. 
(C) 35 a 45 anos. 
(D) 40 a 60 anos. 
(E) Pós-menopausa até 70 anos. 
11 - Em relação à anatomia da mama, existem faixas de tecido fibroso que são 
conhecidas como ligamentos de Cooper. Qual é a sua função? 
(A) Promover a drenagem linfática. 
(B) Estimular a produção de leite. 
(C) Garantir a vascularização arterial e venosa das mamas. 
(D) Dar suporte para as glândulas mamárias. 
(E) Servir de parâmetro radiográfico para divisão em quadrantes. 
12 - Qual é o tipo de material utilizado no dispositivo de compressão, existente 
em todos os aparelhos de mamografia? 
(A) Plástico. 
(B) Selênio. 
(C) Molibdênio. 
(D) Alumínio. 
(E) Tungstênio. 
IMAGENOLOGIA DA KETTY 2015 Página 4 
 
13 - Qual é o método de imagem que permite avaliar a possibilidade de ruptura 
intra ou extracapsular de um implante mamário, incluindo a área posterior ao 
implante? 
(A) Mamografia convencional. 
(B) Mamografia digital. 
(C) Ductografia. 
(D) Ultrassonografia. 
(E) Ressonância magnética. 
14 - Com relação à classificação das mamas, é correto afirmar que: 
(A) Mamas adiposas são mais comuns em pacientes com 50 anos ou mais; 
(B) Mamas fibroglandulares são encontradas em crianças e homens; 
(C) A faixa etária comum para pacientes com mama fibroadiposa varia entre 15 a 30 
anos; 
(D) Gestantes ou lactantes apresentam mamas de constituição predominantemente 
fibroadiposa. 
15 - Em relação ao posicionamento no exame mamográfico, é correto afirmar que: 
(A) Na incidência médiolateral o ápice da mama é mais espesso que a base; 
(B) A base da mama é a porção próxima da parede torácica e a área próxima ao 
mamilo é chamada de ápice; 
(C) Loções ou hidratantes não interferem na produção de artefatos de imagem; 
(D) O lado anódico do feixe de raios X tem intensidade significativamente maior de 
raios X quando comparado com o lado catódico. 
16 - Com relação à compressão da mama, é correto afirmar que: 
(A) Aplica-se a força de forma rápida para melhor adaptação da paciente; 
(B) Com a compressão, aumenta-se a dose e quantidade de radiação; 
(C) Aplica-se normalmente 25 a 45 libras de força; 
(D) A compressão prejudica a avaliação das estruturas mamarias por contribuir na 
superposição das mesmas 
17 - As incidências especiais na mamografia são: 
(A) Mediolateral e craniocaudal exagerada 
(B) Mediolateral obliqua e craniocaudal; 
(C) Craniocaudal e método de Eklund; 
(D) Mediolateral obliqua e deslocamento de implante. 
 
IMAGENOLOGIA DA KETTY 2015 Página 5 
 
18 - A faixa correta em quilovoltagem para mamografia é: 
(A) 10 a 15; 
(B) 23 a 28; 
(C) 30 a 35; 
(D) 40 a 55 
19 - Em relação às mamografias, é correto afirmar que: 
(A) Na mamografia a grade é fixa; 
(B) A quilovoltagem deve ser maior que a miliamperagem/ segundo na mamografia 
tecnicamente adequada; 
(C) A dose na pele para paciente que submete-se a mamografia é de cerca de 1.300 a 
1.500 milirad; 
(D) Mamografias requerem alta miliamperagem/segundo variando entre 75 a 85. 
20 - A melhor incidência para demonstrar calcificações cutâneas no exame 
mamográfico é: 
(A) Ampliação em duas incidências ortogonais; 
(B) Lateralmente exagerada; 
(C) Tangencial a pele na melhor incidência, utilizando marcador metálico na superfície 
cutânea; 
(D) Rotacional 
 
21 - Com relação à técnica utilizada na mamografia é correto afirmar que: 
(A) O véu da base da câmara escura deve ser maior ou igual a 0,05;

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.