SIMULADO DIREITOS HUMANOS
3 pág.

SIMULADO DIREITOS HUMANOS


DisciplinaDireitos Humanos18.463 materiais62.660 seguidores
Pré-visualização2 páginas
DIREITOS HUMANOS
	
	
	 1a Questão 
	
	Assim dispõe a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 no seu artigo 170: - A ordem econômica, fundada na valorização do trabalho humano e na livre iniciativa, tem por fim assegurar a todos existência digna, conforme os ditames da justiça social, observados os seguintes princípios: I - soberania nacional; II - propriedade privada; III - função social da propriedade; IV - livre concorrência; V - defesa do consumidor; A partir da interpretação deste artigo, responda, JUSTIFICADAMENTE, se é correto afirmar que a Constituição de 1988 pode ser classificada como sendo uma Constituição Compromissória?
		
	
resposta: A constituição de 1988 deve ser classificada como Compromissória, porque o texto constitucional é dialético, sem predomínio absoluto de uma única tendência política, buscando um equilíbrio entre os interesses do capital e do trabalho. Ou seja, a interpretação do artigo 170 da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, que traça os princípios da Ordem Econômica, mostra com clareza que existe a tentativa de harmonização dos valores da democracia liberal (livre iniciativa, propriedade privada e livre concorrência), com os valores da social democracia (existência digna, ditames da justiça social, função social da propriedade e direito dos consumidores).
		
	
	
	 2a Questão 
	
	A primeira dimensão dos direitos fundamentais surge como reação ao mecanismo de concentração do poder político do Estado, cuja arquitetura jurídica prejudicava a burguesia ascendente. E assim é que a positivação dos direitos de primeira dimensão em documentos solenes e superiores tem dupla conotação: de um lado, a sacralização do pacta sunt servanda e, do outro, a criação de um modelo de estatalidade mínima. A partir de tais considerações, responda, JUSTIFICADAMENTE, se é correto afirmar que tal modelo de Estado corresponde ao Estado Liberal?
		
	
	
resposta: A resposta é afirmativa. Com efeito, o modelo de Estado é o Estado liberal de direito e os direitos de primeira dimensão são as liberdades individuais diante do autoritarismo do Estado absoluto. Em sua grande maioria, são direitos negativos com um caráter de abstenção do Estado em não interferir nessas liberdades individuais. Correspondem à expressão ¿liberdade¿ dentro da trilogia da Revolução Francesa (liberdade-igualdade-fraternidade) já que simbolizam o respeito aos direitos civis e políticos dos cidadãos em relação ao Estado que se vê então limitado no seu poder absoluto de outrora.
		
	
	
	 3a Questão 
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A regra inserida no art. 2º da Constituição da República Federativa do Brasil: São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário, é uma norma de:
		
	
	Eficácia limitada de princípio programático, portanto de aplicabilidade indireta, mediata e reduzida, estabelecendo programa de natureza governamental a ser desenvolvido através de integração legislativa, visando à realização dos fins sociais do Estado.
	
	Eficácia negativa.
	
	Eficácia contida, portanto de aplicabilidade direta e imediata, mas que pode ter reduzido o seu alcance pela atividade do legislador infraconstitucional.
	 
	Eficácia plena, portanto de aplicabilidade direta, imediata e integral.
	
	Eficácia limitada de princípio institutivo, portanto de aplicabilidade indireta, mediata e reduzida, dependendo de integração legislativa para dar corpo a instituições, entidades e órgãos.
	
	
	
	 4a Questão 
	Pontos: 1,0  / 1,0
	São características da doutrina brasileira da efetividade, EXCETO:
		
	
	Refuta a aplicação axiomático-dedutiva do positivismo jurídico.
	
	Fortalece a efetividade dos direitos sociais de segunda dimensão, uma vez que atribui força normativa aos princípios constitucionais.
	
	Rejeita a aplicação mecânica da lei e do dogma da subsunção silogística.
	
	o Poder judiciário tem papel relevante na garantia das normas constitucionais, agindo como legislador positivo na omissão do legislador democrático.
	 
	defende a tese do positivismo jurídico, na qual os princípios constitucionais não têm nenhuma eficácia.
	
	
	
	 5a Questão 
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Com relação ao rol jusfundamental do cidadão brasileiro, analise as assertivas abaixo e assinale a resposta CORRETA: I) A Constituição de 1988 é um sistema fechado de regras jurídicas que só admite os DIREITOS FUNDAMENTAIS EXPLÍCITOS. II) A Constituição de 1988 é um sistema aberto de regras e princípios e também admite DIREITOS FUNDAMENTAIS IMPLÍCITOS, advindos do artigo 5º, § 2º.
		
	 
	a assertiva I é falsa e a assertiva II é verdadeira.
	
	as duas assertivas são falsas, porém a assertiva I justifica a assertiva II.
	
	as duas assertivas são falsas.
	
	ambas assertivas são verdadeiras
	
	a assertiva I é verdadeira e a assertiva II é falsa.
		
	
	
	 6a Questão 
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A norma constitucional cuja aplicação não dependa de intervenção legislativa superveniente, gerando seus efeitos de per si é considerada norma de eficácia
		
	
	contida.
	
	Compromissória.
	
	limitada.
	
	concorrente.
	 
	plena.
	
	
	
	 7a Questão 
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Em que pesem os debates contemporâneos, ainda é bastante utilizada a classificação de José Afonso da Silva acerca da eficácia das normas constitucionais. De acordo com essa classificação clássica, assinale a assertiva correta:
		
	
	a) Poderá ser impetrado Mandado de Injunção para sanar omissão de norma constitucional de eficácia limitada.
	
	c) Normas constitucionais de eficácia contida são aquelas desprovidas de qualquer eficácia jurídica e social enquanto não houver legislação integrativa infraconstitucional que lhes dê aplicabilidade.
	
	e) O artigo 5º, § 1º, da Constituição Federal, que consigna a aplicabilidade imediata dos direitos e garantias fundamentais, é norma constitucional de eficácia limitada.
	 
	b) Todas as normas definidoras de direitos e garantias fundamentais contidas no artigo 5º da Constituição podem ser consideradas como normas constitucionais de eficácia imediata.
	
	d) Normas constitucionais de eficácia limitada são aquelas que têm aplicabilidade integral, produzindo seus efeitos desde a entrada em vigor da Constituição, podendo sofrer redução no seu alcance por atuação do legislador infraconstitucional.
		
	
	
	 8a Questão 
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A norma constitucional cuja aplicação não dependa de regulamentação por norma infraconstitucional e que tenha aplicabilidade direta, integral e imediata, é considerada de eficácia.
		
	
	contida
	 
	plena
	
	limitada
	
	absoluta
	
	concorrente.
	
	
	
	 9a Questão 
	Pontos: 1,0  / 1,0
	É considerado norma de eficácia contida o seguinte dispositivo da Constituição Federal:
		
	
	o art. 18, § 1º: Brasília é a Capital Federal.
	
	o art. 37, VII: o direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos em lei específica.
	 
	o art. 5º, XIII: é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer
	
	o art. 84, I: compete privativamente ao Presidente da República nomear e exonerar os Ministros de Estado.
	
	o habeas corpus (remédio constitucional).
	
	
	
	 10a Questão 
	Pontos: 1,0  / 1,0
	No Estado de Direito contemporâneo predomina a dogmática pós-positivista, cuja lógica jurídica garante a eficácia das normas constitucionais, seja pela ação do poder legislativo, seja pela atuação positiva do poder judiciário. Tal doutrina, no Brasil, recebeu o nome de:
		
	 
	Doutrina da efetividade