A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
61 pág.
Apostila de Direito Constitucional (resumão)

Pré-visualização | Página 14 de 14

Dessa união, nasceu, no Brasil, um menino, batizado Ronaldo. 
Com relação à situação hipotética apresentada acima, julgue: 
Na situação apresentada e segundo o entendimento do Ministério das Relações 
Exteriores com relação ao disposto na Constituição brasileira, Ronaldo, apesar 
de ter nascido no Brasil, e ser filho de uma brasileira, não será brasileiro nato. 
12- José, nascido em Lisboa - Portugal, é filho de um português com 
uma brasileira que se mudou para Portugal em busca de melhores 
oportunidades de trabalho. Ao atingir a idade adulta, José ingressou na 
carreira diplomática, tendo recebido como primeiro posto no exterior o 
cargo de terceiro secretário na embaixada de Portugal no Brasil. No 
Brasil, conheceu uma brasileira de nome Márcia, com quem se casou. 
Dessa união, nasceu, no Brasil, um menino, batizado Ronaldo. Com 
relação à situação hipotética apresentada acima, julgue: 
Segundo a Constituição brasileira, José, tendo vindo residir no Brasil, pode 
optar pela cidadania brasileira, situação em que será considerado brasileiro 
nato, mesmo estando no Brasil a serviço de Portugal. 
13- A CF prevê que não se concede extradição de estrangeiro por 
crime político ou de opinião, porém os brasileiros naturalizados podem 
 
 
ser extraditados em caso de crime comum, praticado antes da 
naturalização. 
14- Considere a seguinte situação hipotética. Giovani, brasileiro nato, 
que é jogador de futebol, profissional, foi contratado por um clube 
italiano, pelo qual atua há mais de 4 anos. No entanto, a lei italiana que 
disciplina essa atividade passou a limitar a quantidade de jogadores 
estrangeiros em cada clube. Para continuar a residir na Itália e atuar 
como jogador profissional, Giovani adquiriu a nacionalidade italiana. 
Nessa situação hipotética, com base na Constituição brasileira em vigor, 
o referido atleta não perderá sua nacionalidade brasileira. 
15- Antônio, brasileiro naturalizado, médico de formação e ex-
senador da República, foi escolhido pelo presidente da República para o 
cargo de ministro das Relações Exteriores. 
Após tomar posse, auxiliou o presidente na assinatura de um tratado 
internacional. Alguns anos depois, foi requerida a sua extradição por ter, antes 
da sua naturalização, praticado crime contra o sistema financeiro de seu país 
de origem. 
Com base na situação hipotética apresentada, julgue os itens a seguir. 
 
Mesmo que cumpridos os demais requisitos legais, Antônio não poderia 
ocupar o cargo de ministro das Relações Exteriores, já que esse cargo é 
privativo de brasileiro nato. 
16- Como forma de aquisição da nacionalidade secundária, de acordo 
com a Constituição Federal de 1988 (CF), é possível o processo de 
naturalização tácito ou automático, para todos aqueles estrangeiros que 
se encontram no país há mais de dez anos e não declararam a intenção 
de conservar a nacionalidade de origem. 
17- São privativos de brasileiro nato os cargos de ministro de Estado 
da Defesa, ministro de Estado da Fazenda e de oficial da Marinha, do 
Exército ou da Aeronáutica.