3 esferas do governo

3 esferas do governo


DisciplinaEnfermagem37.360 materiais349.334 seguidores
Pré-visualização2 páginas
adequados, seja pela falta de recursos humanos qualificados (em especial nos pequenos municípios) ou de metodologia adequada, complicada com sistemas de informação desintegrados, falta de bons parâmetros assistenciais que permitam adequada programação, ausência de metas e processos de avaliação realistas;
Inadequações na infraestrutura das unidades de atenção primária, déficits de recursos humanos, falta de priorização de riscos, de definição de protocolos e de implantação de linhas ou guias de cuidado, acompanhamento deficiente das condições crônicas;
Desafios e perspectivas do SUS
Grande quantidade de pequenos hospitais o que propicia uma baixa eficiência, qualidade de assistência precária e difícil sustentabilidade econômica;
Outros.
Revisão:
Da década de 20 até 1988 prevalece um modelo de proteção social performático, ou seja, com foco exclusivo no contribuinte (trabalhador), pois, segundo a visão meritocrática vigente, apenas esse merecia receber benefícios por parte do Estado dada sua contribuição para a riqueza nacional;
A partir de 1988, o Brasil, na contra-mão da política internacional que adotava uma redução do estado de bem-estar social, institui, inspirado no National Health Service da Inglaterra, um sistema de saúde no qual o Estado assume um papel social na minimização das desigualdades produzidas pelo sistema capitalista;
O SUS baseia-se na saúde como um direito do cidadão e um dever do Estado. Pautado pelos princípios de universalidade, equidade, integralidade e organizado de maneira descentralizada, hierarquizada e com participação da população em todos os níveis de governo;
Referências 
BRASIL. Constituição, 1988.
BRASIL. Lei 8.080/90 de 19 de setembro de 1990; 
BRASIL. Lei 8.142/90 28 de dezembro de 1990; 
BRASIL. Norma Operacional Básica (NOB) SUS 01/93;
BRASIL. Norma Operacional Básica (NOB) SUS 01/96; 
BRASIL. Normas Operacionais de Atenção à Saúde (NOAS) 01/01;
BRASIL. Normas Operacionais de Atenção à Saúde (NOAS) 01/02;
Referências
MENDES, J. D. V; BITTAR, J. N. V. Perspectivas e desafios da gestão pública no SUS. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, v.1 N.1,p.35-39,2014
PAIM, J; TRAVASSOS, C; ALMEIDA, C; BAHIA, L; MACINKO, J. O sistema de saúde brasileiro: história, avanços e desafios. In: THE LANCENET: Saúde no Brasil. Maio 2013. Disponível em: < http://www.cpgss.pucgoias.edu.br/ArquivosUpload/31/file/O%20SISTEMA%20DE%20SAUDE%20BRASILEIRO.pdf >